domingo, 18 de junho de 2017

Estado ladrão e vacilão tem solução?


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A semana promete... O juiz Sérgio Moro começa a decidir, a partir de terça-feira, o destino de Luiz Inácio Lula da Silva: será inocentado? Condenado? Ou pode acabar preso? Na terça-feira, a segunda turma do Supremo Tribunal Federal também define o destino imediato de Aécio Neves: são grandes as chances de que seja acatado o pedido de prisão preventiva do neto de Tancredo Neves. Por que será que ele queria ser julgado pelo plenário do STF? – o que foi negado...

Tão ou mais preocupado que Lula e Aécio só Michel Temer. O maridão da bela Marcela foi horrivelmente definido por Joesley Batista como “o chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil”. Temer tem mesmo de processar o cara, para ele provar o que falou... Independentemente do resultado, ficou muito na cara que está em pleno vigor (marca da JBS) uma ação sistemática para o imediato assassinato da reputação do Michel. A quem interessa a queda imediata dele, merecendo ou não? Eis a pergunta relevante...  

Joesley poupou sequer o amigo Lula na entrevista exclusiva dada à revista Época, do Grupo Globo. Pregou que o ex-Presidente e seus aliados consolidaram a corrupção no Brasil. O controlador das empresas J&F (a sigla ganhou um significado atualizado: “Joesley é fodástico”) espancou Temer, Dilma Rousseff, Aécio Neves e Eduardo Cunha. Contou que a Presidenta, sentadinha na cadeira do Palácio do Planalto, lhe pediu R$ 30 milhões para ajudar a campanha do amigo Fernando Pimentel. Aécinho pediu R$ 35 milhões para comprar o PR (porém o PT chegou antes). Cunha pediu R$ 5 milhões para abafar uma CPI na Câmara dos De-puta-dos.

A corrupção enoja a maioria dos brasileiros. Muitos políticos bem que mereciam uma tatuagem na testa: “Eu sou ladrão e vacilão”. A boa nova é que, além de conhecer os corruptos, as pessoas começam a perceber como funcionam os mecanismos da Corrupção Institucional. Já ficou evidente que não basta caçar e punir os bandidos, se verdadeiro inimigo, o sistema estatal, continua viabilizando a roubalheira. Assim, para conter a ladroagem, é preciso secar sua fonte: o excesso de leis e impostos que viabilizam as propinas para os “jeitinhos” na extorsão sistemática contra empresas – que são corrompidas e corrompem (a ordem dos fatores não altera a sacanagem).

Os brasileiros precisam exigir mudanças na estrutura estatal brasileira. A arquitetura das regras e dos tributos excessivos é montada para a roubalheira. Assim, temos de debater exaustivamente e definir qual modelo de Brasil queremos e é possível. Tal discussão e definição nunca ocorreram ao longo de nossa História. A partir daí se redefine a Constituição (o tal Contrato Social), se reduz a quantidade absurda e conflitante de regras, simplifica a quantidade de impostos (hoje noventa e tantos, quando precisamos de quatro ou cinco, no máximo) e se toma a corajosa e imprescindível medida de enxugar a máquina estatal – o monstro  voraz que é a essência da corrupção sistêmica e institucionalizada.

Já sabemos o que é preciso e imprescindível fazer. Agora, é preciso convencer a maioria de que mudar é urgente. É aí que nosso problema brasileiro fica mais grave e inquietante. O poder de reação das pessoas comuns – e do eleitorado – é lento e ainda fraco demais para gerar mudanças estruturais. A boa notícia é que, mesmo devagar, quase parando, as coisas começam a mudar, a partir da indignação da esmagadora maioria.

O que não se pode subestimar é a capacidade que o Crime Institucionalizado tem para se reinventar e se readaptar. Por isso, só uma Intervenção Institucional tem plena capacidade de mudar a coisas. Só é preciso ficar claro que não basta promover um mero golpe. As mudanças efetivas só serão possíveis depois de muito debate capaz de gerar, primeiro, uma mudança de consciência e de cultura.

Outro problema: As pessoas ainda reclamam, se ferram, mas ainda ficam na cômoda postura “estadodependente”. Muita gente fica aguardando que o “salvador da Pátria” virá resolver tudo na próxima eleição. Tal “ingenuidade” é imperdoável. Trocar apenas de corrupto não resolve. O inimigo verdadeiro – o Estado Ladrão e Vacilão – continua intocável, agindo e se readaptando aos ataques que sofre das Lava Jatos da vida...

Não há espaço para ingenuidades “iluministas” ou para a babaquice canalha que prega a “normalidade institucional”. Por aqui, o “normal” é a sacanagem organizada e criminosa. Além disso, a maior dificuldade de vencer o inimigo é que ele conta com apoio transnacional para manter, subdesenvolvido e dependente, o Brasil historicamente subjugado pelo Crime Institucionalizado e pela cancerosa mentalidade rentista – pretensamente produtiva. É por isso que a prioridade das prioridades é debater e conceber o Projeto Estratégico para o Brasil e rompa com o Capimunismo Rentista e Corrupto.

Resumindo: a missão imediata dos segmentos esclarecidos da sociedade brasileira (rezemos para eles realmente existirem) é neutralizar e acabar com o Estado Ladrão e Vacilão. Fechar a “fábrica do crime” depende de inteligência e atitude. É melhor a gente encarar, ou, então, a bandidagem vai tatuar na nossa testa: “Escravo Otário”... 

Carnívoro


Desminta se for capaz


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 18 de Junho de 2017.

25 comentários:

Anônimo disse...

@diariodopoder
10:48
18 de Junho de 2017
Aldo Rebelo saiu do Ministério da Defesa, ao final do governo Dilma, mas deixou muitos admiradores nas Forças Armadas. Seu fã-clube impressiona porque o seu Partido Comunista do Brasil (PCdoB) protagonizou a Guerrilha do Araguaia, um dos principais conflitos armados nos tempos de chumbo do regime militar. A filiação partidária foi usada para mantê-lo longe do cargo para o qual parecia destinado.
Aldo Rebelo ampliou o número de admiradores nas Forças Armas ao se revelar grande conhecedor História Militar do Brasil.
Alagoano de Viçosa como Teotônio Viela, jeito de mineiro, o jornalista Aldo foi eleito cinco vezes deputado federal pelo PCdoB de São Paulo.

No Comando do Exército são frequentes os elogios a Aldo Rebelo, do comandante aos oficiais que conviveram com ele quando ministro.
Já sem motivação para disputar mandatos, Aldo Rebelo deverá deixar o PCdoB, que ajudou a tornar relevante em décadas de militância.

Anônimo disse...

fuscabrasil
O figurante de Lula, procurador e ministro pro forma
O Brasil está estarrecido com as revelações da JBS.
O povo ainda não havia engolido o conteúdo e a parcialidade (faltou o principal, em valor e criminalidade: os reais volumes, atos, determinações e ordens da chefia do Petrolão) a semi-delação e plena autopromoção da Odebrecht.
Nela, o 'patriarca' Emílio Odebrecht mais parecia se vangloriar das revelações que lhe eram convenientes (para ele e para seu associado, auxiliar e propagandista Lula) em troca de imensas benesses da Lava-Jato, tais como indenizações pro forma em valores desproporcionalmente exíguos perto dos desvios e descalabros cometidos e ainda a serem contabilizados, além do prazo de 300 parcelas a perder de vista e a enorme redução do prazo de encarceramento.
Tudo isso sob o martelo do juíz Sérgio Moro, até aqui considerado "estratégico" e rigoroso, "duríssimo e cruel" aos olhos vermelhos do PT e seus asseclas.
Ainda sem entender direito o que uma "delação premiada" significa para os cofres e a moralidade públicos, o cidadão brasileiro é surpreendido com outra encenação do teatro do absurdo: a "delação MEGA-SENA premiada" da JBS, na qual criminosos do quilate dos Odebrecht - ou pior - se saem totalmente livres e perdoados em troca de gravações picotadas e "multas" que não chegam a uma ínfima fração de 1 por cento dos valores faturados graças às indecentes injeções de bilhões de dólares em suas contas na época de Lula e Dilma, também com prazos imensos para pagar. Com essa Mega-Sena Premiada, sob o "martelo" do ministro Edson Fachin do STF e a pedido do Protetor, aliás Procurador Geral da República Rodrigo Janot.
Qualquer justa investigação que se exija desses senhores e dos pseudo-delatores é prontamente taxada de "escândalo" ou "conspiração", "golpe", etc. pela quadrilha do PT e sua mídia domesticada.
Para coroar, jogam-nos na cara o fato de não termos eleições democráticas - o que já sabíamos - mas ainda a real face do candidato que nos foi vendido como sendo "oposição", um mero flanelinha de Lula, Dilma e Dirceu, estes três livres, impunes, soltos e no real comando de bastidores deste país arruinado.
Postado por Fusca às 12:19 AM

Anônimo disse...

domingo, 18 de junho de 2017
http://lorotaspoliticaseverdades.blogspot.com.br/
JOESLEY DERRUBA BRASÍLIA EM ENTREVISTA
https://youtu.be/RlHYENXhovU

Anônimo disse...

MAVs contra a Lava Jato
Brasil 18.06.17 07:48
Deltan Dallagnol é atacado covardemente pela guerrilha virtual da ORCRIM.
O Antagonista vai ajudar a Lava Jato a desbaratar mais esse esquema.
JOESLEY DIZ QUE TRATOU DE PROPINA COM DILMA NO PALÁCIO
Brasil 18.06.17 09:43
Em sua entrevista à Época, Joesley Batista disse que tratou com Dilma Rousseff da conta corrente de propina que mantinha com o ex-ministro Guido Mantega e cujo saldo era de R$ 300 milhões, a maior fonte de receita do PT em 2014.
“Confirmei com a Dilma porque ela me pediu R$ 30 milhões para o [governador de Minas Gerais, Fernando] Pimentel. Aí me senti na liberdade de explicar.”
A conversa, segundo Joesley, foi "no Palácio do Planalto", "na mesa redonda do gabinete presidencial".
“Expliquei: acabou o dinheiro. Ela ouviu e falou: ‘Tá bom. Pode fazer’. Foi o último dinheiro. Estava no final da campanha."
As supostas ameaças de Aécio
Brasil 18.06.17 09:31
Quando o Estadão informou em 31 de maio que Aécio “tem telefonado para colegas do PSDB para dizer que sabe muito bem como as campanhas do partido foram feitas”, comentamos que a tática do eu-sei-o-que-vocês-fizeram-nas-campanhas-passadas soa como ameaça de eventual delação.
Agora O Globo noticia que "a mais de um correligionário, Aécio lembrou que tem excelente memória sobre os últimos 20 anos do partido e de pecados de diferentes tamanhos de seus mais ilustres integrantes".
O PSDB tem motivos de diferentes tamanhos para continuar no governo.

o antatonista

Anônimo disse...

o ANTAGONISTA

Fundos de pensão 4 x 1 Petrolão
Brasil 18.06.17 08:54
O rombo causado pelas fraudes nos fundos de pensão investigadas na Operação Greenfield é quatro vezes maior que o rombo causado pelo esquema de corrupção na Petrobras, segundo a Polícia Federal.
Placar revelado pelo Estadão: R$ 53,8 bilhões a R$ 13,8 bilhões.
ORCRIM dá prejuízo de R$ 123 bilhões ao Brasil
Brasil 18.06.17 08:46
A Polícia Federal deflagrou, em quatro anos, 2.056 operações contra organizações criminosas que provocaram prejuízos estimados em R$ 123 bilhões ao país.
Os dados são da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Dicor), da PF, e foram obtidos pelo Estadão por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI).
O dinheiro era dos brasileiros.
MPF mira compra de voto por Olimpíada no Rio
Brasil 18.06.17 08:34
Em 3 de março, o jornal francês "Le Monde" noticiou que o empresário brasileiro Arthur Cesar Menezes Soares Filho, ligado ao ex-governador Sérgio Cabral, pagou US$ 1,5 milhão a Papa Diack, filho de Lamine Diack, um membro senegalês do Comitê Olímpico Internacional (COI), três dias antes da votação para escolha da sede da Olimpíada de 2016.
Como Lamine Diack votou no Rio de Janeiro, que venceu a eleição e sediou os Jogos, a Justiça francesa investigava se o pagamento foi realmente propina para a compra do voto.
Agora, segundo O Globo, o MPF pediu à Justiça francesa o compartilhamento dos dados sobre a investigação.

Anônimo disse...

O ANTAGONISTA
Os hermanos da Odebrecht
Brasil 18.06.17 08:19
A relação da Odebrecht com os governos Kirchner, da Argentina, será exposta em uma das delações da empreiteira ainda mantidas em sigilo, segundo Guilherme Amado, do Globo.
Pessoas ligadas a Julio de Vido, ministro do Planejamento de Néstor e Cristina Kirchner, teriam negociado uma propina de US$ 25 milhões para que a Odebrecht tocasse um bilionário projeto de extensão das redes de distribuição de gás no país.
FHC anima o PT
Brasil 18.06.17 07:42
Como comentamos em Reunião de Pauta, o PT se animou com a posição de FHC em defesa da antecipação das eleições diretas.
Segundo o Painel da Folha, "integrantes da recém-lançada frente suprapartidária pelas Diretas-Já querem um encontro com o tucano" e "há integrantes no grupo que defendem que o ex-presidente Lula faça a interlocução".
O PT sempre se esconde atrás de bandeiras populares, geralmente com a ajuda da imprensa. A mais recente é esta frente "suprapartidária" que, além do próprio PT, reúne os mesmos grupos petistas de sempre e suas linhas auxiliares: CUT, MST, MTST, Fora do Eixo/Mídia Ninja, PSOL, PCdoB, UJS, UNE...
FHC se ofereceu a essa gente, que parece ter entendido o recado.

Anônimo disse...

O ANTAGONISTA

Anônimo disse...

O ANTAGONISTA

Somos o oposto de Lula (sempre)
Brasil 18.06.17 07:36
Dois anos atrás, O Antagonista foi bombardeado porque denunciou o esquema de propinas de Eduardo Cunha.
O site, na época, foi acusado de estar sendo manipulado pela PGR petista para barrar o impeachment.
Como se sabe, o impeachment ocorreu e Eduardo Cunha foi preso.
A Lava Jato continuou seu trabalho e Lula está prestes a ser condenado pela primeira vez.
A guerrilha virtual financiada pela ORCRIM atrapalha o funcionamento do site, emporcalhando nossa caixa de comentários, mas nunca deixaremos de ser o oposto de Lula.
Sargento Garcia contra Zorro na Câmara
Brasil 18.06.17 07:22
Carlos Marun (PMDB-MS), um dos principais aliados do governo, disse à Folha:
"A chance de a oposição ter os 342 votos para aprovar a denúncia [a ser apresentada por Rodrigo Janot contra Michel Temer] é a mesma que o Sargento Garcia tem de prender o Zorro, salvo haja novo, grave e comprovado contra o presidente".
Logo em seguida:
"Confio no Temer, pode tirar a ressalva, a chance é a mesma de o sargento prender o Zorro".
Governistas dizem contar hoje com 250 votos para barrar a denúncia, mas, segundo o jornal, esse número é oscilante.
Oscila como a confiança em Temer por parte de seus aliados.

Anônimo disse...

O ANTAGONISTA
Os antilulistas de Lula
Brasil 18.06.17 07:15
Os antilulistas que atacam o acordo da PGR com Joesley Batista devem saber que a PGR está fechando acordos também com uma série de delatores que acusam diretamente Lula.
Lula apoia os antilulistas.
Dilma não tinha Cunha, mas Temer tem Maia
Brasil 18.06.17 07:11
A estratégia de esvaziar a sessão da Câmara para salvar o presidente também foi pensada por apoiadores de Dilma Rousseff na época do impeachment, como lembra a Folha.
Por que naufragou na ocasião? Porque Eduardo Cunha, então presidente da Casa, prometeu fazer sucessivas chamadas dos faltosos na sessão realizada em um domingo, com transmissão ao vivo para todo o Brasil.
Acontece que a segunda chamada não é obrigatória e, dessa vez, as regras serão definidas por Rodrigo Maia, um dos principais aliados de Michel Temer.
Temer é igual a Lula
Brasil 18.06.17 07:08
Michel Temer engana os otários dizendo que é perseguido pela PGR porque Rodrigo Janot e Edson Fachin querem proteger Lula e o PT.
Enquanto isso, peemedebistas e petistas articulam juntos medidas para evitar a cadeia.
O modelo defendido pela ORCRIM é aquele do TSE, em que juízes indicados por Michel Temer ignoraram todas as provas coletadas pela Lava Jato para absolver Dilma Rousseff e o próprio Michel Temer.

Anônimo disse...

O antagonista
Congresso em fuga
Brasil 18.06.17 06:53
Esvaziar a sessão da Câmara que irá analisar a futura denúncia de Rodrigo Janot contra Michel Temer é a estratégia que vem sendo articulada por parlamentares governistas para salvar o presidente, segundo a Folha.
O motivo: eles temem o desgaste político e eleitoral de ir ao microfone do plenário votar contra o prosseguimento das investigações, uma vez que Temer tem apenas 9% de aprovação popular.
São necessários 342 votos dos 513 deputados para que a denúncia seja transformada em processo no STF, com o consequente afastamento do presidente.
Temer não precisa ter voto algum, se o outro lado não reunir o bastante.
"Bandido notório de maior sucesso"
Brasil 18.06.17 00:21
Michel Temer disse que Joesley Batista "é o bandido notório de maior sucesso na história brasileira".
Há controvérsia.

Anônimo disse...

Enquanto o Moro esquenta a caneta, a corja se lança no velho hábito do sujo falando do mal lavado, mas o pavão sabe que é melhor não meter a colher na briga de marido e mulher. Deixa que o juiz resolve.

Anônimo disse...

A “guerrilha virtual” de PT, PSDB e PMDB contra O Antagonista
Brasil 17.06.17 21:57
Uma das medidas para verificar a influência — e a independência — de um meio de comunicação é a intensidade dos ataques que ele recebe de todos os lados. Ataque é diferente de crítica, bem entendido. Ataque significa caluniar e difamar quem incomoda porque é independente e influente.
O Antagonista vem sendo atacado por três lados. O primeiro é o dos petistas. Eles inventam que somos pagos por Aécio Neves para atacar Lula. O segundo é o dos tucanos. Eles inventam que a Empiricus é uma corretora e nós queremos desestabilizar o país para que a nossa sócia especule com as más notícias. O terceiro lado é o dos peemedebistas. Eles inventam que nos aliamos ao PT e à Rede Globo, para derrubar Michel Temer e eleger Lula.
Para além de blogueiros sujos, essas três frentes lançam mão da "guerrilha virtual" nas redes sociais e na área de comentários de O Antagonista — "guerrilha" paga com dinheiro público, para variar. Na área de comentários, os três lados utilizam simultaneamente três táticas: a) calúnia e difamação do site e dos jornalistas que o fazem. É a maneira mais tradicional, por assim dizer; b) textos pretensamente equilibrados que nos esculhambam. É uma forma mais civilizada de tentar convencer os leitores de que somos imbecis; c) disparos incessantes de parágrafos sobre sexo, ou com repetições de sinais gráficos, ou com linhas non sense em inglês. É um meio desesperado de tentar desestimular o acesso aos comentários.
Visto que nascemos com a intenção de dar voz aos leitores, não estabelecemos barreiras. Isso, evidentemente, torna tudo fácil para os mercenários dos três partidos que infestam a área reservada à opinião dos leitores. O problema de estabelecer barreiras num site de política é que muitos cidadãos de bem não querem fornecer os seus dados, por medo de serem patrulhados ou mesmo retaliados no trabalho, principalmente. Num país feroz como o Brasil, trata-se de receio compreensível.
É preciso ter paciência até que encontremos um caminho para diminuir a quantidade de lixo produzido pela "guerrilha virtual", sem afugentar comentaristas de verdade. Sugiro que se sintam lisonjeados por incomodarmos tanto. Sim, lisonjeados, porque só existimos graças a vocês, leitores. Vocês é que nos fazem influentes. Sem vocês, não seríamos nada. Se não tivéssemos tantos leitores, ninguém estaria preocupado em nos atacar. Os influentes são vocês.
Muito obrigado. o antagonista

Anônimo disse...

Por que fechamos os comentários
Brasil 17.06.17 21:01
Prezados leitores,
Fechamos a área de comentários porque os mercenários a soldo do PMDB, desesperados com as acusaçōes ao chefão feitas pelo ex-pagador do partido, promoveram um ataque de robôs sem precedentes contra nós.
A área de comentários será reaberta assim que for possível.
Obrigado.
MPF é contra soltar Cunha e Alves
Brasil 17.06.17 18:06
O Ministério Público Federal da 5ª Região emitiu pareceres contrários à concessão de habeas corpus para o ex-ministro Henrique Eduardo Alves e o ex-deputado federal Eduardo Cunha, ambos do PMDB.
Para o MPF, como informou O Globo, a manutenção da prisão preventiva de ambos é necessária para evitar a continuidade de práticas ilícitas e assegurar a efetividade da aplicação das leis penais.
No caso de Alves, também se quer evitar uma possível fuga para fora do Brasil, já que ele realizou viagens internacionais nos últimos anos e “tem a seu favor a logística necessária para ausentar-se do país”.

No caso de Cunha, o MPF concluiu também que a soltura implicaria em um risco efetivo à ordem pública.
Os dois ex-parlamentares são réus pela prática de crimes de corrupção e lavagem de dinheiro de forma continuada.o antagonista

Anônimo disse...

O procurador Deltan Dallagnol divulgou na tarde deste sábado (17), em sua página no Facebook, um texto de esclarecimento sobre as palestras que faz.
O Antagonista reproduz na íntegra:
"Amigos, diante de críticas maldosas que circulam em grupos de aplicativos e em blogs, achei relevante prestar os seguintes esclarecimentos a vocês. Por favor, leia e compartilhe:
1 – O combate à corrupção sempre foi objeto de meu interesse profissional e acadêmico. Por isso, escrevi sobre o tema em 2012 e há mais de década trabalho na área.
2 – Estou convicto de que o meu papel não se restringe apenas à esfera judicial, cabendo atuar na área acadêmica e cidadã. Por essa razão, resolvi trabalhar no combate à corrupção não apenas na frente repressiva-institucional, mas também na preventiva-cidadã, por meio de palestras em que posso promover valores de respeito à lei e ao bem comum e exercer minha cidadania em busca de reformas anticorrupção.
3 – A maior parte das palestras é gratuita e nunca autorizei que empresas de agenciamento usassem meu nome para a divulgação de serviço oneroso (quem o fez agiu sem minha autorização e estão sendo adotadas providências para que cessem a indevida divulgação).
4 – Dentro do mesmo espírito, no caso de palestras remuneradas sobre ética e corrupção em grandes eventos, tenho destinado o dinheiro para entidades filantrópicas ou para a promoção da cidadania, da ética e da luta contra a corrupção.
5 – Embora eu pudesse legalmente dar destinação pessoal aos recursos, como muitos profissionais da área pública e privada fazem, optei por doar praticamente tudo para que não haja dúvidas de que a minha motivação é apenas contribuir modestamente, como qualquer cidadão de bem, para um país com menos corrupção e menos impunidade.
6 – Realizei palestras em grandes eventos em 2016 e o valor, nos casos em que houve pagamento, foi INTEGRALMENTE destinado para a construção do hospital oncopediátrico Erasto Gaertner, uma entidade filantrópica que contribuirá com o tratamento de câncer em crianças de vários locais do país. Em 2017, após descontado o valor de 10% para despesas pessoais e os tributos, os valores estão sendo destinados a um fundo que será empregado em despesas ou custos decorrentes da atuação de servidores públicos em operações de combate à corrupção, tal como a Operação Lava Jato, para o custeio de iniciativas contra a corrupção e a impunidade, ou ainda para iniciativas que objetivam promover, em geral, a cidadania e a ética. continua...

Anônimo disse...

Deltan Dallagnol, continua e termina o aNTAGONISTA
7 – Nunca divulguei isso antes para evitar que tal atitude fosse entendida como ato de promoção pessoal. Contudo, diante de ataques maldosos e mentirosos, reputo conveniente deixar isso claro para evitar qualquer dúvida de que o que me motiva é o senso de dever, como procurador e como cidadão.
Deltan Dallagnol, procurador da República e coordenador da Força Tarefa da Lava Jato em Curitiba".

Anônimo disse...

O ANTAGONISTA
Os velhos jovens tucanos
Brasil 17.06.17 15:49
Embora o PSDB não tenha desembarcado do governo, FHC defendeu que Michel Temer faça um “gesto de grandeza" e renuncie.
Embora a Constituição preveja eleição indireta, FHC defendeu que o substituto do presidente antecipe as eleições diretas de 2018.
Os posicionamentos de FHC animaram a "ala jovem" do partido, segundo O Globo.
Os tucanos de "cabeça preta" envelheceram rapidamente.

Anônimo disse...

COMUNISTA ALDO REBELO TEM FÃ CLUBE NA CASERNA
MILITANTE COMUNISTA DEIXOU ADMIRADORES NAS FORÇAS ARMADAS
http://lorotaspoliticaseverdades.blogspot.com.br/
EX-MINISTRO DA DEFESA, O MILITANTE DO PC DO B ALDO REBELO CERCADO POR ADMIRADORES. (FOTO: GILBERTO ALVES)
Aldo Rebelo saiu do Ministério da Defesa, ao final do governo Dilma, mas deixou muitos admiradores nas Forças Armadas. Seu fã-clube impressiona porque o seu Partido Comunista do Brasil (PCdoB) protagonizou a Guerrilha do Araguaia, um dos principais conflitos armados nos tempos de chumbo do regime militar.
A filiação partidária foi usada para mantê-lo longe do cargo para o qual parecia destinado.

Aldo Rebelo ampliou o número de admiradores nas Forças Armadas ao se revelar grande conhecedor da História Militar do Brasil.

Alagoano de Viçosa como Teotônio Viela, jeito de mineiro, o jornalista Aldo foi eleito cinco vezes deputado federal pelo PCdoB de São Paulo.

No Comando do Exército são frequentes os elogios a Aldo Rebelo, do comandante aos oficiais que conviveram com ele quando ministro.

Já sem motivação para disputar mandatos, Aldo Rebelo deverá deixar o PCdoB, que ajudou a tornar relevante em décadas de militância.

18 de junho de 2017

Anônimo disse...

http://polibiobraga.blogspot.com.br/
Rodrigo Maia alfineta Lamachia e diz que OAB não manda na Câmara
A demora na apreciação de pedidos de impeachment contra Michel Temer (PMDB) provocou atrito entre o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) e o presidente da OAB, Claudio Lamachia, neste sábado.
Lamachia criticou Rodrigo Maia pela demora:
- A Câmara dos Deputados não pode continuar agindo com cinismo. O presidente da Câmara deve satisfação à população e, por isso, precisa pautar com urgência a análise dos pedidos de impeachment.
Maia reagiu:
- Não me cabe comentar as resoluções do Conselho Federal da OAB. Não sou comentarista de agenda de advogados.
PS - ESSE VAGABUNDO FILHOTE DE CESAR MAIA, UM DOS DISTRUIDORES DO RIO DE JANEIRO E LAMBEDOR DE SACO DO TEMER E CASADO COM A CLA DOS VARGAS PENSA QUE TRABALHA QUE TRABALHA PARA O PAIS. ELE FAZ PARTE DO COLUIO DE VAGABUNDOS VERMELHOS DE 64 QUE CONTINUAM QUERENDO FINCAR O PE NO PLANALTO. GETULIO SO SAIU MORTO. O RESTO E FIRULA DE SUBDESENVOLVIDOS QUE FICA QUERENDO MOSTRAR QUE A BOSTA DE PAIS DE GETULIO VARGAS PARA CA COM OS PRESIDENTES CIVIS QUE FORAM A FODA DE NOSSO PAIS ATE HOJE. NADA FIZERAM SO AJUDARAM OS POBRES QUE ESTAO SENDO AJUDADOS DESDE 34 PELA RAÇA VERMELHA E ATE HOJE NAO CONSEGUIRAM AJUDAR MERDA NENHUMA. FALACIA, FALACIA, FALACIA. NOSSO PAIS E UM ESGOTO A CEU ABERTO GRAÇAS AS FALACIAS DOS CIVIS DE MERDA. NOSSA VIDA ESTA SENDO SACRIFICADA E DAS FUTURAS GERAÇOES. OS VARGAS AJUDARAM PARENTES, AMIGOS E AMIGOS DOS AMIGOS E CONSTRUIRAM UMA REPUBLICA PARA ELES. ELES ENRIQUECEM ELES TOMAM CONTAS DAS FINANÇAS E ELES TEM TODOS OS PRIVILEGIOS DO PLANETA. NOSSO PAIS E UMA DESCRAÇA. CHEIOS DE PARTIDOS MEIA BOCA BARRIGA DE ALGUEL E CHEIO DE BANQUEIROS E EMPRESARIOS COM AJUDAS ESPECIAIS DE BANCOS PUBLICOS QUE NAO PROMOVEM O DESENVOLVIMENTO DO PAIS MAS PROMOVEU UMA MAFIA DE VERMELHOS SEM VERGONHA, SEM CARATER, SEM RELIGIAO, SEM FAMILIA E QUE VIVEM ENFIADOS HA SECULOS DENTRO DO SENADO, CAPITANIAS HEREDITARIAS, DENTRO DA ASSEMBLEIA CAPITANIAS HEREDITARIAS E UM PUTEIRO ESTABELECIDO NA SUPREMA CORTE FEDERA E ELEITORAL, COM SUAS MAQUININHAS FAJUTAS. NAO TEMOS ESCOLHAS QUALQUER PAIS DESSES QUE ESTAO MARCADOS PELA LAVA JATO NAO SAO SOLUÇAO, SAO PROBLEMA. ELEIÇOES NOVAS NA NA NI NA NAO A MERDA E EXATAMENTE A MESMA O QUE MUDAM SAO AS MOSCAS QUE REZAM NO MESMO ORACULO DE DESTUIÇAO DO PAIS. SE NAO HOUVER NOVA CONSTITUIÇAO E DESTITUIÇAO DE QUEM DELINQUIU NADA FEITO. O QUE VAO FAZER E ARREMEDO DE LEIS, ARREMEDO DE MUDANÇAS. O PAIS PRECISA DE MUDANÇA TOTAL ESTRUTURAL COM O BANIMENTO DE PARTIDOS QUE NAO VAO TRAZER NADA DE BOM. OS POLITICOS TEM MAIS DE SETENTA ANOS SE NAO FIZERAM NADA QUANDO ERAM JOVENS MUITO MENOS AGORA QUE ESTAO NA FAIXA DE SETENTA TODOS SENIS. NAO ADIANTA OPERAÇAO PLASTICA. DIGNINIDADE NASCE COM A PESSOA. O RESTO E FIRULA DE SUBDESENVOLVIDOS. CORTEM GASTOS DESNECESSARIOS. MENOS TUDO. MORARAM O QUEREM QUE SE DESENHE.

Anônimo disse...

https://jurema-cappelletti.blogspot.com.br/
POLÍTICA - OPINIÕES PESSOAIS

domingo, 18 de junho de 2017
Anti campanha - O ESPERTALHÃO
Espertalhão: ardiloso, arteiro, astucioso, astuto, buliçoso, esperto, pícaro, sagaz, vivo.
Indivíduo astuto, que tem esperteza maliciosa.
Espertalhão é a qualificação destinada às pessoas que se comportam de maneira desonesta, tentando enganar ou traindo a confiança de outras pessoas. É aquele tipo de gente que procura tapear os outros, de forma vil, e delas se aproveita desonestamente, sem que alguns percebam sua malícia.
Outros palavras (adjetivos) têm o mesmo significado: sagaz, astuto, astucioso, arteiro, ardiloso, manhoso, esperto.
O espertalhão costuma passar aquela dúvida:
é
santo ou demônio?
O ÓBVIO - Elio Gaspari
... "Quem não gosta do risco de ter L... (O ESPERTALHÃO) no Planalto deve começar a pensar numa forma de militância, para impedir que ele se materialize."
Todos os dias faço minha parte:
procuro desmoralizar quem desejo destruir...
para evitar o pior.
Postado por Jurema Cappelletti às 06:39

Anônimo disse...

rvchudo
domingo, 18 de junho de 2017
No Rio de Janeiro da crise, carnaval deveria ser trocado por passeata de luto
No Rio de Janeiro onde falta remédio e segurança, onde a Uerj está fechada, os professores estão sem receber, há mais de 5 milhões de desempregados, querer priorizar a verba para o carnaval é de um sadismo hitleriano. Ou quem sabe não faz parte da tática do "pão e circo", dos romanos?
Aqueles que defendem que não haja corte de verba no carnaval deveriam se envergonhar, principalmente no momento em que o Brasil vê o Rio como a "caixa podre" que todo o dia expele mau cheiro.
Carnaval é a festa do povo, e é justamente o povo que está sendo humilhado, sacrificado, agredido, sem trabalho, sem escola, sem saúde... Seria muito mais justo que o carnaval fosse trocado por uma grande passeata de luto e de revolta contra os saqueadores do estado. Que não houvesse só uma quarta-feira de Cinzas. Que os outros quatro dias fossem também quarta-feira de Cinzas.
Não se aguenta mais aquele refrão que, na época, era bonito, mas que hoje seria digno de enterro: "Para tudo se acabar na quarta-feira".
O Brasil, especialmente o Rio de Janeiro, é uma eterna quarta-feira de Cinzas. Tudo já se acabou: a felicidade, o emprego, a saúde, a segurança e até a liberdade.
JB - Opinião
Postado por Ricardo Oscar vilete Chudo às 02:21

Anônimo disse...

videversus
sábado, 17 de junho de 2017
Justiça americana apresenta novas suspeitas contra o cartola Marco Polo Del Nero
A Justiça dos Estados Unidos confirmou as suspeitas em relação ao presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, e manteve seu nome entre os dirigentes esportivos que teriam recebido propinas em 2014, quando Del Neto assumiu a entidade. A conclusão faz parte da nova versão do indiciamento da Justiça americana no caso envolvendo dirigentes esportivos da Fifa. Datados de 14 de junho, os documentos representam a primeira atualização no processo, que começou em maio de 2015. Para investigadores, a volta das menções a Del Nero após dois anos deve ser interpretada como confirmação de que ele está no radar da Justiça e que pode ser preso se deixar o Brasil. Em nota explicativa, a Justiça dos Estados Unidos aponta que foram excluídos dos trechos de acusação dirigentes que fecharam acordos de delação ou que, como Del Nero, estão em países que não extraditam suspeitos. O documento se concentra no julgamento que começa em novembro envolvendo José Maria Marin, Juan Napout e Manuel Burga.
A concentração do documento no caso de Marin — em prisão domiciliar nos Estados Unidos — não significa, no entanto, que as suspeitas sobre Del Nero foram abandonadas. Fontes do FBI explicaram que, depois de dois anos de investigações, o inquérito avançou nas suspeitas sobre o atual presidente da CBF e, por isso, seu nome foi citado. No que se refere à Copa América, os americanos apontam que o contrato de direitos de TV envolvia 317 milhões de dólares (1,03 bilhão de reais), com validade até 2023. Ainda que os torneios sob investigação sejam os mesmos de 2015, os investigadores indicam que os detalhes sobre propinas a Del Nero mereceram mais destaque na nova versão da ação. Ele é apresentado como um dos co-conspiradores, ao lado de Ricardo Teixeira, ex-presidente da CBF.
O documento traz novos detalhes de como funcionaram os acordos entre empresas e dirigentes para a venda de direitos. No que se refere à Copa América, os americanos apontam que o contrato de direitos de TV envolvia 317 milhões de dólares (1,03 bilhão de reais), com validade até 2023. Nessa conta estaria o pagamento de “dezenas de milhões de dólares de propinas” a doze dirigentes, entre eles Del Nero. “Em vários momentos, Marin, Del Nero, Teixeira e outros solicitaram e receberam propinas em troca de apoio” para contratos de transmissão de jogos, aponta a investigação. CONTINUA....

Anônimo disse...

Videversus CONTINUA II E TERMINA
Foi revelado ainda que parte dos pagamentos ocorreu a partir de contas secretas na Suíça, num total de 13 milhões de dólares (42,3 milhões de reais). Outros três pagamentos foram realizados entre junho e setembro de 2013 e distribuído entre os cartolas. “Propinas foram subsequentemente distribuídas para dirigentes da Conmebol”, aponta.
Em relação à Libertadores, as revelações indicam que esquemas de corrupção foram montados até nos Estados Unidos. “Em vários momentos, Marin, Del Nero, Teixeira e outros solicitaram e receberam propinas em troca de apoio” para contratos de transmissão de jogos, aponta a investigação. Del Nero foi arrolado na Copa do Brasil, em trama envolvendo ele, J. Hawilla e Marin. “Hawilla concordou em pagar metade do custo de propinas e distribuir entre Marin, Teixeira e Del Nero”, diz o documento.
Postado por Vitor Vieira às 22:53:00

Anônimo disse...

Vindo dos Pampas
Blog dedicado a informações, politica, esportes, fotos e humor. Este Blog não produz e não tem fins lucrativos sobre qualquer uma das informações nele publicadas, funcionando apenas como mecanismo automático que "ecoa" notícias já existentes.
domingo, 18 de junho de 2017
O sistema corrupto prossegue no atual governo ✰ Artigo de Carlos Fernando dos Santos Lima, procurador da Lava Jato
"Amigos, a operação lava jato começou ostensivamente em março de 2014. Fui convidado a participar das investigações pelo Dr. Deltan Dallagnol, com o respaldo do Procurador Geral da República Dr. Rodrigo Janot.
Nesses mais de três anos desvendamos com o apoio da Polícia Federal e da Receita Federal diversas organizações criminosas, tanto empresariais, quanto político-partidárias, que vêm sugando a vitalidade dos cidadãos brasileiros.
Esses esquemas criminosos nos vampirizam, por um lado, pela corrupção, que corrói nossa economia e irriga os cofres de partidos políticos, políticos e funcionários públicos, e por outro lado, pelo benefício ilegal a empresas, seus proprietários e executivos em contratos públicos.
Apesar do sucesso das investigações até o momento, sempre soubemos o tamanho das forças contrárias que enfrentaríamos. Nunca fomos ingênuos a esse respeito. Por sorte pudemos contar com o apoio de pessoas de bem.
Infelizmente, entretanto, algumas das pessoas que nos apoiavam o fizeram por motivos mesquinhos ou ingênuos. Os primeiros queriam apenas substituir um partido pelo seu próprio partido, sem qualquer pretensão de buscar o bem comum. Já os segundos acreditavam que todo mal estava no governo do PT. Ledo engano.
A verdade é que estamos mergulhados em uma crise de um sistema político - partidário corrupto, que usa, independentemente do partido, de todos os meios ilícitos para sobreviver.
Esse sistema corrupto continua no atual governo. Não sejamos ingênuos ou, pior, cegos por não desejarmos ver a verdade. A atual luta não é esquerda contra direita, nem ricos contra pobres. É aqueles que desejam um país honesto com seu povo, limpo de toda essa abominável sujeira, contra aqueles que se beneficiaram da corrupção para alcançarem poder e dinheiro à custa do trabalho duro de todos os brasileiros. CONTINUA...

Anônimo disse...

Vindo dos Pampas CONTINUA II E TERMINA
Dessa forma, quero reiterar a todos a confiança que tenho nos trabalhos da equipe do Procurador Geral da República Dr. Rodrigo Janot, pois sei da seriedade de todos os seus esforços para que seja alcançado o mesmo objetivo de termos um país melhor.
Esse é o meu testemunho. E o faço livremente na esperança que as pessoas que o leiam possam acreditar nas minhas palavras. Não tenho compromisso algum com quem quer que seja, salvo com meu compromisso, que também foi o de meu pai e é de meus irmãos, de sermos servidores públicos e promotores de justiça.
Carlos Fernando dos Santos Lima - cidadão, procurador da Lava Jato .

Anônimo disse...

CADÊ OS MEMBROS DO JUDICIARIO QUE O FIGURÃO COMPROU??? SERA O MESMO QUE O LIBEROU EM TROCA DA DELAÇÃO??? ESTRANHO , MUITO ESTRANHO... AI TEM GATO NA TUBA...