sábado, 1 de abril de 2017

Brasil Primeiro de Abril


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Henrique Abrão e Laércio Laurelli

O esgarçamento do tecido social torna o País conflitante e sem saída para conter os abalos de prejuízos econômicos e posições erráticas em linhas de políticas públicas. Brasil primeiro de abril, terra da mentira, do engodo, da enganação, do ludibrio, de empresários gananciosos e de políticos corruptos. Verdadeira terra da mentira na qual somos todos impregnados das inverdades reverberadas para que soem como se fossem verdadeiras.

No entanto, as promessas de campanha não mais existem, fim dos malotes de dinheiro da iniciativa privada e do despudorado surrupio do dinheiro público,com o envolvimento de tanta entidades que chega a ser inacreditável que tantos em tão pouco tempo se corromperam pelo vil metal. A mentira é a verdade que tentam nos incutir e acobertar a realidade, com pão e circo,mas com espetáculos de futebol diários e a luta desenfreada para o combate da criminalidade e da esteriotipia de uma Nação alquebrada pelas condutas malévolas de governantes despreocupados com o bem estar social e alimentados pelo próprio conforto,luxo e venalidades no governo ou no exterior.

Buscam esculhambar as autoridades que investigam, os que prendem, e que fazem a diferença a pretexto da mudança radical da lei anticorrupção ,cujas dez medidas foram violentamente estropriadas, além de um projeto falacioso de abuso de autoridade que pretende sequestrar a liberdade de investigar, punir aos homens da lei e trancafiar o ministério público em críticas e pretensas ameaças de um cala boca generalizado. Esse País que depois de 500 anos não foi capaz de se tornar Nação, muito menos construir um Estado democrático, é uma terra da enganação, do primeiro de abril da mentira e da falta de ética generalizada, e de meias verdades, nunca realizam o que precisam e somente diante de uma calamidade ou colapso procuram se movimentar.

O exemplo maior é nosso famigerado parlamento quando execrados pela opinião pública e defenestrados pela aplicação rigorosa da lei querem fazer piada com a legislação e dizem que tudo é politicagem barata, não passando de uma cruel e sanguinária luta pelo poder encerrada no abuso de alguns em detrimento de grupelhos. Desbaratadas as quadrilhas institucionalizadas que germinam sistêmica corrupção a nova estação outonal pede ares e perfumes novos à espera da semana santa e da crucificação plena,total, e integral da corrupção,e sendo assim a liberdade
da população compenetrada do momento dificultoso e de uma sociedade desesperançosa do seu futuro.

A seguridade social será literalmente banida da realidade, com a terceirização aprovada a sinalização celetista perdeu sua razão de ser. O período getulista afogou e solapou em pouco tempo de radicalização, a pretexto de uma justiça do trabalho que emperrava a atividade empresarial e reconhecia ampla gama de direitos sociais e deveres empresariais. A dialeticidade de uma sociedade sem valores éticos e morais é fundamentalmente preocupante e os ânimos mostram acirrados e são poucos que enxergam a floresta e não apenas a árvore caida e tombada pelo caminho.

No entanto,a total irresponsabilidade pelo afundamento e afogamento da sociedade sucede pela sua falta de participação e de uma cultura política que construisse partidos e não mera legendas de aluguel. Sempre a mesma palhaçada das eleições de promessas incumpríveis e de candidatos que nos fazem rir, um distanciamento grande e mortal da juventude da política que se profissionalizou nas mãos dos maus afastando os bons da apetencia e competencia pela briga do poder.

Surgem os transformadores os empresários bem sucedidos, como de plantão, os salvadores da pátria ou ao menos os que não se dispõem a partilhar do dinheiro público desviado, já é alguma  coisa, um ponto fora da curva,uma gota no oceano repleto de tubarões, escorpiões e maus dirigentes da Nação. Brasil primeiro de abril, uma inverdade atrás da outra,hospitais sucateados, sem insumos, santas casas em estado de misericórdia, inflação em alta, honestidade em queda proporcionalmente inversa,carestia generalizada nos alimentos,nos hotéis e preços absurdos que os próprios estrangeiros reclamam. Preços de imóveis escorchantes, bancos que somente favorecem aos banqueiros e impedem acesso ao crédito,corporações a beira do estado falimentar,micro e pequenas empresas inapetentes diante do descalabro e desoneração da folha.

Brasil um gigante adormecido e entorpecido pelos mais de quinhentos anos de  destruição da roubalheira escancarada e da cumplicidade aliciada, ao despertarem da letargia ministério público, policia federal e a magistratura, vem os gangsters de plantão tal e qual a máfia americana ou italiana retaliarem e ameaçarem as autoridades, colimando até prisão daqueles que não tiverem boa exegese ou a hermeneutia da quadrilha, da facção
criminosa ou dos amantes da corrupção.


nquanto formos o País do primeiro de abril nunca chegaremos à esperança de Nação de primeiro mundo,desenvolvida e livre das amarras de uma estatelada classe política que tem consciência e noção do clamor popular, mas insiste em continuar a errar para se perpetuar no poder sem medir as consequências danosas para o establisment e o futuro de gerações enlameadas pelo comportamento de maus brasileiros.

Carlos Henrique Abrão (ativa) e Laércio Laurelli (aposentado) são desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Um comentário:

Anônimo disse...

A NOSSA MAIOR MENTIRA DOS ULTIMOS 2 SÉCULOS TEM SIDO EXATAMENTE O JUDICIARIO... EM TODAS AS CRISES E EM TODOS OS GOLPES ESSES ABUTRES SEMPRE PARTICIPARAM E COMO AS FFAA TOMARAM O PARTIDO DOS PODRES PODEROSOS... HOJE COMANDAM TODO O TIPO DE CRIMES EXISTENTE E AINDA SAEM COMO HERÓIS, NARCOTRFICO, CONTRABANDO E JOGOS ILEGAIS SEMPRE ESTIVERAM POR AQUI E TODOS OS PODERES POR ORDEM ABSURDA DO JUDICIARIO NUNCA OS COMBATERAM POIS O LUCRO ENORME ENGORDAM OS SALARIOS E PREVILÉGIOS DESSA MAFIA MALDITA...UM PAIS DE PRIMEIRO MUNDO NÃO É INTERESANTE POIS ACABARIA COM A FARRA DESSES DESGRAÇADOS DONOS DESSA PORRA TODA...