sexta-feira, 16 de junho de 2017

Ardendo o rabo de um “Deus”


“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Ora quem diria que tanto viveria até chegar o dia em que veria uma brecha na Porta Pia.

Um “Cadorna” a muralha rompeu do urubú filisteu.

Que arrogância não lhe perca, pois já bateu com o rabo na cerca.

Agora poderá bailar com a funesta Anta a musiquinha Boneca de Empiche.

Suas penas, cor de azeviche, desbotar-se-ão quando apeado for pelo povão.

E a postura do pavão ? Verá que foi tudo em vão.

Com apetite onívoro, comia na mão do amigo carnívoro?

Agora terá vida indigesta porque acabou-se a festa.

Os demais farão o diabo para salvar o próprio rabo.

Entregar-lhe-ão às feras ? Estará assustado deveras?

Talvez como o Papa Pio, aceite com resignação a derrota; ou ainda pensa ser salvo por janota?

Enquanto isso a felina e irmãs, sorriem.

Esperam vigilantes, o efeito dos purgantes; como na história deste país, nunca antes.

Aqui se faz, aqui se paga. Até um “deus” um dia se caga.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: