terça-feira, 18 de outubro de 2016

Hora de combater usura, impostura e injustiça


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Alguns números, quando combinados, confirmam a tragédia estrutural brasileira. Nada menos que 74 milhões de ações judiciais tramitam sem solução em nosso Judiciário. Quando se chega, milagrosamente, a uma sentença, demora-se de três a nove anos para a decisão judicial ser executada. Geralmente, quando a máquina estatal é condenada a pagar, a dívida se transforma em precatório – normalmente pago no Dia de São Nunca. Mesmo que a Justiça ficasse sem receber nenhum processo novo, seriam necessários três anos de trabalho para zerar o estoque processual – que cresce na onda da judicialização em meio à insegurança jurídica.

Neste mesmo País canalha, que não paga precatório, um em cada três brasileiros estão pendurados com alguma dívida difícil ou impossível de pagar com a renda da sobrevivência cada vez mais comprometida. Os endividados dificilmente conseguem dinheiro emprestado novamente porque têm seus nomes negativados naquelas entidades privadas de “proteção ao crédito”. Nada menos que 84% dos curitibanos têm alguma dívida. Em Manaus, 42% da população têm a renda comprometida com débitos. Os bancos já decidiram suspender os consignados para servidores públicos com a corda no pescoço...

Quer mais? Os brasileiros não conseguem mais renda e emprego porque são sugados pela máquina estatal gastadora e corrupta. No Brasil, os 92 impostos, taxas e “contribuições” em vigor são a prova de um modelo econômico estruturalmente falido e injusto. Qualquer um sabe que quem tem mais renda, proporcionalmente, paga menos impostos. Quem ganha menos suporta um maior peso dos impostos sobre os bens de consumo. Enfim, é um consenso de que o sistema tributário brasileiro é um caos.

Quer mais? O Brasil bate o recorde na cobrança de juros. Os deuses do mercado ficam eletrizados hoje porque o Comitê de Política Monetária do Banco Central se reúne para dar uma reduzidinha na taxa básica de juros. Não importa se o percentual de diminuição será de 0,25% ou 0.5%. O sistema seguirá em seu círculo vicioso. O Estado desperdiça. Pagamos cada vez mais impostos. Empresas não agüentam, sonegam, demitem e quebram. O emprego desaparece. O cidadão, quebrado, alimenta uma onda de calote. União e Estados, com menos receita, fabricam dinheiro com títulos públicos que os bancos aceitam rolar, com juros altos. E assim segue o vira-lata correndo atrás do próprio rabo, até ser abatido por falência ou pela explosão de violência – tudo causado pelo sistema do crime institucionalizado...

Calcula-se que metade do produto interno bruto (tudo que a economia produz) tenha ido para o ralo por causa da corrupção política-econômica. Por isso, a “A crise empresarial e seus desafios legais” será o tema do VII Congresso Mundial de Direito Empresarial,nos dias 7 e 8 de novembro, em São Paulo. Dezenas de painéis enfocarão a legislação recuperacional, os 40 anos de vigência da lei de sociedades anônimas, o impacto do novo Código de Processo Civil no dia a dia da empresa e temas afins.

É preciso debater muito para encontrarmos soluções efetivas. Em meio a tanto caos, qual a prioridade do governo federal? Primeiro, aprovar uma Proposta de Emenda Constitucional com a desculpa de cortar gastos públicos, quando seu real e único interesse é garantir uma reserva de grana estatal para a rolagem da trilhonária dívida pública. A outra “prioridade” é a “Reforma da Previdência” – que no final das contas só vai penalizar o trabalhador. E, uma terceira, “prioridade”, é um programa de parcerias e privatizações que vai gerar mais “mensalões” para os políticos e negócios para os “laranjas” deles.

Enquanto nada se resolve, assistimos a uma explosão de violência patrocinada pela barbárie e pela ação de facções criminosas. A habitual onda de rebeliões em presídios, sempre nos períodos eleitorais, é apenas um sinalzinho do caos que vem pela frente...

Eis o Brasil que precisa ser passado a limpo com uma Intervenção Cívica Constitucional. Este seria o atalho para combater a usura, a impostura e a injustiça que inviabilizam o Brasil como Nação.

Contagem regressiva


Missão impossível


Limpeza


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 18 de Outubro de 2016.

5 comentários:

O SOMBRA disse...

TÍTULO - O SOMBRA - O POVO INOCENTE ÚTIL - O CRIME ORGANIZADO IMPLANTADO E EXECUTADO PELO SR. LULA, O PT E COMANDADO PELO FORO DE SÃO PAULO

PRA FRENTE BRASIL

FALANDO A VERDADE
GUERRA AS DROGAS 243

A MUITO TEMPO O SOMBRA VEM AFIRMANDO QUE QUEM COMANDA O CRIME ORGANIZADO NO BRASIL É O FORO DE SÃO PAULO DESDE 2003, QUANDO O SR. LULA, E O PT ASSUMIRAM A PRESIDÊNCIA DA REPUBLICA.

O APARELHAMENTO DO ESTADO BRASILEIRO COM O CRIME ORGANIZADO (TRÁFICO DE ENTORPECENTES E CONTRABANDO DE ARMAS) PELO SR. LULA O PT

O SR. LULA E O PT, CONSEGUIRAM ATRAVÉS DOS BARÕES DAS DROGAS INFILTRADOS NO FORO DE SÃO PAULO, DISTRIBUIR O DINHEIRO SUJO QUE FINANCIARAM AS CAMPANHAS ELEITORAIS, DE 1994 1998, COM ÊXITO E 2003, 2006, 2010 E 2014, COM ÊXITO.

ESTE DINHEIRO SUJO FINANCIOU TAMBÉM AS CAMPANHAS ELEITORAIS NOS ESTADOS E PREFEITURAS COM CANDIDATOS DO PT, EM TODO O TERRITÓRIO NACIONAL.

AS INVESTIGAÇÕES DA FORÇA TAREFA DA OPERAÇÃO LAVA-JATO E DO TSE ESTÃO TENDO DIFICULDADE DE PROVAR O QUE ESTÁ ACIMA DESCRITO, POR QUE AS CAMPANHAS, QUASE TODAS FORAM PAGAS COM DINHEIRO VIVO "DINHEIRO VIVO, NÃO DEIXA RASTROS", LOGO É DIFICIL DE RASTREAR.

POR ESSE MOTIVO É NECESSÁRIO INVESTIGAR AS EMPRESAS QUE PRESTARAM SERVIÇO NAS ELEIÇÕES.

O CRIME ORGANIZADO (TRÁFICO DE ENTORPECENTES E CONTRABANDO DE ARMAS ) CONTINUA CONTRIBUINDO COM DINHEIRO SUJO NAS CAMPANHAS ELEITORAIS:

SENHOR MINISTRO DA JUSTIÇA, ME DESCULPE, MAS O COMBATE AO CRIME ORGANIZADO NÃO PODE COMEÇAR PELOS PRESÍDIOS, TEM QUE COMEÇAR PELOS ORGÃOS DE INTELIGÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL.

MINISTÉRIO DA DEFESA, COM AJUDA DOS SERVIÇOS DE INTELIGÊNCIA DAS FORÇAS ARMADAS, NO COMANDO.

COM OS SERVIÇOS DE INTELIGÊNCIA DAS FORÇAS AUXILIARES, POLÍCIAS E BOMBEIROS MILITARES ESTADUAIS, DOS ORGÃOS DE INTELIGÊNCIA DAS POLÍCIAS CIVIS ESTADUAIS, FORÇA NACIONAL E POLÍCIA FEDERAL.

ATUANDO JUNTAS PARA PRENDER OS BARÕES DAS DROGAS INFILTRADOS NO FORO DE SÃO PAULO, ESTRANGEIROS HOMIZIADOS NO BRASIL E BRASILEIROS HOMIZIADOS NOS GOVERNOS FEDERAL, ESTADUAIS E MUNICIPAIS.

SÃO PESSOAS INFLUENTES QUE ESTÃO COMANDANDO DE DENTRO DO GOVERNO ESSAS FACÇÕES, SÃO O 2º ESCALÃO.

ESTE CHEFES DO 2º ESCALÃO, SÃO LIGADOS AOS BARÕES DAS DROGAS, E É QUEM COMANDA ESSAS FACÇÕES DE FORA DOS PRESÍDIOS, CUJOS 3ºESCALÃO É QUE ESTÁ PRESO E RECEBEM ORDENS DE FORA DESSES CHEFES, QUE SÃO RESPONSÁVEIS PELA GARANTIAS DAS SUAS FAMÍLIAS, FORA DOS PRESÍDIOS.

FORA DOS PRESÍDIOS, ESTÃO OS BARÕES DAS DROGAS EM SEUS PALÁCIOS CERCADOS DE SOLDADOS PARA SUAS DEFESAS E MANSÕES, NOS PARAÍSOS TURÍSTICOS ESPALHADOS, POR TODO O TERRITÓRIO NACIONAL.

SENHOR MINISTRO, E PRECISO TER CORAGEM E HONRA, QUE NÓS ACHAMOS QUE NÃO LHE FALTA, E PRESTÍGIO NO GOVERNO PARA SOLICITAR E DEIXAR A CARGO DO MINISTRO DA DEFESA A CONVOCAÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS.

O CRIME ORGANIZADO (TRÁFICO DE ENTROPERCENTES E CONTRABANDO DE ARMAS) É DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO GOVERNIO FEDERAL, MINISTÉRIO DA DEFESA, FORÇAS ARMADAS, POLÍCIA FEDERAL, GUARDA NACIONAL, COM AS FORÇAS AUXILIARES, POLÍCIA E BOMBEIROS MILITARES NOS ESTADO E AS POLÍCIAS CIVIL ESTADUAIS.
CONTINUA:

O SOMBRA disse...

CONTINUAÇÃO;

VEJA PALAVRAS DO MINISTRO:
"Alexandre Moraes, sobre guerra de facções: Combate ao crime organizado deve começar pelos presídios. Em reunião no Palácio Guanabara, ministro da Justiça estava em primeiro compromisso oficial do novo Secretário de Segurança do RJ
Por: Reinaldo Azevedo 17/10/2016 às 16:43.
Próxima
Por Leslie Leitão, na VEJA.com:

Moraes foi indagado sobre o racha entre o Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho (CV), as duas maiores facções criminosas do país, revelada pelo site de VEJA no domingo. No Rio de Janeiro, quase 100 presos da quadrilha oriunda de São Paulo foram transferidos de unidade nas últimas 72 horas. No Norte, não deu tempo e o massacre começou. Em Roraima, um dos dez presos mortos foi o líder do CV no estado, Valdenei de Alencar, o Vida Loka. "Não comento sobre criminosos. Mas não é possível combater de forma séria e dura o crime organizado se não começarmos pelos presídios", disse o ministro."

SENHOR MINISTRO DA JUSTIÇA, ME DESCULPE, MAS O COMBATE AO CRIME ORGANIZADO NÃO PODE COMEÇAR PELOS PRESÍDIOS, TEM COMEÇAR PELOS ORGÃOS DE INTELIGÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL.

MINISTÉRIO DA DEFESA, COM AJUDA DOS SERVIÇOS DE INTELIGÊNCIA DAS FORÇAS ARMADAS, E COM ESTAS FORÇAS NO COMANDO DAS AÇÕES.

"COM OS SERVIÇOS DE INTELIGÊNCIA DAS FORÇAS AUXILIARES POLÍCIAS E BOMBEIROS MILITARES ESTADUAIS, ORGÃOS DE INTELIGENCIA DAS POLÍCIAS CIVIS ESTADUAIS, FORÇA NACIONAL E POLÍCIA FEDERAL.

ATUANDO JUNTAS PARA PRENDER OS BARÕES DAS DROGAS INFILTRADOS FORO DE SÃO PAULO, ESTRANGEIROS, HOMIZIADOS NO BRASIL E BRASILEIROS HOMIZIADOS NOS GOVERNOS FEDERAL, ESTADUAIS E MUNICIPAIS.

SÃO PESSOAS INFLUENTES QUE ESTÃO COMANDANDO DE DENTRO DO GOVERNO ESSAS FACÇÕES.

ESTE SÃO O 2º ESCALÃO, QUE TAMBEM OBEDECEM A UM COMANDO SUPERIOR, MUITAS VEZES COMPRADOS PELOS BARÕES DO FORO DE SÃO PAULO.

ESTE 2º ESCALÃO, SÃO LIGADOS AOS BARÕES DAS DROGAS E COMANDO ESSAS FACÇÕES DE FORA DOS PRESÍDIOS, CUJOS TERCEIRO ESCALÃO É O QUE ESTÁ PRESO E RECEBEM ORDENS DE FORA, DESSES SEUS CHEFES, QUE SÃO RESPONSÁVEIS PELAS GARANTIAS DAS SUAS FAMÍLIAS, FORA DOS PRESÍDIOS.

AINDA, FORA DOS PRESÍDIOS, ESTÃO OS BARTÕES DAS DROGAS EM SEUS PALÁCIOS CERCADOS DE SOLDADOS PARA SUAS DEFESAS E MANSÕES NOS PARAÍSO TURÍSTICOS ESPALHADO POR TODO O TERRITÓRIO NACIONAL.

SENHOR MINISTRO TEM QUE TER CORAGEM, HONRA E PRESTÍGIO NO GOVERNO PARA SOLICITAR E DEIXAR A CARGO DO MINISTRO DA DEFESA A CONVOCAÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS.

O CRIME ORGANIZADO (TRÁFICO DE ENTROPERCENTES E CONTRABANDO DE ARMAS) É DE EXCLUSIVA RESPONSABILIDADE DO GOVERNIO FEDERAL, MINISTÉRIO DA DEFESA, POLÍCIA FEDERAL E GUARDA NACIONAL, COM AS FORÇAS AUXILIARES, POLÍCIA E BOMBEIROS MILITARES NOS ESTADO E AS POLÍCIAS CIVIL ESTADUAIS.

OS CHEFES DO CRIME ORGANIZADO ESTÃO FORA DOS PRESÍDIOS, NO COMANDO DO BRASIL, HÁ MUITOS ANOS, ANTES MESMO DO FORO DE SÃO PAULO, EM 1990, MAS RECRUDECEU NOS 13 ANOS DE GOVERNO DO SR. LULA E DO PT.

QUALQUER AÇÃO FORA DO ACIMA DESCRITO É "CHOVER NO MOLHADO" E ENCHER OS NOSSOS PRESÍDIOS SUPERLOTADOS, COM NOSSOS FILHOS E NETOS QUE SÃO DIARIAMENTE ALICIADOS PELOS AGENTES DO TRÁFICO.

ACABANDO COM OS BARÕES, ACABAREMOS OU NO MÍNIMO DIMINUIREMOS EM MUITO O CONCEITO ATUAL MUNDIAL, QUE CONSIDERA O BRASIL O 2º MAIOR CONSUMIDOR DE DROGAS DO MUNDO.

ESPERAMOS QUE O SR. MINISTRO, RECONSIDERE ESTAS PALAVRAS DITAS NA ASSUNÇÃO DO SECRETÁRIO DE SEGURANÇA, NO RIO DE JANEIRO.
"Mas não é possível combater de forma séria e dura o crime organizado se não começarmos pelos presídios", disse o ministro."

BRASIL ACIMA DE TUDO

Anônimo disse...

Não que os juízes já não ganhem o suficiente, mas é claro o plano de sabotagem que o judiciário vem executando este plano tem o nome de operação tartaruga. Quem sabe se os magistrados não recebessem uma porcentagem das sentenças não acabassem com estas patifarias, é simples pois os advogados ficam com 30 por cento das causas então que fiquem apenas com 20 e paguem 10 para o judiciário... hoje em dia um processo em qualquer instancia não é para demorar mais do que 40 minutos é só informatizar e seguir a lei, esta lei não está sendo seguida pois juízes e desembargadores estão vendendo sentenças com a maior cara de pau...

Unknown disse...

Existem as leis morais e as leis naturais. As primeiras, reveladas por Deus a Moisés, para mudar definitivamente o rumo da nossa civilização e acabar com a barbarie. As segundas, também criadas por Deus e percebidas lentamente pela mente humana (Ciência, com maiúscula), ao longo dos séculos, nos permitindo construir o progresso material. O Estado não pode substituir Deus, nem Suas leis. Por isso o judiciário não funciona. Nem a economia.

Unknown disse...

Existem as leis morais e as leis naturais. As primeiras, reveladas por Deus a Moisés, para mudar definitivamente o rumo da nossa civilização e acabar com a barbarie. As segundas, também criadas por Deus e percebidas lentamente pela mente humana (Ciência, com maiúscula), ao longo dos séculos, nos permitindo construir o progresso material. O Estado não pode substituir Deus, nem Suas leis. Por isso o judiciário não funciona. Nem a economia. Nem a educação. Enfim, nada que comunistas e socialistas ponham a mão.