segunda-feira, 24 de abril de 2017

Corrupção turbinará as reformas temerárias?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, supremo-ministro Gilmar Mendes, ainda não definiu a data para a retomada do julgamento que poderia tirar Michel Temer da Presidência da República, caso a chapa reeleitoral PT-PMDB de 2014 seja condenada por abuso de poder econômico. O plenário do TSE, com dois novos ministros indicados providencialmente por Temer, deve retomar a avaliação do caso a partir de maio.

Enquanto o TSE prepara mais uma pízza, qualquer idiota já percebeu qual o real significado da Reforma da Previdência que a área econômica de Michel Temer deseja aprovar a toque de caixa, e sem questionamentos: a maioria dos trabalhadores terá de trabalhar mais para conseguir se aposentar. O governo ainda não conta com os 308 votos mínimos para aprovar as mudanças. Mas o relator da proposta, deputado Arthur Maia, adverte: “Não vamos mais ceder. Vamos com este texto para ganhar ou perder”.

Provavelmente no dia 2 de maio, e no máximo até 20 de maio, o governo espera que a Câmara dos Deputados aprove, em primeiro turno, a proposta de Reforma da Previdência. Michel Temer começa a semana fazendo uma reunião ministerial para afinar o discurso. Líderes de partidos da base aliada receberam a missão de fazer um corpo a corpo para que se chegue a um “acórdão” e não haja rebeliões na hora do voto. O rolo compressor vem com tudo.

Uma regra já é dada como inegociável pelo governo: o cumprimento da idade mínima definitiva, de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres, para que funcionários públicos possam receber as chamadas integralidade - aposentaria com o maior salário da carreira, ainda que acima do teto do INSS (R$ 5.531,31) - e paridade, reajuste salarial igual aos da ativa. Isto valerá para quem entrou no serviço público até o ano de 2003.

Quarta-feira, o governo terá um teste de fidelidade da base aliada. Haverá nova tentativa na Câmara de aprovar a “Reforma Trabalhista” – que também não foi amplamente discutida. O interessante é como o governo espera “convencer” deputados e senadores a apoiarem as reformas. Em alguns casos, haverá a costumeira concessão de cargos. Mas a maioria está mesmo interessada no dinheiro que pode rolar para as próximas eleições, nas bases eleitorais. O Ministério das Cidades financiará R$ 2,7 bilhões em recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para projetos de infraestrutura urbana.

Para quem não é completamente idiota, ficou claro que as o cartel de empreiteiras denunciado na Lava Jato não vai morrer tão cedo, e ainda terá um reforço de caixa para ajudar nas próximas campanhas, sempre por debaixo dos panos. Por ironia, a irrigação de grana será com recursos que pertencem ao trabalhador. É mais uma prova de que, no Brasil, tudo se reforma para ficar a mesma coisa – ou até muito pior, na maioria dos casos.

A corrupção sistêmica turbinará as temerárias “reformas”? Tudo indica que sim... Desta forma, nem precisa de lei de abuso de autoridade para sabotar a Lava Jato... Como de costume, o cidadão-eleitor-contribuinte termina pagando a conta...

Deve ser por isso que o Negão da Chatuba anda igual a nossa mídia amestrada e abestada, focando toda atenção na eleição presidencial francesa... Se vai ganhar a Le Pen ou o Macron... E a Velhinha de Taubaté já entrou de corpo inteiro no movimento para que Gilmar Mendes seja eleito Presidente de Portugal...

Releia os artigos: Temer cortará própria carne para seguir blindado


Lava Jato, pouco adianta prender o “Sofá”...


Tudo improvável


Reaja, Temer


Discurso arrumadinho


Baú da Previdência


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 24 de Abril de 2017.

4 comentários:

Loumari disse...


OSÉAS 7:15 Eu os ensinei, e lhes fortaleci, mas contra mim se rebelaram.
Eles voltam, mas não para o Altíssimo. Fizeram-se como um arco enganador: caem à espada os seus príncipes, por causa de violência da sua língua; este será o seu escárnio na terra do Egipto.

Vendo bem o Brasil se tornou tal qual aquele Egipto de Faraó.
As manobras da justiça brasileira com estas suas múltiplas jogadas de delações premiadas é tudo pura enganação. Fim ao cabo todos serão amnistiados. E todos serão soltos da silva.

Anônimo disse...

Esse Gilmar Mendes,Ministro do STF e Presidente do TSE,sem dúvida é "outro que o trem não pega". Ninguém faz tanto farol "jurisdicional" quanto ele. Antes dele assumir a presidência do TSE,ele deixava antever que a cassação da chapa Dima-Temer seria inevitável na ação de impugnação de mandados movida pelo PSDB. Agora ele "se mancou" até que Temer nomeasse os dois novos Ministros do TSE de sua inteira confiança ,que integrarão esse Tribunal no julgamento da dita ação. Alguém duvida que Temer escapa dessa? Com a Dilma não é problema,pois ela "já era",em primeiro lugar porque iriam cassar o mandato de alguém já impichada,que equivaleria a dar um tipo num morto,e por outro porque somente modificaria a decisão do impeachment que lhe manteve os direitos politicos,cassando-os.Ou seja,meramente haveria uma pequena alteração no alcance do impeachment de Dilma,contrariando "fatiamento" de Lewandowski. Troco meu nome se Temer for cassado.Sérgio A.Oliveira.

Anônimo disse...

Embora Silvio santos seja judeu e o Temer seja árabe, já entraram em acordo para o SBT fazer propaganda da reforma da previdência enganando o povo. Mas uma vez Silvio santos sucumbe ao poder do dinheiro e se curva ao ser ameaçado de não contar mais com as verbas de propaganda recebidas do governo. Até as colegas de auditório do Silvio, estão começando a ficar desconfiadas que tem caroço nesse angu. Acreditem se quiserem>>>

Anônimo disse...

O povão quer saber: no caso da cassação da dilma pelo TSE, ela perderá realmente todos direitos de um ex-presidente ou continuará viajando pela Europa, com o nosso dinheiro esbanjando mediocridades em suas entrevistas. Aposto que ela continuará com todos direitos de um ex-presidente, presente concedido pelo Levandovisky, que defecou na nossa constituição brasileira para tal fim.