quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Senado reage e Força Tarefa da Lava Jato ameaça renunciar, se Temer não vetar “Lei da Intimidação”


2ª Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A guerra de todos contra todos os poderes ganha tons fortemente emocionais. Os 13 membros da Força-Tarefa da Lava Jato fizeram um desafio direto ao Presidente Michel Temer, em reação direta à maioria da Câmara dos Deputados que desfigurou, completamente, o projeto de Medidas contra a Corrupção. Os procuradores advertiram que pretendem renunciar ao seu trabalho, se o Presidente da República não vetar as medidas que cerceiam o papel do Ministério Público e do Judiciário.

Os senadores reagiram com truculência à manifestação da Força-Tarefa da Lava Jato. Aliados de Renan Calheiros ameaçam votar, com urgência, ainda hoje, a versão do Pacote Anticorrupção que a Câmara violentou na calada da madrugada. Lideranças do PMDB, PTC e PSD assinaram o requerimento de urgência para tudo ser votado ainda nesta quarta-feira. O negócio passou direto, sem antes tramitar pelas comissões. A tentativa de um golpe parlamentar falhou: 44 senadores votaram contra a urgência e 14 aprovaram. 

“Assumimos a responsabilidade de fazer mudanças radicais em um sistema que está falido, fedido, e provoca a eterna desconfiança da sociedade brasileira. É inevitável que o País rediscuta a mudança do sistema de governo. O presidencialismo sangra diariamente”.

“O dito presidencialismo de coalizão é uma tentativa semântica de atribuir a estabilidade numérica a governos que não têm estabilidade alguma. A Caixa de Pandora, fonte dos desalinhos contemporâneos, está na legislação político partidária licenciosa e caduca”.

“Esse modelo é uma usina de de crises recorrentes. O ano de 2016 entrará para a História como um ano que não acabou. A crise política, econômica e social bagunçou o Brasil, desorganizou a economia e está punindo nossos trabalhadores com o desemprego assustador”.

Todas essas afirmações entre aspas sairiam normalmente da boca de algum político da oposição ou da mente de quem deseja mudanças estruturais no Brasil. No entanto, tudo foi dito ontem por ninguém menos que Renan Calheiros - um homem que é alvo de 12 inquéritos no Supremo Tribunal Federal e que é o autor, no Senado, de um projeto contra o Abuso de Autoridade (cujos alvos são magistrados e membros do Ministério Público Federal).

Você decide se Renan foi cínico ou sincero em discurso na Ordem dos Advogados do Brasil sobre “Reforma Política”. Renan tem grandes chances de ser transformado em réu, nesta quinta-feira, em decisão do Supremo Tribunal Federal. O mesmo STF pode decidir pelo afastamento do cargo do presidente do Senado. É o mesmo Renan que alega que o Congresso não pode sofrer pressão externa – do Judiciário ou do Ministério Público...

Ontem, avaliando a chance de o projeto de Abuso de Autoridade proposto por Renan Calheiros ser aprovado até o final deste ano, a presidente do Conselho Nacional de Justiça e do Supremo Tribunal Federal, Carmen Lúcia, deu um recado ao legislativo: “Os juízes brasileiros tornaram-se nos últimos tempos alvos de ataques, de tentativa de cerceamento de sua atuação constitucional, e, o que é pior, busca-se mesmo criminalizar o agir dos juízes brasileiros, restabelecendo-se até mesmo o que ali repudiado”.

Cármen Lúcia foi direta na condenação à tentativa de enfraquecer o Judiciário: “Desconstruir-nos como Poder Judiciário ou como juízes independentes interessa a quem? Enfraquecer-nos objetiva o quê? Juiz sem independência não é juiz. É carimbador de despachos, segundo interesses particulares, e não garante direitos fundamentais segundo a legislação vigente”. 

O debate vai esquentar ainda mais nesta quinta-feira, no Senado. O Presidente do Tribunal Superior Eleitoral e ministro do STF, Gilmar Mendes, e o juiz Sérgio Fernando Moro vão participar das discussões sobre a Lei de Abuso de Autoridade. Moro já antecipou que sugestão fará para que o projeto, aparentemente bem-intencionado, não se transforme em um instrumento de intimidação contra a independência da magistratura: “Não configura crime previsto nesta lei a mera divergência de interpretação da lei penal e por si só penal, ou na avaliação de fatos e provas”.

A atitude emocional e reacionária do legislativo contra o judiciário, com uma cínica cumplicidade do executivo, vai alimentar as grandes manifestações de rua programadas para domingo que vem. Novamente, a situação sai do controle da chamada “movimentomania profissional”, que era aparelhada, instrumentalizada e financiada por alguns partidos políticos apenas com o intuito de derrubar Dilma Rousseff (alguém lembra dela?).

Domingo, dia 4, o jogo será outro. Quem volta às ruas é o cidadão em movimento espontâneo de descontentamento contra os políticos, com pautas bem definidas: o fim do foro privilegiado, a defesa das medidas Anticorrupção e toda força para a Lava Jato. A crescente pressão popular será fundamental na luta contra os corruptos sistêmicos e institucionalizados.

Leia, abaixo, a mensagem da desembargadora federal Cecília Marcondes: A Intimidação e a Vingança ameaçam a Democracia


Dois pesos e dias medidas

Do jurista Antônio José Ribas Paiva, que domingo estará na Avenida Paulista defendendo a Intervenção Cívica Constitucional:

“Quando 50 patriotas intervencionistas ocuparam a Câmara Federal,  para protestar contra o Governo do Crime e cantar o hino nacional, nada quebraram, mas a imprensa sem vergonha, chamou-os de vândalos. Ontem, a guerrilha vermelha, dos Blocs, do MST, CUT, PT et  caterva, às centenas , invadiu ministérios, enfrentou a polícia e quebrou tudo, mas a mídia criminosa, chamou-os de " manifestantes". Está claro, que esses jornalistas estão a serviço do governo do crime. Meros traidores da pátria. Cadeia é pouco!!!”

Maçonaria se mexendo


Imagem de uma Loja maçônica no Rio de Janeiro, em plena sessão.

Releia a primeira edição desta quarta-feira: Corruptos não querem combater corrupção


Abaixadinha nos Juros

​O Copom decidiu, por unanimidade, reduzir a taxa Selic para 13,75% a.a., sem viés.

O Comitê ressalta os seguintes riscos para o cenário básico para a inflação:
Por um lado, (i) o possível fim do interregno benigno para economias emergentes pode dificultar o processo de desinflação; (ii) os sinais de pausa no processo de desinflação de alguns componentes do IPCA mais sensíveis ao ciclo econômico e à política monetária persistem, o que pode sinalizar convergência mais lenta da inflação à meta; (iii) o processo de aprovação e implementação das reformas e ajustes necessários na economia é longo e envolve incertezas;

Por outro lado, (iv) a atividade econômica mais fraca e o elevado nível de ociosidade na economia podem produzir desinflação mais rápida que a refletida nas projeções do Copom; (v) a inflação tem se mostrado mais favorável no curto prazo, o que pode sinalizar menor persistência no processo inflacionário; e (vi) o processo de aprovação e implementação das reformas e ajustes necessários na economia pode ocorrer de forma mais célere que o antecipado.

Considerando o cenário básico, o balanço de riscos e o amplo conjunto de informações disponíveis, o Copom decidiu, por unanimidade, pela redução da taxa básica de juros para 13,75% a.a., sem viés. O Comitê entende que a convergência da inflação para a meta de 4,5% no horizonte relevante para a condução da política monetária, que inclui os anos-calendário de 2017 e 2018, é compatível com um processo gradual de flexibilização monetária.

A magnitude da flexibilização monetária e a intensificação do seu ritmo dependerão das projeções e expectativas de inflação e da evolução dos fatores de risco mencionados acima. Nesse sentido, o Copom destaca que o ritmo de desinflação nas suas projeções pode se intensificar caso a recuperação da atividade econômica seja mais demorada e gradual que a antecipada. Essa intensificação do processo de desinflação depende de ambiente externo adequado.

Votaram por essa decisão os seguintes membros do Comitê: Ilan Goldfajn (Presidente), Anthero de Moraes Meirelles, Carlos Viana de Carvalho, Isaac Sidney Menezes Ferreira, Luiz Edson Feltrim, Otávio Ribeiro Damaso, Reinaldo Le Grazie, Sidnei Corrêa Marques e Tiago Couto Berriel.

Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 30 de Novembro de 2016.

12 comentários:

Anônimo disse...

BANDIDO É BANDIDO E FAZ TEMPO QUE LHES DIGO ESTÃO EM TODOS OS PODERES, POR DÉCADAS O NOSSO JUDICIARIO VEM MASSACRANDO NOSSO POVO E COMETENDO TODO TIPO DE CRIMES E NUNCA TIVERAM UMA CORREGEDORIA QUE OS FIZESEM PARAR, ENTÃO AGORA É A HORA DA MODIFICAÇÃO NA LEI DA MAGISTRATURA E CRIAÇÃO DE PENAS SEVERAS PARA OS SEUS BANDIDOS DE TOGA... JÁ NA POLITICA QUE O JUDICIARIO ÑUNCA MAIS SE VENDA E QUE PROMOVAM A JUSTIÇA PARA O POVO SEGUINDO AS LEIS E A CONSTITUIÇÃO... EM TODOS OS MUNICIPIOS DOS ESTADOS EXISTE UMA COMARCA QUE COMANDA, VEREADORES, PREFEITOS, PROMOTORES, POLICIAS, JUIZES E DESEMBARGADORES E OS OBRIGAM A SEGUIR A CARTILHA DA MAÇONARIA PROMOVENDO OS ESTRAGOS QUE LHES CONVEM... PERCEBAM QUE NOS DIAS DE HOJE UM PROCESSO NÃO DEVERIA DEMORAR MAS DO QUE 45 MINUTOS MAS PARA NÃO DESAGRADAR A MAFIA CHEGAM A DEMORAR 25 ANOS, ENTÃO DE UM JUDICIARIO DESSES O PAIS NÃO PRECISA ASSIM COMO DESSES POLITICOS... MORAL DA HISTÓRIA, NA POLITICA, NO JUDICIARIO E NAS FFAA EXISTE E SEMPRE EXISTIRA DE TUDO O QUE NÃO PRESTA E O QUE TEM QUE PARAR É ESSA HISTÓRIA DE UM PROTEGER O OUTRO MAS SIM DE COMEÇAREM UM FISCALIZAR E PUNIR OS QUE NÃO PRESTA, E QUE DOA EM QUEM DOER... RESUMINDO TUDO FARNHA DO MESM SACO E TODOS DE RABO PRESO UM COM O OUTRO...

Anônimo disse...

Papo furado, conversa pra boi dormir, blá blá blá pois se a discussão fosse o fim dos salários milionários e os privilégios dessas três raças malditas o pais dormiria em paz... Se ninguém levantar essa lebre e intima-los a executar essa missão o judiciário, a politica e as FFAA continuarão a levar tudo para o buraco pois são tudo um bando de ladrão da mesma laia...

Anônimo disse...

O POVO BRASILEIRO ASSISTIU NA MADRUGADA DO DIA 30 DE NOVEMBRO DE 2016 O RESULTADO DA COVARDIA DO STF E DAS FORÇAS ARMADAS DO BRASIL.
Os primeiros porque se acovardaram para julgar os processos dos políticos(as) corruptos e corruptores. Os últimos por serem insensíveis ao sofrimento da população brasileira, em verdadeira covardia institucional, embora sabedores que estamos sendo governado por uma classe política da pior espécie, gente má, gente de péssima índole, que faz o mal prevalecer sobre o bem, como são os casos de Lula, Dilma, Canalheiros, Rodrigo Maia, José Dirceu, Delúbio, José Genoino e muitos outros. São piores que Marcola e Fernandinho Beira Mar juntos.
Agora que o stf não mais lhes interessa irão lhes retirar os processos, para mandar para os seus Estados, onde o coronelismo ainda existe.
Isto é desabafo ou real? Penso ser realidade pura.
ANTONIO AUGUSTO.

Anônimo disse...

Custo Renan
Economia 01.12.16 06:10
O golpe contra a Lava Jato chegou ao Financial Times.

A economia brasileira, que já está quebrada, agora terá de cobrir também o rombo provocado por Renan Calheiros e Weverton Rocha.
O ANTAGONISTA
PS - O SINDICATO DO CRIME MOSTROU SUA REAL CARA. TEMOS UM CONGRESSO INCHADO COM SEISCENTOS PARLAMENTARES MAIS OU MENOS RECHEADO DE QUARENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA SEQUELAS DA CELULA MATER PT, COMO VEMOS ESSES SENHORES QUE TRANSFORMARAM O CONGRESSO EM SINDICATO DO CRIME SO SE INTERESSAM POR SEUS ESTATUS QUO, AS BENESSES QUE RECEBEM PARA NAO FAZER NADA. SE REUNIREM SEMPRE A PORTAS FECHADAS PARA ARQUITETAR PLANOS PARA TRANSFORMAR O PAIS NESTA MASSA FETIDA RECONHECIDA MUNDIALMENTE COMO O ATRASO ENTRE AS NAÇOES DO MERDA SUL. NOSSO PAIS E UMA PIADA UMA PIADA DE MAU GOSTO. E A UNICA VEZ EM MINHA VIDA QUE VI E VIVENCIEI VARIOS PRESIDENTES QUE CONSEGUI VIVENCIAR ANTES DE MORRER A PUTARIA A CEU ABERTO QUE SE INSTALOU EM BRASILIA. FALTA DE RELIGIAO, FALTA DE VERGONHA NA PUTA DA CARA, FALTA DE RESPEITO AO CIDADAO QUE PAGA JUROS E CORREÇAO MONETARIA DO QUE NAO FEZ A ESSA CORJA MALDITA VERMELHA QUE SE INSTALOU NO CONGRESSO. E A UNICA VEZ QUE EU VI CIDADAOS QUE DEVERIAM ESTAR CUIDANDO DE SEUS ESTADOS, SE SEU PAIS E DE SUAS CREDIBILIDADES FAZER UM ATO ESPUREO EM NOME DE ACOBERTAR CRIMES CONTRA A ADMINISTRAÇAO PUBLICA. E O ASSALTO AO CIDADAO A MAO ARMADA PORQUE ELES POSSUEM A TAL INIMPUTABILIDADE, E O DESCREDITO, E A DESCONFIANÇA, E O CHEQUE EM BRANCO QUE FOI DADO A UMA FORÇA MALEFICA QUE ESTA LIQUIDANDO O PAIS. AONDE VAMOS PARAR COM ESSA VAGABUNDAGEM A FRENTE DE NOSSO PAIS? ESTA E A PRIMEIRA VEZ NO MUNDO QUE FUNCIONA QUE JUIZES SAO AMEAÇADOS PELOS LADROES E ISSO DEBAIXO DO NARIZ DE SEISCENTOS DEPUTADOS FEDERAIS QUE DEVERIAM DEFENDER A CONSTITUIÇAO PERNETA E MAIS UMA VEZ DEFECARAM NELA UM SEM VERGONHA FILHOTE DE SAFADO E GENRO DE VAGABUNDO NO CONGRESSO COM CARA DE SINICO DIZENDO QUE FOI O DESEJO DA MINORIA E NO TOPO NO SENADO O VAGABUNDO QUE TOCA TODO O REBANHO DO SINDICATO DE CRIME QUERENDO PASSAR ESSA PUTARIA A CEU ABERTO DEPOIS DE FALAREM NO FANTASTICO QUE NAO IRIAM MEXER NO QUE ESTAVA QUIETO OU SEJA A LAVA JATO. COMO VIMOS FOI EXPLICITO O ATO DOS TRES VIGARISTAS DO SINDICATO DO CRIME QUERENDO DESTRUIR O RESTO QUE SOBROU DE NOSSO PAIS. O SINDICATO DE CRIME ESTA EMPENHADO EM SALVAR SEUS PROPRIOS RABOS POR ISSO A PRESSA EM COBRIR AS MERDAS QUE FIZERAM. SO TENHO UMA OBSERVAÇAO A FAZER AS FFAA DO PAIS DEVERIAM ENTRAR EM CAMPO TIRAR TODO O FILHO OU FILHA DA PUTA QUE ESTA EMPORCALHANDO O CONGRESSO BRASILEIRO. LUGAR DE LADRAO E NA CADEIA PRINCIPALMENTE DE AGENTE PUBLICO QUE PREVARICA EM BENEFICIO PROPRIO. DOMINGO VAMOS AS RUAS SEREMOS DESTA VEZ MILHOES, MILHOES E MAIS MILHOES ELES VAO VER DE QUE RAÇA E FEITO O POVO BRASILEIRO. O GIGANTE VAI BERRAR JA QUE SAO SURDOS, IDIOTAS E DEMENTES. ELES VAO VER QUEM MANDA AQUI. VERMELHOS NO LUGAR QUE TANTO AMAM. CUBA OLHANDO O FINADO E NOS MENOS VOTADOS.

Anônimo disse...

"A retomada da economia fica para depois"
Brasil 01.12.16 06:29
Prepare-se para o pior.

O PIB vai continuar caindo enquanto Michel Temer e seus parceiros no Congresso Nacional não desistirem de golpear a Lava Jato.

A retomada da economia depende da estabilidade institucional.

Diz o Estadão:

“Não há como ignorar que se desenrolou no Congresso mais uma batalha da guerra entre Legislativo e Judiciário. Com um enorme potencial de riscos para a estabilidade política do País (…).

Há incertezas agora sobre a capacidade do governo de controlar a pressão que vem das ruas e de dentro de casa – ou seja, das suas próprias bases.

Nesse quadro, imagine-se então na pele de um investidor. O mais provável é que ele respire fundo e aguarde para ver onde tudo isso vai dar. E a retomada da economia fica para depois”.
O ANTAGONISTA

Anônimo disse...

PRESSÃO NAS REDES, PANELAÇOS, BERREIROS NAS RUAS COM CARTAZES, ISSO FUNCIONA!
Esses que estão contra os juízes e M Público, verifiquem a fichinha da vida pregressa deles: poleiro de pato!
Querem simplesmente continuarem pilhando e nunca condenados, só eles!

Anônimo disse...

Odebrecht pronta para assinar
Brasil 01.12.16 06:39
Acorde, Lula. Acorde, Renan Calheiros.

Lauro Jardim, em O Globo, informa que "o imbróglio entre as autoridades judiciais dos EUA e Brasil, que impedia a assinatura do acordo de leniência da Odebrecht, já foi solucionado".

O Congresso Nacional pode perseguir os procuradores da Lava Jato. Mas não pode alterar as planilhas da propina da Odebrecht.
O ANTAGONISTA

Anônimo disse...

Senadores concluem emenda ao projeto de Renan
Brasil 30.11.16 22:03
Os senadores Randolfe Rodrigues, Ana Amélia, Lasier Martins, Reguffe, João Capiberibe e Elmano Férrer concluíram hoje uma emenda ao projeto de abuso de autoridade de Renan Calheiros -- AQUI está a íntegra.

O Antagonista soube que a elaboração do texto contou com a ajuda de representantes do Ministério Público.

O plano A desse grupo de senadores é barrar o projeto. Essa emenda seria um plano B.

As equipes dos senadores prepararam um quadro comparando as duas versões: a de Renan e a emenda -- vejam aqui.
O ANTAGONISTA
PS - A COPIA DAS EMENDAS ESTA NO BLOG O ANTAGONISTA

Anônimo disse...

quarta-feira, 30 de novembro de 2016
Os deputados paraenses que querem punir juízes e promotores, e que votaram na descaracterização das 10 Medidas, num imenso desestímulo ao combate à corrupção.
Beto Faro PT PA
Beto Salame PP PA
Elcione Barbalho PMDB PA
Francisco Chapadinha PTN PA
Hélio Leite DEM PA
José Priante PMDB PA
Júlia Marinho PSC PA
Lúcio Vale PR PA
Nilson Pinto PSDB PA
Zé Geraldo PT PA
BLOG LIBERTATUM

Anônimo disse...

JORNALISTA DETONA DEPUTADOS QUE DESTRUIRAM AS 10 MEDIDAS CRIMINOSOS, BAN...
https://www.youtube.com/watch?v=UnoNUIAsamk&feature=player_embedded
BLOG LIBERTATUM

Anônimo disse...

https://youtu.be/EC7YuOrZ8zs

URGENTE! POLÍTICOS BRASILEIROS QUEREM LEGALIZAR A CORRUPÇÃO

VEJAM ESTE VIDEO URGENTE, URGENTE

ELISEU TEIXEIRA disse...

AS VOTAÇÕES NO CONGRESSO NOS MOSTRARAM CLARAMENTE QUE:
A
MAIORIA ESTÁ ENVOLVIDA EM "MAUS FEITOS" E TEMEM A JUSTIÇA E ASSIM ,USANDO OS PODERES QUE LHES SÃO LEGADOS TENTAM ABAFAR TUDO ;...UMA ATITUDE VERGONHOSA MESQUINHA E ESTES DITOS REPRESENTANTES DO POVO NÃO PASSAM DE CANALHAS QUE COM O VOTO DESTE POVEKO BRASILEIRO ALEM DE GANHAR O NOSSO DINHEIRO ROUBAM E QUEREM SAIR ILESOS
JA PASSOU DA HORA DE UM NOVO AI5 ACABAR DE VEZ QUE ESTA CACHORRADA QUE NÓS ALIMENTAMOS .FORA CONGRESO JÁ E AGORA