sábado, 10 de setembro de 2016

Como os pobres irrigam políticos com milhões?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

As fontes financeiras de roubalheira da petelândia e adjacências começam a secar? Esta é a esperança. Além dos mensalões, petrolões e afins, os processos de identificação e combate à corrupção começam a identificar novos e criativos de "fabricar" dinheiro para a politicagem. O Tribunal Superior Eleitoral e o Tribunal de Contas da União identificaram 21.072 pessoas que transferiram, juntas, nada menos que R$ 168 milhões para campanhas municipais.

Nenhum problema se os doadores não fossem cidadãos que vivem na linha de pobreza, com renda incompatível para fazer benesses. Ou seja, são "laranjas" de esquemas de desvio de dinheiro vindo de negócios com o setor público que alimentam candidatos e partidos. Vários dos doadores também figuram como beneficiários de programas federais de compensação de renda, como o famoso Bolsa Família. Muitos outros figuram como membros do movimentos sociais, que praticam ativismo e terror revolucionário, como MST e sua variante urbanóide, o MSTU.

Além de identificar como a grana chega aos generosos doadores sem-renda das campanhas, uma força-tarefa do Miinistério Público Federal e a inteligência da Receita Federal vão mergulhar na delicada investigação para descobrir de onde vem o dinheiro. A suspeita é que a grana não venha apenas de negociatas com a administração pública. Algumas cooperativas de crédito ligadas aos ditos "movimentos", que funcionam como pequenos bancos, podem ser fontes de irrigação de recursos para candidaturas, usando as brechas legais possíveis. Também paira a suposição de que os "banquinhos" estejam, também, fazendo lavagem de dinheiro de atividades ilícitas ou criminosas - incluindo tráfico de drogas, armas, prostituição e jogatina ilegal.

Obviamente, que a politicagem beneficiada do sistema institucionalizado de corrupção já começa a reagir para barrar investigações ou desmoralizá-las. A tática defensiva dos criminosos passa por usar super-escritórios de advocacia para produzirem chicanas jurídicas permitidas pelos infindáveis recursos previstos no regramento excessivo brasileiro. A organização criminosa também tem seu sistema de inteligência, baseado em alta espionagem ilegal, para obter informações que possam atingir moralmente, prejudicar profissionalmente ou destruir os investigadores. O jogo sujo está apenas começando, na medida em que as investigações crescem em dimensão e apertam o cerco aos esqueminhas e esquemões de roubalheira.

Os segmentos esclarecidos da sociedade não podem tolarar as manobras que tentam abafar as investigações contra a corrupção no Brasil. É urgente avançar não só no combate aos corruptos, mas evoluir na insititucionalização de sistemas de prevenção. Transparência Total e mecanismos de controle social da população sobre a máquina estatal são os remédios mais eficazes, no curto prazo. No médio e no longo, é preciso que o brasileiro se liberte da cultura do "jeitinho" - facilitadora de todas as formas de corrupção.

Armações ilimitadas


Saideira com bronca


Canalhagem


Apelando geral


Espinhos para Dilma


Desespero vermelho


Incomparável


Chute no $talinácio


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 10 de Setembro de 2016.

5 comentários:

Anônimo disse...

Lula é o convidado de honra de Carmem Lucia. Mouro é um opositor sem argumentos para condenação do réu. O Brasil necessita de soberania é preciso separar a máfia da máfia não depende de ninguém e muitos dependem dele então uma policia especializada e secreta ajudaria a por fim nas patifarias o problema é quem comandaria essa policia já que todos estão envolvidos, se gritar pega ladrão não fica um...

Anônimo disse...

Primeira vítima fatal da raiva da Dilma ao ser demitida: o cão labrador, "Nego".Tanta fidelidade a dona e, na primeira oportunidade antes de deixar a casa, mandou sacrificar o velho "cumpanheiro"?

Anônimo disse...

O banqueiros no Brasil só tem um tomador de empréstimo que é governo e que, por sua vez, define os juros que vai pagar. Por incrível que parece, são os mais altos do mundo definidos por agentes políticos eleitos por um sistema secreto de urnas eletrônicas. O governo então paga os empréstimos criando impostos, taxas e multas que são, no fundo, expropriação pura e simples do setor privado, verdadeira escravidão moderna. Sorte nossa é que para receber seus empréstimos de volta, os banqueiros criaram e melhoram cada vez mais o sistema de arrecadação, única coisa que de fato funcionou nestes últimos trezes anos de governo petralha. Enfim, o peixe está morrendo pela boca e nós agora estamos sabendo que a única maneira de nos livrar da derrama é simplesmente eliminando a república, aliada incondicional dos banqueiros e que tem o sádico desejo de sempre colocar o nosso na reta.

Anônimo disse...

A lava jato, o PT, Dilma, Lula, Ditadura, abertura politica, democracia e as crises criadas tudo isto e muito mais é foi e sempre será golpes sem misericórdia, não existe tortura maior do o povo trabalhar para ser roubado na cara dura para dar a vida de rei para a máfia, e é isso mesmo o que se tornou as nossas autoridades, FFAA, Judiciario, funcionalismo e políticos, sabotagem e todo o tipo de crimes na cara dura tudo combinado desde sempre o pais que possui riquezas de todo o tipo sendo transformado em deposito de mérdas, o oculto já se transformou em transparente... As nossas leis são destorcidas e interpretadas conforme a cara do freguês ou seja se fizer parte da máfia nada o atinge se for um cidadão de bem tá fudido...

Anônimo disse...

O vag.abundo do lula nunca teve câncer. Só enganou o povo. dilm.aluca também nunca teve câncer assim como a cristina kishner da Argentina. Mentiram para o povim que por pena votou nesses va.gab.undos mentirosos.