sábado, 18 de novembro de 2017

Avança Brasil: Vamos refundar a Nação!


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Não adianta ficar pt da vida com a decisão “soberana” da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro em determinar a libertação de três deputados suspeitíssimos de corrupção que foram presos por ordem “também soberana” do Poder Judiciário Federal. O correto seria se emputecer com a Constituição Brasileira que preceitua que o Legislativo tem poder para proteger seus membros – seja em casos de garantia da liberdade de expressão parlamentar, do mandato ou até em situação nas quais as “excelências” são presas por ordem judicial.

A Carta Vilã de 1988 legitima a impunidade e viabiliza a governança do Crime Institucionalizado. Uma Constituição longa, prolixa, praticamente sem regulamentação e que dá margem a permanentes interpretações pelo Supremo Tribunal Federal é uma patrocinadora constante de insegurança jurídica. A confusão constitucional fica maior ainda e agrava a guerra de todos contra todos os poderes. Pior de tudo: o uso canalha da Lei Maior permite a desmoralização da Justiça, na medida em que não pune a desordem e a ilegalidade. O Estado-Ladrão transforma o cidadão em um idiota usado, abusado e, no final das contas, indefeso, a não ser pela letra morta gravada nos textos “legais”.

Foi patético “celebrar” um ano da prisão do ex-governador Sérgio Cabral Filho – já condenado em três processos relacionados a comprovadas roubalheiras – assistindo ao espetáculo vergonhoso de uma assembléia legislativa (sócia dele na corrupção) mandando soltar seu presidente Jorge Picciani e os “de-puta-dos” Paulo Melo e Edson Albertozzi. O Brasil e o mundo inteiro constatam que o Rio de Janeiro, cheio de encantos mil, é dominado por bandidos que atuam como “parceiros” – desde a politicagem até a narcoguerrilha que apavora e assassina diariamente pessoas de todas as classes sociais.

Não dá mais para suportar tamanha putaria (não tem outra palavra). As instituições brasileiras estão corrompidas e dominadas pela Ditadura Crime, com o respaldo (mais doloso que culposo) da Constituição. Por isso, a única saída para o Brasil é a inédita Intervenção Institucional. Só este movimento de brasileiros capazes de combater o Crime poderá reinventar o Brasil a partir de um Projeto Estratégico de Nação. Precisamos, urgentemente, de uma Constituição enxuta, baseada em princípios e com um mínimo de autoregulação para ser cumprida fielmente, sem interpretações e intervenções permanentes de um Supremo Tribunal Federal.

Qual será a próxima cagada baseada em nossa fragilidade constitucional e institucional? Não devemos esperar pelo pior. Temos de tomar providências antes que o pior aconteça. O País caminha para uma convulsão social de proporções nunca antes vista, porque o Crime sai de controle dele mesmo e a população, massacrada, está quase explodindo em revolta, enquanto a bandidagem luta para deixar tudo do jeitinho como sempre esteve. Não podemos mais tolerar tanta sacanagem.

O povo honesto e suas Forças Armadas, inevitavelmente, terão de fazer o serviço histórico de reinventar o Brasil. A bandidagem organizada já está em guerra aberta contra nós. Passou da hora de virarmos o jogo para não só derrotar o inimigo, mas, principalmente, para implantar um Brasil republicano, federalista, que respeite o indivíduo e exija que ele cumpra os seus deveres e exerça, livremente, seus direitos de cidadão. Intervenção Institucional, já!

Avança Brasil, no sabadão em BH

O País será discutido, seriamente, neste sábado, de 8h da manhã até 18h, no I Congresso do Movimento Avança Brasil, no Hotel Ouro Minas, em Belo Horizonte.

08:00 - Credenciamento

08:30 - Abertura Oficial – Avança Brasil

Nilton Caccáos e Eduardo Resende

09:00 - Palestra de Abertura - Porque o Brasil é um país atrasado?

Luiz Phillipe de Orleans e Bragança

09:45 - Painel 1: Qual o compromisso da classe política? Quais as reformas políticas necessárias no Brasil? 

Jair Bolsonaro, Domingos Sávio, Jaime Martins, José Medeiros - Moderador: Francisco Abrunhoza

11:15 INTERVALO

11:45 - Painel 2: Precisamos Refundar o Brasil - Porque e como chegaremos lá

Thomas Korontai, Luiz Phillipe Orleans e Bragança, Fernando Francischini e Fabiano Tolentino - Moderadores: Jorge Serrão e Raphael Panichi

12:45 - ALMOÇO

14:00 - Painel 3: Urna Eletrônica e Voto Impresso

Major Olímpio, Hugo Hoeschl, Claudio Tonelli, Dalmo Accorsini, Orlando José Leite de Castro – Moderadores: Delair Gaspar e Willian Bull

15:30 - Painel 4: Transformação Cultural da Direita 

Joice Hasselmann, Allan dos Santos, Bia Kicis, Eder Borges – Moderadores: Leonardo Dias e Edson Gomes

16:30 - INTERVALO

17:00 - Painel 5: Educação para um novo Brasil

Miguel Nagib, Stavros Xanthopoulos, Izalci Lucas e Bia Kicis - Moderadores: Willian Bull e Julio Orfali

18:00 - Encerramento




Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 18 de Novembro de 2017.

2 comentários:

Sérgio Alves de Oliveira disse...

Mestre Serrão- Só resta uma "pequena" indagação.Qual o Poder que fez a Constituição de 88 e que escreveu uma barbaridade dessas? Seria suficiente que para esse ato espúrio os Senhores Deputados e Senadores adotassem o "sofisticado" nome de "constituintes",com poderes superiores ao próprio Deus? Por que demoraram tanto tempo para constatar que a Constituição de 1988 é puro lixo? Os resistentes estariam convencidos agora que somente a intervenção prevista no art. 142 da Constituição poderia acabar com essa farra? Queimando e essa mesma constituição?

Anônimo disse...

Até quando teremos que aturar essa pantomima de intervenção constitucional com o comandante do exercito seriamente doente com doença degenerativa terminal, obrigando-o a usar cadeira de rodas, em eventos mais demorados. O pior ainda está para chegar com a certesa de seu substituto seguir a mesma linha e afirmar que as instituições estão funcionando normalmente enquanto o país pega fogo com os pilares da democracia completamente corrompidos e um STF, cuja maioria protege descaradamente bandidos condenados. Afinal de contas que país é este? Oremos !!!