sábado, 22 de abril de 2017

Zabumba


“País Canalha é o que não paga precatórios”.

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Como uma pequena amostra do estado de coisas vigente, procuraremos imaginar uma conversa (na verdade grunhidos) de jovens da chamada Geração NiNi pelos argentinos: Ni estudia, ni trabaja.

-“Meu, preciso dizer o nome de dois verbos da quarta conjugação; de um lembrei [Por] mas o outro, nem ideia!”.

--”Bota Tambor.

-”Mas tambor não é zabumba ?

--”E daí ? Você pode conjuga-lo : Eu tambonho, tu tambões, ele tambõe...”

-Valeu! E um verbo da quinta conjugação?

--” Escreve Ben-Hur. Eu bem hurro, tu bem hurras, ele bem hurra...”

-Massa! Assim você vai terminar como o intelectual do ânus! “

--Obrigado; mas não é doano?

-”Tanto faz... Estudar pra quê ? Não vai ter emprego mesmo !”

--”É verdade; mas sempre há esperança de arranjar uma boquinha...”

-”Vamos mudar de assunto que este papo tá ficando qualquer coisa.”

--”Ontem , sem querer, vi um filme chamado MACBETH mas não vi nenhuma cena no banheiro da lanchonete.”

-”Esses cineastas viajam na maionese...”



Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

Joma Bastos G P disse...

Procuraremos imaginar uma conversa (na verdade grunhidos) de jovens dos 16 aos 65 anos, que nem estudam, nem trabalham, nem constam das estatísticas do IBGE como desempregados. Têm uma única tarefa... votar!