sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

O Leão Moribundo


“País Canalha é o que não paga precatórios”.

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

“Prima pars mea est, quia sum leo”.

Os recentes escândalos serviram para desmascarar o leão.

É apenas um instrumento de rigor seletivo contra os pequenos contribuintes, a quem aterroriza.

Receita e Coaf foram incapazes de detectar abusos e agir contra políticos poderosos e seus parentes

Numa reforma tributária séria, pós ruptura, serão extintas.

A implantação do Imposto Justo (impropriamente chamado de Único) acabará com a indústria do medo e da extorsão.

Os únicos impostos além do Justo, serão o de Importação (para evitar “dumping”) e o de Exportação (para evitar o desabastecimento). Ambos com caráter apenas regulatório e não arrecadatório.

A elite intelectual da Receita será transferida para a Alfândega e fiscalizará os super ou subfaturamentos de mercadorias.

Após um ciclo de tratamento previsto no Código Penal Militar contra os traidores da Pátria, estará restabelecida a autoridade.

O descalabro do nióbio terminará.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

2 comentários:

Paulo Gehlen disse...

Este texto deveria estar em um cartão de natal, para todos os brasileiros!

Anônimo disse...

Ridículo os dois meliantes se fazendo de autoridades com as bandeirinhas cubanas.Certamente, depois fizeram um esforço danado para fingir tristeza e provocar algumas lágrimas. No Brasil, a senhora ex-presidente, mandava iluminar o Congresso com luzes vermelhas, renegando as cores nacionais.Estão colhendo o que plantaram. Só espero que não demore muito.