sábado, 21 de janeiro de 2017

Chamando Urubu de “Meu Loro”


“País Canalha é o que não paga precatórios”.

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Com a volta do mouro, quem pensava (sem desdouro) que teríamos um estouro, errou na prática; mas acertou na teoria.

Em razão da transpiraCão, a Cãospiração cai por terra. O bom cabrito não berra, é verdade, mas o fato emperra o andamento da delaCão.

Parece a história de um acusado de furtar um objeto valioso da estrebaria real.

Condenado à morte, pede audiência ao monarca e diz: “O vosso cavalo, viu toda a cena e pode testemunhar minha inocência. A Vossa Majestade peço clemência e ensinarei o animal a falar,no máximo em um ano, para que possa minha inocência confirmar”.

O rei concedeu-lhe o prazo pedido.

Horas depois, um amigo de toda confiança, pergunta ao acusado se estava ele louco.

O infeliz respondeu: “Em um ano podem morrer, o rei, o cavalo ou eu mesmo, por causas naturais. Era preciso retardar minha execução.

Também há hipótese de o equino aprender a falar!”

A quem aproveita o fato?

Sem temer errar a resposta, podemos afirmar: a um molusco no fundo do mar.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

Loumari disse...

Papa Francisco critica a los clérigos que se sienten superiores a la gente

https://youtu.be/jW6U07hGbIk