quinta-feira, 27 de abril de 2017

Remoção de Vírus


“País Canalha é o que não paga precatórios”.

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Penso que a maioria dos amáveis leitores já teve problemas com virus em seus computadores.

Os sites de ajuda para removê-los quase sempre usam uma linguagem confusa; mais nos atemoriza que nos auxilia.

Assim é a crise ética, econômica e política que nos infelicita.

Infiltrados nos três poderes, bandidos procuram tirar proveito de tudo.

A sociedade, atônita, não sabe por onde começar a desinfecção.

Tem medo de acionar o legítimo instrumento do artigo 142 da Constituição Federal.

Esperará o surgimento do “salvador da pátria” ou conformar-se-á com sua sorte cruel.

Por sua vez os politicocôs perderam a noção de perigo.

De repente, um desesperado lhes atacará da maneira mais primitiva.

Pendurar no poste será refresco de maracujá.

Cortar na própria carne, fraca ou podre, evitará o pior.

Mas isso nem pensar. Siga o baile da ilha fiscal.

Sugestão de leitura:”Talleyrand” biografia escrita por Louis Madelin, da Academia francesa.

Há, que eu conheça, também uma edição em espanhol de mais de setenta anos.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

Anônimo disse...

Os delatores disseram que os apelidos dados aos "alimentados", vulgo corruptos, não eram exatamente relacionados com a aparência ou com alguma mania ou jeitão deles, mas era sim. O que dizer do "boca mole", do "caranguejo" e "todo feio"? Com a senadora Gleisi Hoffmann, chamá-la de "coxa" tem tudo a ver, mas de "amante"??? Será que algum presidente de empreiteira... sabe de algo???