terça-feira, 14 de novembro de 2017

Hora de pagar pela roubalheira na Petrobras


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A Petrobrás nem teve tempo de comemorar o lucro líquido de R$ 266 milhões no terceiro trimestre. A direção da empresa terá de operar um milagre jurídico para fugir do pagamento bilionário de indenizações a 250 investidores (pessoas físicas), 320 fundos de investimentos e aos maiores fundos de pensão do País, na ação de arbitragem “coletiva” liderada pelo escritório do jurista Modesto Carvalhosa.

Ainda não se calculou a quantas dezenas de bilhões de reais a ação pode chegar. A estatal também enfrenta uma ação cível pública, liderada pelo advogado André Almeida para a Associação de Investidores Minoritários (AIDMIN), e pode ser alvo de outra, movida pelo Ministério Público. Isto sem contar as ações nos Estados Unidos – 21 já foram negociadas pela Petrobras.

Os gestores dos fundos de pensão têm dever fiduciário de buscar ressarcimento das perdas. Por isso, acabou não sendo surpresa a adesão da Previ (Banco do Brasil), Funcef (Caixa) e Petros (Petrobras) tende a atrair mais interessados na corrida pela indenização bilionária. Os próximos a aderir devem ser os fundos Telos (da Embratel) e Forluz (da Cemig).

Investidores tem um prazo limite para adesão: assim que forem indicados os três árbitros do processo que será julgado na Câmara de Arbitragem do Mercado, na B3. A previsão é que isto ocorra até o fim do mês. Não está fácil definir quem serão os árbitros: um indicado pela Petrobrás, outro indicado pelo escritório de Carvalhosa e um terceiro que seja indicado por consenso ambas as partes.

Está chegando a hora de pagar pela roubalheira na Petrobrás. 

Privataria da Eletrobrás

O ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, promete enviar nesta terça-feira à Casa Civil o projeto de lei que determina a modelagem para a privatização da Eletrobrás.

O governo já está “pulverizando” as ações, para que a companhia não tenha um controlador.

No entanto, será o governo da União quem escolherá do presidente do Conselho da Eletrobrás – o que mantém o regime Capimunista na empresa.

A Eletrobras fechou o terceiro trimestre de 2017 com lucro líquido de R$ 550 milhões, queda de 37% com relação ao resultado do mesmo período do ano anterior.

Reforma temerária




Dancinha eleitoral


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 14 de Novembro de 2017.

2 comentários:

jomabastos disse...

O Lula, qualquer dia irá ocupar a casa que ele tanto odeia, mas é a que lhe está destinada: o presídio. Então no presídio e como a legislação o permite(?), ele fará a campanha para as próximas eleições. E o Dirceu provavelmente será o seu vice-presidente. E possivelmente terá o Aécio Neves como candidato opositor. Que avacalhação! O Brasil virou um país onde a anarquia e a corrupção são rainhas.

Intervenção Constitucional... já!

Anônimo disse...

E não vai demorar muito para que venha a notícia de nova rapinagem na Petrobrás. Afinal, novas eleições vem aí e eles precisam de dinheiro para comprar seus cargos públicos.