quinta-feira, 20 de julho de 2017

Por que o País e seu povo devem continuar pagando?


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Gilberto Pimentel

Ainda sobre a minha última reflexão “Meios, Força de Vontade, Utopia Realizada”, é realmente intrigante e perturbador o fato de a sociedade brasileira permanecer tão submissa e apática, diante da efetiva possibilidade de, pelos próximos muitos anos, continuar nosso País sob domínio de uma quantidade tão grande de políticos sob suspeição, ou já declarados culpados do cometimento dos mais graves crimes de lesa-pátria, tão bem definidos recentemente por renomado jurista.

Há entre eles os investigados, os denunciados e até mesmo os que já foram condenados na primeira instância do judiciário.

Repita-se que não estamos falando de meia dúzia, mas de mais de duas centenas deles, embora não dispondo de números concretos. Todos, ou quase todos, focados tão somente nas eleições gerais de 2018, em todos os níveis, incluindo a presidência da República, na busca de um novo mandato que lhes assegure a perpetuação de suas imunidades, a impunidade e, eventualmente, o cometimento de novos crimes.

Difícil acreditar que em muitos outros países isso seria possível de ocorrer. Parece que nossa sociedade está gravemente enferma! Afora grupos ainda não significativos, mas bem conscientes da gravidade do momento vivido, há um estranho alheamento da grande massa e, pior, aquiescência de certos setores que, pelo seu poder de influência e/ou decisão, teriam capacidade de proclamar a indignação geral com relação às tramas dos marginais, no lugar de dedicarem-se à discussão de alternativas que muito mais parecem sugerir ou apoiar soluções que os beneficiam. Refiro-me em especial ao Judiciário e à Mídia.

Qual seria a intenção nobre, por exemplo, a essa altura, de integrantes do STF rediscutirem a decisão já tomada de dar cumprimento a pena aos condenados em segunda instância? E que dizer a respeito do indecente projeto de lei do relator da reforma política(?), visando vetar a prisão de candidato até oito meses antes do pleito de 2018. Não mereceria o repúdio imediato da mídia, no lugar de simplesmente torná-lo público?

A solução para 2018 é todos os suspeitos fora do pleito, mesmo porque o sistema eleitoral vigente já demonstrou que é extremamente vulnerável e corruptível. Na dúvida, pró-sociedade, disso não há a menor incerteza, sobretudo quando lidamos com gente desonesta e poderosa. O povo tem meios de impor sua força, e seria muito bom que nos mirássemos nos efeitos que certamente produzirá o plebiscito simbólico realizado, antes tarde do que nunca, na sofrida Venezuela.

Uma última relembrança: Política não é profissão, política foi feita para quem possui grandeza para sobrepor o interesse público aos seus próprios, o que está a anos-luz de distância do perfil dessa gente. Por que tem o País que continuar pagando por isso?


Gilberto Pimentel, General de Divisão, é Presidente do Clube Militar.

8 comentários:

Zelia da Costa disse...


Não há como contestar sua opinião.
Realmente, existe uma espécie de letargia popular.Não creio que seja causada por insensibilidade, mas por absoluta falta de perspectiva. Um povo de baixo nível de escolaridade perde a dimensão de seu futuro e se torna incapaz de escalonar prioridades.Nossos políticos são a prova da incompetência popular. Para eles, roubar é uma forma de administrar seus interesses e o sucesso é a própria ostentação mantida sem nenhum escrúpulo.
Um País com mais de oito bilhões de quilômetros quadrados, rico em minerais raros, senhor de um litoral majestoso, abrigo de florestas ambicionadas não pode ficar a mercê de corruptos e demagogos

marta goulart disse...

Resta saber, até onde vai a indignação dos generais ! Que também se submetem a toda essa quadrilha no Poder. Está na hora da faxina geral. A República está expirando à olhos vivos e bem abertos e, parece que ninguém quer enxergar.

jomabastos disse...

Situações como esta existem algumas ou mesmo muitas... no extremo sub-desenvolvimento dos países de África.

Jorge Jeronimo costa disse...

A letargia do povo brasileiro se justifica na gigantesca aculturação realizada ao longo dos anos pela "revolução cultural" realizada pelos celerados derrotados ao fim do regime do Contra golpe de 1964, que salvou o Brasil do precipício! Hoje o imediatismo e o egocentrismo são a tônica do momento. O nível cultural do país desce morro abaixo, as pessoas são obrigadas a se preocupar com a sobrevivência imediata, tentando escapar tanto dos altos marginais que habitam o poder de nossa Capital brasília, quanto dos baixos ,marginais que habitam nossas cidades! O primeiro bastião a ser derrotado é a maldita cidade que nos serve de capital: brasília é o centro do carcinoma que destrói o corpo do nosso país! MORTE AOS TRAIDORES DA PÁTRIA BRASILEIRA! ! ! !

Anônimo disse...

Não é intrigante. É o resultado de décadas de doutrinação em todos os níveis, em que a interpretação marxista da História sobre os atos de honestidade e heroísmo é ensinada aos alunos (que depois comporão o Judiciário e a mídia) como uma visão romantizada dos vultos do passado, porque as forças econômicas determinam a realidade política. Subjacente a esse viés coletivista está a avaliação da inutilidade da boa formação individual do caráter no resultado da ação histórica, e por isso a população passa a desacreditar de todas as figuras públicas de todos os tempos e desiste de sanear o sistema.

Anônimo disse...

Texto que reflete a realidade do pais, parabéns

JORGE ALMADA ALMADA disse...

"Vivemos um clima de Farsa no Brasil", Farsa de todos poderes, STF, Congresso, Governo Temer, PRINCIPALMENTE, o pior que os meios de comunicação, são partes desta farsa, que tudo vai acabar com punição para os corruptos, fará- se justiça, haverá REGENERAÇÃO da classe política será UM NOVO BRASIL. O pior que uma boa parte da população acredita nisto. Há uma Ùnica solução é a INTERVENÇÃO MILITAR CONSTITUCIONAL, LIMPEZA NO CONGRESSO E REAL PUNIÇÃO PARA OS CORRUPTOS

jorge almada disse...

"Vivemos um clima de Farsa no Brasil", Farsa de todos poderes, STF, Congresso, Governo Temer, PRINCIPALMENTE, o pior que os meios de comunicação liderada pela REDE GLOBO, são partes desta farsa, que tudo vai acabar com punição para os corruptos, fará- se justiça, haverá REGENERAÇÃO da classe política será UM NOVO BRASIL. O pior que uma boa parte da população acredita nisto. Há uma Ùnica solução é a INTERVENÇÃO MILITAR CONSTITUCIONAL, LIMPEZA NO CONGRESSO E REAL PUNIÇÃO PARA OS CORRUPTOS