terça-feira, 2 de agosto de 2016

Temer blinda e dá mais poder a Meirelles, que insiste em subir impostos, se não houver reforma da previdência


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Será que Henrique Meirelles quer derrubar Michel Temer? Ou quer jogar o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, na oposição? Será que o governo interino vai bater de frente contra a Frente contra o aumento de impostos, lançada em 3 de setembro de 2015? O sincericídio do ministro da Fazenda pode ser fatal. Meirelles voltou a repetir a tese nada original de que pode aumentar impostos, para compensar o gigantesco rombo nas contas públicas. O homem forte da área econômica do governo provisório avisou que o governo tomará a impopular decisão até o final de agosto. Novamente, aumenta o risco de "pagarmos o pato". O fantasma da volta da CPMF assombra o Brasil como nunca antes na História...

Henrique Meirelles deixou claro ontem que só não haverá aumento de impostos se ocorrer a tão pregada reforma da previdência - outra medida que pode mais prejudicar que colaborar com o trabalhador no curto prazo. Meirelles apresentou a um seleto grupo de empresários, em evento fechado da revista "Época Negócios", em São Paulo, quais seriam outras condições para não aumentar a carga tributária: "A arrecadação tem caído muito neste ano, caiu um pouco no ano passado e também nos anos anteriores. E na medida que haja recuperação da economia espera-se que possa haver também uma recuperação da arrecadação. Isso, adicionado a eventuais receitas de concessões ou privatizações, poderá tornar desnecessário o aumento de impostos".

O peemedebista Paulo Skaf tem pregado, insistentemente, que a sociedade brasileira não vai aguantar mais um "cômodo" aumento de impostos. O presidente da Fiesp prega que o Estado tem de dar o exemplo e rever seus custos, reduzir gastos e desperdícios, eliminando-os. Skaf bate forte nos juros reais absurdos de 14% na taxa básica - fruto de um modelo estatal ineficiente que não desperta confiança. Skaf tem pregado a retomada do crescimento como forma de gerar mais arrecadação - e não o simples aumento de impostos que, toda hora, é ameaçadoramente lembrado por Meirelles como "a saída extrema e indesejável". Skaf sempre repete que Temer concorda que a carga tributária no Brasil é muito elevada e tem consciência de que os serviços públicos precisam melhorar sem aumentar mais ainda os impostos - o que esfriaria ainda mais a economia.

Apesar da posição próxima de Skaf ao Presidento Temer, são feias as perspectivas para o bolso do brasileiro. Temer volta a jogar contra si mesmo e a economia brasileira ao ceder ao lobby da permanente gastança pública que deseja driblar os limites impostos pela Lei de Responsabilidade Fiscal com o pagamento de servidores públicos. O movimento é liderado pelos funcionários do Ministério Público, Tribunal de Justiça, Defensoria e Centrais Sindicais. Pressionado, Temer flexibilizou as regras para a definição das despesas de pessoal no projeto de lei que autoriza o socorro financeiro do governo federal aos governadores na reestruturação da dívida dos Estados. Henrique Meirelles já permitiu que, nas carreiras do Judiciário, do Tribunal de Contas, do Ministério Público e na defensoria pública, as despesas com auxílio moradia e algumas gratificações serão excluídas do limite estadual para as despesas de pessoal para efeitos da LRF.   

Enquanto o aumento de impostos não vem, Michel Temer continua fazendo tudo que Henrique Meirelles deseja. Na burocracia federal, já se dá como certa a transferência da Secretaria de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento para a Fazenda, pedida por MeirellesO ministro ficará ainda mais poderoso concentrando as decisões da política fiscal. Temer também já sinalizou para seus ministros Jose Serra (Relações Exteriores) e Eliseu Padilha (Casa Civil) para que evitem discussões públicas com Meirelles sobre polêmicas questões econômicas. Assim, Meirelles se torna "blindado" para tomar as decisões (amargas)...

Adivinha quem vai pagar o pato no final das contas? Os patos de sempre... Nada custa recordar que aumentar impostos é uma forma de controle social tão explícita quanto o regramento excessivo que viabiliza o Brasil da impunidade.

O consolo (?) é que tem cachaceiro - que nem se importa se já paga a mais alta carga tributária pela pinga - prontinho para cair, feito um patinho amarelinho, diante da República de Curitiba...

Frente contra aumento de impostos

Será ainda vale o Skaf lançou em 3 de setembro de 2015?


Ainda vale o que Skat debateu com Michel Temer em 25 de abril de 2016, em entrevista a Felipe Vieira, da Rádio Guaiba de Porto Alegre?


A ditadura do controle social


O jurista Antônio José Ribas Paiva explica como o regramento excessivo facilita a ditadura do controle social

Guerra nada santa de Lula


Olim-piada político-jurídica


Craque chegando


Fique por aqui mesmo


Sempre sorrindo (da nossa cara)


Falta que não faz


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 2 de Agosto de 2016.

8 comentários:

Anônimo disse...

Cleonice I Ferreira disse:
Todos os ditos governantes só sabem DESGOVERNAR subindo IMPOSTOS. ASSIM É MUITO FÁCIL!
Nós o povo estamos assistindo há décadas essa falácia da "REFORMA DA PREVIDÊNCIA."
Temos conhecimento das graves denúncias envolvendo rombos nesta Instituição.O nosso Brasil é o País CAMPEÃO em denúncias de roubo de BILHÕES dos Cofres Públicos, com devoluções de moedinhas.
Porque não faz um pente fino na Previdência? O que tem de pessoas com "beneficio" de (um salário mínimo)em idade produtiva, afirmando ser "aposentado."
Não tem vergonha de receber o beneficio, afirmam estar "aposentado." Quando questionado a idade mais ou menos trinta e poucos anos, fica rindo de modo desavergonhado, quando eu afirmo:- Você quer dizer beneficio. A resposta é: -Sim.
Há também os casos dos vovôs e vovós que quando estão gravemente doentes requerem a tutela de um neto(a)que tem pais vivos e saudáveis.
Recentemente foi feita uma reportagem por um jornal televisivo, mostrando uma pessoa que entrou de cadeira de rodas para fazer uma perícia, dizendo inválida, quando saiu da Instituição, levantou-se normalmente e foi para o seu carro, segundo o repórter,era ela a motorista. Pergunto, Quantos casos como este existem?
Entra governo e sai governo e tudo piorando vergonhosamente.
Quando o conceituado Jornal FINANCIAL TIMES,AFIRMOU QUE O BRASIL VIVE NA ECONOMIA E NA POLÍTICA UM FILME DE TERROR SEM FIM. só confirmou o pensamento dos brasileiros.O conceituado Jornal afirmou ser o Brasil um paciente terminal.

Anônimo disse...

GAY, AFRODECENDENTE,PETISTA, COMUNISTA, ALIENISTA, QUALQUER MÉRDA QUE TENHA CÚ OU CUNHÃO, ESSE ALIENIGENA IBRIDO OU IMUNDO TEM QUE APARECER E ACABAR COM TODOS OS PRIVILÉGIOS DOS POLITITICOS, MILITARES, JUIZES E DO FUNCIONALISMO POIS É ISSO QUE ESTÁ ERRADO, PAGAR IMPOSTOS PARA DEIXAR MOS ESSA MAFIA CADA VEZ MAIS PODEROSA E CORRUPTA...

Anônimo disse...

Esse ministro tem fixação pela reforma da previdência como se fosse a solução dos problemas brasileiros, pode ser uma partícula, mas existem outros "sacos sem fundo" que continuam escorrendo a dinheirama toda. Aqui vai uma sugestão deste portador de microcefalia causada pela Chikungunya: reduzir a todo vapor, se ele tiver coragem, o orçamento do poder legislativo, acabar com salários a ex governadores ex presidentes e não sei se também recebem os ex vereadores.O cidadão é voluntario para exercer esses cargos (quem é candidato a cargo eletivo é um voluntario) e depois ainda recebem essa " mini aposentadoria" por ter trabalhado quatro ou cinco anos, e bota salarão nisso, sem falar em super salários por aí.

Anônimo disse...

Esse Meirelles só fala o que os bancos Bradesco, Itaú et caterva.
Tudo como d'antes no quartel de Abrantes.

Anônimo disse...

Ao Anônimo das 4:00 PM.

São realmente um bando de ladrões e comprados. Veja só que o drácula (sangue suga) não perde a chance também de comprar os seus asseclas: "Jul 20, 2016 - Temer sanciona reajuste salarial de 41% para Judiciário e de 12% para MPF", sem falar nos 17 salários por ano que estão tentando agora, se já não foi aprovado na calada da noite.

Enquanto isso trabalhadores honestos perdem seus empregos e quando veem algum melhora no salário, essa vem em dízimos a perder de vista e que não cobrem nem a inflação do ano. Cambada de ladrões, salafrários, sem ideais sociais de espécie alguma, apenas avareza e ganância.

Anônimo disse...

VAI PRO FUNDO, DILMERDA, A CUBANA QUE IMIGROU AQUI SÓ PARA SAQUEAR A NAÇÃO!
ESSA FERRADA DO PT NO POVO BRASILEIRO FOI CULPA POR ACREDITAR NA MULA-SEM-CABEÇA!
Evidente, também em quem apoiou os comunistas, como as vermelhas CNBB, a TL e muitas seitas famosas protestantes que OS COMUNISTAS compraram e se aliarem a ele!
Dr Moro, como sempre tem razão, mas o caso Brasil não será fácil sair rápido das teias em que se enfiou; a ratazana geral opera impune há muitas décadas E CADA VEZ MAIS EXTENSA E OUSADA!
Então, particularmente depois dos super estelionatarios e bandidos malditos comunistas da peste PT chegarem ao poder, que são a corrupção ambulante, a coisa desandou e muito, e desvendar as trapaças até chegar ao tolerável, demorará bastante!
NEM NA METADE DO CAMINHO O SR., DR. MORO, AINDA CONSEGUIU CHEGAR!

Anônimo disse...

Pra aumentar os impostos não precisamos do Temer nem do Meirelles, qualquer mané pode governar este país de otários e corruptos.

Anônimo disse...

Santa Inocência! "Nem na metade do caminho...(6:30 AM)" já mostra um otimismo fora do normal. Vamos falar a verdade! Esse tal "caminho" é um beco sem saída, isso sim. Entendam que esse Brasil é governado por ladrões e canalhas e uma andorinha não faz verão. Aos que dizem que o Brasil já é uma democracia "madura", vão sonhando! Intervenção, já!