terça-feira, 25 de outubro de 2016

Cabeleira Aloprada


“País Canalha é o que não paga precatórios”.

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Tem coisas que só acontecem no Brasil em que O judasciário vale nada.

Quem parece prestes a perder a cabeça se transforma na Cabeleira Aloprada.

Cangaceiro, que rouba muito dinheiro, só pode ter perdido o juízo.

Onde já se viu, chamar de juizeco, quem está prestes a lhe dar um teco?

O malandro não estaria na grana montado, se já tivéssemos acabado com o vergonhoso foro privilegiado.

Vendo que pode sofrer escalpo de verdade, Cabeleira lidera a quadrilha que finge que deseja acabar com o Abuso de Autoridade.

Ele merecia é ser tratado com um supositório, pra ver se manda aprovar uma lei que obriga a pagar o precatório.

O bom é que Cabeleira parece pertíssimo de um feliz final.

Curitiba gelada é perfeita para curar marginal.

Teori não pode é dar mole para o alagoano.

Do contrário, ficará claro que ele manda em tudo, por debaixo do pano.

Já passou da hora do Cabeleira ter a cabeça cortada.

Ou então vai se confirmar que a “Justiça” virou mesmo piada.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

Anônimo disse...

CUIDADO, RENAN - DEIXE DE SER UM DINOSSAURO - PARA V MESMO NÃO APLAINAR OS CAMINHOS QUE LEVAM AO PAÍS DO S0L QUADRAD0!
AJUNTANDO ACIMA COM O DE BAIXO...
SAI DE BAIXO!
CONFIRAM O QUE VOMITOU Lafferte - comunista chileno:
"Sob o pretexto de cultura, instrução, civilização, ciências modernas, devemos atacar o religião".
Na convenção do partido comunista mexicano em maio de 1944, sentenciou:
"Quando, em nossa declaração de princípios falamos em liquidar os restos semi-feudais que caracterizam os países da América Latina, aludimos ao poder espiritual e político da Igreja Católica Apostólica Romana.
As necessidades táticas da luta nos fazem aparecer hoje como se fôssemos simpatizantes da religião, e até na Rússia o governo soviético se viu obrigado a contemporizar bastante com a religião, NEM QUE SEJA PARA ENGANAR O POVO...
É urgente que como tática de luta façamos penetrar no espírito das crianças desde a mais tenra idade, dos indígenas, dos operários, dos estudantes, as piores acusações contra a Igreja católica a fim de separá-los dela para que entrem e engrossem todas as nossas fileiras...
Devemos afirmar que o sistema de iniquidades, sustentado, ensinado e praticado pelos católicos não tem igual; que é audaz, agressivo, intolerante e cruel; cego obstinado e blasfemo; que é ao mesmo tempo insidioso, adaptável e às vezes conciliador; que é pomposo, claudicante, servil, regalista e impostor...
Insistir que base da moral católica descansa nos ensinamentos iníquos e no exemplo imoral dos santos, e converte esta religião num código violento, num sacerdócio maldito e num poder sanguinário e cruel...
Devemos dizer, clamar e repetir que com o celibato eclesiástico o chefe católico não poderá nunca viver uma vida humana normal e que é impossível dar exemplo de boa vida, e que as leis das repúblicas deste continente permitem a liberdade de cultos!
É importante que nossas autoridades permitam a outras religiões a entrada em nossos países: mórmons, protestantes, budistas, judeus, muçulmanos etc!
Que estas seitas tenham seus templos à luz do dia... Desta maneira faremos penetrar a pouco e pouco nossas teorias de positivismo, de economia individual e coletiva, pois entramos nelas com facilidade...
"Agora, mais do que nunca, devemos seguir uma tática de luta que engane os inimigos de nossa ideologia"...
Não foi essa a tática dos vagabundos do PT que enganaram o povo brasileiro e contando com jurássicos como Renan?