sábado, 19 de agosto de 2017

Deveres de um Professor


“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

O professor deve ser, antes de tudo, paciente. Suportar sem nenhum vestígio de irritação, as irreverências de seus discípulos.

Se não tiver um grande senso de humor, desista. Só o riso tem o dom de tornar indelével na memória, algum aprendizado útil.

O mestre tem a obrigação de dar o bom exemplo. Pontualidade, educação, fineza no trato e, se possível, modéstia.

A função principal do professor é despertar a curiosidade de seus alunos.

Conseguido isto, o educando buscará por si próprio mais informações sobre o tema proposto.

Se por graça divina o docente ainda tiver o dom para despertar o entusiasmo nos pupilos, então tornar-se-á inesquecível para os que tiveram a fortuna de conhecê-lo.

Fé, honra, patriotismo é dever de todos. Não só dos mestres.

A palavra comove, mas o exemplo arrasta.

Num país de merda em que os professores são aviltados com baixos salários, é compreensível que muitos se degradem e passem a desinformar em lugar de formar boas pessoas.

O trabalho do mestre é igual ao da boa dona de casa; só aparece quando não é feito.

Diante da terra arrasada atual, o trabalho de reconstrução moral da sociedade levará, pelo menos, trinta anos.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

2 comentários:

Loumari disse...

CARTA DE ABRAHAM LINCOLN PARA O PROFESSOR DO SEU FILHO.

"Caro professor, ele terá de aprender que nem todos os homens são justos, nem todos são verdadeiros, mas por favor diga-lhe que, para cada vilão há um herói, para cada egoísta, há
líder dedicado.

Ensine-o, por favor, que para cada inimigo haverá também um amigo, ensine-o que mais vale uma moeda ganha que uma moeda encontrada.

Ensine-o a perder, mas também a saber gozar da vitória, afaste-o da inveja e dê-lhe a conhecer a alegria profunda do sorriso silencioso.

Faça-o maravilhar-se com os livros, mas deixe-o também perder-se com os pássaros no céu, as flores no campo, os montes e os vales.

Nas brincadeiras com os amigos, explique-lhe que a derrota honrosa vale mais que a vitória vergonhosa, ensine-o a acreditar em si, mesmo se sozinho contra todos.

Ensine-o a ser gentil com os gentis e duro com os duros, ensine-o a nunca entrar no comboio simplesmente porque os outros também entraram.

Ensine-o a ouvir todos, mas, na hora da verdade, a decidir sozinho. Ensine-o a rir quando estiver triste e explique-lhe que por vezes os homens também choram.

Ensine-o a ignorar as multidões que reclamam sangue e a lutar só contra todos, se ele achar que tem razão.

Trate-o bem, mas não o mime, pois só o teste do fogo faz o verdadeiro aço. Deixe-o ter a coragem de ser impaciente e a paciência de ser corajoso.

Transmita-lhe uma fé sublime no Criador e fé também em si, pois só assim poderá ter fé nos homens.

Eu sei que estou a pedir muito, mas veja o que pode fazer, caro professor.“

Abraham Lincoln

Tataum disse...

Recado aos religiosos, místicos e esotéricos (e às pessoas de boa vontade):

Dia 21 de agosto de 2017, segunda-feira, com início às 15h11min e final às 15h26min (ou seja, com 15 minutos de duração), horário de Brasília,

https://www.timeanddate.com/worldclock/fixedtime.html?msg=UNITY+MEDITATION&iso=20170821T111111&p1=137

em simultâneo com o eclipse vindouro, o primeiro em um século a cruzar totalmente o território norte-americano, haverá uma MEDITAÇÃO CONJUNTA (sincronizada) de vários indivíduos e grupos mundo afora para a libertação e cura dos EUA, e por extensão do planeta, de arquétipos negativos (o mal), bem como a ancoragem de arquétipos positivos (o bem) através de padrões elevados de consciência e coerência, o que facilitará a União em e com Deus! Em outras palavras, será a meditação pela Unidade. A numerologia do 11:21 (nos EUA o evento começa, devido ao fuso horário, às 11:11 do dia 21) proporcionará a harmonização de eventos históricos, como a Revolução Americana (4/7/1776 = 4+7:1+7+7+6 = 11:21) e o ataque às torres gêmeas do WTC (11/9/2001 = 1+1+9:2+0+0+1 = 11:21), bem como a guerra civil americana, pois o trajeto do eclipse “dividirá e unirá” o sul e o norte do país e, por extensão, o sul e o norte do planeta.

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/3/3e/SE2017Aug21T.gif

Você, que muitas vezes não sabe como ajudar a melhorar o atual estado de coisas, é convidado a participar de forma voluntária, gratuita e anônima dessa meditação. Se não souber ou não quiser fazer uma meditação, você poderá fazer orações, pedidos, invocações, mantras, canções ou qualquer outro meio que souber e quiser, como lhe aprouver. Você poderá participar sozinho ou em grupo (quanto mais pessoas meditando em grupo, tanto melhor, a observar apenas a afinidade), em silêncio ou com música (selecionar as mais adequadas ao momento), em casa ou outro local (avaliar se é calmo e seguro), sentado ou em pé. A preparação é relevante, o que inclui o agendamento prévio, o uso de um relógio para controlar o horário (alguns minutos a mais ou a menos não fazem tanta diferença) e o uso de um mapa ou de imagens (paisagens, símbolos, etc.) que representam os EUA para facilitar a visualização. Evite focar em personalidades famosas, como artistas, esportistas ou políticos, pois eles não representam necessariamente a totalidade do país e a meditação é focada no país. Por isso, o mapa é um dos melhores meios.

Por fim, cabe salientar que essa meditação não tem nenhum caráter político, nem de esquerda, nem de direita. É um evento, repito, para a libertação e cura de todo um arquétipo. Portanto, goste ou não goste dos EUA, a meditação é muito importante e necessária para todo o mundo.

FOCO: o fundamental é o alinhamento de vetores do tempo (horário), do espaço (EUA) e, principalmente, do assunto (libertação, iluminação e unidade), como acima descritos.

Estudos científicos comprovam o efeito positivo da meditação em massa:

http://www.worldpeacegroup.org/washington_crime_study.html

http://thespiritscience.net/2015/06/18/studies-show-group-meditation-lowers-crime-suicide-deaths-in-surrounding-areas/

Sobre a ressonância:

http://www.ufjf.br/fisicaecidadania/conteudo/se-quiser-saber-mais-sobre-ressonancia/