terça-feira, 15 de agosto de 2017

Partilha do Boi


“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

A repartição do valor arrecadado pelo Imposto Justo (quase único) , como já dissemos, será feita automaticamente:

Um terço para o governo central, responsável pela manutenção das forças armadas, das relações exteriores, do sistema de infraestrutura básica e pela gestão de calamidades. Faltando recursos, será feita uma emissão eletrônica suplementar, autorizada e fiscalizada pelo Conselho de Estado.

Outro terço será repartido entre as províncias na proporção exata de sua extensão territorial.

O terço restante será distribuído aos municípios na exata quantidade de seus habitantes.

Haverá, assim, justiça e igualdade entre todos os brasileiros.

Com a extinção de todos os demais impostos, a elite da receita federal será realocada para a fiscalização do comércio exterior. Veremos o fim dos preços fictícios das mercadorias.

Todos os funcionários públicos não aproveitados na reestruturação administrativa, serão aposentados com vencimentos proporcionais ao seu tempo de serviço.

Não haverá mais cargos “vitalícios” em nenhum dos três poderes nem aposentadorias diferentes, salvo a dos militares, dadas as características especiais de risco e prontidão a que estão sujeitos.

Será feita uma reavaliação de salários pagos pelo governo. Não podemos continuar no atual sistema em que funções menos relevantes sejam melhor remuneradas que outras mais complexas.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

3 comentários:

EL J disse...

http://g1.globo.com/politica/blog/andreia-sadi/post/responsavel-por-rouparia-de-marcela-ganha-imovel-funcional.html
e a farra não acaba.
ai não tem tatu que aguente. Haja impostos

Carlos Donizeti dos Santos disse...

Boa noite, Sr. Carlos Maurício Mantiqueira, Sr. Jorge Serrão e leitores.
Fico feliz em saber que já há um Plano de Governo (ou de Governança) pronto.
Aguardemos Dona Onça, Sr. Cisne Branco e Sr. Gavião do Gládio Alado, portanto.

Teo Fabio disse...

Enquanto isso, papai Smurf está fazendo prospecção para achar dinheiro.
Há notícias de que será feito um bingo do Palácio do Jaburu.
Foram colocados malabares nos semáforos para ganhar algum para o governo.
Os almoços e jantares que acontecem a toda hora, serão beneficentes.
Pobre governo….