segunda-feira, 25 de dezembro de 2017

Quissiphodas, o Grego


“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira                  

Parece que a Onça cansou-se  de tomar por paradigmas os chefes  militares  mais importantes  da antiga Grécia.

Leônidas, Temístocles e outros já não servem nos dias correntes.

Que tal os romanos?

Pompeu foi traído e decapitado; Julio Cesar, assassinado; Crasso pagou  pelo  próprio erro.

No segundo triunvirato, Marco Antonio deixou-se  seduzir por Cleópatra; Lépido fugiu da raia, ligeirinho. Sobrou para Otávio a suprema e augusta autoridade.

E daí?

Morreu Neves. O nosso Leônidas rasgou a Constituição, empossando um sarnento em lugar de realizar novas eleições.

De lá pra cá só merda.

Já o atual  temerário Temístocles está mais para um imaginário Quissíphodas.

Que se lixe o país. O balcão da “lojinha” funciona a  todo vapor.

Também temos os nossos trezentos: os  sem (100) hospital; os sem (100) segurança e os sem (100) esperança.

A Onça parece a Bela Adormecida.

Se acordar, transformará os “persas”, peçonhentos e percevejos em Salamina; digo salaminho.

Mas o Príncipe Encantado, que é um agente do Controlador, só espera a hora de lhe dar o beijo da morte.

Se a Onça não mostrar o braço forte, acabará afanada pela mão que finge ser amiga...


Quissíphodas não está ligando para isso, em meio a tanta intriga.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

6 comentários:

Loumari disse...

FAMÍLIA, LUGAR DE PERDÃO...

Não existe família perfeita. Não temos pais perfeitos, não somos perfeitos, não nos casamos com uma pessoa perfeita nem temos filhos perfeitos. Temos queixas uns dos outros. Decepcionamos uns aos outros. Por isso, não há casamento saudável nem família saudável sem o exercício do perdão. O perdão é vital para nossa saúde emocional e sobrevivência espiritual. Sem perdão a família se torna uma arena de conflitos e um reduto de mágoas.
Sem perdão a família adoece. O perdão é a assepsia da alma, a faxina da mente e a alforria do coração. Quem não perdoa não tem paz na alma nem comunhão com Deus. A mágoa é um veneno que intoxica e mata. Guardar mágoa no coração é um gesto autodestrutivo. É autofagia. Quem não perdoa adoece física, emocional e espiritualmente.
E por isso que a família precisa ser lugar de vida e não de morte; território de cura e não de adoecimento; palco de perdão e não de culpa. O perdão traz alegria onde a mágoa produziu tristeza; cura, onde a mágoa causou doença.

(Papa Francisco)

Loumari disse...

Reflexiones sobre la lectura de hoy

La violencia y la religión son un tema candente para todos los tiempos, incluyendo el nuestro. No es tan fácil desechar ese tema, ni verlo sólo en “los demás”. Sin embargo, justificar la violencia con referencia a Dios, o a su voluntad, se presenta como una de las formas más serias de blasfemia. Humildemente reconocemos que formamos parte de esta historia violenta; al pedir perdón y misericordia, recuerdo que el mismo Jesús fue víctima de una violencia inspirada por la religión.
Hoy rezo por las comunidades cristianas que están sufriendo persecución en tantas partes del mundo. Oro especialmente por los cristianos en el Medio Oriente, donde apareció el cristianismo, y donde ahora está corriendo un riesgo real de desaparecer.

Seguimos Orando

Fuente: http://www.espaciosagrado.com/node/186179

Loumari disse...

ÚLTIMO CÂNTICO DE MOISÉS

DEUTERONÓMIO 32:1,28 INCLINA os ouvidos, ó céus, e falarei: e ouça a terra as palavras da minha boca.
Goteje a minha doutrina como a chuva, destile o meu dito como o orvalho, como chuvisco sobre a erva e como gotas de água sobre a relva.
PORQUE APREGOAREI O NOME DO SENHOR: DAI GRANDEZA AO NOSSO DEUS.
ELE É A ROCHA, cuja obra é perfeita, porque todos os seus caminhos juízo são: Deus é a verdade, e não há nele injustiça; justo e recto é.
Corromperam-se contra Ele; seus filhos eles não são, sua mancha é deles; geração perversa e torcida é.
Recompensais assim ao Senhor, povo louco e ignorante? não é Ele teu Pai, que te adquiriu, te fez e te estabeleceu?
Lembra-te dos dias da antiguidade; atentai para os anos de muitas gerações; pergunta ao teu pai, e ele te informará; aos teus anciãos, e eles to dirão.
Quando o ALTÍSSIMO distribuía as heranças às nações, quando dividia os filhos de ADÃO uns dos outros, pôs os termos dos povos conforme ao número dos FILHOS DE ISRAEL.
Porque porção do Senhor é o seu povo; Jacob é a corda da sua herança.
Achou-o na terra do deserto e num ermo solitário, cheio de uivos; trouxe-o ao redor, instruiu-o, guardou-o como a menina do seu olho.
Como a águia desperta o seu ninho se move sobre os seus filhos, estende as suas asas, toma-os e os leva sobre as suas asas,
ASSIM SÓ O SENHOR O GUIOU; e não havia com ele deus estranho.
Ele o fez cavalgar sobre as alturas da terra, e comeu as novidades do campo, e fez chupar mel da rocha, e azeite da dura pederneira,
Manteiga de vacas e leite do rebanho, com a gordura dos cordeiros e dos carneiros que pastam em Basan, e dos bodes, com gordura dos rins do trigo; e bebeste o sangue das uvas, o vinho puro.
E, engordando-se Jeshurum, deu coices; engordaste, engrossaste-te, e de gordura te cobriste: e deixou a Deus, que o fez, e desprezou a ROCHA DA SUA SALVAÇÃO.
Com deuses estranhos o provocaram a zelos; com abominações o irritaram.
Sacrifícios ofereceram aos diabos, não a Deus; aos deuses que não conheceram, novos deuses que vieram há pouco, dos quais não se estremeceram os vossos pais.
Esqueceste-te da Rocha que te gerou; e em esquecimento puseste o Deus que te formou.
O que vendo, o Senhor os desprezou, provocando à ira contra os seus filhos e as suas filhas,
E disse: Esconderei o meu rosto deles, verei qual será o seu fim; porque são geração de perversidade, filhos em quem não há lealdade.
A zelos me provocaram com aquilo que não é Deus; com as suas vaidades me provocaram à ira; portanto EU os provocarei a zelos com os que não são povo; com uma nação louca os despertarei à ira. (já vos falei que todos estes islamistas são demónios saído directo dos abismos. Povo gerado das abominações do povo da religião islâmica.)
PORQUE UM FOGO SE ACENDEU NA MINHA IRA, E ARDERÁ ATÉ AO MAIS PROFUNDO DO INFERNO, e consumirá a terra, com a sua novidade, e abrasará os fundamentos dos montes.
Males amontoarei sobre eles; as minhas setas esgotarei contra eles.
Exaustos serão de fome, comidos a carbúnculos e de peste amarga; e entre eles enviarei dentes de feras, com ardente peçonha de serpentes do pó. (já vos tinha dito para reparar por estes islamistas como são seus dentes! Eles têm fisicamente aspecto humano, mas interiormente são serpentes.)
Por fora devastará a espada e por dentro o pavor, ao mancebo, juntamente com a virgem, assim à criança de mama, como ao homem de cãs.
EU DISSE: POR TODOS OS CANTOS OS ESPALHARIA; FARIA CESSAR A SUA MEMÓRIA DE ENTRE OS HOMENS, (vede a vida dos muçulmanos hoje? povo inimigo de Deus)
Se EU não receara a ira do inimigo, para que os seus adversários o não estranhem, e para que não digam: A nossa mão está alta; o Senhor não fez tudo isto. (vede a opulência ostentada pelos países árabes)
Porque são gente falta de conselho e neles não há entendimento.

Loumari disse...

DEUTERONÓMIO 32:29,43 Oxalá eles fossem sábios! que isto entendessem, e atentassem para o seu fim!
Como pode ser que um só perseguisse mil, e dois fizessem fugir dez mil, se a sua Rocha os não vendera e o Senhor os não entregara?
Porque a sua rocha não é como a nossa Rocha; sendo até os nossos inimigos juízes disto.
Porque a sua vinha é a vinha de SODOMA e dos campos de GOMORRA: as suas uvas são uvas de fel, cachos amargosos têm.
O seu vinho (sangue nas veias) é ardente veneno de dragões, e peçonha cruel de víboras.
Não está isto encerrado comigo? selado nos meus tesouros?
Minha é a vingança e a recompensa, ao tempo que resvalar o seu pé: PORQUE O DIA DA SUA RUÍNA ESTÁ PRÓXIMO, e as coisas que lhes hão-de suceder se apressam a chegar.
Porque o Senhor fará justiça ao seu povo e se arrependerá pelos seus servos, quando vir que o seu poder se foi, e não há fechado nem desamparado.
Então dirá: Onde estão os seus deuses? a rocha em que confiavam,
De cujos sacrifícios comiam a gordura, e de cujas libações bebiam o vinho? levantem-se e vos ajudem, para que haja para vós escondedouro.
VEDE AGORA QUE EU, EU O SOU, E MAIS NENHUM DEUS COMIGO: EU mato, e EU faço viver: EU firo, e EU saro: e ninguém há que escape da minha mão.
Porque levantarei a minha mão aos céus, e direi: EU VIVO PARA SEMPRE.
Se EU afiar a minha espada reluzente, e travar o juízo a minha mão, farei tornar a vingança sobre os meus adversários, e recompensarei aos meus aborrecedores.
Embriagarei as minhas setas de sangue, e a minha espada comerá carne: do sangue dos mortos e dos prisioneiros, desde a cabeça, haverá vinganças do inimigo.
Jubilai, ó nações, com o seu povo, porque vingará o sangue dos seus servos, e sobre os seus adversários fará tornar a vingança, e terá misericórdia da sua terra e do seu povo.

Sueli Ambrosio disse...

Gosto muito dos seus artigos, leio todos. Estamos vendo que a Onça, realmente, está vendo a GeringOnça que o país virou, mas optou pela BonOnça aliviando o jugo dos malfeitores, em detrimento da NOnçao. Ops, Nação!!!

Sueli Ambrosio disse...

Gosto de seus artigos, leio todos. realmente, a Onça está vendo a GeringOnça que o país se tornou, mas optou pela BonOnça, aliviando o jugo dos malfeitores, em detrimento da Nonção. Ops, Nação.