quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Temer passou da hora de ser aposentado, sem benefício


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Fim de papo! O Presidente Michel não tem 342 votos para aprovar a tal reforma da previdência na Câmara dos Deputados. É a falência do presidencialismo de coalizão – que sempre acaba em colisão. Na véspera do fla-flu eleitoral de 2018, a base amestrada não quer saber de desgaste. Além disso, o tema não foi devidamente debatido com a sociedade brasileira. Apenas vendeu-se a versão imprecisa de que as mudanças previdenciárias seriam a salvação do Brasil. Só podem estar de sacanagem.
Qualquer estudo com um mínimo de seriedade vai demonstrar, facilmente, que o problema previdenciário é apenas um reflexo da gastança da máquina estatal brasileira. A grana que entra a cada segundo nos cofres da Previdência, sem transparência, sempre foi usada para roubalheiras ou para financiar o rombo das contas públicas, na cara dura. A contabilidade previdenciária da União Federal, estados, e municípios é uma caixa-preta. O trabalhador ou servidor são sempre convocados a contribuir mais para cobrir o dinheiro que evapora com o pagamento de super-aposentadorias e hiper-pensões dos marajás do setor público.
Reforma da Previdência? Só se for no novo (?) governo federal... Não adianta tentar dar um golpe desses na canetada e na base do rolo compressor parlamentar. O assunto é estratégico. Precisa ser exaustivamente debatido com foco na mudança estrutural – e não na mera contabilidade de conta de chegada. Antes de mexer no regime previdenciário, é fundamental discutir como reinventar a máquina estatal brasileira. A partir disso se pode até pensar em um regime previdenciário único.
Ou seja, qualquer tentativa de reforma da previdência, na atual estrutura, é uma brutal sacanagem com o trabalhador e com o servidor público. Não basta reformar, porque, muito em breve, terá que mexer em tudo de novo. Antes, é preciso ocorrer um choque de transparência nas contas previdenciárias. O dinheiro da seguridade social não pode ser usado para outros fins – como o desvio ilegal e indevido para cobrir a impagável conta da dívida pública.
Novamente, é fundamental insistir: “O Brasil tem jeito” – como prega o Comandante do Exército, Eduardo Villas-Bôas. No entanto, a única solução efetiva e eficaz é a Intervenção Institucional que reinventará o Brasil, tornando-o uma Nação Capitalista de verdade, produtiva, com um Estado do tamanho certo (nem máximo, nem mínimo, nem “musculoso” – como pregam os criativos e perdidos tucanos).
Enfim, não há solução mágica sem a definição de um Projeto Estratégico de Nação, a partir de uma nova Constituição que será elaborada pelo livre debate na sociedade, e não mais um texto com letras-mortas produzido por políticos que nada querem mudar de verdade.


Colaborem com nosso memista, José de Abreu, que lança um polêmico livro sobre a Maçonaria, dia 21 de janeiro na Praça do Congresso, em Manaus. Mais detalhes em:


Feliz Natal da Lava Jato


Anel por Anel


Colabore com o Alerta Total

Os leitores, amigos e admiradores que quiserem colaborar financeiramente com o Alerta Total poderão fazê-lo de várias formas, com qualquer quantia, e com uma periodicidade compatível com suas possibilidades.

Nos botões do lado direito deste site, temos as seguintes opções:

I) Depósito em Conta Corrente no Banco do Brasil.
Agência 4209-9, C/C: 9042-5, em favor de Jorge Serrão.

II) Depósito em Conta Poupança da Caixa Econômica Federal ou em agências lotéricas: 2995 013 00008261-7, em favor de Jorge Serrão.

OBS) Valores até R$ 9.999,00 não precisam identificar quem faz o depósito; R$ 10 mil ou mais, sim.

III) Depósito no sistema PagSeguro, da UOL, utilizando-se diferentes formas (débito automático ou cartão de crédito).

IV) Depósito no sistema PayPal, para doações feitas no Brasil ou no exterior.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original
A da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 6 de Dezembro de 2017.

Nenhum comentário: