terça-feira, 24 de janeiro de 2017

A Batalha Final


“País Canalha é o que não paga precatórios”.

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Nos tocou viver (ou morrer) na batalha final.

Os bandidos menos prudentes (e não menos perigosos) já disseram que “farão o diabo” para se manter no poder.

Nós, a sociedade ordeira e trabalhadora, estamos reféns de facínoras.

Ou as Forças Armadas põem cobro à barbárie ou o morticínio será muito maior.

Excrescências, soit disant excelências, sabem que sua hora chegou. No máximo conseguirão vender caro sua fragorosa derrota à custa de mais lágrimas e mais sangue.

Mussolini se pensava “deus”. Terminou pendurado de ponta cabeça num poste e fatiado como um cerdo.

Nossos generais, de certa maneira, também sofreram uma lavagem cerebral gramscista que os levou a um bom-mocismo inútil.

“Mas o que dirá a opinião pública se justiçarmos uns quantos?”.

In vim non argumentandi.

O Juízo Final (ou um ensaio geral) virá.

Encomendemos nossas almas a Deus.

Como Camões, morramos pela Pátria, na Pátria ou com a Pátria.



Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

4 comentários:

Loumari disse...

El Papa a niños enfermos: La única respuesta al dolor es ternura, caricias y cercanía

https://youtu.be/h6w3DHkVi6M


Papa Francisco te dice las cualidades esenciales de un buen Sacerdote AqS

https://youtu.be/JNunOtzjTS4

Durval Alves de Oliveira Oliveira disse...

Creio que haverá intervenção militar, porem não conduzida pelos 3 patetas atuais, mas por generais desconhecidos e que mantem na honra o patriotismo, dos ensinos da AMAN. Porem não se iludam, não será como 1964, vai morrer milhares, como previu o saudoso Gal. Figueiredo!!

Durval Alves de Oliveira Oliveira disse...

Creio que haverá intervenção militar, porem não conduzida pelos 3 patetas atuais, mas por generais desconhecidos e que mantem na honra o patriotismo, dos ensinos da AMAN. Porem não se iludam, não será como 1964, vai morrer milhares, como previu o saudoso Gal. Figueiredo!!

Durval Alves de Oliveira Oliveira disse...

Creio que haverá intervenção militar, porem não conduzida pelos 3 patetas atuais, mas por generais desconhecidos e que mantem na honra o patriotismo, dos ensinos da AMAN. Porem não se iludam, não será como 1964, vai morrer milhares, como previu o saudoso Gal. Figueiredo!!