terça-feira, 25 de outubro de 2016

“Colocar a casa em ordem”: Fora, Renan!


Será que a turma da Lava Jato e afins poderia seguir esta recomendação nas escadas rolantes do Metrô de São Paulo?

2ª Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Definitivamente, Renan Calheiros é a figura pública nada indicada para pregar que é preciso “colocar a casa em ordem” no conflito aberto entre os poderes “republicanos”. Mesmo assim, seu companheiro de PMDB, Michel Temer, aceitou a proposta (ou teria sido uma exigência?) de Renan, agendando, para às 11 horas de quarta-feira, no Palácio do Planalto, uma reunião (de emergência) com as presenças de Rodrigo Maia, presidente da Câmara, e de Carmem Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal.

Depois que chutou o balde, chamando um magistrado de “juizeco” e um ministro de “chefete de polícia”, apenas porque ficou nervosinho com a repressão da Polícia Federal contra a gestapiana “Polícia” do Senado, o “poderoso” Renan se transformou no ele mais fraco de uma “corrente” em crise estrutural. Além de desmoralizar ainda mais o Legislativo, o destempero (ou desespero) de Renan conseguiu fortalecer, ainda mais, o já fortíssimo espírito de corpo do Judiciário.

Agora, quando parte para um ataque pessoal contra a Presidente do STF, Renan coloca a própria cabeça a prêmio. A única chance que Renan tem de não se ferrar é que ele tenha uma inimaginável artilharia para desmoralizar os supremos magistrados. Caso contrário, Renan tende a experimentar o mesmo destino de Eduardo Cunha. O “Fora, Renan” tem tudo para ganhar intensidade. O feitiço tem tudo para virar contra o cangaceiro. Não será fácil promover o tal “freio de arrumação” agora pregado pelo Renan que abusou da arrogância.

A Presidente do STF deu o tom exato para interpretar a jagunçagem verbal de Renan: “Todas as vezes que um juiz é agredido, eu e cada um de nós, juízes é agredido. E não há menor necessidade de em uma convivência democrática livre e harmônica haver qualquer tipo de questionamento que não seja nos estreitos limites da constitucionalidade e da legalidade. O Poder Judiciário forte é uma garantia para cidadão. O Brasil é pródigo em leis que garantem que qualquer pessoa possa questionar pelos meios recursais próprios os atos. O que não é admissível é que fora dos autos qualquer juiz seja diminuído ou desmoralizado porque, como eu disse, onde um juiz é destratado, eu também sou, qualquer um de nós, juiz, é”.

O Judiciário vem pra cima, desafiando o absurdo e vergonhoso foro privilegiado – que é a declaração de falência do princípio da igualdade e da Justiça. Por isso, senadores e deputados enrolados com corrupção estão apavorados. No estilo cangaço, Renan voltou a ser o porta-voz do cagaço, atirando em Carmem Lúcia: “Assim como a ministra cobra respeito ao Judiciário, eu peço respeito ao Legislativo. O Senado tem sido vítima, reiteradamente, de abuso de juízes de primeira instância, que não têm competência para atuar nessa instância”.

O fenômeno mais deplorável do desespero do Presidente do Congresso Nacional é que ele não está falando sozinho. Renan se comporta como o porta-voz de uma classe política que usurpou o poder e desponta nos esquemas do crime institucionalizado. Causa estranheza em alguns e nojo em outros o silêncio dos tucanos e afins. Ninguém criticou Renan, exceto a voz estridente do Randolfe. Os craques do impeachment da Dilma (alguém lembra dela?), Antônio Anastásia, Aécio Neves, Aloysio Nunes, Álvaro Dias e tantos outros nada falam... Todos legitimam as agressões de Renan e não fazem defesas estridentes da Lava Jato. Por que será? Ficar em cima do muro tem o risco de desmoronar junto com ele...

A sociedade brasileira está de saco cheio da impunidade. Ninguém suporta mais a farra do foro privilegiado para políticos e altos funcionários públicos. A esperança é que a Lava Jato e afins ajudem a promover uma limpeza. No entanto, cabe insistir por 13 x 13: só uma mudança na estrutura da máquina estatal terá condições reais e objetivas de combater e neutralizar a ação do crime institucionalizado. Sem uma Intervenção Cívica Constitucional, tudo continuará como sempre esteve...

A boa notícia é que o Congresso nacional deve reforçar a compra de papel higiênico. O negócio vai feder... Michel Temer não tem o direito de ficar ao lado dos políticos corruptos, ou terá, depressa, o mesmo destino da Dilma... Temer precisa deixar claro que não compactua com a bandidagem institucionalizada.

Em síntese, esta guerra de todos contra todos os poderes, com os militares assistindo a tudo de camarote, só tem uma regra: “Salve-se quem puder”.

Releia a primeira edição desta terça-feira: Por que a maioria protege os bandidos?


Quem não reage rasteja...

Depois da denúncia da Rede Globo, sobre golpes e assaltos à luz do dia no famoso viaduto Santa Ifigênia, na região central de São Paulo, a Polícia Militar realizou um policiamento ostensivo padrão, pente fino, no local.

Nada menos que 410 pessoas já foram presas em oito meses no local, segundo a Secretaria de Segurança Pública.

O Secretário de Segurança de SP, Mágno Alves Filho, culpou a crise econômica pelo aumento no número de roubos e assaltos...

Será que a mesma teoria valeria para os ladrões de fino trato, lá do submundo da politicagem?

Cerveja preferida no Congresso Nacional


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 25 de Outubro de 2016.

6 comentários:

ALMANAKUT BRASIL disse...

Pega Ladrão - Gabriel Pensador

victoria andrade

https://www.youtube.com/watch?v=gsDaf3tlhWA

Anônimo disse...

A FALHA ESTA NA FORMA COMO AS INSTITUIÇOES ESTAO RASTEJANDO PARA PROTEGER TODOS OS VAGABUNDOS VERMELHOS QUE NOS VENDERAM, VENDERAM NOSSAS RIQUESAS, VENDERAM NOSSO PAIS, VENDERAM AS EXCELENTES FORÇAS ARMADAS COM RECONHECIMENTO MUNDIAL. A FALHA ESTA EM QUE VAGABUNDOS VERMELHOS PARA PROTEGER SEUS PRIVILEGIOS E OS PRIVILEGIOS DE CUMPANHEIROS PASSAM DIAS E MAIS DIAS SEM TRABALHAR E BOTAR O BESTUNTO PARA FUNCIONAR FICAM ARQUITETANTO COMO VAO SAIR DAS MALHAS DA JUSTIÇA. QUANTO AO JUDASCIARIO ELES NAO DEVEM FICAR TAO TRISTES PORQUE ESTAO SENDO TRATADOS COMO TRASTES. COMO ELES ESTAO COM SAIA JUSTA, DESDE A 47O ELES FICAM OBRANDO EM CIMA DOS PROCESSOS. POR QUE DIGO ISTO? SIMPLESMENTE POR CAUSA DO 6 A 5 NOS PROCESOS QUE ESTAO TRANSITANDO NO MOMENTO. O QUE O VAGABUNDO PIRUQUENTO DO RENAN FEZ FOI EXPLICITAR O QUE ATE O MUNDO MINERAL SABE QUE O JUSDICIARIO ESTA NAS MAOS DO PIRUQUENTO. ELE JUNTO COM O VAGABUNDO MEQUETREFE FREIO NA JUSTIÇA, PROCRASTINADOR LEVANDO WISK FEZ NA 470, O QUE O LEVANDO WISK COM O PIRUQUENTO FIZERAM POR OCASIAO DO PROCESSO DA VIUVA NEGRA DA DILMA DELINQUENTE DE CARTEIRINHA DA NOSSA VIDA DESDE 64, QUE SAIU DO PROCESSO CHEIA DE MORDOMIAS PARECENDO A RAINHA DE SABA DEPOIS DE TER ENTERRADO A NAÇAO. O QUE PODEMOS ESPERAR DOS TRES PODERES, REALMENTE? COM O 6 A 5 VAMOS CONTINUAR ESPERANDO UMA JUSTIÇA QUE TRABALHA UMA GOTA POR DIA. O QUE DEVEMOS ESPERAR DE UM CONGRESSO TOMA LA DA CA? O QUE PODEMOS ESPERAR DO LULA LADRAO QUE TODOS SABEM QUE NUNCA FEZ NADA, NUNCA VIU NADA, QUE E UM EXEMPLO DE CRIATURA? O QUE PODEMOS ESPERAR DO JANOTA? QUE FAZ AA SELEÇAO DE ACORDO COM O QUE OS ABESTADOS DE 64 MAIS O LULA LADRA DIZEM PARA ELE FAZER. ESTAMOS NUM MAR DE MERDA E ESTAMOS ESPERANDO QUE AS OTORIDADES SE POSICIONEM. QUEM VAI SE POSICIONAR? O FROUXO DO TEMER? NOS E QUE DEVEMOS TEMER O QUE ELE VAI FAZER, PORQUE DE ACORDO COM OS CUMPANHEIROS DO SEU PROPRIO PARTIDO DEVENDO A JUSTIÇA O QUE ELE ACHA QUE VAI ACORDAR? VAI FAZER ACORDO COM OS BUNDALELES DE NOSSO PASSADO. QUEM FOI CESAR MAIA/ PAI DO MALANDRO FILHO QUE AGORA ESTA POUSANDO DE SOLUÇAO. QUEM FOI MOREIRA FRANCO? MARIDO DA PSEUDO NETA DE GETULIO VARGAS PROVIDENCIADOR MOR DE NOSSA DERROCADA COM A AJUDA AOS MAIS POBRES. AMBOS FORAM GOVERNADORES DO RIO, JUNTO COM BRIZO E GRAÇAS A ELES O RIO SE TRANSFORMOU NESTA FOSSA A MAR ABERTO QUE ESTAMOS VIVENDO ATE HOJE. O QUE PRESENCIAMOS SEMPRE E MUDANÇA DO TIPO DE MERDA MAS A MERDA E SEMPRE A MESMA. SE NAO HOUVER UMA RECICLAGEM DE CORTE DE TODOS OS SATELITES E CELULAS CANCEIROSAS DO PT EM QUE SE TRANSFORMOU A POLITITICA NACIONAL VAMOS CONTINUAR O MESMO DO MESMO. NAO ESTAMOS AJUDANDO PARTIDOS, ESTAMOS AJUDANDO A BANDIDAGEM VERMELHA E SEU PLANO DE VENDER O RESTO DO QUE NOS TEMOS. CHEGA DE PROCRATINAÇAO. SENHORA MINISTRA CARMEN LUCIA QUEM FEZ O SUPREMO SER TRAGADO EM SUA PROPRIA INOPERANCIA, EM SUA PROPRIA SOBERBA, EM SUA PROPRIA INCOMPETENCIA FOI O PROPRIO SUPREMO. ELE DEIXOU QUE UM MEQUETREFE COMO O LULA LADRAO EXPLICITAMENTE EM ALTO E BOM SOM DEFECOU NA CARA DE TODOS VOCES E NINGUEM ATE AGORA FEZ NADA. ELE COM A PUTA PORCA DEFECARAM NA CARA DO SUPREMO, O CABELEIRA DO VAGABUNDO VERMELHO RENAN PIRUQUENTO SE DIRIGIU A VCS, VOCIFEROU E MOSTROU AM FM QUE VCS SAO SUMPLICES DELE. E O VAGABUNDO DO TEMER QUE COMEÇOU A MEXER NA CONSTITUIÇAO PERNETA DE 88 EM VEZ DE ESTABELECER LIMITES ESTA PASSANDO A MAO NA CABEÇA DOS VAGABUNDOS QUE NOS COLOCARAM NA MERDA. O QUE REALMENTE PODEMOS ESPERAR DE VOCES COM ESSA CONVERSINHA A TRES? A CONVERSINHA A TRES JA ACABOU O TEMPO DE VOCES. ESTAMOS NESTA LENGA LENGA DOIS ANOS E O PARIS PARADO SOLUÇOES? NADEGA, NADEGA, DE NADEGUINHA. RESULTANTE DE TODA A PROCRASTINAÇAO CADA VEZ MAIS METENDO AS MAOS EM NOSSOS BOLSOS. VOU DIZER OUTRA VEZ POR QUE VCS TEM TANTO MEDO DAS FFAA? PORQUE COM ELAS NAO TEM PROCRASTINAÇAO, NAO TEM FALTA DE RESPEITO, TEM SOMENTE LEIS, LEIS E LEIS E ISSO VCS NAO GOSTAM. VCS SO GOSTAM DOS PRIVILEGIOS E NAO DAS RESPONSABILIDADES. ESTA NA HORA DE TROCAR TODOS OS DONOS DOS TRES PODERES. OU FAZEMOS ISSO OU VAMOS PARA O SACO NUS.

Old man disse...

Não deu tempo para o Jorge Serrão comentar a recusa da pres. do STF em participar da reunião de panos quentes do Temer,com o Renam, alegando que está com a agenda cheia. Parabéns a Carmen Lucia por mais essa atitude corajosa recusando o convite do pres. da república, mostrando que agora o STF tem uma presidência independente e que a constituição brasileira, voltou a ser respeitada.

Anônimo disse...

TEXTO 1

I.8. “A liquidez NÃO é para TODOS da comunidade financeira”

Parece-nos oportuno aqui registrar que a NEGAÇÃO DA EXISTÊNCIA DE UM VALOR INTRÍNSECO estável dos títulos é um dos argumentos centrais do “mimetismo”, conforme se segue:

• [...] Selon les économistes néoclassiques, les titres ont une valeur intrinsèque, encore appelée « valeur fondamentale », qui détermine le mouvement des prix. L'adéquation de cette hypothèse à la réalité n'a rien d'évident: comment peut-on concilier, sans contorsions excessives, les mouvements erratiques que connaissent sans cesse les cours boursiers, à la hausse comme à la baisse, avec l'hypothèse d'une valeur intrinsèque stable? Le plus souvent, les économistes sont conduits à admettre que les données objectives ne réussissent pas à expliquer les variations de prix. (18)

Traduzindo:

[...] Segundo os economistas neoclássicos, os títulos têm um valor intrínseco, também chamado de “valor fundamental”, que determina o movimento dos preços. A adequação desta hipótese com a realidade nada tem de óbvio. Como podemos conciliar, sem contorções excessivas, os movimentos erráticos que sofrem as cotações bursateis, tanto para cima como para baixo, com a hipótese de um valor intrínseco estável? Assim, freqüentemente, os economistas são levados a reconhecer que os dados objetivos não são bem sucedidos em explicar as variações dos preços (18) (negrito nosso).

• “A liquidez cria um mundo no qual a única justificativa para o preço é a sua legitimidade. [...]. Tudo o que importa é que estes sejam aceitos pela comunidade financeira.” (18)
Concordamos com a observação de AO (18) de que tudo o que importa é que os títulos de liquidez sejam aceitos pela comunidade financeira, como acima mencionado. Entretanto, discordamos que a liquidez cria um mundo no qual a única justificativa para o preço é a sua legitimidade. Neste sentido, inicialmente, parece-nos oportuno chamar à atenção para o fato de que “a liquidez NÃO é uma vantagem para TODOS da comunidade financeira.”

Anônimo disse...

TEXTO 1
I.8. “A liquidez NÃO é para TODOS da comunidade financeira”

Parece-nos oportuno aqui registrar que a NEGAÇÃO DA EXISTÊNCIA DE UM VALOR INTRÍNSECO estável dos títulos é um dos argumentos centrais do “mimetismo”, conforme se segue:

• [...] Selon les économistes néoclassiques, les titres ont une valeur intrinsèque, encore appelée « valeur fondamentale », qui détermine le mouvement des prix. L'adéquation de cette hypothèse à la réalité n'a rien d'évident: comment peut-on concilier, sans contorsions excessives, les mouvements erratiques que connaissent sans cesse les cours boursiers, à la hausse comme à la baisse, avec l'hypothèse d'une valeur intrinsèque stable? Le plus souvent, les économistes sont conduits à admettre que les données objectives ne réussissent pas à expliquer les variations de prix. (18)

Traduzindo:

[...] Segundo os economistas neoclássicos, os títulos têm um valor intrínseco, também chamado de “valor fundamental”, que determina o movimento dos preços. A adequação desta hipótese com a realidade nada tem de óbvio. Como podemos conciliar, sem contorções excessivas, os movimentos erráticos que sofrem as cotações bursateis, tanto para cima como para baixo, com a hipótese de um valor intrínseco estável? Assim, freqüentemente, os economistas são levados a reconhecer que os dados objetivos não são bem sucedidos em explicar as variações dos preços (18) (negrito nosso).

• “A liquidez cria um mundo no qual a única justificativa para o preço é a sua legitimidade. [...]. Tudo o que importa é que estes sejam aceitos pela comunidade financeira.” (18)


Anônimo disse...

TEXTO 1
I.8. “A liquidez NÃO é para TODOS da comunidade financeira”

Parece-nos oportuno aqui registrar que a NEGAÇÃO DA EXISTÊNCIA DE UM VALOR INTRÍNSECO estável dos títulos é um dos argumentos centrais do “mimetismo”, conforme se segue:

• [...] Selon les économistes néoclassiques, les titres ont une valeur intrinsèque, encore appelée « valeur fondamentale », qui détermine le mouvement des prix. L'adéquation de cette hypothèse à la réalité n'a rien d'évident: comment peut-on concilier, sans contorsions excessives, les mouvements erratiques que connaissent sans cesse les cours boursiers, à la hausse comme à la baisse, avec l'hypothèse d'une valeur intrinsèque stable? Le plus souvent, les économistes sont conduits à admettre que les données objectives ne réussissent pas à expliquer les variations de prix. (18)

Traduzindo:

[...] Segundo os economistas neoclássicos, os títulos têm um valor intrínseco, também chamado de “valor fundamental”, que determina o movimento dos preços. A adequação desta hipótese com a realidade nada tem de óbvio. Como podemos conciliar, sem contorções excessivas, os movimentos erráticos que sofrem as cotações bursateis, tanto para cima como para baixo, com a hipótese de um valor intrínseco estável? Assim, freqüentemente, os economistas são levados a reconhecer que os dados objetivos não são bem sucedidos em explicar as variações dos preços (18) (negrito nosso).

• “A liquidez cria um mundo no qual a única justificativa para o preço é a sua legitimidade. [...]. Tudo o que importa é que estes sejam aceitos pela comunidade financeira.” (18)

Concordamos com a observação de AO (18) de que tudo o que importa é que os títulos de liquidez sejam aceitos pela comunidade financeira, como acima mencionado. Entretanto, discordamos que a liquidez cria um mundo no qual a única justificativa para o preço é a sua legitimidade. Neste sentido, inicialmente, parece-nos oportuno chamar à atenção para o fato de que “a liquidez NÃO é uma vantagem para TODOS da comunidade financeira.”