terça-feira, 25 de julho de 2017

A República da Penalândia


“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Localizada num grande planalto, tem por capital uma ilha no meio do asfalto.

Brasilha, da fantasia, onde tudo é poesia. No meio há um promontório, em que todo o visto é ilusório.

Urubu malandro e urubu finório reunidos em fajuto consistório.

No desfile de suas mazelas, a Escola de Samba Deixa que Eu Chuto, é conduzida pelo cão mais arguto.

Uma verbinha aqui, outra acolá, pra que fique tudo como está.

O ratazânico recinto, mais embriagador que o absinto, se auto ilude antes da avalhanche ou talude.

Deixamos o fedor molusconato e buscamos engodo mais excêntrico.

Qual será a próxima atração  Um pé de chinelo ou de chileno?

Estarão tramando uma escabrosa “joint venture”?

Os adeptos do cão egresso e o canetador?

O anti-herói sabe que é no bolso onde mais dói.

Entrará com o pé na do povo jucúndia, numa atitude assaz republicana antes de entrar em cana?

Poderoso de hoje não se iluda; seu fim é no papo da ave peluda.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: