sexta-feira, 31 de março de 2017

Quem não reduzir imposto ficará mais impopular


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Todos os governantes no Brasil deveriam aprender a lição amarga que a recente pesquisa Ibope impôs a Michel Temer Lulia. Você sabe o motivo mais forte para a população ampliar (para 55%) a rejeição ao Presidente, com apenas 20% aprovando sua maneira de governar? Resposta elementar escancarada na enquete ibopiana com 2000 moradores de 126 municípios, entre os dias 16 e 19 de março: 85% desaprovam a carga tributária e 80% as taxas de juros, e 79% reclamam da saúde e segurança. Fica muito fácil entender por que apenas 10% consideram a gestão Temer ótima ou boa...

A insensibilidade dos políticos em geral, e dos governantes em particular, em relação aos 92 impostos, taxas, “contribuições” – sem falar nas infindáveis multas, instruções normativas e outras burrocratices – que somos obrigados, forçados, a aceitar e pagar no Brasil Capimunista, Rentista e Corrupto. Trata-se de um vício, de uma canalhice, e de uma insensibilidade praticados nos âmbitos da União, dos Estados e dos municípios. Quem não conhece a “fábula” do Leão que devora quem comete algum deslize na declaração do Imposto de Renda”, porém é manso como um gatinho angorá com aqueles poderosos que roubam descaradamente e não explicam seus súbitos enriquecimentos ilícitos.

Vale citar algumas das recentes barbaridades. O governador de São Paulo, o tucano Geraldo Alckmin, deu um show de falta de noção ao não cancelar o aumento de ICMS que incidirá sobre a carne vendida a partir de 1º de Abril. Dane-se que a aberração já estava definida e prevista há seis meses. O que importa é o momento presente. As conseqüências pós-operação Carne Fraca são gravíssimas. Infelizmente, mais uma vez, quem se ferra é o consumidor, sobretudo o paulista, maior mercado consumidor. O aumento da carga tributária é uma insensatez. É assim que o Geraldo pensa que vai viabilizar sua candidatura Presidencial? Fala sério...


Outro que age como um fanfarrão – e que também sonha com o Palácio do Planalto - é o ministro da Fazenda de Temer. Henrique Meirelles só fala (e talvez só pense) em aumentar impostos. A mais recente decisão da equipe econômica “Dream Team” representa um pesadelo para o setor que é o colaborador direto do sucesso do agronegócio – a área mais produtiva e lucrativa da economia brasileira. O custo dos negócios ficará mais elevado... è assim que o Temer deseja aumentar sua popularidade?

Certamente por pressão dos bancos – que perdem clientela por força dos juros estratosféricos que lhes ajudam a lucrar e fazem os tomadores de empréstimos fugirem como o diabo da cruz -, Meirelles decidiu que as cooperativas de crédito passarão a pagar o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras): 0,38% para empresas e (0,041 ao dia (chegando ao máximo 3,38%) para as pessoas físicas. Meirelles alegou que “eliminava uma distorção” no mercado de crédito... Segundo Meirelles, “agora há isonomia”... Nem a petelândia conseguiu ser tão voraz e estrategicamente incompetente. Dá para imaginar o que estão xingando agora aqueles diretores de cooperativas que elogiavam, publicamente, Temer e sua “equipe econômica dos sonhos”...

A escravidão econômica segue a todo vapor em Bruzundanga. Vide a escandalosa defasagem de 83,12% na tabela do Imposto de Renda de Pessoas Físicas. Se o “problema” fosse corrigido pelo índice de inflação, desde 1996, a taxa de isenção da mordida do Leão seria até R$ 3.460,50. O impopular Presidente Michel Temer, que certamente deve pagar “imposto sobre salário”, não deu uma palavrinha sequer sobre tamanha sacanagem – denunciada, todos os anos, pelo Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal. Os eleitores, pts da vida com Temer, estão pagando a conta... Fala com ele sobre essa temeridade, bela Marcela...

Os governantes só sabem arrecadar mais – na maioria dos casos roubando legalmente da sociedade – para financiar a gastança, desperdício e corrupção estatal na União, Estados e municípios. Encarando a maior recessão da História, fazendo milagres para conseguir dinheiro e pagar as contas fixas do mês, os brasileiros e brasileiras ficam a cada dia mais revoltados com a injustiça tributária.

A turma do Palácio do Planalto avisou que não comentaria o resultado ultra negativo da pesquisa Ibope. Temer não precisa comentar nada. O dever dele seria tomar atitudes sérias. As pessoas comuns já percebem que algumas reformas são apenas balões de ensaio para desviar a atenção sobre outras safadezas que o Governo do Crime Institucionalizado deseja cometer contra o Brasil e seus cidadãos.  

Tal realidade de injustiças gerais só pode ser mudada com uma inédita Intervenção Institucional, que reinventará o Estado brasileiro através de uma repactuação Constitucional.

De todo modo, a praga está lançada: Quem não reduzir imposto ficará mais impopular...


Releia a primeira edição desta sexta-feira: A véspera de 1º de Abril no Brasil


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 31 de Março de 2017.

5 comentários:

Anônimo disse...

Prezado Serrão.
Pesquisa diz que povo (pelo menos as pessoas supostamente consultadas pelo petista ibope)
desaprova o governo Temer, pelos motivos a seguir: 85% desaprovam a carga tributária e 80% as taxas de juros, e 79% reclamam da saúde e segurança.
É piada, né?
1. Carga tributária altíssima, que ele herdou dos malditos, e que ajudou a afundar o País!?!?
2. Taxas de juros que o governo dele, com alguma sensatez, vem reduzindo através do COPOM?!?!
3. Saúde e Segurança precárias, que ele também herdou da quadrilha nefasta?!?! Só se o povão acreditava naquilo que o boca-de-latrina elogiava.
Menos, Serrão. Menos.
Concordo que o Temer não é o presidente que a maioria dos brasileiros queria e quer, mas vamos dar uma chance para ele recuperar a economia - e os empregos. Tenho certeza que ele NUNCA vai tentar se reeleger, pois não tem, realmente, carisma nem popularidade. Mas, fora as mancadas na nomeação de ministros FdaP, ele está trabalhando para melhorar o País, ao contrário do que a dupla de criminosos que governou o Brasil por treze malfadados anos fez.
Abraço. Paulo Onofre.

Anônimo disse...

REPACTUAR AS INSTITUIÇÕES DE QUE MANEIRA??? A PARTIR DO MOMENTO QUE FUNCIONARIOS PUBLICOS CONSEGUIRAM A TAL ESTABILIDADE FOI O MESMO DE TEREM LHES DADO CARTA BRANCA PARA DESTRUIREM TUDO, DES QUE NO JUDICIARIO GANHOU CARTA BRANCA PARA CONDUZIR O PAIS COM TODAS AS DESTORÇÕES E COMETENDO TODO TIPO DE CRIMES E DES QUE AS FFAA SE TRANSFORMARAM EM HERANÇAS PARA A MAFIA TENHO A CERTEZA QUE O PACTO OU REPACTO VAI SER COM O CAPETA POIS TODOS ESSES FDP JÁ GOVERNARAM POR AQUI... NO CASO DE VIRAR MODA TROCAR OS POLITICOS POR JUIZES NÃO VEJO NEM UM TIPO DE PROBLEMA DES QUE EXISTA UMA POLICIA ESPECIALIZADA QUE FISCALISE ESSES CAIPÓRAS E QUE ANTES EXECUTEM A MODIFICAÇÃO NA LEI DA MAGISTRATURA QUE OBRIGUE A REVISÃO DOS SALARIOS E PREVILÉGIOS DESSA MÁFIA E QUE COLOQUEM TODOS OS BANDIDOS DE TOGA NA CADEIA...

Anônimo disse...

A revista (não)VEJA desse fim de semana encara o Aecio Neves, mas é bom recordar que votamos nele, mas não somos iguais aos militantes idiotas e retardados do PT que saem às ruas para defenderem seus bandidos petistas de estimação.
Não acontece por não termos "Políticos de Estimação", "Bandidos Preferenciais", tampouco somos domesticados por meliantes que nos roubam, nos assaltam e ainda lhes batemos palmas!
Roubou, tem que devolver e ser preso, se for o caso dele, cai na lista suja, como todos petistas e comunistas em geral - nunca + no poder!
As redes estao aí para isso!

Martim Berto Fuchs disse...

A equipe do Temer não está fazendo a metade do que deveria, nas reformas em andamento, e mesmo assim, por óbvio, a popularidade dele está lá embaixo.
Ele não será candidato à reeleição, mas o resto da quadrilha que o cerca quer continuar em Brasília mamando nas tetas públicas, ou, pelo menos, não ser presa.
O MULA e a ANTA, em 13 anos, nem tentaram fazer reformas, pois sabiam que é um caminho cheio de espinhos, principalmente quando os maiores cortes tem que ser no setor público, sustentáculo do lulopetismo.
Por outro lado, nas FFAA temos um grupo muito grande que defende o capitalismo de estado, ou, mais estatais ainda. Ora, se é o excesso de pessoas nas folhas de pagamento dos três podres poderes a causa primeira de que os governantes não conseguem investir, pois gastam tudo, e há muito está faltando dinheiro até para gastar, como que as FFAA vão consertar esta situação ?
Quem acoberta empreguismo no setor público, que deveria ser crime, fica sem moral para atacar os outros problemas. O princípio da corrupção se inicia com o criminoso empreguismo, que não passa de roubo puro e simples do dinheiro extorquido da sociedade via impostos.
Se ocorrer uma Intervenção, as FFAA vão se defrontar com 4 propostas, todos jurando que a deles é a melhor:
- Monarquistas
- Conservadores
- Liberais
- Estatizantes
Qual o caminho que irão trilhar ? A minha proposta, quem acompanha conhece: Capitalismo Social.

Anônimo disse...

O que esse governo do "fantoche" fez para tirar a economia do buraco que ele, como coadjuvante, provocou? Nada de concreto, só conversa, ou melhor, a única coisa positiva foi tomar o lugar da Dilma e falar o nosso português. Como acreditar se ele continua a enganar a Nação? Diz que vai devolver o dinheiro cobrado indevidamente na conta de energia(R$2,00) e lasca a bandeira vermelha em seguida(R$3,00 para cada 100KW). Na verdade aumentou. O mesmo que a Dilma fez.Estou até com medo de pensar no que vai vir no caso da gasolina que baixou o preço. Aguardem!