sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Caso BNB: CVM tem de ratificar proibição de controlador usar fundos para eleger falso minoritário


Por que FHC tem medo do Bolsonaro? Freud explicaria?

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A Comissão de Valores Mobiliários é novamente acionada para resolver uma irregularidade persistente no mercado de capitais: a manobra cometida pelo acionista controlador que manipula os votos de fundos de pensão de empregados de estatais, BNDES e BNDESpar para eleger falsos representantes dos acionistas minoritários para os Conselhos de Administração e Fiscal. Este flagrante crime societário foi cometido, durante os anos de gestão petralha na Petrobras, até que o acionista minoritário Romano Allegro denunciou e a “xerife do mercado” foi obrigada a agir.

O desejo de Romano Allegro é que a CVM reafirme ao mercado o óbvio ululante: validade do que ficou sacramentado no famoso Processo Administrativo Sancionador (PAS 11/2012) contra a Petrobras. Romano  enviou ontem ao presidente da CVM, Marcelo Barbosa, um pedido de “Requerimento de tomada de providências”, acelerando o julgamento do processo 19957.006708/2017-50 contra o Banco do Nordeste do Brasil (BNB) e o fundo de pensão de seus empregados, a CAPEF.

Romano pede a convocação de uma assembléia para a escolha do representante legítimo dos acionistas minoritários do BNB. Caso a CVM não tome providências rapidamente, Romano e outros acionistas do BNB já se preparam para acionar o judiciário. A CVM tem um problema de origem para lidar com abusos de poder do controlador cometidos pela União Federal. Afinal, a CVM é uma mera autarquia do Ministério da Fazenda.

Romano Allegro considera que a CVM tem o dever de impedir a viciada instabilidade e insegurança jurídica no mercado brasileiro de capitais. Romano tem denunciado casos de omissão, leniência e conflitos de interesses da União Federal na formação dos conselhos de empresas “estatais” de economia mista. Vetada pela CVM no PAS 11/2012), a manobra consiste em pressões espúrias sobre gestores de fundos de pensão e/ou caixas de previdência para eleger conselheiros que não representam, de fato e de direito, os interesses dos acionistas minoritários.

Romano também adverte que a CVM não pode tolerar, no caso do banco do Nordeste do Brasil, “as gravíssimas violações às normas de governança corporativa praticadas no âmbito de sociedades empresariais de capital aberto, que, embora flagrantes, passaram ao largo dos seus poderes fiscalizador e sancionador”. Romano prega o fim do que chama de “faz-de-conta” na formação dos conselhos de administração e fiscal das cento e cinqüenta e tantas “estatais” brasileiras.

É importantíssimo recordar o Processo Administrativo Sancionador número 11, de 2012. Depois de insistentemente provocada por provas objetivas apresentadas por Romano Allegro, a CVM foi forçada a punir os fundos de pensão Funcef, Petros, Previ e BNDES, com advertência e multas, por participarem das eleições para os conselhos administrativo e fiscal da Petrobras. Está escrito na ata que resume a decisão da CVM. Detalhe importante é que os fatos são do passado. Copia e cola do original:

“7. Em sua reclamação, Romano Allegro protestou contra a eleição, na AGO de 2011, de Fábio Barbosa para o Conselho de Administração da PETROBRAS por indicação dos acionistas minoritários ordinaristas e de Jorge Gerdau por indicação dos acionistas minoritários preferencialistas, pois ambos teriam “nítido conflito de interesses com a boa gestão da companhia” (fls. 160/162). Posteriormente, contestou a eleição de Nelson Rocha para o Conselho Fiscal, uma vez que “o mesmo possui cargo comissionado no governo federal representando duas subsidiárias integrais do Banco do Brasil S.A.”. 8. O Reclamante alegou que Fabio Barbosa era conselheiro de administração do Banco Santander, do qual a Petrobras era a maior cliente no Brasil. Já Jorge Gerdau defenderia interesse da companhia Gerdau, um dos maiores fornecedores de aço e ferro para a Companhia”.

Romano Allegro também lembra dos itens 30 do resumo do julgamento da CVM. De volta ao passado, novamente: “30. A Acusação apurou, no entanto, que havia outra versão muito diferente sobre a autonomia da PETROS frente à PETROBRAS. Fernando Leite Siqueira 35, suplente da PETROS à época dos fatos, disse que “nos casos em que a Fundação tem a prerrogativa de escolher seus representantes nos Conselhos Fiscal e Administrativo das companhias que a Fundação detém participação relevante, a Fundação PETROS indica seus representantes sob influência do governo e da PETROBRAS” (fls. 1692 e 1693)”.

E tem mais passado, conforme copy and paste do Romano: “31. Na mesma linha, foi o depoimento de Silvio Sinedino Pinheiro, conselheiro da PETROS 36. O mesmo asseverou que “em todas as assembleias da PETROBRAS reclama do uso do voto da PETROS como acionista minoritário, pois quem manda na PETROS é a PETROBRAS, e quem manda nesta última é o Governo Federal; que, no Conselho Deliberativo da PETROS, 3 integrantes são eleitos pelos funcionários e 3 são indicados pela PETROBRAS, sendo que o Presidente do Conselho Deliberativo, indicado pelo patrocinador, tem o voto de minerva, tornando muito difícil que o patrocinador não comande a pauta; e que já ocorreram várias votações que foram decididas pelo voto de minerva do Presidente do Conselho Deliberativo” (fls. 19/02/2015)”.

No processo contra o BNB, que minoritários pedem agilidade da CVM na decisão final, Romano considera que se aplica situação idêntica ao que ocorreu no PAS 11/2012. Romano suspeita que isso seja uma tendência na relação incestuosa entre controladores e conselheiros de “estatais”. Por isso, aconselha que acionistas assumam uma postura ativista e provoquem a CVM a cumprir seu papel, mesmo sendo dependente do Ministério da Fazenda, cujos ocupantes nas gestões petistas são alvos de investigações e processos judiciais. “Se a CVM não resolver, o jeito é recorrer ao Judiciário, que tem o dever de acabar com a delinqüência que desmoralizar os negócios no Brasil”.

Assim segue a tragicomédia do Brasil Capímunista, Rentista e Corrupto... Até quando?...    

Claro que pode...

A Petrobras foi forçada a admitir, em comunicados ao mercado, que dois pedidos de instauração de arbitragem perante a Câmara de Arbitragem da B3, um por parte da Petros e outro da Previ.

Além disso, a companhia foi notificada da intenção da Funcef de participar da arbitragem instaurada por pessoas físicas e o que a petrolífera chama de “um reduzido grupo de pessoas jurídicas”.

A Petrobras reitera que “a legislação não respalda essa iniciativa e se defenderá para garantir seus interesses e de seus acionistas”.

O que a Petrobras omite é que seu Estatuto deixa claro que processos de arbitragem podem ser movidos na câmara específica da bolsa de valores sediada em São Paulo...

Fala sério...

Quem alimenta a ingenuidade de acreditar que a Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro vai autorizar a prisão de seu presidente Jorge Picciani, e seus ilustres deputados Paulo Melo e Edson Albertazi, acusados de corrupção, lavagem de dinheiro e afins.

O colegiado do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, que decidiu a prisão dos três parlamentares, espera que a Alerj tenha uma posição republicana, voltada ao interesse público, mandando afastar os deputados e autorizando a prisão deles.

Hoje, Sérgio Cabral Filho completa um ano atrás das grades, e bem que gostaria de ter seus parceiros da Alerj lhe fazendo companhia no presídio de Benfica, na zona Norte do Rio de Janeiro.

Avança Brasil, no sabadão em BH

O País será discutido, seriamente, neste sábado, de 8h da manhã até 18h, no I Congresso do Movimento Avança Brasil, no Hotel Ouro Minas, em Belo Horizonte.

08:00 - Credenciamento

08:30 - Abertura Oficial – Avança Brasil

Nilton Caccáos e Eduardo Resende

09:00 - Palestra de Abertura - Porque o Brasil é um país atrasado?

Luiz Phillipe de Orleans e Bragança

09:45 - Painel 1: Qual o compromisso da classe política? Quais as reformas políticas necessárias no Brasil? 

Jair Bolsonaro, Domingos Sávio, Jaime Martins, José Medeiros - Moderador: Francisco Abrunhoza

11:15 INTERVALO

11:45 - Painel 2: Precisamos Refundar o Brasil - Porque e como chegaremos lá

Thomas Korontai, Luiz Phillipe Orleans e Bragança, Fernando Francischini e Fabiano Tolentino - Moderadores: Jorge Serrão e Raphael Panichi

12:45 - ALMOÇO

14:00 - Painel 3: Urna Eletrônica e Voto Impresso

Major Olímpio, Hugo Hoeschl, Claudio Tonelli, Dalmo Accorsini, Orlando José Leite de Castro – Moderadores: Delair Gaspar e Willian Bull

15:30 - Painel 4: Transformação Cultural da Direita 

Joice Hasselmann, Allan dos Santos, Bia Kicis, Eder Borges – Moderadores: Leonardo Dias e Edson Gomes

16:30 - INTERVALO

17:00 - Painel 5: Educação para um novo Brasil

Miguel Nagib, Stavros Xanthopoulos, Izalci Lucas e Bia Kicis - Moderadores: Willian Bull e Julio Orfali

18:00 - Encerramento

Pronto para “dançar” também


Pobre $talinário


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 17 de Novembro de 2017.

14 comentários:

JESUS disse...

DEUS É PAI , DESTA VEZ ESSE VERME NÃO VAI ESCAPAR E TOMARA QUE NÃO MORRA ANTES DO LINCHAMENTO DO POVO BRASILEIRO, CANALHA MALDITO, LADRÃO VIGARISTA!!!!!!! SUA HORA VAI CHEGAR!!!!! PARAZITA!!!!

JESUS disse...

PARAZITA CANALHA, DESGRAÇADO, LADRÃO!!!!

Anônimo disse...

Parabéns ao Editor do blog por sua participação e boa sorte na moderação do Painel 2.

Espero que os participantes se manifestem com clareza, coragem e convicção sobre os novos caminhos que devem ser percorridos pelo Brasil. Aguardamos o feed back do evento de BH.

Anônimo disse...

Se a CVM está subordinada à Fazenda, então é também controlada pelos bancos e especuladores.

Anônimo disse...

anônimo diz....

Senhor Serrao pergunte ao povo brasileiro qual e o dia da bandeira do Brasil? O que as autoridades de merda do Brasil, de todos os três poderes de merda não sabem que o dia da bandeira do Brasil e 19 de Novembro. Hoje ela serve de capa e serve para ficar escondida nas salas dos vagabundos vermelhos que infestaram os três poderes de merda. O que somos afinal. Somos todos afrodescendentes? Eles colocaram feriado para Zumbi dos Palmares como se ele fosse alguma coisa na historia do Brasil e nosso símbolo maior foi sequestrado, sabotado, expurgado pela raça hipócrita, procrastinadora, prevaricadora e sem vergonha de cinquenta partidinhos meia boca que a única coisa que querem e nos roubar em todos os sentidos. Por que quase trinta ministros egressos do sindicato dos ladroes congresso nacional e senado. Por que quase trinta ministro ganhando horrores e sendo um zero nas pastas que fazem seus trabalhos porque não entendem nada destas pastas. São ministrecos de merda subordinados a partidecos de merda que não fazem nosso pais crescer porque tudo que metem as mãos sola vira bosta, não cresce e não vinga. nosso pais e um prostibulo ambulante de gente que não obedece as leis e ainda faz pouco deles. Esses vagabundos vermelhos a começar pelo nove dedos que não assinou a constituição perneta mais se beneficia do prostibulo chamado suprema corte federal e eleitoral que se transformaram em câmara do terror. Tudo quanto e picareta recorre, recorre, recorre e nunca sai do lambe lambe de recorrer. As camaras recursais da suprema burguesia de merda não faz nada, não entende nada e so fica ativando e ativando mais e mais procrastinação da justa punição para os vagabundos mambembes que não tem mais como recorrer mais a suprema putaria continua dando. Dando como mulher dama. O vagabundo do Sergio Cabral insulta um Juiz Federal e desrespeita a justiça e os vigaristas do supremo besteirol ainda solta o bandido e pior a mulher dele continua operando a putaria de dentro de casa.A nossa justiça federal e eleitoral e uma mulher dama que abre as pernas para tudo filho de uma boa senhora que fornicou o pais e agora no tope de tudo. A marginalidade burra de plim plim fica dando cobertura a vagabundagem da Camara Estadual quando a maioria das pseudo intelectuais de merda da rede bobo nem sabe que a capital do Estado do Rio de Janeiro e o Rio de Janeiro e não Niterói. Nos não somos fluminenses nos somos CARIOCAS CARIOCAS DA GEMA BURRAS E BURROS FORMADORES DE OPINIAO DE PINICO DE PLIM PLIM E NOSSO TIME NA MAIORIA E O FLAMENGO MORARAM OU QUEREM QUE SE DESENHE CAMBADA DE VAGABUNDOS E VAGABUNDAS A SOLDO QUE FALAM QUALQUER MERDA QUE CHEGA NA CABEÇA PARECEM TODAS UMAS NEGAS MALUCAS QUE NAO SABEM O QUE DIZEM NUNCA.
r
a

Anônimo disse...

sexta-feira, novembro 17, 2017
Blog do aluizio amorim
QUANDO O "OUTRO LADO" NÃO TEM O QUE DIZER. AFINAL, R$ 12 TRILHÕES EVAPORARAM...
Os leitores mais atilados sabem, sobretudo aqueles que lêem veículos impressos, como os jornais, que a grande mídia finalmente foi eviscerada pela ação corrosiva das redes sociais, blogs e sites independentes. Tradicional valhacouto de comunistas aqui no Brasil como em todo o mundo, incluíndo-se aí as famigeradas agências internacionais de notícias, a grande mídia está finalmente foi para o vinagre.

Refiro-me aos leitores de veículos impressos (jornais e revistas) porque esse nicho de consumidores de mídia reúne aquelas pessoas mais bem informadas. Ler é um ato solitário que exige sobretudo concentração, o domínio de vocabulário razoável, de conhecimentos gramaticais, políticos, econômicos, geográficos e geopolíticos.

Aqueles leitores que reúnem ainda que minimamente essas qualidades por certo se informam atualmente muito mais pelo que oferece a internet.

Por enquanto no Brasil e talvez no mundo o único veículo da grande mídia impressa que compreendeu isso e se antecipou para uma 'segunda vida', é o jornal Gazeta do Povo, do Paraná. Esse tradicional jornal impresso passou-se com armas e bagagem para a internet. Mas não é só isso.

Os empresários e investidores desse projeto de jornal diário virtual foram muito mais além da forma digital. Afinal, de que adiantaria essa mudança se o conteúdo editorial emulasse os jornais da velha grande mídia, atualmente useira e vezeira na produção das ridículas "fake news"?

Tanto é que a Gazeta do Povo mudou não apenas em sua forma, porquanto imprimiu um novo viés editorial. Soube ouvir seus leitores e, por isso, passou a abrir espaço a um jornalismo que não reza apenas pela cartilha comunista, abrindo espaço também para um debate político que inclui a agenda conservadora. E isto não acontece apenas no que se refere a artigos de opinião mas também no âmbito das pautas diárias. A leitura desse jornal agora pela internet demonstra isso. Não tem esse troço de ouvir o "outro lado". Aliás, há fatos que são tão evidentes que ouvir o dito "outro lado" é um ato criminoso e uma forma matreira de tentar salvar vagabundos e ladrões de todos os matizes. continua...

Anônimo disse...


Blog do aluizio amorim continua II

A Gazeta do Povo, por exemplo, mantém uma seção dedicada exclusivamente à Operação Lava Jato onde o "outro lado" ou está na cadeia ou na iminência de ser preso.

A propósito, a Gazeta do Povo acabou de publicar uma matéria que dá uma ideia das fabulosas roubalheiras e corrupção que desgraçaram o Brasil. Trata-se de um levantamento sobre as apurações da Operação Lava Jato. Dois Brasis praticamente foram ladeira abaixo levando-se em conta o PIB - Produto Interno Bruto do País.

Fosse a Folha de S. Paulo, Rede Globo, Estadão et caterva, por certo seria ouvido o "outro lado", se é que nessa altura dos acontecimentos a gentalha do PT e seus sequazes ainda tenham a cara e a coragem de se contrapor às evidências.

Transcrevo como segue a matéria da Gazeta do Povo que tem o seguinte título: Na casa do Trilhão - Movimentações financeiras da Lava Jato já equivalem ao dobro do PIB brasileiro. Leiam:

UMA BARBARIDADE
Em pouco mais de três anos, a Operação Lava Jato analisou, em termos de movimentações financeiras, o equivalente a quase o dobro do valor do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil. Segundo dados da Polícia Federal, foram analisados cerca de R$ 12 trilhões, sendo que o PIB chegou a R$ 6,266 trilhões em 2016. Esse montante, segundo peritos, representa tudo que já foi identificado em contratos na Petrobras, em obras concluídas e inacabadas, em movimentação de dinheiro no exterior, em obras de arte, entre outros.
Em termos de bens bloqueados ou apreendidos nas mais de 40 fases da Lava Jato, o valor total chega a R$ 2,4 bilhões. Esses valores tendem a se manter, uma vez que a Polícia Federal reduziu a equipe destacada para atuar na Operação Lava Jato, em Curitiba. Para 2018, sob comando do novo diretor-geral da PF, Fernando Segóvia, não está descartada uma nova onda de contingenciamento. Neste ano a instituição amargou com um limite orçamentário de cerca de pouco mais de 40%. continua...

Anônimo disse...


Blog do aluizio amorim continua III e termina
A equipe da Lava Jato, em Curitiba, era composta por nove delegados federais até o início de 2017, que atuavam exclusivamente no caso. Atualmente, apenas quatro delegados cuidam dos quase 200 inquéritos em andamento e a força-tarefa que atuava exclusivamente no petrolão foi desfeita.
Há muitas especulações e incertezas sobre o futuro da Lava Jato na Polícia Federal. Sob anonimato, um delegado do alto escalão analisou que as operações certamente devem ganhar um novo ritmo com as mudanças na linha de comando da instituição. “Com um novo diretor-geral e com as possíveis alterações de equipe, até os novos profissionais tomarem pé dos trabalhos, leva um tempo”.
Até o dia 20, quando formalmente Fernando Segóvia toma posse como novo diretor, devem ocorrer muitas reuniões para formação de novas equipes de trabalho, tanto no âmbito da Lava jato, como de temas relacionados a crimes financeiros e drogas. A primeira saída será a do atual diretor executivo da Polícia Federal, Rogério Galloro, que deve assumir a Secretaria Nacional de Justiça, ligada ao Ministério da Justiça.
Deflagrada em março de 2014, a Lava Jato é considerada a maior e mais longeva operação de combate à corrupção da Polícia Federal, realizada em conjunto com o Ministério Público Federal e a Receita Federal. Do site da Gazeta do Povo.

Anônimo disse...

SAFADEZA GRANDE NA COMPRA DE AVIÕES DE COMBATE
SUPERFATURAMENTO DOS CAÇAS GRIPEN PODE CHEGAR A R$360 MILHÕES
http://lorotaspoliticaseverdades.blogspot.com.br/2017/11/safadeza-grande-na-compra-de-avioes-de.html
SUPERFATURAMENTO DOS CAÇAS GRIPEN PODE CHEGAR A R$ 360 MILHÕES

O bloqueio de R$24 milhões em contas do ex-presidente Lula e do filho Luiz Cláudio revela a convicção do Ministério Público Federal quanto ao envolvimento de ambos no tráfico de influência para a compra bilionária de aviões de combate suecos Gripen.
O Brasil está pagando US$5,4 bilhões por 36 caças (US$ 150 milhões cada), mas a Suíça rejeitou a oferta do mesmo caça a US$140 milhões por cada um deles.

O suposto superfaturamento de US$10 milhões em cada avião levanta a suspeita de propina próxima dos US$360 milhões (R$1,2 bilhão).

A maioria dos suíços (53,4%) rejeitou, em referendo, a compra dos caças Gripen dois anos e meio após o Brasil do PT fechar a compra.

A compra dos caças Gripen custou ao Brasil R$ 1,5 bilhão apenas este ano, no pagamento das parcelas previstas no contrato.

17 de novembro de 2017
diário do poder

Anônimo disse...

quinta-feira, 16 de novembro de 2017
http://otambosi.blogspot.com.br/
Ciro merece a presidência do clube dos veteranos velhacos

Algum amigo poderia dizer-lhe que o papel de moleque boquirroto, que sempre desempenhou, já não combina com o Ciro sexagenário. Texto de Augusto Nunes (Veja.com):
A caminho do terceiro fiasco numa disputa pela Presidência da República, Ciro Gomes mantém intocados o vocabulário de bordel e a argumentação tão rasa que, na imagem definitiva de Nelson Rodrigues, qualquer formiga pode atravessá-la com água pelas canelas.
A cada campanha de Ciro, o que muda é o partido que lhe serve de coiteiro. No momento é o PDT, de Carlos Lupi, o bizarro ex-ministro do Trabalho de Dilma. Também mudam, claro, os alvos da discurseira de esgoto berrada com sotaque de coronel nordestino.
Quando foi ministro de Lula, por exemplo, Ciro enxergava no chefe o maior presidente da história. Hoje vê na mesma figura “um merda”, como revelou num palavrório recente.
Diretores de redação que antes bajulava para mendigar entrevistas e reportagens – eu fui um deles – agora se tornaram “jornalistas alugados que precisam garantir o emprego na idade provecta”. Eu seria um deles.
Para essa caricatura degenerada do Menino Maluquinho, envelhecer é crime. Ele nem desconfia que, nascido num clã de oligarcas, já era velho ainda nos trabalhos de parto. É compreensível que o cérebro grisalho tenha ordenado ao caudilho com pouco mais de 20 anos que começasse a carreira política no PDS.
Permaneceu até 1983 no partido que surgira das cinzas da Arena, concebido para dar sustentação parlamentar ao regime militar. Um ano antes da redemocratização, filiou-se ao PMDB para ampliar as chances de virar deputado estadual.
Foi o começo da romaria partidária que o levaria a alugar-se, arrendar-se ou vender-se ao PSDB, ao PPS, ao PSB e ao PROS antes de homiziar-se no PDT. É hora de algum amigo misericordioso dizer-lhe que o papel de moleque boquirroto, que passou a vida interpretando, já não combina com um sexagenário. continua...

Anônimo disse...


http://otambosi.blogspot.com.br/ continua II e termina

Desde 6 de novembro, Ciro Gomes desfruta dos privilégios concedidos aos idosos: filas preferenciais, meio ingresso em cinemas e circos, viagens rodoviárias gratuitas, estacionamento cativo — tudo isso está ao alcance do jurássico oportunista que se imagina jovem.
Queira ou não, ele foi incorporado à grande tribo dos provectos. Se criar juízo, deixará de chamar eleitores de “burros”, afirmar que o papel da mulher de um político é dormir com o candidato ou qualificar Fortaleza de “um puteiro a céu aberto”.
Caso mantenha o estilo, o sessentão idiotizado pela certeza de que o Brasil é uma imensa Sobral ficará alguns anos-luz mais longe do Planalto. Em contrapartida, estará cada vez mais perto da presidência perpétua do clube dos veteranos velhacos.

Anônimo disse...

rvchudo
quinta-feira, 16 de novembro de 2017
“A quadrilha que tomou o país de assalto é o poder”
O delegado Jorge Pontes, entrevistado pelo Estadão, disse que a máfia é fichinha perto da ORCRIM que sequestrou o Brasil.
Leia aqui:
“A PF não quer ter independência. Queremos autonomia administrativa e orçamentária, só isso. Temos que entender bem que a quadrilha que tomou o país de assalto não tem o poder, eles são o poder. Nomeiam os seus próprios julgadores, aprovam leis que nos intimidam, que intimidam procuradores da República e juízes federais. E também aprovam leis que os tornam mais blindados, ainda. Máfia, Cartel de Cali, Yakuza, PCC, é tudo fichinha perto do desafio que a Polícia Federal enfrenta.”
Ele teme pelo futuro da PF:
“Vejo o futuro da corporação da mesma forma que vejo o futuro do Brasil. Para onde for o Brasil, irá a PF. Estão engatadas. Mas uma nuvem sombria tomou o céu e a sociedade está paralisada, estática, sem reação. Estamos vivendo um momento extremamente delicado, em que as forças do crime institucionalizado estão se reagrupando para contra-atacar a Lava Jato e evitar de todas as maneiras as suas respectivas consequências, a saber, a punição dos poderosos envolvidos. Nossa instituição não existe no espaço, gravitando, isto é, ela está umbilicalmente ligada ao Ministério da Justiça, que por sua vez é um braço do Presidente da República. A PF está no contexto, por mais que nossas atividades como polícia judiciária não se subordinem à hierarquia administrativa governamental.”
O Antagonista

Martim Berto Fuchs disse...

Avança Brasil ...
http://capitalismo-social.blogspot.com.br/2017/11/por-um-novo-contrato-social.html

Anônimo disse...

M'ENGANA QU'EU GOSTO!
Falam que o "PT diz que a verdadeira organização criminosa é a Rede Globo"!
Interessante que nunca vi a Rede Globo atacar diretamente o PT, ao contrario, as noticias dessa Rede de Desinformação SÃO SEMPRE PRÓ ESQUERDAS, pró comunistas, e sempre foi de aliviar a barra dos filhotes do Dragão Vermelho, assim como a Foice de S Paulo, um jornal comunistão!
Esse patifes do PT falam é pelo rabo e acusam de araque sua defensora Globo para enganar o povo que ela ataca para TODOS FICAREM CRENDO NO QUE DIZ A GLOBENGANAÇÃO!
M'ENGANA QU'EU GOSTO!
MAS NÃO É HOJE NÃO!
DEMORA MAIS UM POUCO!