quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

O L.I.V.R.O. – Tempos Modernos, o supra-sumo da Tecnologia


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos I. S. Azambuja

Confira as revolucionárias vantagens do L.I.V.R.O. – Local de Informações Variadas, Reutilizáveis e Ordenadas

A matéria abaixo é um texto que circulou na Internet no final de fevereiro de 1998 e foi publicado na Revista do Clube Militar de setembro de 1998.
____________________
    
O L.I.V.R.O. representa um avanço fantástico na tecnologia. Não tem fios, circuitos elétricos, pilhas. Não necessita ser conectado a nada e nem ligado. É tão fácil de usar que até uma criança pode operá-lo. Basta abri-lo! Cada L.I.V.R.O. é formado por uma seqüência de páginas numeradas, feitas de papel reciclável e capazes de conter milhares de informações. As páginas são mantidas unidas por sistema chamado lombada, que as mantêm em sua seqüência correta. A TPA – Tecnologia de Papel Opaco – permite que os fabricantes as duas faces de cada folha de papel, duplicando a quantidade de informações e cortando pela metade os seus custos.

Especialistas dividem-se quanto aos novos projetos para aumentar a densidade de informações de suas folhas. É que, para se fazer L.I.V.R.O.S. com mais informações, basta usar mais páginas. Isso, porém, os torna mais grossos e mais difíceis de carregar, atraindo críticas dos adeptos dos computadores portáteis.
    
Cada página do L.I.V.R.O.  é escaneada opticalmente, e as informações são registradas diretamente em seu cérebro. Um simples movimento dos dedos leva à próxima página. O L.I.V.R.O. pode ser retomado a qualquer hora, bastando abri-lo. Ele nunca “dá pau” e nem precisa ser reiniciado, embora se torne inutilizável caso caia no mar, por exemplo. O comando “browse” permite acessar qualquer página instantaneamente e avançar ou retroceder quando você quiser. Muitos vêm com um índice, que indica a localização exata de qualquer informação selecionada.
    
O marca-páginas, um acessório opcional permite que você abra o L.I.V.R.O. no local exato em que o deixou na última sessão - mesmo que ele esteja fechado. O design dos marcadores de página é universal, permitindo que funcionem em qualquer tipo de L.I.V.R.O., não importando a marca. Além disso, um mesmo L.I.V.R.O. pode receber vários marcadores de páginas, caso seu usuário queira selecionar vários trechos ao mesmo tempo.

O número de marcadores é limitado apenas pelo número de páginas. Você também pode fazer anotações ao lado de trechos do L.I.V.R.O. cm outro instrumento de programação especial, o L.Á.P.I.S. – Linguagem Apagável Portátil de Intercomunicação Simplificada. Portátil, durável e barato, o L.I.V.R.O. vem sendo aclamado como a onda de entretenimento do futuro.

Milhares de criadores já aderiram à nova plataforma e espera-se para breve uma inundação de novos títulos.       

Carlos I. S. Azambuja é Historiador.

2 comentários:

Campos disse...

Belo texto. Embora eu não seja um comprador de livros, um leitor assíduo, sempre achei que o livro, por natureza, sempre teve algo de elevado, algo se aproximasse do divino, do sobrenatural, algo supera a esfera humana, não sei explicar exatamente o que é.

Campos disse...

Belo texto. Embora eu não seja um comprador de livros ou leitor assíduo, sempre achei que o livro tivesse algo de ultrapassasse o campo meramente material. O livro não é apenas matéria, um objeto, é algo a mais. Não sei explicar exatamente o que ele é. Também para mim ele vai além de uma fonte de informação. Feliz é aquele que lê um livro e bendito é aquele que inventou o livro. Obviamente que estou me referindo aos livros que ensinam coisas boas e o bem.