domingo, 30 de abril de 2017

Lula usa "delator" Palocci como blindagem?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Bem que Luiz Inácio Lula da Silva poderia responder à provocação do cientista político Bolívar Lamounier, no Facebook: “Um ex-presidente da República, um homem que se apresenta como reserva moral da Nação, vê uma horda ligada a seu partido depredando patrimônio público e privado, e até tentando atacar a residência do atual presidente, e nada tem a dizer? Mantém-se em silêncio, deixando claro que endossa tais atos? Que nome devemos dar a tal atitude?”

Se o professor quiser uma resposta cínico-pragmática, ela está prontinha: Lula aposta no quanto pior melhor, porque para ele, apesar da Lava Jato, tudo parece cada vez melhor. Quem duvida disto deveria dar uma olhada mais estratégica na mais recente pesquisa Datafolha, feita com 2781 entrevistados, em 172 municípios, na quarta e na quinta que antecedeu à greve geral pré-feriadão. No cenário mais favorável, o poderoso Lula se mantém na liderança na corrida ao Palácio do Planalto em 2018, com 31%. Marina Silva teria 16%, Jair Bolsonaro (13%), João Dória (9%), Michel Temer (2%), Luciana Genro (2%), Ronaldo Caiado (1%) e Eduardo Jorge (1%).

Um outro cenário traçado pelo Datafolha, para um eventual segundo turno, inclui aquele nome que hoje representa uma concreta ameaça jurídica (mas que também poderia ser política. Se fosse candidato (não será), Sérgio Moro venceria Lula por 42% contra 40%. Pela margem de erro de dois pontos do Datafolha, Moro e Lula ficariam tecnicamente empatados na disputa eleitoral. Já na disputa jurídica, a previsão popular é que Lula acabe derrotado por goleada. Lula sabe que perde no “tapetão”. No entanto, confia que ganha na “repescagem” dos superiores e supremos recursos, daqui a uns 10 anos ou mais...

Sabe quem poderia botar mais medo em Lula do que Sérgio Moro? O nome dele seria Antônio Palocci Filho... “Só que não” – como dizem jovens e deslumbradas repórteres televisivas. Lula é tão malandro e estratégico que já usa a suposta “ameaça palocciana” em favor próprio. Lula passou um recadinho apavorante a banqueiros e corretoras que participaram, em 2010, daquela oferta pública de ações da Petrobras que movimentou a merreca de R$ 120 bilhões. Não foi à toa que, no universo de 86 testemunhas de defesa, Lula selecionou 26 nomes de altos funcionários de bancos, advogados especializados no mercado de capitais e auditores (veja os nomes, abaixo). As indicações causaram não só surpresa, mas também certo pavor, porque muitos podem estar relacionados em uma eventual deduragem do Palocci.

Lula é espertíssimo. Verificou que uma poderosa tática de defesa é cutucar e, indiretamente, pedir socorro aos poderosos e diabólicos deuses do mercado – fartamente beneficiados com super-negócios e lucros na Era $talinácio, mas que abandonaram o PT e foram decisivos na derrubada de Dilma Rousseff. A mais recente jogada de craque de Lula só aumenta a expectativa 10 de maio, quando Lula sentará na 13ª Vara Federal do Moro. Até lá, quem agora fica “apertadinha” é a nata do rentismo tupiniquim.

Resumindo: Lula parece ter mais vidas que um Gato Angorá ou outros bichos enrolados na Lava Jato...

No entanto, Lula também sabe, muito bem, que a disputa de 2018 não será ideológica, mas sim dos “honestos x corruptos”.

Por isso, Jair Bolsonaro é o nome que realmente assusta a petelândia e seus rentistas sem-noção...

Fala Palocci 2


A listinha de Lula

Confira os nomes dos 86 listados pela defesa de Lula:

A) Políticos e autoridades

1) Renan Calheiros (senador)
2) Romero Jucá (senador)
3) Gilberto Carvalho (ministro)
4) Jaques Wagner (ex-ministro)
5) José Múcio Monteiro Filho (ministro do TCU)
6) Henrique Meirelles (ministro)
7) Henrique Fontana (ex-deputado)
8) Luiz Fernando Furlan (ex-ministro e emprsário)
9) José Sérgio Gabrielli (ex-presidente da Petrobras)
10) Silvio Pettengill Neto (Procurador do MPF)
11) Mariana Fernandes da Silva (advogada da Petrobras)
12) Cláudio Fonteles (ex-Procurador Geral da República)
13) Antonio Fernando Barros e Silva de Souza (ex-Procurador Geral da República)
14) Jorge Hage (ex-ministro da CGU)
15) Aldo Rebelo (ex-ministro)
16) Alexandre Padilha (ex-ministro)
17) Ricardo Berzoini (ex-ministro)
18) Arlindo Chinaglia (deputado federal)
19) Valmir Moraes da Silva (segurança)
20) Marco Edson Gonçalves Dias (General)
21) Geraldo Corrêa de Lyra Júnior (Coronel)
22) Rui Chagas de Mesquita (Brigadeiro)
23) Malu Gaspar (Jornalista)
24) Marcos Leal Raposo Lopes (Embaixador no Peru)
25) Paulo César de Oliveira Campos (Embaixador na França)
26) Walfrido dos Mares Guia (ex-ministro)
27) Tarso Genro (ex-ministro)
28) Paulo Lacerda (ex-diretor-geral da PF)
29) Luiz Fernando Correa (ex-diretor-geral da PF)
30) Eurico Cursino dos Santos (Consultor legislativo do Senado)
31) Francisco Alberto Aires Mesquita (Coronel da FAB)
32) Zeca do PT (deputado)
33) José Paulo Assis (ex-gerente da Petrobrás)
34) Hélio Shiguenobu Fujikawa (ex-secretário geral da Petrobras)
35) Alan Kardec Pinto (ex-diretor de Biocombustíveis da Petrobras)
36) Mário Márcio Catrillon de Aquino (ex-gerente da Petrobras)
37) Fernando Almeida Biato (ex-gerente da Petrobras)
38) Marcelino Guedes Ferreira Mosqueira Gomes (ex-presidente da refinaria Abreu e Lima)
39) José Lima de Andrade Neto (ex-presidente da BR Distribuidora)
40) Paulo Cezar Farah Muniz (empregado da Petrobras)
41) Marcos da Cunha Henriques (empregado da Petrobras)
42) Tarcísio Rossêto (empregado da Petrobras)
43) Paulo Marcelo de Figueiredo Montes (empregado da Petrobras)
44) Alexandre Lugtenburg de Garcia (empregado da Petrobras)
45) Nilo Victor de Oliveira (empregado da Petrobras)
46) Rômulo de Miranda Coelho (empregado da Petrobras)
47) Paulo Tarcísio Okamotto (presidente do Instituto Lula)
48) Clara Levin Ant (Secretária de Lula)
49) Celso Marcondes (diretor Instituto Lula)
50) Luiz Soares Dulci (ex-ministro)
51) Paulo de Tarso Vannucchi (ex-ministro)
52) Marcelo Carvalho Ferraz (sócio da empresa que faria Museu do Trabalhador)
53) Luciano Coutinho (ex-presidente do BNDES)
54) Jorge Gerdau Johannpeter (ex-conselheiro da Petrobras)
55) Fábio Colletti Barbosa (ex-conselheiro da Petrobras)
56) Miriam Belchior (ex-ministra)
57) Maria Lúcia de Oliveira Falcón (ex-presidente do Incra)
58) Almir Guilherme Barbassa (ex-diretor financeiro da Petrobras)

B) Executivos financeiros

59) Bruno Boetger (Bradesco BBI)
60) João Paulo Torres (Merrill Lynch)
61) Paulo Mendes (JP Morgan)
62) Pérsio Dangot (Citigroup)
63) Fernando Fontes Yunes (Itaú BBA)
64) Glenn Mallett (Santander)
65) Marcelo de Sousa Sobreira (Banco do Brasil)
66) Fabio Nazari (BTG Pactual)
67) Graciema Bertoletti (Credit Agricole)
68) Denis Jungerman (TGP Capital)
69) Antonio Pereira (Goldman Sachs)
70) Mikael Malka (HSBC)
71) Patrícia Moraes (JP Morgan)
72) Nicole Rodrigues Canizelo (Societe Generale)
73) Thiago Dias (Safra)
74) Márcio Pepino (BES Investimento)
75) Caio Scatamburlo Costa (Deutsche Bank)
76) Roberto Roma (Votorantim)

C) Advogados

77) Daniel de Miranda Faço
78) Luiz Leonardo Cantidiano (ex-CVM)
79) Nicholas Grabar
80) Sérgio Spinelli Silva Jr
81) Renato Schermann Ximenes de Melo
82) Stuart K. Fleischmann
83) Robert Ellison

D) Contadores de Auditorias

84) Paulo José Machado (Ernst & Young)
85) Manuel Fernandes Rodrigues de Sousa (KPMG)

86) Bernardo Moreira Peixoto Neto (KPMG)



Devolução forçada


Ratazanas, again


Releia o artigo de sábado: A Revolução das Ratazanas


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 30 de Abril de 2017.

10 comentários:

Anônimo disse...

TAKI A MIÓ DEFEZA DO LULA - ÇUAS BOAZOBRAS!!
CONFIRAM ALGUMAS DAS BOAZOBRAS QUE OS RATOS-DE-ESGOTO DO PT FIZERAM COM NOSSO DINHEIRO!
1) Porto de Mariel (Cuba)
Valor da obra – US$ 957 milhões (US$ 682 milhões por parte do BNDES) Empresa responsável – Odebrecht
2) Hidrelétrica de San Francisco (Equador)
Valor da obra – US$ 243 milhões Empresa responsável – Odebrecht Após a conclusão da obra, o governo equatoriano questionou a empresa brasileira sobre defeitos apresentados pela planta. A Odebrecht foi expulsa do Equador e o presidente equatoriano ameaçou dar calote no BNDES.
3) Hidrelétrica Manduriacu (Equador)
Valor da obra – US$ 124,8 milhões (US$ 90 milhões por parte do BNDES) Empresa responsável – Odebrecht Após 3 anos, os dois países ‘reatam relações’, e apesar da ameaça de calote, o Brasil concede novo empréstimo ao Equador.
4) Hidroelétrica de Chaglla (Peru)
Valor da obra – US$ 1,2 bilhões (US$ 320 milhões por parte do BNDES) Empresa responsável – Odebrecht
5) Metrô Cidade do Panamá (Panamá)
Valor da obra – US$ 1 bilhão Empresa responsável – Odebrecht
6) Autopista Madden-Colón (Panamá)
Valor da obra – US$ 152,8 milhões Empresa responsável – Odebrecht
7) Aqueduto de Chaco (Argentina)
Valor da obra – US$ 180 milhões do BNDES Empresa responsável – OAS
8) Soterramento do Ferrocarril Sarmiento (Argentina)
Valor – US$ 1,5 bilhões do BNDES Empresa responsável – Odebrecht
9) Linhas 3 e 4 do Metrô de Caracas (Venezuela)
Valor da obra – US$ 732 milhões Empresa responsável – Odebrecht
10) Segunda ponte sobre o rio Orinoco (Venezuela)
Valor da obra – US$ 1,2 bilhões (US$ 300 milhões por parte do BNDES) Empresa responsável – Odebrecht
11) Barragem de Moamba Major (Moçambique)
Valor da obra – US$ 460 milhões (US$ 350 milhões por parte do BNDES) Empresa responsável – Andrade Gutierrez
12) Aeroporto de Nacala (Moçambique)
Valor da obra – US$ 200 milhões ($125 milhões por parte do BNDES) Empresa responsável – Odebrecht
13) BRT da capital Maputo (Moçambique)
Valor da obra – US$ 220 milhões (US$ 180 milhões por parte do BNDES) Empresa responsável – Odebrecht
14) Hidrelétrica de Tumarín (Nicarágua)
Valor da obra – US$ 1,1 bilhão (US$ 343 milhões) Empresa responsável – Queiroz Galvão *A Eletrobrás participa do consórcio que irá gerir a hidroelétrica
15) Projeto Hacia el Norte – Rurrenabaque-El-Chorro (Bolívia)
Valor da obra – US$ 199 milhões Empresa responsável – Queiroz Galvão
16) Exportação de 127 ônibus (Colômbia)
Valor – US$ 26,8 milhões Empresa responsável – San Marino
17) Exportação de 20 aviões (Argentina)
Valor – US$ 595 milhões Empresa responsável – Embraer
18) Abastecimento de água da capital peruana – Projeto Bayovar (Peru)
Valor – Não informado Empresa responsável – Andrade Gutierrez
19) Renovação da rede de gasodutos em Montevideo (Uruguai)
Valor – Não informado Empresa responsável – OAS (Seriam R$500,000,000,00).
20) Via Expressa Luanda/Kifangondo
Valor – Não informado Empresa responsável – Queiroz Galvão Como estes existem mais de 3000 empréstimos concedidos pelo BNDES no período de 2009-2014. Conforme mencionado acima, o banco não fornece os valores… Ainda. Fonte: http://www.lucioneto.com.br/2014/10/20-obras-que-o-governo-do-pt-financiou.html

Augusto disse...

ATENÇÃO!
MAIS UMA ARMAÇÃO À VISTA!
https://scontent.fcgh11-1.fna.fbcdn.net/v/t1.0-0/p480x480/18157176_782361071930457_6243912330111225191_n.jpg?oh=6cebae8a0547af4ccbcef96568a1be1d&oe=59872A15
Realmente o Temer perdeu a Chance de entrar para história. Ele poderia ter acreditado e usado a FORÇA DO POVO para colocar o Brasil nos trilhos, mas infelizmente ele preferiu continuar com os conchavos e o apoio do lado NEGRO da força.

Estéfani JOSÉ Agoston disse...

O maior inimigo dos brasileiros e do Brasil são os políticos brasileiros, estruturados e bem organizados para agirem desonestamente, praticando crimes contra a Nação e em seguida cobrindo os rastros e criando leis para se auto protegerem. Nem mesmo as Máfias italianas conseguiram tal façanha em tornarem-se em quadrilhas e controlarem e dirigirem as forças policiais em todo o pais, tal como acontece aqui no Brasil, pois são os políticos que controlam direta e indiretamente as forças policiais brasileiras e inclusive as FFAA mediante nomeações de comandantes "leões de borracha". Sim em Itália, a Máfia é poderosa, mas não tanto como aqui. E desconsiderar o perigo que representa o máximo expoente delles, hoje, o criador da UNASUL Michellcorruptff Temer é praticar o suicídio, portanto como é um direito inalienável dos venezuelanos protestarem e agirem contra o corrupto Nicola Maduro, também o é de todos os brasileiros, mesmo aqueles que também têm a biografia manchada por denúncias de crimes e corrupção, protestarem contra tal insidiosa pessoa, Michellcorruptff Temer, o "atual presidente" que sentou na cadeira poderosa mediante artifícios sabidamente corruptos e que durante todo o tempo em que agiu como político, em nenhuma vez denunciou atos de corrupção, ao contrário, calando e agindo como cúmplice, seja por omissão ou ação, portanto a denúncia do senhor cientista político Bolivar Lamounier é uma falácia (argumento ou raciocínio falso com aparência de verdadeiro), pois cabe e pode qualquer cidadão brasileiros, mesmo até aos condenados e encarcerados protestarem contra a atual conjuntura brasileira.

Anônimo disse...

Conversa fiada. O mala-sem-alça está gastando uma fortuna como se em campanha eleitoral estivesse.
Está tentando sair para o ataque, jogando uns contra os outros. Jogada velha e manjada, tanto que a greve que marcou fracassou.

Anônimo disse...

Será que o Lula achava que ele ia ser coroado "Rei", a "majestade" do reino da desgovernança? Já tinha até surrupiado, digo, "levado" uma coroa e uma espada cravejados de pedras preciosas. Coisinhas sem valor, umas "tralhas, como ele disse. Tralhas, rima com metralhas.

Anônimo disse...

Nossa!! Tanto tempo sem assessar esse blog, e vejo q nada mudou... Defesa velada do Lularápio de vento em popa..arggggg!!!

Anônimo disse...

A lista da defesa de Lula, se for bem interrogada, pode virar...um tiro no Pe dele.Vamos lá Dr. Moro.Use aquelas suas BOAS perguntas....

Anônimo disse...

O quê?
A CUT pedindo a prisão de Lula, heim?
Ah não, mas não é possível isso...
A gente viveu pra escutar o pessoal da CUT pedindo a prisão do Lula – Vivi para ver: Companheiros de CUT pedindo cadeia para o falso metalúrgico, cria do General Golbery, das falsas greves do ABC – Video Imperdível – Compartilhe
30 de abril de 2017
Vídeo impagável!
homemculto.com

Anônimo disse...

LULA 38%?
ESQUECERAM A VÍRGULA: 3,8%!
O quê?
A CUT pedindo a prisão de Lula, heim?
Ah não...
A gente viveu pra escutar o pessoal da CUT pedindo a prisão do Lula – Vivi para ver: Companheiros de CUT pedindo cadeia para o falso metalúrgico, cria do General Golbery, das falsas greves do ABC – Video Imperdível – Compartilhe
homemculto.com e no YOUTUBE varios videos!

Anônimo disse...

Infelizmente pior do que a corrupção do Brasil que já é a segunda do mundo, enquanto não fizermos uma reforma radical no sistema eleitoral inclusive com a extinção do atual TSE estaremos fadados a continuar colocando no governo a pior espécie de corruptos que proliferam no Brasil, desde que Cabral aqui chegou. Num país onde até analfabeto tem o direito de votar, começaremos pelo voto facultativo e os eleitores deverão provar para obter o titulo de eleitor que tem pelo menos o curso fundamental completo. Somente assim começaremos a desinfetar Brasília dos vermes que pululam na praça dos tres poderes e nos demais níveis estadual e municipal, que proliferam em progressão geométrica.