quinta-feira, 4 de maio de 2017

Gilmar Mendes e os estragos simbólicos


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

É urgente prever, cuidadosamente, os efeitos estruturais da polêmica decisão da segunda turma do Supremo Tribunal Federal (em favor de políticos acusados de corrupção). Também é fundamental calcular o tamanho do estrago simbólico causado pelo comportamento do ministro Gilmar Mendes diretamente contra a Força Tarefa da Lava Jato e, indiretamente, contra Sérgio Moro e outros magistrados que interpretam a lei com o rigor necessário.

Agrava-se a desmoralização da Política e da “Justiça” – agravando a dimensão autoritária, falsamente democrática, do Estado Nacional Brasileiro. A soltura do ideólogo José Dirceu e de outros não surpreende. Afinal, a rotina brasileira é a impunidade. O que se pode esperar de uma máquina estatal em que o Crime Institucionalizado tem hegemonia? A injustiça é viabilizada pelo regramento excessivo – que permite interpretações jurídicas conforme as conveniências de quem tem mais poder (inclusive econômico) de decisão.

O ministro Gilmar Mendes causou um duplo estrago imagético: a ele mesmo e ao Judiciário. Embora um magistrado não deva se curvar à pressão (nem sempre legítima) da opinião pública para tomar suas decisões, ele precisa lembrar que é fundamental equilibrar o direito individual e o interesse público. Libertar réus (ou já condenados por crimes de corrupção) causa (ou agrava) desequilíbrio institucional. Passa para a sociedade o mau exemplo de que “o crime compensa”. Isto é imperdoável para um guardião da Constituição (por mais imperfeita e falha que esta Carta seja). Na prática simbólica, Gilmar cometeu um crime de lesa pátria – falha digna de um impedimento sumário. Virou meme nas redes sociais...

Certamente sem medir a conseqüência de seu ato – claramente contaminado pela vaidade -, Gilmar Mendes cometeu outro pecado institucional no conflito direto com a turma do Ministério Público Federal. Quando o ministro esbravejou que “Curitiba não era o Supremo”, quem querer (ou querendo?), Gilmar reforçou o autoritário poder centralizador de Brasília. O discurso nervoso de Gilmar agrediu o elementar princípio federalista – sistematicamente desrespeitado pelo modelo Capimunista Rentista tupiniquim. Gilmar escancarou a brecha para uma divisão inconciliável entre “os meninos do MPF do Paraná” e os “velhos homens de Brasília”. Gilmar jogou gasolina em uma onda separatista? Vale uma reflexão...

O voto (de Minerva, jura?) de Gilmar em favor do ideólogo revolucionário capimunista José Dirceu abriu uma divisão no próprio STF. Não foi à toa que o supremo ministro Edson Fachin (apenas por acaso um paranaense) tomou a decisão de enviar ao plenário da Corte que referende ou não sua decisão de manter preso preventivamente Antônio Palocci Filho. Depois que Palocci destituiu o advogado que cuidaria de sua ameaçadora delação premiada, ficou claro que o gesto não passava de uma bravata. Tudo cuidadosamente articulado com o chefão Lula da Silva, para coagir o “sistema”. A lista de 86 testemunhas de defesa (com gigantes do mercado financeiro) já tinha evidenciado a manobra lulista.

Ontem, foi revelado mais um motivo que explicaria o comportamento de Gilmar Mendes. No dia 26 de abril, o relator da Lava Jato no STF, Edson Fachin, se viu forçado a pedir um parecer do Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, sobre um pedido de impeachment de Gilmar – que foi arquivado, ano passado, no Senado, pelo então presidente Renan Calheiros. Juristas denunciaram Gilmar por ofender a Constituição e desrespeitar a Lei da Magistratura Nacional e o Código de Ética da Magistratura, por dar entrevistas que antecipam seus votos no STF. O caso pode não dar em nada, mas ajuda a subir a temperatura no inferno institucional tupiniquim.

O rigor contra a politicagem bandida na Lava Jato ainda é uma exceção – que ainda precisa ser confirmada da primeira instância até a fase de recursos derradeiros (o tal do transitado em julgado). Os caríssimos defensores dos réus apostam e vendem aos clientes a previsão de que os punidos agora terminarão salvos (ou com punições muito atenuadas) na hora do profano “juízo final”. Certamente, alguns, muito poucos, serão detonados como bode expiatórios, para poupar os demais personagens da organização (estatal) criminosa.

O maior punido na Lava Jato não será Lula e seus companheiros, aliados ou eventuais comparsas. O condenado-mor é Sérgio Fernando Moro. Transformado em “herói nacional”, apenas porque cumpriu seu dever funcional de servidor público judiciário, Moro perdeu sua condição de homem livre. Ele e a família são obrigados a viver sob proteção de seguranças (uma clara privação de liberdade). Moro e outros magistrados pagam um preço individual altíssimo, enquanto o sistema de corrupção segue praticamente intacto no Brasil. O Crime Institucionalizado se reinventa e se readapta à realidade pós-Lava Jato...

Vale insistir até cansar. Todos sabem que o Supremo Tribunal Federal tem soberania para tomar a decisão que seus 11 ministros ou parte deles quiserem. O STF só não tem direito de agir com pesos e medidas diferentes para casos iguais ou muito semelhantes. Coerência é o mínimo que se espera de uma Corte que deve ser a guardiã da Constituição, mas que vem se transformando em um tribunal que decide tudo sobre qualquer coisa (desde decisão sobre campeonato de futebol até os casos mais hediondos de crimes de corrupção).

Toda a confusão gerada só confirma a tese de que a única solução para o Brasil é uma Intervenção Institucional que implante a Democracia por aqui. O resto é conversa fiada que só beneficia a bandidagem institucionalizada.

Releia o artigo: Supremo à Cubana é indigesto para Democracia


Versão POP do Hino Nacional Brasileiro


A versão por do Hino Brasileiro, concebida por Sérgio Taboada, prega que é hora de sairmos do "berço explêndido". ACORDA POVO BRASILEIRO. LUTE! É hora de vencer o desgoverno do Crime!

Fora desta


Desimpedido


Bufanada


Bronca do General

Do General de Exército Reformado Augusto Heleno Pereira, sobre a libertação de José Dirceu:

Será que os doutos Ministros do STF avaliam o mal que têm causado ao país?

Ou o Olimpo em que vivem os afasta totalmente da consciência nacional?

Façam uma pesquisa para avaliar o que a população honesta pensa, hoje, da instituição em que militam. Vossas Exas votam calcados em saber jurídico?

Não parece. Para a imensa maioria, fingem fazê-lo. Em votos prolixos e tardios, dão vazão a imensuráveis vaidades, a desavenças pessoais e a discutíveis convicções ideológicas. Hoje, transmitem à Nação , alarmada pela criminalidade e corrupção que se alastram, uma lamentável insegurança jurídica e uma frustrante certeza da impunidade.


Passam a sensação de que o Brasil, com esse Tribunal, não tem nenhuma chance de sair do buraco; e colocam em sério risco nossa combalida e vilipendiada “democracia”. Sabemos que são professores de Deus e lhes pedimos,apenas, que desçam do pedestal e coloquem o Brasil acima de tudo.

Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 4 de Maio de 2017.

15 comentários:

Anônimo disse...

O QUE ESTAMOS VENDO E O RESULTADO DE UM PAIS MASSACRADO DESDE GETULIO VARGAS PARA CA POR POLITICOS SEM VERGONHAS, SEM CIDADANIA, SEM CARATER, MENTIROSOS, QUE NAO CUMPREM NUNCA O QUE DEVERIAM CUMPRIR. SO FOMOS FELIZES E PODIAMOS ANDAR LIVREMENTE PELO PAIS QUANDO NOSSAS FFAA TOMARAM CONTA DO PAIS. SE OS IMBECIS QUE DEFENDEM ESTA PUTARIA CHAMADA TRES PODERES AO MENOS SE DESSEM AO TRABALHO DE VERIFICAR O QUE AS FFAA FIZERAM E O QUE ACRESCENTARAM DE VALOR AO NOSSO PAIS ELES CALARIAM SUAS BOCAS IDIOTAS, SEM QI E PRINCIPALMENTE PREGUIÇOSAS QUE SO REPICAM O QUE OS VAGABUNDOS VERMELHOS SEMPRE DIZEM PARA SE BENEFICIAR DO ERARIO PUBLICOS. ESTES MESMOS VAGABUNDOS QUE SOMENTE FALAM QUE NEM PAPAGAIOS DE PIRATA O QUE OS VAGABUNDOS VERMELHOS USAM COMO MANTRAS DEVERIAM SE DEBRUÇAR COM SUAS INTELIGENCIAS PREGUIÇOSAS E SEUS QIS DE AMEBA NAS BIOGRAFIAS DOS GENERAIS QUE SAIRAM DO PODER COMO ELES VIVERAM DEPOIS QUE SAIRAM E COMO MORRERAM E AO MESMO TEMPO SE DEBRUÇAR SOBRE AS BIOGRAFIAS DESSES CINQUENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA PARA SABEREM O QUE FIZERAM, QUAIS PROMESSAS REALMENTE TORNARAM CONCRETAS E FINALMENTE COMO VIVEM HOJE QUAIS SAO SUAS APOSENTADORIAS E QUAIS SAO SEUS DIREITOS E DEVERES. DIREITOS ELES TEM TODOS SAO CIVIS E TEM TODO O DIREITO INCLUSIVE DE SE APOSENTAR PREMATURAMENTE E SEM TER QUE TIRAR NADA DE SEUS GANHOS E PRINCIPALMENTE DE TODO O APARATO QUE CONSEGUIRAM NA BASE DO TOMA LA DA CA. NOSSO PAIS E UM CIRCO. UM CIRCO EM QUE A PROPRIA JUSTIÇA DEFINHA COM SEUS PROCESSOS ILICITOS DE SEREM MINISTROS DA SUPREMA CORTE E AO MESMO TEMPO SEREM ADMINISTRADORES DE SUAS BANCAS PARTICULARES PARA DEFENDER VAGABUNDOS CONTRA A NAÇAO QUE JUURARAM DEFENDER E A CONSTITUIÇAO PERNETA QUE E DESRESPEITADA DIARAIMENTE POR PARTIDECOS DE MERDA QUE A UNICA PREOCUPAÇAO QUE TEM E USUFRUIR DE DIREITOS QUE NAO TEM DIREITO DE TER PORQUE A MAIORIA E QUASE TOTALIDADE DA POPULAÇAO NAO TEM. EXISTE UMA DIFERENÇA ENTRE UM MILITAR E UM CIVIL. UM MILITAR MESMO APOSENTADO TEM QUE SERVIR O PAIS A QUALQUER MOMENTO QUANDO FOR CHAMADO PARA TAL. ISSO A MAIORIA DESTES MERDAS QUE FALAM DAS FORÇAS ARMADAS NAO SABEM E NEM QUEREM SABER. QUANDO ESTOU FALANDO EM MILITAR SAO OS MILITARES AERONAUTICA, MARINHA E EXERCITO E NAO OS MILITARES QUE OS TONTOS DA VAGABUNDAGEM VERMELHA CRIARAM PARA DEFENDER O PAIS E QUE NAO TEM CACIFE PARA TAL. O MAL DE NOSSO PAIS E QUE O POVO NAO EXAMINA NADA SO FALA E NAO QUER SABER O QUE ACONTECEU. QUE TAL DAR UMA OLHADA PROFUNDA NO QUE MADAME SATA OU SEJA DILMA BUCEFALA FEZ E O NOVE DEDOS TAMBEM? QUE TAL ESCRUTINAR O QUE FOI A COMICHAO DA INVERDADE? A VAGABUNDAGEM VERMELHA DE ESTUDANTES VELHOS QUE NUNCA ESTUDARAM, NUNCA SE FORMARAM E NUNCA TRABALHARAM SEMPRE SERAO OS MESMOS EM 34, 44, 54, 64, 74, AND SO ON. AVANTE BRASIL. O PAIS PRECISA SER PASSADO A LIMPO E ISSO SO COM A AJUDA DAS FFAA QUE E A CRUZ QUE OS VAMPIROS DO PODER TANTO TEMEM. E POR FALAR EM TEMER ELE NAO PRECISA FAZER NADA SO CALAR PORQUE ESTA NO MESMO SACO DO RESTO.CARTAO VERMELHO PARA TODOS OS TRES PODERES E OS MALDITOS CINQUENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA DE GENTE SEM CACIFE, SEM VERGONHA E QUE SONHA EM TORNAR NOSSO PAIS NUMA AFRICA SEM NADA.

Anônimo disse...

http://fuscabrasil.blogspot.com.br/
BLOG QUE NÃO SE VENDE: SEM BOLSA-BLOG NEM COMERCIAL DO BANCO DO BRASIL, PETROBRÁS, CAIXA, GOVERNO, MINISTÉRIOS...
3.5.17
Vergonha de toga a serviço dos bandidos
A tradição do STF na soltura, no favorecimento e na proteção de notórios larápios da cena política nacional é notória, desde os tempos de Sarney e Collor.
Os chamados 'embargos infringentes', recurso jabuticaba (só existente no Brasil) utilizado para invalidar o sóbrio e ponderado julgamento do Mensalão (ponderado até demais, na chamada 'dosimetria' que só era adequada e enérgica com os coadjuvantes), as inúmeras protelações, chicanas e manobras para proteger figurões da República são famosas.
O primeiro impeachment "meia boca" da história mundial manchou a reputação do STF, cujo representante no evento, o ex-advogado de Lula e do PT Ricardo Lewandowski, não só rasgou a Constituição Federal, como também garantiu a continuidade do regime lulopetista bolivariano e a impunidade da elite do poder, a começar pelo Chefão de todos os corruPTos.
Agora, o Comissário José Dirceu de Oliveira e Silva, camarada da polícia secreta da ditadura cubana e subcomandante da Organização Criminosa de Lula, foi solto numa manobra de seus (ex?) advogados e ministros do Supremo José Antonio Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, desprezando os fatos e crimes reportados pelo relator Edson Fachin, e tripudiando a fundamentação da não soltura do meliante, apresentada pelo decano José Celso de Mello Filho.
O projeto de poder do PT está mais acelerado do que na época do poste de Lula, pois
Temer sancionou a lei do "Mais Médicos" que copia literalmente o texto da Medida Provisória de Dilma, eximindo os cubanos do exame Revalida (quantos pobres morrem por falta de conhecimento médico desses estrangeiros, a mídia não divulga ) e mantendo o desvio de centenas de milhões de dólares para a ditadura de Cuba; continua...

Anônimo disse...

http://fuscabrasil.blogspot.com.br/ continua II
A operação Mela Jato, com leis prevendo punição de promotores, juízes, delegados e policiais que ousarem acusar, julgar ou prender os figurões da República da Odebrecht;
A destruição do sistema democrático através do Voto Cego (Voto em Lista escolhida pelos corruPTos);
O financiamento público de campanhas - o povo sustentará as milionárias campanhas dos partidos que hoje são apenas fachadas da mesma facção, ao invés de sustentar médicos, professores, militares e servidores públicos de verdade;
A Lei da Imigração elaborada pelo ex-terrorista e ex-colega de Dilma, o comunista Aloysio Nunes Ferreira, que garante proteção, SUSTENTO com dinheiro dos trabalhadores brasileiros, fundação de partidos e igrejas de qualquer orientação ou intenção, e impunidade (exceto para condenações transitadas em julgado na última instância, o que nunca ocorrerá com assassinos, estupradores, terroristas ou políticos genocidas ricos), a lei da imigração transformará o Brasil definitivamente no paraíso dos bandidos (fama já antiga) e terroristas (novidade trazida pelos ex-terroristas);
As milícias do regime lulopetista (MST, MTST, CUT, etc.) assim como seus aliados do terror urbano (acrescidos ontem de terroristas palestinos na Avenida Paulista em São Paulo) estão em plena atividade, assaltando e assassinando trabalhadores, invadindo propriedades urbanas e rurais, jogando bombas em manifestantes brasileiros, incendiando ônibus, criando caos e convulsão social; continua...

Anônimo disse...


http://fuscabrasil.blogspot.com.br/ continua III e termina
O Supremo Tribunal Federal aparelhado só conta com alguns ministros ainda empenhados em seguir a Lei, a CF e os anseios do povo brasileiro, mas já é utilizado abertamente como "braço jurídico" da organização criminosa criada e comandada por Lula, repetindo a operação Mela Mensalão dos tempos de Lula e seu poste Dilma.
Qualquer semelhança com a Venezuela (país outrora riquíssimo, membro da OPEP, no qual o povo hoje passa fome) não é coincidência.
E podemos agradecer essa desgraça ao eixo do mal formado por Lula e sua gangue, envolvendo os 3 poderes da ex-República.
Postado por Fusca às 6:20 PM

Sérgio Alves de Oliveira disse...

Professor Serrão: Apesar da admiração que tenho por seu trabalho à frente do "Alerta Total",discordo frontalmente que a única solução para o Brasil seria uma "intervenção institucional"( (art.142 da CF). Verdadeiramente seria uma "chance", não uma "certeza". Veja-se o que fizeram os militares no pós-64. De fato melhorou. Mas eles não poderiam ficar tanto tempo no poder. Além disso,foram "incompetentes" e não erradicaram o "câncer" que motivou a sua intervenção,tanto que ele regenerou e está mais forte , pior e "corrupto"que nunca. Creio que a única alternativa de solução viável para o Brasil seria o seu desmanche e a constituição de novos países a partir dos seus "pedaços"poluídos, moral e politicamente. Verdadeiramente o Brasil é um "país que não deu certo" O Sul já está tomando providências. Outras Regiões também.A contragosto sou forçado a agradecer a "invenção" de Lula. O seu deboche sobre a tal "República de Curitiba" realmente está ajudando a causa
Independentista do Sul. Teve força suficiente para distinguir exata e simbolicamente a separação entre a decência e a indecência,esta última com residência fixa em Brasilia.Mas no meu sentir os operadores do direito integrantes da Lava Jato na REPÚBLICA DE CURITIBA não tiveram ainda o alcance necessário para compreender que os INDEPENDENTISTA DO SUL,e também de outras REGIÕES,estão absolutamente corretos,e que em última análise navegam no
mesmo barco.Nesse exato sentido começarei a escrever,"cutucado" pelo Alerta,"A República de Curitiba",dando mais detalhes.

Anônimo disse...

quinta-feira, 4 de maio de 2017
DO BLOG VINDO DOS PAMPAS

O sujeito rouba dinheiro público, e tem quem vá para as ruas para defendê-lo

Pode parecer incrível, mas manifestantes se enfrentaram na tarde de anteontem em frente ao prédio da Justiça Federal do Paraná, onde o ex-ministro José Dirceu esteve para colocar a tornozeleira eletrônica, conforme determinou o juiz Sergio Moro, após decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) de revogar, anteontem, a prisão do petista, que chegou ao local num carro da Polícia Federal (PF).

Do lado de fora, agentes tiveram que criar um cordão de isolamento para separar pessoas que protestavam a favor e as que criticavam a decisão do Supremo, que suspendeu a prisão preventiva do ex-ministro. Moro determinou que, além do uso da tornozeleira eletrônica, o ex-ministro não poderá deixar a cidade de sua residência. Na noite anteontem, a Segunda Turma do Supremo havia revogado, a prisão preventiva dele, que está preso desde 2015 no Complexo-Médico Penal de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Moro também determinou que Dirceu ficasse proibido de se comunicar, por qualquer meio, com acusados ou testemunhas das ações penais do qual é alvo na Lava-Jato, bem como com pessoas que possam intermediar qualquer tipo de comunicação, com exceção das testemunhas de defesa arroladas do ex-ministro, que também deverá comparecer a todos os atos do processo, além de atendimento às intimações, salvo em caso de dispensa pela Justiça.

Dirceu também fica proibido de deixar o país e deverá entregar em juízo passaportes brasileiros e estrangeiros. O juiz federal não exigiu pagamento de fiança para que Dirceu deixe a prisão por entender que já há ação de sequestro de bens proposta contra ele. Em maio do ano passado, Dirceu foi condenado a 23 anos de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro. Na sentença, Moro decidiu manter a prisão preventiva. Posteriormente, o ex-ministro da Casa Civil teve a pena reduzida para 20 anos e 10 meses. Ele foi acusado de receber mais de R$ 48 milhões por meio de serviços de consultoria, valores que seriam oriundos de propina proveniente de esquema na Petrobras, de acordo com os procuradores da Lava-Jato.

Airton Leitão

Anônimo disse...

Assustador, assombroso o tratamento dado a quem furtou, desviou, comandou, serviu de intermediário para saquear a Petrobras, aceitou e pediu propinas, e já condenado, etc. Sai da cadeia como se inocente fosse e temos que aceitar isso como "uma lição" de moralidade ou é apenas um ato para mostrar poder e alimentar o ego? Não é para momentos assim que existem os juízes, para interpretar as leis defendendo a sociedade brasileira? Infelizmente, mesmo sendo assombroso, não estou surpreso. Outros, já soltaram, assombrosamente, traficantes famosos e chefes de facções criminosas, todos reincidentes, sob o olhar perplexo da sociedade e de outros magistrados. Alguma coisa de muito estranho há, para que decisões desse tipo estejam acontecendo.

Anônimo disse...

Esse cara são canalhas, pagama 962 Bilhoes ao sistema financeiro internacional e nacional e agora querem acabar com a aposentaria do cidadão de Bem, para manter os privilegio deles, por conta da roubalheira que fizeram no país.
http://www.auditoriacidada.org.br/
http://www.auditoriacidada.org.br/blog/2013/08/30/numeros-da-divida/
num orçamento gasto em 2015 mandam pra 3% pra saude 3%, educação e menos 0,50% pra segurança
assim funciona o brasil, Divida externa em 1995 R$ 320 Bilhoes, hoje 6 Trilhoes
Isso que os comunas fizeram ao Brasil
Povo bom é povo enganado

Anônimo disse...

Ótimo artigo do Ucho:
Lava-Jato: manobra que culminou com a soltura de José Dirceu começou após a morte de Teori Zavascki

Aqui:
http://ucho.info/lava-jato-manobra-que-culminou-com-a-soltura-de-jose-dirceu-comecou-com-a-morte-de-teori-zavascki

Anônimo disse...

Imigrantes explodem bomba em protesto contra Lei de Migração (I)

SÃO PAULO ─ Dois imigrantes sírios e dois palestinos foram presos em flagrante na Avenida Paulista na noite desta terça-feira (2) por atentarem contra manifestantes que protestavam pacificamente contra o projeto da Lei de Migração. Por volta de 20h30, na altura da Estação Consolação de metrô, uma bomba caseira foi lançada no meio das pessoas ─ uma delas teve a perna queimada com a explosão. Em seguida, cerca de 15 agressores partiram para cima dos manifestantes, deixando pelo menos quatro feridos, sendo duas mulheres. Um policial militar também foi agredido, informou a Polícia Civil.

Ao ataque sucedeu-se uma correria, mas policiais militares interviram rapidamente, utilizando bombas de efeito moral e imobilizando e detendo seis pessoas sob aplausos dos manifestantes, que bradavam “Viva a PM”! Dois outros homens foram levados para o 78º Distrito Policial, nos Jardins, averiguados e liberados. Outros, que também aparentavam ser estrangeiros, conseguiram fugir.

Um dos presos é o comerciante palestino Hasan Abdul Hamid Zarif Hasan, 43 anos, líder do movimento Palestina para Todos e dono do bar Al Janiah, no Bexiga, Centro de São Paulo. Os outros três são o também palestino Nour El Deen Alsayyd, caixa, 22 anos, e os sírios Roberto Antônio Gomes de Freitas, 18, e Nikolas Ereno Silva, 22, autônomos. Com eles, foram apreendidos armas como um martelo de ferro e um soco inglês. Eles responderão por explosão, lesão corporal, associação criminosa e resistência durante confronto em manifestação, de acordo com o boletim de ocorrência disponibilizado pela assessoria de comunicação da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo.


Conforme os registros dos agentes de segurança, os dois autônomos foram flagrados espancando manifestantes com socos e chutes. O autor do lançamento da bomba não foi informado até o fechamento desta edição. Segundo manifestantes na delegacia, um dos sírios detidos estaria no país há dois meses e teria necessitado do auxílio de um tradutor para o idioma português. De acordo com policiais no local, pelos materiais e elementos reunidos, o ataque caracteriza um ato terrorista.

Prontamente, fizeram-se presentes no distrito policial advogados de defesa dos indiciados, que alegaram que apenas se defenderam, e um representante da Comissão de Prerrogativas da OAB. Eles serão encaminhados para audiência de custódia.

Durante os registros da ocorrência, agentes do Grupo de Operações Espaciais (GOE) e do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (GARRA) também tiveram de ser acionados para cessar o transtorno causado na porta do DP por uma agitação súbita de cerca 40 pessoas, aparentemente árabes, que exigiam a liberação dos detidos.

Um dos agredidos, o advogado criminalista Everton, independente, disse que só não apanhou mais porque foi defendido pelos colegas. Ele estava discursando quando a bomba estourou.

“Só quando ouvimos a explosão é que fomos perceber a ofensiva. Cerca de 20 gângsters, com soco inglês e pedaços de ferro, foram para cima do movimento. Eles agrediram mulheres, idosos, menores de idade e trabalhadores, como eu e outros, que estamos aqui prestando queixa”, descreveu, exibindo as marcas dos socos que sofreu no rosto e na boca e a lesão na perna por ter sido empurrado ao chão.

Fonte:
https://revelatti.blogspot.com/2017/05/imigrantes-explodem-bomba-em-protesto.html

Anônimo disse...

Imigrantes explodem bomba em protesto contra Lei de Migração (II)

“Eu estou indignado, nós estávamos num ato pacífico contra a Lei de Migração. Eu, brasileiro, fui agredido no meu próprio país por estar defendendo a minha nação. Aqui no DP, soube que os agressores são estrangeiros, de origem palestina e que (um deles) nem português fala.”

E apelou ao presidente Michel Temer. “Presidente Temer, vete agora (o projeto da nova Lei de Migração), o Brasil não aguenta mais ver brasileiros sendo agredidos dentro da nossa própria nação. Mais do que nunca, vou às ruas, porque eu fui agredido como brasileiro dentro do meu país, e não aceito isso!”

Everton criticou também a ausência da mídia brasileira tradicional. “Era para a Veja, Estadão, Folha de SP estarem todos aqui (no DP). Não tem nenhum (veículo). Por quê? Porque isso não interessa para eles”, manifestou.

E retomou. “Você quer discutir? Você quer discordar do que eu penso? Discorde, mas discorde e venha “brigar” comigo no campo de ideias, não no campo das agressões”, desabafou.

O advogado informou que esta é a segunda vez que foi hostilizado por imigrantes raivosos. A primeira, segundo ele, foi quando sofreu ameaças durante um protesto a favor do então candidato americano Donald Trump (e também de Israel), em setembro passado, quando foi encurralado “por três meliantes” avantajados. “Mais do que nunca, nós estamos aqui firmes e fortes e vamos continuar nessa luta”, encerrou.

Organizado pelo movimento Direita São Paulo e com adesão de cidadãos diversos, o protesto teve início às 19h com uma concentração em frente ao prédio da TV Gazeta, também na Avenida Paulista, na região central de São Paulo. Aproximadamente às 19h20, portando cartazes onde se lia “Soberania não se negocia, Brasil em primeiro lugar! #VetaTemer”, os manifestantes marcharam pacificamente até o edifício do gabinete da Presidência da República, quando, cerca de 20h30, o artefato explosivo foi lançado, seguido do ataque de força bruta. Por volta das 20h40, a manifestação já havia se dispersado.

O projeto da nova Lei de Migração foi proposto em 2015 pelo atual ministro das Relações Exteriores e então senador Aloysio Nunes (PSDB-SP) e aguarda a sanção ou o veto do presidente Michel Temer. Na semana passada, trinta movimentos civis encaminharam uma carta a Temer instando-o a vetar a nova proposta legislativa.

Os manifestantes lembraram o passado terrorista de Nunes, que atuou durante o regime militar como motorista de Carlos Marighela, comandante do grupo terrorista Ação Libertadora Nacional. O cientista político e co-fundador do Movimento Liberal Acorda Brasil Luiz Philippe de Orleans e Bragança também participou do ato e acompanhou as vítimas na DP.

Fonte:
https://revelatti.blogspot.com/2017/05/imigrantes-explodem-bomba-em-protesto.html

Anônimo disse...

Praticantes do Falun Gong são agredidos por chineses em Brasília (II)

Referindo-se ao ocorrido, a praticante do Falun Gong e psicóloga Beatriz Saliés, 41, disse: “Dos cerca de 20 homens que nos atacaram, haviam alguns que reconhecemos como parte do grupo que vinha nos intimidando desde o dia anterior. Diante do ocorrido, compreendi que precisava fazer algo mais do que uma manifestação pacífica: pretendo entrar com um processo contra o governo chinês pela violação dos direitos humanos, para que saibam que no Brasil, ao contrário do que ocorre na China, não sairão impune ao perseguir pessoas que valorizam os princípios de verdade, compaixão e tolerância.”

Depois das agressões e do roubo dos materiais desses brasileiros praticantes do Falun Gong, um dos chineses foi detido em flagrante na Praça dos Três Poderes, após tentar fugir com uma das faixas roubadas. A polícia foi mobilizada, quatro dos agressores foram identificados e levados à 5ª Delegacia de polícia do Distrito Federal.

Um arriscado aperto de mãos

Menos de duas horas após o líder chinês Xi Jinping deixar o Palácio do Planalto, a visita “diplomática” dos chineses revelou sua face verdadeira: suas ações impositivas buscam ditar regras num pais alheio, refletindo a imagem real de um regime repressivo e violento que tem sido o governo do Partido Comunista Chinês (PCC) na China.

O que ocorreu neste dia não foi uma “simples” agressão física de um grupo de homens contra pessoas pacíficas. Foi mais do que isso: foi uma afronta à soberania da nação brasileira, cujos habitantes foram tratados com total desrespeito e barbárie. Justamente no dia em que os presidentes do Brasil e da China celebravam os 40 anos da parceria econômica entre os dois países, a mão que selava a cooperação também revelava a natureza tirânica do regime chinês.

Porém, diferentemente da atitude agressiva demonstrada pelos seguranças chineses, as manifestações dos praticantes do Falun Gong, devido a seu caráter pacífico e harmonioso, tiveram a simpatia não só dos transeuntes, mas também de policiais locais, sendo que ambos manifestaram repúdio à atitude dos agentes chineses.

Veja abaixo vídeo gravado por um praticante de Falun Gong mostrando a violação aos direitos civis dos cidadãos brasileiros:

Fonte: https://www.epochtimes.com.br/praticantes-falun-gong-agredidos-chineses-brasilia/

José Aparecido L. Coqueiro disse...

É muito triste quando percebemos que quem mais teria a possibilidade de defender o interesse público, que no caso é também um representante da mais alta corte do País, está claramente envolvido em práticas ilícitas contra a administração pública. A sensação é de que não existe saída para o Brasil!

Anônimo disse...

Foi ato claro de preparação para recondução do boquirroto à presidência ao libertarem o cubano articulador da nossa submissão ao comunismo. Já reparam que o critério dos banqueiros e especulares para nomeação dos nossos presidentes é a capacidade de enganar o mássimo de pessoas possível?

Anônimo disse...

A libertação indevida dos três cavaleiros do apocalipse ao mega bandido Zé Dirceu, sinaliza que o crime venceu a justiça e que a própria pres. do STF também sucumbiu ao crime e vai se aposentar antes do tempo. Esse STF composto em sua maioria por ministros indicados pelo PT de merecimento duvidoso, passará para o lixo da historia como a mais corrupta suprema corte de todos os tempos, abominada pela maioria do povo brasileiro consciente. Quanto aos meninos de Curitiba, permanecerão para sempre no coração dos brasileiros, porque enfrentaram com destemor a corrupção que está enraizada neste país, desde a proclamação da república em 15 de novembro de 1889. A semente da justiça foi lançada pelo juiz Moro e ela permanecerá, através das novas gerações ao passo que os corruptos morrerão como folhas mortas caídas das arvores do esquecimento.