terça-feira, 27 de dezembro de 2016

2017 oferece risco real de aumento de impostos


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

É um mau hábito da politicagem brasileira anunciar uma coisa e fazer o contrário do que foi dito. Prometer e não cumprir é praticamente um vício tupiniquim. Contar mentirinhas convenientes também é outra característica danosa dos detentores do poder. A venda de ilusões ao cidadão-eleitor-contribuinte, via marketagem, parece uma constante. Por isso, tanta gente está cética e desconfiada com as promessas para 2017, no finzinho de um 2016 que ameaça não acabar...   

O Presidente Michel Temer repete um mantra: "Eu vivo pregando o otimismo, a pacificação, a serenidade". O “Presidente da área econômica” Henrique Meirelles insiste em outro: “O País precisa se modernizar e se tornar mais competitivo”. Além de focar na polêmica reforma da Previdência – prioridade do governo para 2017, antes que o chegue o ano reeleitoral de 2018, quando nada costuma se resolver -, o governo ameaça uma discussão sobre outra reforma essencial: a tributária. O problema é que mexer nos 92 impostos, taxas e contribuições depende da efetiva mudança na modelagem da máquina estatal...

Um detalhe assusta os analistas econômicos: as contas públicas voltaram a ficar no vermelho em novembro. O problema pode se repetir quando fecharem as contas de dezembro. As despesas não param de subir. A arrecadação não para de cair. É por isso que é grande a possibilidade de os governos da União, Estados e municípios, em ritmo de quebradeira e recessão, promoverem a costumeira falsa solução: dar um jeitinho de aumentar a já absurda carga tributária.

Enquanto nada muda de verdade – e o horizonte acena que a gente continuará pagando a conta, como de mau hábito -, o Presidente Temer segue seu temerário afago a aliados inconfiáveis ou que sobrevivem sob risco de ataque direto pelo Judiciário, sobretudo na Lava Jato. O que justifica que Temer faça um afago no alagoano Renan Calheiros, indo para Maceió anunciar a liberação de R$ 750 milhões em recursos no combate à seca nordestina – a pior em 100 anos? Por que é tão importante para Temer agradar Renan e Renan Filho (governador de Alagoas)?

O mesmo Temer que afaga Renan também faz carinhos e promessas a outra fonte fundamental de sustentação política: os banqueiros. Um dos grandes planos – não divulgado em sua totalidade – é a maneira como o governo deseja resolver o descontrolado endividamento dos brasileiros com os bancos que cobram taxas absurdas e juros estratosféricos (que financiam, em última instância, a gastança da máquina pública perdulária e corrupta). O plano é gerar facilidades e supostas vantagens para que os recursos a serem liberados de contas inativas do FGTS acabem canalizados para o próprio sistema financeiro, na quitação de dívidas. Por enquanto, o tema é tratado com muito cuidado pela equipe econômica.

Fora as promessas e expectativas oficiais para 2017, o ano de 2016 termina com uma piada geopolítica. O presidente de Cuba, Raul Castro, continua se negando a reconhecer o governo Michel Temer. O fanfarrão Raul não aceita receber as credenciais do embaixador Frederico Duque Estrada. O irmão do falecido Fidel adverte que só normalizará as relações com o Brasil assim que assumir um Presidente da República eleito pelo voto direto. Já pensou se o Michel Temer pedir reciprocidade na mesma exigência?

É mais prudente a gente se preocupar com o risco real de novos aumentos de impostos, antes de saborear aqueles deliciosos copos de “morrito” nas festanças do final de um ano que insiste em não acabar...

Apartados


Chapolin pirou?

 
Festejando sempre

   
Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 27 de Dezembro de 2016.

11 comentários:

Anônimo disse...

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Maior facção criminosa do Brasil lança ofensiva empresarial no Rio

Após ruptura com Comando Vermelho, PCC penetra nos morros e chega à favela mais rentável da cidade.

Não foi uma ligação especifica, nem uma frase reveladora, mas quando a Polícia Civil do Rio de Janeiro percebeu que entre as conversas de traficantes cariocas presos havia interlocutores com sotaque paulista, um alerta começou a piscar e o caso deu uma reviravolta. A investigação que, originalmente, apurava os elos do Comando Vermelho, a maior facção criminosa do Rio, com seus distribuidores de armas e drogas, revelou algo muito maior e preocupante para um Estado em crise: O Primeiro Comando da Capital (PCC), a poderosa facção paulista, a maior do Brasil, quer o Rio de Janeiro.

Aliados há cerca de duas décadas, o PCC resolveu romper com o Comando Vermelho, mais de um ano atrás,mas seu divórcio oficializou-se apenas em outubro com um banho de sangue em presídios do norte do país, onde 21 presos foram assassinados. Bandidos que antes conviviam em sintonia nas ruas, nas fronteiras e nas prisões, pedem agora transferência de presídios para não dividir mais o mesmo espaço e se manter vivos.

Os traficantes de São Paulo querem agora avançar no terreno dos velhos sócios e começaram cooptando aliados nas cárceres, centros operacionais e residência das cúpulas do crime no Brasil. A ofensiva, que mais parece uma estratégia de expansão empresarial, contempla também acordos comerciais com outras facções criminosas e o monopólio da distribuição de drogas e armas na favela considerada como a mais rentável do Rio, a gigantesca Rocinha, na rica Zona Sul. O objetivo é aumentar o lucro e enfraquecer o novo inimigo. “Aquela raça do CV vai se foder com nós”, revelam as escutas dos paulistas nas suas celas.

Brasil

O Criminoso atraiu os cariocas sem dificuldades. O PCC oferece: Assistência jurídica, empréstimo de armas e drogas, apoio no Brasil todo e nos países vizinhos onde o PCC tem ramificações, melhores condições na prisão com TV de plasma a frango frito. Uma reportagem da ponte revelou que o PCC também oferece a seus integrantes seguro médico e funerário, caso a empreitada criminosa dê errado.

Postado por Ricardo Oscar vilete Chudo às 12:34

Anônimo disse...

Ameaça de morte ao juiz Sérgio Moro acorda os militares

Agora complicou – Ameaça de morte ao juiz Sérgio Moro acorda os militares.

Moro em Curitiba: protegido por agentes treinados em Brasília; no detalhe, um dos ataques feitos pela internet .

O juiz Sérgio Moro, responsável pela operação Lava-Jato, vem sendo ameaçado de morte pelo baixo-clero descontente com sua atuação nas investigações. Desde que destacou-se como figura crucial às investigações da operação Lava Jato, aquela que vem ameaçando cobras e lagartos, Moro recebe ameaças de morte, pois até mesmo chegou a ser alçado ao patamar de ‘herói nacional’ pelo povo e mandar buscar Lula em sua humilde residência para uma conversinha entre cavalheiros, as ameaças ao juiz triplicaram.

O Juiz Sergio Moro no aeroporto aguardando embarque, seus seguranças fazem formação em circulo ao redor dele, sinal de que as ameaças são reais sim.

Pelo menos três desses ataques resultaram em abertura de inquérito por um motivo muito simples: incitaram, entre outras barbaridades, ao assassinato do juiz da Lava-Jato. “Chega de palhaçada de acreditar na democracia de direita. Matem o Moro”, escreveu no Twitter um agressor já identificado. “Tenhamos coragem. Matemos Moro e acabemos com esta festa”, emendou o militante. “Todos de esquerda nas ruas já e com armas! É guerra civil”, postou outro radical no Facebook. “Matar o Moro e todos os fascistas. É guerra”, prosseguiu. Mensagens desse quilate puseram a polícia e Moro em alerta. A “ameaça concreta” que o juiz paranaense dizia inexistir despontou como uma possibilidade real. Prudência agora é o nome do jogo. Desde aquela sexta-feira em que Lula depôs numa sala do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, agentes da Polícia Federal se revezam num esquema ostensivo ao redor de Moro. Em paralelo, policiais rastreiam a origem das ameaças e de telefonemas que o magistrado tem recebido. “Identificaremos todos eles”, disse a VEJA um investigador que trabalha no caso.

Os delinquentes já não escondem o rosto atrás de bandeiras partidárias: gritam seu ódio em redes sociais para qualquer um acessar, certos de que a mesma impunidade que blindava os chefões ainda os blindará agora. E o governo ainda tem o desplante de vir a público dizer que nunca na história do Brasil houve tanto combate à corrupção. Ora, ora, malandragem, dá um tempo ! Quem combate a corrupção é a Polícia Federal.

Se há corrupção no PT, por que a Polícia Federal não pode investigar? Se houve corrupção no governo FHC ou qualquer outro, por que não denunciaram ?
Ameaçar o juiz Sérgio Moro é o mesmo que dizer que a luta pela queda do regime militar nunca passou de golpe para tomar o poder. Aliás, alternância de poder não é uma coisa que esteja nos planos petistas, não é mesmo ? –

Fontes: Pensa Brasil e veja










Anônimo disse...

Notícias
Já no impeachment, Janaína Paschoal quis emparedar Dilma com a Braskem, mas não deixaram

janaina-paschoal

Ligada ao grupo Odebrecht, só agora fica clara a relação espúria da Braskem com a presidente cassada

O maior acordo de leniência da história foi assinado graças aos esforços da Lava Jato. O ressarcimento bilionário será pago pela Odebrecht e Braskem, empresas do mesmo grupo. A primeira já é protagonista no noticiário há tempos. A segunda, ainda que surgisse em notas menos clicadas, só agora começa a mostrar a cara, e sua relação espúria com Lula e Dilma Rousseff.

Contudo, em sua conta no Twitter, Janaína Paschoal conta que muito tentou explorar o tema já no impeachment de Dilma, mas simplesmente foi impedida.

“Quando fui ao escritório do Professor Modesto, ele me perguntou se eu havia visto que Dilma convidara empresários da Braskem para jantar. Com sua experiência, o Professor vinha denunciando, na imprensa, que o discurso anticorrupção do governo era uma falácia. Eu tinha clara a ligação de Lula e Dilma com a Odebrecht, com a Braskem (que também é Odebrecht), eu não tinha. Professor Modesto alertou. Postei algumas matérias evidenciando essa íntima relação de Dilma com a Braskem. Eu queria perguntar à ex-presidente sobre suas ligações com Braskem e a Odebrecht, mas essa parte foi extirpada da denúncia. Por quê? Espero que as autoridades brasileiras façam as perguntas que eu fui impedida de fazer. Talvez as autoridades estrangeiras façam antes.”

Quem salvou Dilma Rousseff dessa? Essa é para esfregar na cara de todos os petistas. O trecho que atingia o Petrolão foi todo removido já no origem. Por uma pessoa hoje detida pela Lava Jato. Essa pessoa se chama Eduardo Cunha.

Anônimo disse...

terça-feira, 27 de dezembro de 2016




Ex-presidente desmascarado mundialmente ...




... pelos EUA e enquadrado como chefe do maior roubo da história




Colocado em "Therealatalk"

PERPLEXIDADE MUNDIAL:

por Francisco Ferreira Dias

SEGUNDO A REVISTA ‘ISTOÉ’: R$ 50 MILHÕES PARA DILMA; R$ 100 MILHÕES PARA PT. L--- AUTORIZOU ESQUEMA, SEGUNDO DELAÇÃO ÀS AUTORIDADES NORTE-AMERICANAS.

Documentos do Departamento de Justiça dos Estados Unidos revelados na última quarta-feira 21, e que integram a papelada sobre o acordo de delação premiada da Odebrecht, causaram perplexidade mundial pela grandeza dos números. Segundo a papelada, o grupo Odebrecht pagou mais de US$ 1 bilhão (R$ 3,3 bilhões) em propinas a governantes e políticos de 12 países desde 2003. A maior parte desses subornos – US$ 599 milhões ou quase R$ 2 bilhões – foi repassada a autoridades brasileiras. O que mais chama a atenção, no entanto, é que entre os principais beneficiários estão a ex-presidente Dilma Rousseff. Apesar da fartura de evidências, a mais importante delas as próprias delações dos executivos da empreiteira que já apontavam a sua participação direta nas negociações de propina e caixa dois, a petista insistia em vender uma imagem de política pura e imaculada. A investigação dos EUA ajuda a desmontar esse discurso. De acordo com a documentação em poder das autoridades norte-americanas, a campanha de Dilma em 2010 foi irrigada com R$ 50 milhões em propinas.

L--- e seus cupinchas já se dizem vítimas e perseguidos dos cruéis capitalistas Norte-americanos, após a publicidade das investigações sobre o propinoduto, lá nos EUA.

O que os procuradores federais dos EUA divulgam é o que todo mundo já sabe: que L--- e o quadrilhão cometeram o maior roubo da história do Planeta.

L--- é o número 1, o chefe.

https://www.youtube.com/watch?v=A6VGuMP1rJc&feature=youtu.be

http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2016/12/reportagem-bomba-de-istoe-r-50-milhoes.html

Postado por Jurema Cappelletti às 03:24

Anônimo disse...

Eternamente Pt
PARA OS INGÊNUOS PETISTAS

que ainda acreditam na ideologia 'estrelar'
PT FEZ COM O PMDB UMA TROCA DE FAVORES:

Foi aquele troca-troca que já se tornou normal entre a politicalha

Com toda a ideologia imaginária colocada de lado, o PT daria apoio ao PMDB na presidência do Senado em troca de um alívio à Dilma Rousseff, como se concretizou.

Artigo completo:

http://m.folha.uol.com.br/poder/2016/12/1844787-pt-trocou-apoio-a-pmdb-na-presidencia-do-senado-por-alivio-a-dilma.shtml

O PT foi o grande partido tapeador dos pobres. Chegou como se fosse sério e disposto a enfrentar as mazelas criadas pelos outros partidos. Logo, logo se mostrou tão corrupto quanto os outros'. E, pior, foi incompetente dentro da sua própria corrupção. Ou seja, não foi competente nem para fazer safanagem ! Vá ser ruim assim no PT que o pariu!

Postado por Jurema Cappelletti às 00:44

Anônimo disse...

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Dura realidade CUTiana

A dura realidade

A bancada sindical perdeu terreno nas eleições de 2014. Em 2010, foram eleitos 83 deputados e oito senadores. Agora, são 51 deputados e nove senadores, de acordo com o Diap. O chão da fábrica (CUT, Força Sindical e CTB) e o chão da loja (UGT) vão ter que suar a camisa para mudar o projeto enviado pelo presidente Temer. O peso das centrais é minimizado pelo ministro Eliseu Padilha, formulador da reforma. Ao contrário da proposta da Previdência, que afeta todos, a trabalhista torna legal práticas amplamente adotadas no mercado de trabalho, sobretudo nas profissões contemporâneas, que proliferam na área de serviços.

“O Brasil não pode usar conceitos de países com um século de estabilidade social.
Um país do terceiro mundo não pode ser comparado aos do primeiro mundo”

Adilson Araújo, presidente da Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB)

Postado por Jurema Cappelletti às 10:59

Anônimo disse...


https://www.youtube.com/watch?v=A6VGuMP1rJc&feature=youtu.be

http://aluizioamorim.blogspot.com.br/2016/12/reportagem-bomba-de-istoe-r-50-milhoes.html

*****

Documentos dos EUA detalham como Odebrecht atuou para pagar propina - Empresa fechou acordo de leniência com EUA, Suíça e Brasil; construtora admitiu, segundo departamento americano, R$ 788 milhões em propina em 12 países.

Postado por Jurema Cappelletti às 03:24

Anônimo disse...


sábado, 24 de dezembro de 2016

"Lavagem Cerebral".

Maior; muito maior que o “estrago” que as famigeradas esquerdas fizeram e continuam fazendo no Brasil; maior que essa corrupção que nos devora, foi o “estrago”, um estrago sem volta, que continua sendo perpetrado nas cabecinhas inocentes das nossas “crianças”, principalmente nas cabeças dos estudantes das nossas “Universidades”, hoje um antro (salvo as honrosas exceções!) de “professores” especializados em “lavagens cerebrais”. Ontem fui interrogado por um desses “alunos”, que, vindo passar as férias natalinas aqui no condomínio onde eu moro, descobriu -- sei e não sei como -- que sou “Coronel”, me perguntou, risonho e capcioso: -- Coronel, o senhor não acha que os militares exageraram nas torturas e mal tratos, durante a ditadura? Conversando “melhor”, descobri o quanto ele foi “seduzido” nas salas de aula, lugar onde um professor é um rei! E tudo o que esse rei diz, “é verdade’! Agora eu me pergunto:-- Quantos pais; quantos pais militares como eu, como nós, não foram também surpreendidos com perguntas desse tipo, às vezes feitas por seus próprios filhos?

Difícil será livrar o Brasil dessa corrupção que nos devora; mais difícil será livrar nossos filhos de “Lavagens Cerebrais” que “voam”, que vagueiam, pelos céus das nossas “dominadas” escolas! Será que nossas “Escolas Militares” já não estejam também “dominadas’?

Velha Águia - Coronel Maciel

Coronel Maciel.
Postado por Coronel Maciel. às 05:52

Anônimo disse...

Cleonice I Ferreira disse:

Acredite.

E você verá os seus sonhos se tornarem realidade.
Cada novo dia é um recomeço,uma nova oportunidade para sonhar,viver e agradecer.
Que você aproveite todos os 365 novos dias que chega.

Um ano repleto de paz e felicidades.

Obs: Mensagem enviada por José Eliton de Figuerêdo júnior, vice-Governador de Goiás em Cartão Postal. Estou compartilhando com todos vocês, por ter gostado.

Que a Luz Divina ilumine toda a humanidade.

Anônimo disse...

Mas parece que o próximo pacote será a decretação da expropriação de todos os recursos do setor privado e isto, podem acreditar, não trará alívio às contas do governo, digo, dos bancos, por período não superior a um ano. O maior problema é que todos estão fechando as portas. Podem aumentar impostos o quanto queiram, pois ninguém mais aguenta subsidiar um punhado de vagabundos que o governo insiste em alimentar.

Anônimo disse...

Só que, dessa vez, a Odebrecht não vai poupar ninguém. Está tentando sair viva dessa lama toda, nem que seja só com uma "lojinha" na esquina.