quarta-feira, 31 de agosto de 2016

O Senado tem moral para condenar Dilma?


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Mtnos Calil

O Senado tem moral para condenar Dilma? É claro que não tem. Isso é um óbvio ululante. Algumas horas depois que a senadora Gleisi Hoffmann, do PT do Paraná, declarou que o Senado não tem moral para julgar Dilma, ela mesma se corrigiu acrescentando que a ela também faltava essa moral, já que estava sendo processada por suspeita de corrupção, como outros senadores:


Ocorre que as leis desconhecem esse conceito de “autoridade moral”.
Ninguém neste mundo precisa ter autoridade moral para julgar e condenar outras pessoas. Nem os juízes de direito! Alguns deles adoram aparecer ornados narcisicamente com suas togas, como declarou Eliana Calmon em sua inesquecível entrevista concedida à Revista Veja, na qual ela batizou o narcisismo dos juizes com o apropriado termo “juizite”. Olha só... (é assim que falam hoje os jornalistas de TV... olha só...):

Nós, magistrados, temos tendência a ficar prepotentes e vaidosos. Isso faz com que o juiz se ache um super-homem decidindo a vida alheia. Nossa roupa tem renda, botão, cinturão, fivela, uma mangona, uma camisa por dentro com gola de ponta virada. Não pode. Essas togas, essas vestes talares, essa prática de entrar em fila indiana, tudo isso faz com que a gente fique cada vez mais inflado. Precisamos ter cuidado para ter práticas de humildade dentro do Judiciário. É preciso acabar com essa doença que é a “juizite”.-  Revista Veja, 15/08/2011

Ocorre que o nosso Senado também não  tem autoridade moral para defender a D. Dilma. Se o Senado a absolvesse, a moral do Senado teria mudado?

É claro que não!

Há algo, no entanto, que pelo menos serve de consolo para os brasileiros:  a corrupção é universal.

Por exemplo, o candidato  TRUMP à Presidência dos Estados Unidos, que alguns psicanalistas consideram maluco, acusou a Fundação Clinton de ser “the most corrupt enterprise in political history” – o empreendimento mais corrupto da história da política. Mas ao fazer essa declaração Trump se esqueceu que sua fundação havia feito uma doação de pelo menos 100 mil dólares para a “Clint Foundation”, informa o New York Times:

Esse “trump” (pronuncia=se TRAMP), um autêntico “tramposo”, que na língua portuguesa significa “trapaceiro, velhaco”, foi escolhido como candidato à Presidência dos Estados Unidos, por um dos dois grandes partidos americanos – o chamado “Republicano”. (republicano, perno no mucho).  Essa escolha está simplesmente desmoralizando este partido, o que implica, a desmoralização da própria democracia americana. Que democracia é essa que pode ter como Presidente um camarada que o ex-prefeito de Nova York, que governou esta cidade durante 12 anos  desqualificou nestes termos:

·         “Ao longo de sua carreira, Trump deixou para trás um rastro bem documentado de falências, milhares de ações judiciais, acionistas furiosos, fornecedores que se sentiram enganados e clientes que se sentiram roubados”

·         “Trump diz que quer dirigir a nação como está a gerir os seus negócios? Deus nos ajude"

·          Trump é um vigarista e um demagogo perigoso

Isso não significa porém que Hillary Clinton seja uma pessoa qualificada para governar a “América”. A dupla Hillary-Trump tem o mesmo padrão de incompetência, mediocridade e imoralidade da dupla Temer-Dilma.
Brasil e Estados Unidos constituem hoje uma magnifica amostra do processo de terrível decadência que está assolando a dita (e falsa) democracia vigente no mundo.

O sistema político está se esmigalhando de norte a sul, de leste a oeste do Planeta Terra.

Devemos pedir ajuda a Deus? Podemos pedir, mas não vai adiantar. Deus decidiu que não vai intervir na Terra nem para salvar as crianças que estão sendo massacradas na Siria e em outras plagas demoniácas. Porque ele tomou essa decisão de não intervir? Ninguém sabe, mas alguns atribuem essa crueldade divina ao fato de Deus ter concedido aos humanoides o livre-arbítrio. Será que ao fazer isso Ele não depositou uma confiança excessiva nos humanoides? E se ele é Todo Poderoso como dizem seus seguidores, porque ele permite, com seu imenso poder, que crianças sejam massacradas, e isso sem falar nas que estão morrendo de fome na África, por exemplo.


Mtnos Calil, Psicanalista, é coordenador do Grupo Mãos Limpas Brasil. Em campanha permanente contra todas as formas de engano e de auto-engano.

Nenhum comentário: