quarta-feira, 5 de julho de 2017

Meta Peça Teatral


“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Há muitos anos, uma emissora de televisão fez uma novela dentro de outra novela.

Mais ou menos na mesma época foi montada uma peça teatral numa antiga mansão de um bairro nobre paulistano de outrora, onde a cena se desenrolava em vários ambientes e os espectadores podiam se movimentar , acompanhando os personagens que mais lhes interessavam.

Assim é a situação atual do país. Várias guerras se desenvolvem ao mesmo tempo.

Nós, os atemorizados membros do “respeitável” público, podemos escolher que tramas queremos seguir :

A do bêbado chinfrim, espécie de Topo Gigio do mal, boneco do ventríloquo de quinta classe.

A da porcada insaciável voraz sobre os dinheiros públicos.

A dos traidores da Pátria agindo a soldo de interesses estrangeiros.

A dos medíocres, vaidosos, arrogantes que se escondem com negras vestes.

A dos beócios que mal administram seus ócios.

Mas a verdadeira luta, a maioria das pessoas não enxerga; a do Pentágono contra a City de Londres.

Felizmente dona Onça está perfeitamente ciente da magnitude da guerra.

O homem mais poderoso do mundo, sua Santidade o Papa Francisco, seguindo as lições de Sun Tzu, não liga para sua reputação.

Faz o que acha que deve ser feito; ele, pela graça do Espírito Santo, o eleito.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

3 comentários:

Loumari disse...

Maurice Ravel Bolero London Symphony Orchestra Valery Gergiev

Maurice Ravel, Bolero for Orchestra
London Symphony Orchestra

https://youtu.be/dZDiaRZy0Ak

Loumari disse...

BOLERO-RAVEL

https://youtu.be/3-4J5j74VPw

An impressive performance of Ravel's Bolero by the orchestra directed by the Dutch violinist and conductor Andre Rieu.

Loumari disse...

Mozart Ave Verum Corpus por Leonard Bernstein

https://www.youtube.com/watch?v=6KUDs8KJc_c

Concierto celebrado en Abril de 1990 en la Iglesia de Waldsassen de Alemania.

Mozart Ave Verum Corpus kv. 618