terça-feira, 14 de março de 2017

A violência que a lei protege (4)


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Renato Sant.Ana

Um juiz de direito reagiu a um assalto e matou dois bandidos. Em 09/02/2017, Ele estava numa lanchonete, em Uberlândia (MG), quando três assaltantes armados invadiram o local. Dois bandidos posicionaram-se em pontos estratégicos, dando cobertura a um terceiro que, encapuzado e portando um revólver, dirigiu-se ao caixa, ameaçando o proprietário da lanchonete.

Diz-se que ele se virou bruscamente na direção do magistrado (detalhe irrelevante). O juiz sacou uma pistola e, com grande perícia, deu-lhe um tiro letal e, ato contínuo, alvejou um segundo bandido, matando-o. O terceiro fugiu, sendo recolhido por um quarto que aguardava num automóvel.

Todos os dias, a toda hora, uma lanchonete, um supermercado, um ônibus, uma residência, um transeunte, alguém é alvo de bandidos que agem na certeza de que não haverá reação: a população está desarmada. O que se deu em Uberlândia é exceção!

Será que, além das figurinhas carimbadas que usam um falsificado discurso sobre "direitos humanos" para enganar a população, alguém negará que o juiz agiu em "legítima defesa"? Caberá dizer que houve excesso?

Poucas pessoas estarão, como aquele juiz, preparadas para usar uma arma de fogo. E farão melhor em não ter arma. Mas os bandidos não têm que saber quem está ou não preparado!

Quando o governo Lula desrespeitou o que a maioria dos brasileiros decidiu nas urnas (no plebiscito de 2005), o que fez foi desarmar o cidadão honesto e dar sinal verde à bandidagem. O resultado é violência urbana fora de controle, moradores do campo completamente desprotegidos e toda a população com a rotina alterada pelo medo.

Mas, são as "reformas por dentro" de que falam os petistas... Quanto tempo levaremos para restaurar todo o estrago que essa corja "empoderada" fez no Brasil?

Leia no Alerta Total o caso anterior da série (que continua) em:

http://www.alertatotal.net/2017/03/a-violencia-que-lei-protege-3.html

Renato Sant'Ana é Psicólogo e Bacharel em Direito.

2 comentários:

Anônimo disse...

UM PSICÓLOGO QUE NÃO ENXERGA UM PALMO DIANTE DO NARIZ E QUASE ADVOGADO QUE NÃO COMPROU A OAB, VÁ SER DELEGADO DE POLICIA PARA TENTAR ENTENDER O QUE PASSA NA CABEÇA DE BOSTA DE UM PROMOTOR QUE NO CASO DO CUNHADO DA ANA HICKMAN O INDICIOU POR ASSASSINATO AO EXERCER O DIREITO DE LEGITIMA DEFESA DELE E DE TERCEIROS, POIS BEM ISTO É PARTE DE UM PLANO DO JUDICIARIO QUE ACABOU COM ESTE DIREITO FAZENDO QUE O CIDADÃO FIQUE A MERCE DE CRIMINOSOS QUE RECEBEM TODO TIPO DE MIMOS DESSA MAFIA MALDITA... SE NA OCASIÃO O CARA NÃO FOSSE UM JUIZ SERIA PRESO EM FRAGRANTE, TODO O CIDADÃO E ATÉ OS AGENTES DA LEI ESTÃO COM AS MÃOS ATADAS POR UM JUDICIARIO CADA VEZ MAIS INCOMPETENTE E CORRUPTO, ONDE SOLTAM BANDIDOS E PRENDEM INOCENTES, ONDE COMANDAM O NARCOTRAFICO, CONTRABANDO E JOGOS ILEGAIS...

Anônimo disse...

TODOS OS MINISTROS DO SUPREMO TEM SUAS BANCAS DE DEFESA DA MARGINALIDADE QUE ATUA CONTRA O PAIS. ELES SO SE INTERESSAM POR SEUS HAVERES E POR SEUS INTERESSES PARTICULARES. COMO ELES SAO TESTAS DE FERRO DE SUAS BANCAS E TEM QUE MOSTRAR SERVIÇO PARA OS CLIENTES O QUE FAZEM ELES REALMENTE? BOTAM OS BUNDOES CHEIOS DE PRIVILEGIOS SENTADOS EM CIMA DOS PROCESSOS. E POR ESSAS E OUTRAS QUE A JUSTIÇA FOI CRIMINALIZADA NO PAIS. MINISTRO DE SUPREMA CORTE JAMAIS DEVERIAM TER BANCAS DEFENDENDO A MARGINALIDADE DE VEREADORES, DEPUTADOS, FEDERAL E ESTADUAIS E SENADORES. E POR ESSAS E OUTRAS QUE ELES NEM ESQUENTAM PORQUE ALEM DA INIMPUTABILIDADE QUE POR SI SO JA E UMA EXCRESCENCIA ELES CONTAM COM OS MINISTROS FAJUTOS QUE TEM SUAS BANCAS DE DEFESA DA MARGINALIDADE E SENDO ASSIM TEM QUE AGRADAR OS CLIENTES ESQUECENDO OS PROCESSOS NO ESCANINHO DA MA FE. OU SEJA JAMAIS SERAO PROCESSADOS PORQUE OS PROCESSOS VIRARAO PO. QUEM QUISER ACREDITAR NOS SUPREMOS BESTEIROL QUE ACREDITEM MAS DESSE MATO NAO SAI NADA. VAMOS ESPERAR EM VAO. CADA PROCESSO QUE PEGAM E UM VERDADEIRO PARTO PARA IR PARA A SESSAO PARA SEREM JUGADOS. CADA UM ESTA TRABALHANDO PARA SUA BANCADA E NAO PARA O SUPREMO BESTEIROL COMO DEVIAM MAS OS PRIVILEGIOS QUE ELES TEM SAO PAGOS POR NOS OS OTARIOS.