quarta-feira, 29 de março de 2017

Uma data que vai entrar para a História da infâmia no Rio Grande do Sul


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Milton Pires

28 de janeiro de 2017, uma data que vai entrar para História da Infâmia no Rio Grande Sul - Uma juíza gaúcha chamada Andreia Terre do Amaral diz que "não cabe ao Judiciário interferir na decisão da ALERGS", rejeita a petição de dois advogados gaúchos e uma ABERRAÇÃO MORAL E CÍVICA, um CUSPIDOR COMUNISTA, um VENCEDOR DO PROGRAMA MAIS NOJENTO E PODRE que já surgiu em toda história da Televisão Brasileira - Deputado Jean Wyllys, do PSOL - recebe a mais alta condecoração do Rio Grande Sul - a Medalha da Revolução de 1835, a "Medalha do Mérito Farroupilha"

Deus que me perdoe - eu tenho VERGONHA de dizer que sou do Rio Grande do Sul.

Sofrimento dos Novos Médicos

Eu tenho visto colegas recém-formados, médicos jovens, desesperados com o Mercado de Trabalho e com a Residência Médica no Brasil. Isso é o resultado do trabalho contínuo, da ação permanente de uma tríade, de uma gangue de VAGABUNDOS que envolve Médicos Comunistas dando aulas nas Faculdades, Empresinhas e "Cooperativas" de fundo de quintal Corruptas e um Governo Brasileiro associado ao Foro de SP e ao Tráfico de Cocaína. Primeiro esta gente criou um MONSTRO chamado SUS. Agora vão terciarizar esta aberração - vai ser o primeiro caso de "Sistema Único e Terciarizado" do planeta...

Pelo sofrimento que estes meus colegas mais novos estão passando, eu juro - EU VOU LIQUIDAR COM VOCÊS nas Redes Sociais, imprensa, em qualquer lugar que eu puder. O lugar de vocês é em CURITIBA ...Eu vou estar sempre ajudando vocês a chegarem lá !


Milton Simon Pires é Médico, Editor do Araque aberto.

5 comentários:

Anônimo disse...

O sofrimento desses coitadinhos filinhos de papai é tanto que dão festa onde consomem todo tipo de drogas a semana inteira, som alto até a madrugada para depois se transformarem em um monstro que vai bater o ponto e ir atender no particular, vendera de atestados até órgãos humanos, roubarão medicamentos, equipamentos do sus para venderem no particular e outras mérdas que você faz todos os dias...

Anônimo disse...

Dr.Milton: No mínimo são dois os que passam a ter vergonha de serem do Rio Grande. Eu sinto essa mesma vergonha.Mas a Juiza Andreia decidiu certo. São dois os requisitos para cabimento de ação popular:ilegalidade e lesividade ao patrimônio público. A entrega dessa "Medalha" ao deputado Jean Wyllys não se enquadra em nenhum dos dois dispositivos. Infelizmente nem sempre o moral coincide com o legal. A decisão da entrega dessa medalha foi imoral,sem dúvida,mas não ilegal. Mas esse quadro é o retrato do Parlamento Gaúcho,embora seja uma decisão da sua Mesa Diretora. Esses "caras" não têm a mínima ideia do significado "farroupilha". Para eles isso se resumiria em comparecer aos festejos da Semana Farroupilha,tomar chimarrão,etc. Mas um farroupilha é muito mais que isso. Mas o que aconteceu agora não é nada,comparado com o que ocorreu em novembro de 2015. Uma numerosa delegação de integrantes do MOVIMENTO O SUL É O MEU PAÍS,que reativa a causa
farroupilha,nos três Estados do Sul (PR,SC e RS), foi entregar ao Governador Sartori e ao Deputado Edson Brum,Presidente da Assembleia, um documento propondo e realização de um plebiscito nos três Estados,sobre o pleito independentista do Sul. Haviam sido marcadas audiências com essas autoridades. Mas chegando a hora,o "bundão" do Sartori ,como um "bom" mal-educado,se ausentou,deixando a comitiva a "ver navios". Após essa comitiva foi à Assembleia,sendo (mal)recebida pelo seu Presidente,na porta de entrada da "Casa do Povo",ou seja,,ainda na "rua",num gesto de descortezia que talvez só fosse admissível em relação a comissão de cachorros de rua. Então não é de surpreender a entrega da "Medalha Farroupilha" a um "aborto" da Rede Globo.Tudo está em sintonia com a pobreza da política gaúcha,que a mim,particularmente,muito me envergonha frente às populações dos outros Estados,desmanchando o "cartaz" que os gaúchos tinham no passado.Parabéns,Dr.Milton.Sérgio A.Oliveira.

Anônimo disse...

Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina e Jean Willts: vão todos para a puta que pariu.

Anônimo disse...

Os dois vigaristas não precisam se envergonhar, agora é moda... Vocês sabem porque de existir tanto macho aqui no RS ??? É PORQUE TODO GAUCHO TEM UM...

Anônimo disse...

Se eu puder ajudar,pode mandar construir mais presídios!!!!!