sábado, 3 de dezembro de 2016

Juízes dos próprios atos


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Antônio José Ribas Paiva

Combatentes, no trato da coisa pública, ninguém pode ser juiz dos próprios atos.
         
Todos os problemas, que estamos atravessando, ocorrem porque as instituições são inadequadas, para o convívio republicano-democrático. Há que aprimora-las!
          
Todavia, os agentes públicos no poder,  jamais se submeterão, espontaneamente , ao juízo da Nação , porque não é da natureza humana abdicar de poder e vantagens.
            
Que fazer, então, para aprimorar as instituições e salvar o Brasil e o futuro da Nação ???
             
O Povo precisa exercer o PODER INSTITUINTE( originário) e, através dos seus MANDATÁRIOS DE PODER REAL, as Forças Armadas, INTERVIR CONSTITUCIONALMENTE, para resgatar o Brasil da casta política, imbricada com o crime.
            
Desde sempre, nossos generais, nunca faltaram com a Pátria !!!
          
Por tudo isso, vamos manter a pressão civilizatória, porque o governo do crime está com os dias contados.

Neste Domingo, 04 de dezembro, TEMOS ENCONTRO COM O BRASIL, NAS RUAS E PRAÇAS, para EXIGIR INTERVENÇÃO CONSTITUCIONAL JÁ !!!

Antônio José Ribas Paiva, Jurista, é Presidente do Nacional Club.

4 comentários:

Loumari disse...

Desde sempre, nossos generais, nunca faltaram com a Pátria !!!

Isto era antes de maior parte dos vossos generais prestarem FIDELIDADE a Gadu. Ou pelo seu outro nome que é arquitecto do universo. Arquitecto do universo é Satanás. Deus da ordem maçónica. Deus dos illuminatis.
O verdadeiro Deus é o Criador não arquitecto. Criador dos céus e da terra e de tudo quanto nela há se chama DEUS DE ISRAEL. SENHOR DOS EXÉRCITOS. REI DOS REIS E SENHOR DE SENHORES.
É enganado aquele que quer ser enganado.

Anônimo disse...

Com o PT, o imoral e criminoso se tornaram metas. O povo,trabalhador e pagador de impostos, sofredor com a carga dessa "pirâmide" financeira montada para desviar o nosso dinheiro, agora paga caro pelo desmoronamento dessa magistral estrutura, que alguns achavam que seria eterna.

Martim Berto Fuchs disse...

Não vejo outro caminho que não seja, salvo que algum milagre aconteça pelas bandas do PMDB, que passar a defender a Intervenção Constitucional desde já:

1.Militares da reserva, que possuem homens cultos, patriotas e conhecedores dos nossos problemas, apoiados pelas FFAA, assumem o Poder Executivo, escolhendo entre si um líder, sem interferência de civis.
2.Extinguem todos partidos políticos formados e os em tramitação.
3.Cassam os direitos de todos políticos com mandato, em todo país, ficando as Casas Legislativas fechadas até que a Justiça Eleitoral organize a Assembléia Nacional Instituinte Exclusiva. Trabalho com prazo determinado.
3.1.Nomeiam os Ministros de Estado do Poder Executivo, não mais de 14.
3.2.Nomeiam os governadores e seus Secretários, não mais de 14.
3.3.Nomeiam os Prefeitos e seus Secretários, não mais de 14.
Único. Todos atuarão exercendo ativamente suas funções, não obstante transitórias.
4.Os políticos cassados e com ficha suja passam à ser julgados imediatamente pelos órgãos competentes, estritamente dentro das Leis vigentes. Caso os julgadores façam corpo mole como até agora, serão aposentados incontinenti e nomeados outros. Os aposentados estarão proibidos de voltar ao serviço público, seja via eleição ou concurso.
5.Revisão imediata da função e necessidade de permanecer no serviço público, em todas esferas, os concursados que detestam trabalhar e os não concursados sem capacidade e sem trabalho.
6.Para as eleições da A.N.I.E., serão aceitos todos cidadãos com ficha limpa, mesmo os atuais políticos cassados, apenas que todos como candidatos independentes e aprovados na Prova de Qualificação aplicada pela Justiça Eleitoral. Partidos políticos: extintos e proibida a formação de novos.
Único. Os que participarem da A.N.I.E. não poderão se candidatar para as eleições que se darão logo após o término da Assembléia, as quais concederão mandato de 5 anos para os novos eleitos.
7.Uma vez apuradas e confirmadas as apurações da eleição, os governos de transição à nível federal, estadual e municipal, transmitirão para os novos eleitos seus cargos.
http://capitalismo-social.blogspot.com.br/2016/02/61-passos-para-implantacao-do-ante.html

Anônimo disse...

O culpado é Pedro Alvares Cabral?? Ao chegar, ofereceu presentes e prometeu vida melhor aos índios. Queria nossas riquezas, escravizou os indígenas e mandou um montão de bandidos para viver aqui.