domingo, 5 de março de 2017

A desunião “soviética” do Brasil pode acabar?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A Intervenção Institucional não é um sonho. Mas sim uma necessidade urgentíssima no Brasil sob hegemonia do Crime Institucionalizado, sua corrupção sistêmica e muita estupidez terceiro mundista. Apesar do fantástico potencial econômico, corremos risco de mergulhar em uma convulsão social agravada pelo perigoso processo de desestruturação política. Caminhamos para o caos com a canalhice combinada com o radicalismo ideológico. É altíssimo o risco de rupturas com explosões de violência e desintegração nacional.

Temos de redefinir o Brasil estrategicamente. O brasileiro não merece viver em um País que mais se parece com uma velha União Soviética tropical. Slogan justo e perfeito para nos definir, com tora ironia e precisão: "Somos todos Capimunistas". Combinamos o pior do capitalismo selvagem com a mais violenta intervenção estatal, via regramento excessivo com rigor seletivo. Tudo no ritmo da mais pura canalhice de um discurso socialista-comunista assimilado e repetido pela "zelite". O senso comum foi corrompido pela idiotice.

Na falsa "República Federativa" do Brasil, tem gente que insiste em não acreditar que a Oligarquia Financeira Transnacional manda e desmanda aqui, a partir de nossas oligarquias locais, satélites dos controladores globalitários. De mentalidade rentista, escravocrata e violentamente feudal, nossos "donos do poder" bem que poderiam ser chamados de "Nomenklatura". O Historiador Carlos I. S. Azambuja tem escrito vários artigos sobre este tema neste Alerta Total.

Na definição soviética, Nomenklatura designa a classe dos novos privilegiados. Uma aristocracia vermelha que dispõe de um poder sem precedentes na História. A Nomenklatura se considera o próprio Estado. Atribui a si mesma imensos e inalienáveis privilégios. O aparelhamento do topo da máquina pública é um procedimento "natural". Até porque esta classe dominante não só faz a lei, como interpreta a lei a seu bel prazer, simplesmente porque se acha a própria lei. Não existe debate democrático com a nomenklatura. Manda quem pode. Dança quem não obedece - porque não é dono do judiciário.

A nomenklatura tupiniquim é mais burra ou mais canalha? Difícil definir com precisão... Vírus inoculado no cérebro da maioria dos nossos empresários e até na cabeça-oca dos membros de facções criminosas, o rentismo-escravocrata hegemônico é um reprodutor natural de abusos e violências. Os imbecis nunca enxergam quem é o verdadeiro inimigo do Brasil. Por ignorância, a maioria fica atacando as consequências, em vez de combater as causas.

Livres pensadores de fora tem enxergado o Brasil com perfeição. O cientista político do Departamento de Política da Universidade de Nova York, Steven Brams adverte que o Brasil parece um País socialista no estilo cubano: "O Brasil foi sendo transformado por dentro, as estruturas do Estado foram sendo modificadas de forma lenta e gradual. Hoje praticamente o Estado se encontra totalmente pavimentado e pronto para assumir um papel político totalmente voltado para o socialismo".

Steven Brams escancara: "O sistema político e a estrutura econômica também foram modificadas com a criação de uma carga tributária muito pesada, que serve para sustentar os programas sociais. Desta forma, pode se notar uma forte concentração de toda a renda gerada no país, nas mãos do governo. Há também o controle do Estado sobre a sociedade com a adoção de leis, normas e regimentos. Um exemplo foram as centenas de agências de controle e regulação sobre diversos setores do Estado".

O norte-americano chama atenção para o processo de comunização gradual do Brasil: "A esquerda usa muitos termos para designar o comunismo. Vejamos: A social democracia, o socialismo, o nazismo e o fascismo. No fundo todas estas designações são de origem comunista. Apenas o que difere o comunismo desta designações, é a maneira em que este comunismo é administrado politicamente. A social democracia é um comunismo mais ligth, mais leve, vai sendo introduzido lentamente sem que se perceba e se quem a sociedade sinta seus efeitos. Enquanto isso o Estado vai sendo modificado. No final deste processo o país já estará totalmente modificado, estruturado e a sociedade conformada e totalmente difundida dentro do comunismo".

O professor Steven chama atenção para o fenômeno continuista em nossa "crise": "Os reformistas que adotam a social democracia modificam também a estrutura social. A engenharia social tem um papel importante neste aspecto de mudanças. Principalmente na cultura, na mídia e no dia a dia da sociedade. O afastamento da presidente Dilma Rousseff não significa o fim do sistema político, mas sim sua continuidade, pois nenhuma estrutura do Estado foi modificada”.

Steven Brams acertou na mosca: “Apenas na questão econômica pode ser que haja alguma reação no sentido de tirar o país da crise, mas isto não significa que o atual governo fará alguma mudança na política do Estado. O processo foi continuado e nada mudou no que diz respeito ao sistema político. O impeachment é um instrumento constitucional do sistema, e foi usado pelo próprio sistema apenas para afastar um presidente e não eliminar um sistema politico. O Brasil continua sob controle da social democracia".

Steven chama atenção para o problema da desunião da sociedade: "A esquerda brasileira conseguiu com suas doutrinas, por assim dizer, dividir o Brasil em vários segmentos sociais. Isso talvez dificulte uma reação da própria sociedade muito desunida com relação aos problemas do país. Nota-se que há legiões de pessoas que defendem o sistema, talvez acomodadas com a situação, outras defendem os partidos e outras os políticos que as corrompem. Não há uma união no sentido de se pensar na Pátria, na Nação e nos destinos do país. Certamente que isso é um grande problema, pois haverá sempre desunião. Há vários segmentos que não pensam ou não possuem um mesmo objetivo".

Steven Brams vai além: "Há vários segmentos que pensam diferente, com objetivos diferentes. Pelo que eu vejo, há grupos de pessoas que estão sugerindo uma intervenção militar no Brasil. Podemos dizer que este segmento é mais coeso do que os outros, pois se fixam apenas em um único objetivo. Este segmento não defende partidos, políticos e nem o sistema. É mais patriótico e mais coeso do que os demais segmentos. Este grupo de pessoas exige uma mudança radical no sistema, ou sua total destruição. É mais radical e mais coeso neste sentido. Talvez por isso não encontre apoio de políticos e nem da mídia que vive nas beiradas do sistema. Uma intervenção militar com o povo exigindo mudanças, certamente colocaria em risco o atual sistema político brasileiro".

Por fim, o cientista político norte-americano Steven Brams arrisca um conselho aos brasileiros: "Que sejam mais patriotas e coesos em seus objetivos. É preciso que a sociedade se conscientize dos problemas do país e exija mudanças. Se querem mudanças, se unam e cobrem dos políticos bem intencionados. Sempre há políticos bem intencionados que precisam de uma pressão da sociedade para exigir as mudanças. O Brasil não tem um perfil de conscientização. É preciso criar este perfil. É preciso sobretudo pensar no país, pois se não pensarem no país, os corruptos e políticos mau intencionados pensarão e farão o que bem entenderem".

O norte-americano tem razão! Na guerra de todos contra todos os poderes, os segmentos esclarecidos da sociedade precisam promover debates civilizados, inteligentes e objetivos para formular soluções de curto, médio e longo prazo para o Brasil. A estratégia imprescindível: o Brasil precisa ser reinventado, refundado, em bases federativas, distritais, municipais. Não dá mais para suportar o Presidencialismo absolutista de coalizões que geram permanentes colisões.

Precisamos de uma nova Constituição, enxuta, claramente interpretável, sem necessidade de constante emenda ou mediação por um Supremo Tribunal Federal. Temos se nos tornar capitalistas, livres para produzir, com regras claras e burocracia mínima. Necessitamos de um imposto justo que financie um Estado no tamanho certo: o menor possível e menos interventor. O Federalismo de verdade é fundamental.

Tudo isso só vai se viabilizar com muito debate de conceitos corretos e senso de patriotismo sem radicalização e xenofobia. O Brasil ainda tem jeito, mas não pode perder tempo. Se pernanecer na linha Capimunista, rentista e feudalista será o mesmo País de sempre: a velha colônia pós-moderna de exploração mantida artificialmente na miséria, para deleite dos controladores globalitários.

--------------------------

Fala sério... O teor deste texto foi escrito por mim e publicado no dia 14 de agosto de 2016 neste Alerta Total. Agora, o mesmo artigo foi traduzido para a língua de Trump e enviado por um qualificado leitor nosso para a análise de brazilianistas de renome. Thank you... Temos de levar mais a sério a necessidade e urgência de uma Intervenção Institucional. Sem ela, o Brasil não mudará. No máximo, será reformado, para ficar do “jeitinho” que nossa “zelite” sempre apreciou, na permanente vanguarda do atraso.

Resumindo! Somos um País Capimunista! Filhote espúrio do capitalismo financeiro cafajeste, rentista, com a prostituta comunista. Regime quase igual ao da China! Rodou, rodou, e rodou para cair no mesmo ponto. O Brasil não é uma Democracia! Talvez mereça ser. Os segmentos esclarecidos da sociedade precisam lugar por isto, ou esperar, resignadamente, pelo momento do “juízo final”.

Embora acuados pelo “Efeito Lava Jato”, os bandidos profissionais estão se reinventando, para manter a hegemonia sobre o sistema – nosso real inimigo. Se agente não reagir, com saídas estratégicas concretas, vamos nos arruinar de vez. Com coragem e honra, vamos mudar. A missão é para Samurai, e não para gueixa... É trabalho para águia, e não para pombo...

Bota na cabeça: Salvador da Pátria é você... Mais ninguém... Entendeu, ou precisa desenhar?

Releia o artigo de sábado: Juro menos alto pode eleger Meirelles Presidente?


Momento aguardado


Dia 3 de maio, às 14 horas, na Justiça Federal em Curitiba, Luiz Inácio Lula da Silva e o juiz Sérgio Fernando Moro estarão frente a frente.

É o clímax na ação penal que investiga a propriedade e indícios de lavagem de dinheiro com o famoso triplex do Edifício Solaris, no Guarujá, litoral paulista, além dos aluguéis milionários para a guarda dos bens presidenciais de Lula, além de três contratos com a Petrobras que envolveram R$ 87,8 milhões.

Antes, no dia 20 de abril, Moro ouvirá os ex-dirigentes da OAS, Léo Pinheiro e Agenor Franklin Martins, e outras quatro réus nos dias 26 e 28.

A sentença de Moro pode sair em maio ou junho, depois de aberto o prazo para alegações finais da defesa e do Ministério Público Federal

Surubático


Entrevista de emprego

Piadinha séria que viraliza nos zap-zaps:

- Seu nome?

- Silva.

- Escolaridade?

- Terceiro grau completo!

- Vamos começar com perguntas simples, conhecimentos gerais, história, geografia, ciências, personalidades.

- Quem foi Stalin?

- Um cara que cantava estalando os dedos.

- E Lênin?

- Tocava nos Beatles.

- O senhor não quer dizer Lennon?

- Esse fazia dupla com a Lilian.

- Ah... Leno!

- Não... Cantano. (rsrss)

- Vamos mudar de assunto. O que é equação?

- É a arte de montar uma égua.

- E equitação?

- É quando a gente paga todas a nossas dívidas.

- O que é um quelônio?

- É um tipo de mineral radioativo.

- Não seria plutônio?

- Não... esse é o nome completo do cachorro do Mickey.

- O que é fotossíntese?

- Denominação técnica para um retratinho 3 x 4.

- O que é um símio?

- Um cara que nasceu na Símia.

- Na Símia? E qual é a capital da Símia?

- Nessa tu me pegou: não me lembro agora.

- Quem era Pancho Vila?

- Companheiro de Dom Caixote.

- O que é um caudilho?

- Um osso que tem na ponta da coluna e segundo os cientistas, comprova que o homem tinha rabo e descende do macaco.

- Onde fica a vesícula?

- Debaixo da clavícula.

- Onde ficam os glúteos e para que servem?

- Ficam na garganta e servem para engolir.

- Onde fica o baço?

- Não é baço. É braço. São dois e ficam antes das mãos.

- Para que servem as fibras óticas?

- Para movimentar os olhos.

- Onde fica o Triângulo das Bermudas?

- Qualquer costureira sabe: entre o cós e o gavião.

- Quem descobriu a Lei da Gravidade?

- Um médico ginecologista francês, o Dr.Jeckyl.

- Putz! E quem foi Sócrates?

- Sócrates? Jogou na seleção. Tá vendo? Também conheço futebol; não é por ser curintiano que tenho que ser inguinorante!

Pois não é que o cara foi aprovado e admitido. ! ! !
Trabalhou um ano, perdeu o dedinho da mao esquerda, aposentou.
Foi para o sindicato e, bem..... resto todo mundo sabe no que deu!!!!!

Lembrança

Da cientista política Celina Vargas do Amaral Peixoto, neta de Getúlio Vargas, lembrando, no Facebook, um trecho fundamental da Carta Testamento do avô:

"Ao ódio respondo com o perdão. E aos que pensam que me derrotaram respondo com a minha vitória. Era escravo do povo e hoje me liberto para a vida eterna. Mas esse povo de quem fui escravo não mais será escravo de ninguém. Meu sacrifício ficará para sempre em sua alma e meu sangue terá o preço do seu resgate."


 Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 5 de Março de 2017.

18 comentários:

Anônimo disse...

SERÁ QUE ME ENTENDEM??? A ENTREVISTA DE EMPREGO DADA COMO EXEMPLO, NÃO É PIADA É A MAIS PURA VERDADE, MAS SE O ENTREVISTADO FOR FILHO DA MAÇONARIA ELE TEM O EMPREGO GARANTIDO, O GABARITO DO CONCURSO, AS NOTAS E SENDO QUAL SEJA O CARGO O BURRALDO TEM A VAGA GARANTIDA, EXEMPLO É UMA PRESTADORA DE SERVIÇO QUE PAGA 17 MIL PARA UM MOTORIATA, 30 MIL PARA A SECRETARIA E 10 PARA PIÃO... IMAGINEM QUANTO GANHA O DIRETOR DA ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE BRASILIA... E ISTO ACONTECE EM TODAS AS PREFEITURAS E EM QUALQUER CONCURSO PUBLICO...

Carlo Germani disse...



O conluio fascista instalado depois da fraude da "redemocratização" (1985),somente será
desconstruído com radical mudança de mentalidade.

Essa mudança de mentalidade é resultado direto da moral,da cultura,da intelectualidade e espiritualidade.
É o oposto do marxismo cultural.

Mas com quase toda a maioria da população repleta de oportunistas-materialistas,imbecis coletivos,juventude alienada,drogada e com metas únicas de gozo permanente,entidades de cla$$e$ corrompidas ao esquerdismo-comunismo,grande imprensa e mídia em geral a serviço do esquerdismo-comunismo e Nova Ordem Mundial,...,como acreditar em qualquer evolução com esses perversos personagens que nunca tiveram,não tem e nunca terão um verdadeiro projeto de nação para executar?

PS:Intervenção cívica institucional,com qual liderança,nesse trágico cenário humano-político instalado?

Anônimo disse...

STF, COMO EM CUBA OU NA VENEZUELA!
por Percival Puggina. Artigo publicado em 24.01.2017
Há anos venho me manifestando - e sei que, nisso, falo por muitos - contra uma das piores consequências do instituto da reeleição presidencial, agravada pelas sucessivas eleições petistas para a presidência da República: refiro-me ao atual perfil do STF. Com oito anos de fabianismo no governo FHC, mais 13 anos de petismo, vale dizer, com quase um quarto de século de indicações pela centro-esquerda e esquerda, o STF assumiu um perfil político-filosófico desviado para o lado canhoto do arco ideológico. E divergente, portanto, da posição inversa, majoritária, no Congresso Nacional e na sociedade brasileira.
Reitero, aqui, opinião expressa em textos anteriores: o STF não precisa ser um espelho perfeito do perfil político-filosófico do Congresso, mas não pode - definitivamente não pode - viver em conflito com as posições da maioria da população. O Supremo não deve arvorar-se em reitor das convicções das pessoas. Nas suas leituras e interpretações "conforme a Constituição", não podem os senhores ministros constitucionalizar princípios que são deles mesmos. Princípios legítimos, se pessoais. Ilegítimos se enfiados a marretadas em seus manuseios da Carta. E tem havido muito disso, gerando descrédito e animosidade nacional em relação à Corte.
Parece que passamos por uma encruzilhada a partir da qual a população foi para um lado e o STF para outro. E já não se reconhecem, tal a distância que os separa. É possível entender que, entre seus membros - como se estivéssemos em Cuba ou na Venezuela -, não haja um de quem se possa dizer: "Esse é um ministro de formação liberal", ou "Esse é um bom conservador"? Ora, tais posições são legítimas, modernas, e com elas se alinham os principais estadistas contemporâneos. A experiência tem mostrado, isto sim, o quanto é raro encontrar verdadeiros estadistas entre os autoproclamados progressistas, que formam o enxame acantonado no Foro de São Paulo e na Unasul. Tão "progressistas", estes, aliás, quanto se têm revelado os membros da atual Suprema Corte brasileira...
Não sendo frequentador do meio jurídico nacional, não tinha nome a sugerir para a vacância determinada pela morte de Teori Zavascki. Limitei-me, então, em texto anterior, a recomendar que fosse uma voz e um voto alinhado com a maioria da nação. Alegrou-me saber que o Dr. Ives Gandra da Silva Martins Filho vem sendo referido para essa função. Agora, então, há um nome a endossar com entusiasmo, por todas as razões, convicções, verdades, princípios e valores que me animam. É o que faço.________________________________
* Percival Puggina (72), membro da Academia Rio-Grandense de Letras, é arquiteto, empresário e escritor e titular do site www.puggina.org, colunista de Zero Hora e de dezenas de jornais e sites no país. Autor de Crônicas contra o totalitarismo; Cuba, a tragédia da utopia; Pombas e Gaviões; A tomada do Brasil. integrante do grupo Pensar+.

Anônimo disse...

E DESSA MASSA FALIDA QUE O PAIS TEM QUE SE LIVRAR. FILHO DESTE, NETO DAQUELE, BISNETO DAQUELE OUTRO. A EX MOREIRA FRANCO E NETA DE GETULIO. GETULIO COM SEU PALAVRORIO LEVOU O TRABALHADOR ATE HOJE COM VARIOS PARTIDOS POPULARES QUE USAM A POBREZA PARA SE ETERNIZAR NO PODER. ELA COMO FHC SAO SOCIOLOGOS. O QUE SIGNIFICA SER SOCIOLOGO. NAO INTERESSA AO POVO BRASILEIRO ESSAS CONVERSINHAS DE BASTIDORES, ESSAS CONVERSAS NO INTERIOR PALACIANO. ESSA CONVERSA DE PRIVILEGIADOS DO PASSADO POR SEREM PSEUDOS FILHOS, NETOS E BISNETOS DE CUJOS DITOS FICARAM ENFIADOS DENTRO DO PODER NOS BASTIDORES FALANDO MONTES E MONTES DE MENTIRAS. MENTIRAS ESTAS QUE NOS COLOCARAM DENTRO DE UM SACO BOLORENTO DO ATRAZO. NOSSO ATRAZO FOI PATROCINADO PELAS FIGURINHAS RIDICULAS QUE ENFIADOS DENTRO DO PODER DIZENDO QUE ESTAVAM AJUDANDO POBRES ESTAVAM ROUBANDO DE QUEM TRABALHA PARA DAR PARA QUEM NAO TRABALHA. ESSE MANTRA FEDIDO, VENCIDO E ULTRAPASSADO VEM EMBALANDO O GIGANTE A DECADAS. A DECADAS ELES SUBJUGAM OS TRABALHADORES REAIS DA NAÇAO EM FAVOR DE UMA MINORIA DE MERDA QUE NOS COLOCOU NO ATRAZO. ESTAMOS ATRAZADOS A DECADAS EM TODOS OS SENTIDOS, MENTAL, MORAL, INTELECTUAL E PRINCIPALMENTE RELIGIOSO. NOSSA NAÇAO NUNCA FOI LAICA COISA NENHUMA. ELES FALAM QUE E LAICA PARA ACOBERTAR AS PUTARIAS E AS VAGABUNDAGENS. SE ESSA GENTE NETA, DISTO, DAQUILO E DAQUILO OUTRO TIVESSEM QUE PEGAR O SECA SUVACO PARA ALCANÇAR UM EMPREGO NUNCA SERIAM NADA. MAS COM A COBERTURA DA MAQUINA, COM HIPOCRITAS QUE VIVEM TRAFICANDO INFLUENCIA E ACOBERTANDO MAUS FEITOS NO SENTIDO DE SE DAREM BEM JAMAIS SAIREMOS DO BURACO. O DESTINO PERTENCE AO POVO BRASILEIRO NAO A NENHUM INDIVIDUO QUE TENHA PARTICUPADO DE BISSA GUSTIRUA Q1YE SENORE DEIXOU MUITO A DESEJAR E POR ESSAS E OUTRAS QUE NUNCA SAIMOS DO ATOLEIRO. TEMOS QUE ELIMINAR HEROIS DE MERDA DO PASSADO QUE NAO TROUXERAM NADA DE BEM PARA HOME E COM TODA A CERTEZA NA REINCIDENCIA DOS MESMOS ERROS NAO VAO APAGAR O PASSADO E NEM ESCREVER NENHUM FUTURO QUE PRESTE. TEMOS A FACA E O QUEIJO NA MAO TEMOS QUE APAGAR ESTA HISTORICA HISTERICA QUE NAO INTERESSA AO SECULO VINTE E HUM E MUITO MENOS AO FUTURO DO POVO BRASILEIRO. TEMOS QUE ABANDONAR MAUS HABITOS E MAUS DIRIGENTES PARA NOS CONCENTRAR EM FUTURO MELHOR ALIADOS A QUEM TRABALHA PRINCIPALMENTE UNCLE SAM QUE E O QUE E GRAÇAS A FORÇA DELES A CONSTITUIÇAO DELES E O PATRIOTISMO DELES. O RESTO E CONVERSA BURGUESA DE DIFUNTOS FEDIDOS QUE NAO ENGRADESCERAM A NAÇAO EM NADA.NINGUEM DOS EX FOI LINCOLN. ALL MEN ARE EQUAL BEFORE GOD.

Anônimo disse...

http://polibiobraga.blogspot.com.br/

Juiz Federal, primo de Masahiro, protesta: "Quantos de nossos filhos, ó pátria amada, ainda precisarão morrer ?"

O juiz federal Daniel Leuersen esteve neste sábado no Rio Grande do Sul para velar o corpo do primo, na cidade de Estrela. Leuersen trabalha em Blumenau, SC.

Leia o que ele escreveu sobre o caso, segundo texto disponível nas redes sociais sobre o assassinato de Masahiro Hatori, estudante de Doutorado morto brutalmente por bandidos que queriam roubar sua mochila na tarde de sexta-feira.

Dos filhos deste solo és mãe gentil, pátria amada?

Quantos anos de estudo, dedicação, trabalho duro e renúncia aos mais simples divertimentos da vida são necessários para se obter um doutorado neste país? (...) Um doutor em física por exemplo. Com certeza não conheço nenhum. Deve haver pouquíssimos no país (...) Tive a oportunidade de acompanhar, ainda que de longe, desde sua infância, o desenvolvimento da pessoa em questão. Um excelente cidadão, que só acrescentaria à sociedade. Brutalmente assassinado em Porto Alegre, nesta última sexta feira. Uma morte sem sentido algum. A pessoa em questão era meu primo, Massahiro Hatori, prestes a se tornar Doutor em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Quantos de nossos filhos, ó pátria amada, ainda precisarão morrer?

Anônimo disse...

http://rodrigoconstantino.com/artigos/odebrecht-pagava-pedagio-as-farc-elite-servico-do-comunismo/

Odebrecht pagava “pedágio” às Farc: a “elite” a serviço do comunismo
4 de março de 2017
Fonte: VEJA
Desde que jogou a toalha e desistiu de negar as acusações da Lava-Jato, a Odebrecht, maior empreiteira do Brasil, · confessou crimes de arrepiar. Na toada de ilegalidades, acabou aceitando até embrenhar-se, literalmente, na selva do crime. A empreiteira deu dinheiro às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) durante os últimos vinte anos em troca de “permissão” para atuar nos territórios dominados por elas. Os pagamentos, que começaram a ser efetuados nos anos 1990 e variavam de 50.000 a 100.000 dólares por mês, foram informados à Procuradoria-Geral da República. Não é uma ilegalidade semelhante ao pagamento feito a políticos, mas também não se trata de uma atividade limpa.
É um espanto! Claro que é preciso levar em conta, aqui, o fato de que os marginais das Farc atuam como uma espécie de “estado paralelo” em determinadas regiões que controlam, e qualquer um que quiser fazer algum negócio ali terá de pagar “imposto”, ou seja, propina. É como nas favelas dominadas pelo tráfico de drogas: o pequeno comerciante precisa pagar uma “taxa de proteção”, que ele paga ao próprio agressor em potencial.
Todos que param os carros pelas ruas cariocas e precisam desembolsar uma graninha para o “flanelinha” entendem o conceito: você paga ao próprio sujeito que ameaça sua propriedade. Na Rússia, após a queda do comunismo, as (outras) máfias tomaram conta do pedaço e cobravam até 30% do faturamento para garantir a proteção dos empresários contra elas mesmas ou concorrentes (eram menos gulosas do que nosso governo, que cobra 40% e não entrega nada em troca, nem a tal proteção).
CONTINUA....

Anônimo disse...

http://rodrigoconstantino.com/artigos/odebrecht-pagava-pedagio-as-farc-elite-servico-do-comunismo/ CONTINUA II E TERMINA
Ainda assim, não deixa de ser espantoso constatar como a maior empresa do Brasil financiava não só o PT como as Farc, e sem dúvida o MST, o filhote das Farb, devia levar algum também. Alexandre Borges comentou: “Aquilo que chamam de ‘elite’ no Brasil financiou o PT e as FARC, mas vai explicar isso para quem acha que ser empresário e ser de direita é a mesma coisa”. Não é, óbvio. As “elites” financiam aqueles que pretendem destruí-las com o comunismo. Vendem a corda que será usada para enforcá-las.
Associar automaticamente grandes empresários ao capitalismo, ainda mais em sua versão liberal pregada pelo liberalismo, é uma estupidez total. O que mais tem por aí é grande empresário bancando um estado inchado e intervencionista, ou inimigos do liberalismo na guerra cultural. Os motivos são vários: culpa, sensação de superioridade moral, puro interesse (já que o estado inchado muitas vezes beneficia essas grandes empresas) e pragmatismo para fazer negócios.
Não há compromisso direto entre ser empresário e defender o livre mercado. Muitos empresários querem inclusive um governo pró-negócios (seus negócios), mas não necessariamente pró-mercado (a favor da livre concorrência). Quando a esquerda socialista, portanto, insiste em demonizar as “elites” em seus discursos, especialmente as elites financeiras, o leitor deve ficar atento para a farsa. Como vimos no caso de Soros, o bilionário especulador, essa turma não tem problema algum em encher o bolso com o vil metal dos capitalistas amorais.
Para os comunistas das Farc, como para os petistas, o que importa é quanto vai pingar, não quem vai pagar. A fonte dos recursos é o de menos: pode ser o tráfico de drogas internacional, ou as obras superfaturadas pagas pelo governo. Só o destino final da grana interessa: o projeto de poder dos próprios comunistas, enriquecendo alguns líderes no processo já que ninguém é de ferro – menos ainda esses “abnegados” revolucionários.
Rodrigo Constantino

Anônimo disse...

Blog /
Rodrigo Constantino
A esquerda não ressuscitou pois nunca morreu! Ou: O que o tucano teme não é a volta de Lula, mas a ascensão da direita.
Tem um colunista tucano espalhando de forma histérica por aí que a “direita xucra” fez renascer das cinzas o PT e a esquerda radical. Ele trata isso como um “fato inquestionável”, mas não é um fato, e é absolutamente questionável. Não só que a esquerda radical “ressuscitou”, como alegar que a culpa disso é da tal “direita burra”, ao desmoralizar a política como um todo.
Lula como favorito nas pesquisas é um mito criado pela imprensa, que não soube ou não quis analisar direito as pesquisas. Quase 70% dos entrevistados ainda estavam indecisos! Ou seja, Lula é o favorito entre os menos de 30% que decidiram. E, como sabemos, petistas são petistas: casam com o Capeta não importa o que aconteça!
O PT sempre teve esses 20 a 25% do eleitorado, historicamente falando. É a base xiita do partido, os fanáticos da seita, os alienados que poderiam ver Lula esquartejando uma criança em praça pública que continuariam justificando e defendendo seu “guia”. Que raios de favorito é esse que não consegue sair nas ruas, frequentar um restaurante ou um aeroporto, pois sabe que será vaiado e xingado por quase todos? Um favorito que só pode falar para uma claque atraída por mortadela? Ou que junta 400 “intelectuais” para apoiá-lo? Isso até esse colunista conseguiria fazer! (Se bem que se continuar assim não terá nem mais 400 leitores em breve).
O articulista, portanto, usa um artifício desonesto para vender a ideia de que Lula está com tudo, conquistando mais e mais adeptos, com enormes chances de levar 2018, e faz isso pois seu verdadeiro alvo é Jair Bolsonaro, o que fica claro pela quantidade de ataques proferidos. Ele passou a dedicar uns 99% do seu tempo para atacar o deputado e seus seguidores, todos incluídos na tal “direita xucra”. Tudo aquilo que não é PSDB se torna automaticamente “extrema-direita”, exatamente como faz… a extrema-esquerda! E João Doria que se cuide: se tentar se mostrar muito independente e liberal, atropelando os caciques partidários, vai virar alvo do homem também, será “serrado” por sua língua afiada e afetada. CONTINUA....

Anônimo disse...


Blog /
Rodrigo Constantino CONTINUA II
Mas se Lula não está exatamente vivo e ameaçador, há verdade na denúncia de que a esquerda radical ainda representa um perigo. Só que isso não é responsabilidade daqueles que saem às ruas para defender a Lava Jato, como diz o escriba, e sim da continuação da crise econômica. É verdade que Temer tem feito um governo razoável de transição, colocado boas reformas em pauta, ainda que insuficientes. Mas a recuperação leva tempo, e é lógico que a oposição à esquerda se utilizaria disso para gritar: “Eu falei! Foi golpe e nada mudou! A crise é culpa deles! Você estava desempregado quando Lula era presidente?”
Essa mentira era esperada, pois a esquerda radical vive de mentiras e inversões. Mas o sujeito em questão está totalmente errado se pensa que uma defesa cega e incondicional ao governo Temer, apoiado pelos tucanos, faria esse risco desaparecer. Nada mais falso. A esquerda, que nunca morreu, ganha alguma força novamente porque a crise não ajuda nunca a situação, e sim a oposição. Sempre.
Ciro Gomes ou Marina Silva são ameaças reais, justamente por conta disso. Não tem a ver com Bolsonaro e a direita das redes sociais e das ruas. Na verdade, estou seguro de que Ciro prefere enfrentar um tucano da velha guarda em vez de Bolsonaro ou qualquer outro representante da direita. E desconfio de que, no fundo, o radialista saiba disso. Mas está apavorado com essa direita. Com qualquer direita. Não com a volta do PT, mas com a ascensão da direita, ocupando o espaço do seu PSDB querido, que ele pensou estar livre após a queda do PT.
Não me entendam mal: não sou daqueles que jogam o PSDB na mesma vala suja do PT. Tenho implicância com a postura pusilânime dos tucanos quando se trata do PT, e condeno seu modelo socialdemocrata de centro-esquerda. Mas tenho vários textos defendendo que é um erro achar que FHC e Lula são iguais, ou que Aécio Neves faria o mesmo estrago que Dilma fez. Balela! CONTINUA....

Anônimo disse...

Blog /
Rodrigo Constantino CONTINUA III E TERMINA
É claro que prefiro o PSDB ao PT! O PSDB é a esquerda civilizada, democrática, mais moderna, nos moldes europeus ou do Partido Democrata americano. Tem até mesmo um papel importante a cumprir no debate democrático, em minha opinião. Ao contrário do PT, o atraso total, o socialismo tosco, o bolivarianismo. Esquerda herbívora contra carnívora, socialismo “light” contra o “hard core”. Há diferenças sim, e grandes!
Daí a achar que o PSDB é o máximo permitido à direita na política nacional vai uma longa distância. O PSDB tem que ser o extremo à esquerda, enquanto partidos realmente de direita, liberal ou conservadora, deveriam surgir para ocupar esse vácuo, esse espaço vazio de hoje. O colunista de vários empregos não quer isso, não aceita isso. Bate o pezinho e dá chilique se alguém mais à direita do PSDB aparecer em cena.
Ele precisa defender o seu PSDB a todo custo, e não como uma opção legítima de centro-esquerda, mas como a “direita civilizada”, a “única direita”, a “verdadeira direita”. Tudo mais à direita dos tucanos deve ser considerado “extrema-direita”, exatamente como faz a mídia e os partidos radicais de esquerda. Isso é inaceitável e extremamente prejudicial ao liberalismo no país.
A esquerda, portanto, não morreu para ser ressuscitada pela “direita xucra”. Ela sempre esteve aí, em sua versão radical (PT, PSOL, REDE) e sua versão mais light (PSDB, DEM, sendo que ambos tem algumas exceções isoladas mais à direita mesmo). Agora, pela primeira vez, surge uma direita mais conservadora organizada, e isso assusta muito o tucanato. Com razão!
O povo brasileiro quer mudanças para valer, não a volta de uma esquerda mais suave ao poder. Se isso acontecesse, haveria até algum progresso, já que sairíamos de uma base muito baixa, da terra devastada deixada pelo PT, para medidas com bom senso que apontam na direção do liberalismo. Mas é se contentar com muito pouco achar que o PSDB, ainda mais nos seus velhos caciques, é o mais moderno que temos a oferecer, e o mais “direitista”. Isso é piada!
Rodrigo Constantino

Anônimo disse...

O presidente Temer reclamando da maldição que o PT deixou? Isso é real? Será que ele foi contaminado pelo Lula e não lembra e não sabia de nada? Onde ele estava nessa época? Atrás de pixulecos? "Eles" ainda acham que a maioria do povo brasileiro é zumbi petista, ou seja, idiota.

Anônimo disse...

COM ESSES SALARIOS E PREVILÉGIOS MILIONARIOS, COM ESSAS SABOTAGENS E SONEGAÇÕES, COM ESSES CRIMES QUE O JUDICIARIO, FFAA, POLITICOS E A MAÇONARIA COMETEM, VOCÊS PODEM COLOCAR DEUS E O CAPETA NESSA PORRA QUE DE NADA ADIANTARA... AQUI É UM FDP FALANDO MAL DO OUTRO MAS TODOS MAMAM JUNTOS...

Anônimo disse...

Uma piadinha com um famoso político:
Um presidente de um país "fictício", em uma de suas centenas de viagem ao exterior, entra em um Café Photo, senta-se no balcão do bar para apreciar umas biritas. Ao lado dele senta-se uma linda garota de programa e ele não resiste, e diz:
"Você deve me conhecer, né? Já que estou viajando sem a minha acompanhante de costume, quanto você quer pra passar uma noite comigo? Não se preocupe com o preço pois tenho crédito ilimitado"
E ela responde:
"Sei quem você é. É "o cara". Se o senhor conseguir fazer o seu pênis crescer como fez com os juros de seu país e mantê-lo duro como estão todos os brasileiros, levantar minha saia como está fazendo com os impostos, baixar minha calcinha como está fazendo com os salários, mudar de posição como mudou na sua vida política e me foder com tanto jeitinho como está fodendo o povo brasileiro...
É DE GRAÇA!"



Anônimo disse...

Mundo Podre

Enquanto OFT des as carta a humanidade esta lascada

CHico trevas

Serrão

Siga na proa, terra a vista, não tem nada, seguimos procurando a republica prometida.
Por enquanto temos a Republica dos Canalhas

Senhores feudais, a Sarney, FHC, Lula,Renan e demais calhordas

Anônimo disse...

Primo Larry

Tem razão enquanto a maçonaria do diabo mandar tamos ferrado, quem vcs acham que ficam com a maioria das vagas da USP, tudo jogo de cartas marcadas.
Só passa CDF dos pobres

Gente imunda

Chico Trevas

Sérgio Alves de Oliveira disse...

Se lá dos "States" o Trump desse uma mãozinha "diplomática"ao Brasil,ajudando para que haja uma intervenção constitucional em nome do Poder Instituinte e Soberano do Povo Brasileiro (CF art.132),certamente seria uma "mão-na-roda" e uma interferência bem vinda ,livrando a América das garras malditas do tal Foro San Pablo,que ainda tem forte influência sobre o governo Temer.

Sérgio Alves de Oliveira disse...

Se lá dos "States" o Trump desse uma mãozinha "diplomática"ao Brasil,ajudando para que haja uma intervenção constitucional em nome do Poder Instituinte e Soberano do Povo Brasileiro (CF art.132),certamente seria uma "mão-na-roda" e uma interferência bem vinda ,livrando a América das garras malditas do tal Foro San Pablo,que ainda tem forte influência sobre o governo Temer.

Anônimo disse...

Olavo de Carvalho disse que o regime militar desmantelou a liiderança conservadora no Brasil como a UDN e a TFP. Sendo muito jovem à época para conhecer suas posições, só leio nos textos de Carlos Lacerda e Plínio Correa de Oliveira manifestações de realismo conservaddor e catolicismo tradicional.