sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Desonrar o voto voltou à moda?


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Caíque Mafra

Já ouviu falar do "Efeito Serra?". Pois bem, é assim que alguns vem chamando o fenômeno que se abateu pelo já abatido senador José Serra e que em breve abaterá João Doria Jr. Largar o mandato, jogando no lixo o voto de milhões de eleitores que depositaram suas confianças no político. Tudo em nome de um projeto que não visa o bem-comum, não visa a melhoria da sociedade, visa apenas um projeto pessoal de poder e prestígio, usando o Estado e seus eleitores agora feitos de trouxas, graças a atração do político por um cargo mais atraente. Porém o povo não é bobo. O povo não perdoa. E assim político guloso perde ambos os mandatos, o atual e o desejado.

Esse é o "Efeito Serra", em homenagem àquele que mais se valeu dessa estratégia torpe. O mote "Acelera" de João Doria não é à toa. Apesar de ter ficado no discurso, o slogan que remete à agilidade e eficiência, foi desde o começo pensado para associar a ideia de que o prefeito em meio mandato fará mais do o que muitos prefeitos não fizeram no dobro do tempo. Portanto (supõe), que o povo entenderá quando o "João trabalhador" alçar voos mais altos. 

Os bajuladores, seja em busca de uma boquinha pública, seja em troca de um tapinha nas costas, incentivam Doria a trair o povo paulistano bem como trair seus companheiros de partido. Atualmente, Doria parece se articular para largar a prefeitura por um cargo maior; Presidência da República ou Governo de São Paulo. No melhor estilo "se colar, colou". Nota-se uma afobação que só beneficiaria a ele mesmo. Não é possível alguém ter um plano de governo complexo simultaneamente para o cenário municipal, estadual, e federal, seria uma espécie de "Doria de Schrödinger".

O lamentável desassosego de Serra não se encerrou. Também parece se articular para abandonar o senado (de novo) e pleitear pelo PSDB à candidatura ao governo do Estado de São Paulo, colocando seu nome “a disposição”, com todo respeito senador José Serra, mas o PSDB tem condição de criar novos quadros e não precisa que você abandone seu compromisso firmado com o povo paulista para tal. 

João Doria e Serra minam sua imagem, o homem comum é blindado de desculpas pomposa que justificariam essa inquietação dos dois tucanos. Nós do Liberdade Tucana exigimos: Sejam homens. Honrem seus nomes. Honrem cada voto que o povo confiou a vocês e cumpram seus mandatos!

Junte-se a nós e nos ajude a lutar contra o Socialismo Fabiano em www.liberdadetucana.org

Caíque Mafra é membro da ala jovem do PSDB.

Nenhum comentário: