quinta-feira, 20 de outubro de 2016

A Reciclagerm dos Velhinhos


“País Canalha é o que não paga precatórios”.

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

A grande maioria dos jovens empreendedores, tem um enorme entusiasmo e quase nenhum preparo.

Massacrados que foram pela destruição deliberada da educação no Brasil, os que pelo menos aprenderam a ler e compreender um texto, ainda tem salvação.

Se souberem um pouco de Matemática, maravilha!

No entanto, de História e Geografia, bulhufas! (ou quase).

A primeira providência para começar uma empresa será contratar um “velhinho”.

O cara vai ficar sentado e só deverá falar algo em caso de perigo iminente ou quando consultado.

Aos poucos o “gêniozinho” contratante vai perceber que o trabalho do “tiozão” é igual ao da boa dona de casa. Só aparece quando não é feito.

É como aprender a andar de bicicleta. No começo, com rodinhas laterais e amparo do avô. Depois de obter o equilíbrio necessário, pode-se prescindir das rodinhas.

O avô querido continuará olhando até que, por medo, fechará os olhos ou vá embora para não presenciar as manobras radicais do jovem “bicicretino”.

Temos que nos conformar; afinal os ortopedistas e os advogados também têm suas famílias para sustentar.

Si jeunesse savait, si vieillese pouvait!

“Mon joie! Saint Denis!


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

2 comentários:

Loumari disse...

Si seulement la jeunesse savait et la vieillesse pouvait!
Ma joie!

Anônimo disse...

Em tempos de crise e contenção de despesas, poderiam economizar com transporte aéreo e levar todos no mesmo avião, Lula, Dilma, Renan, etc.