sábado, 21 de abril de 2018

A versão temerária do Tiradentes



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A “arte” e o show-business sacaneiam a vida real. Uma jovem simpatizante do PT, chamada Gleici, venceu o Big Brother Brasil da Rede Globo. A moreninha acreana do BBB-18, estudante de psicologia, botou R$ 1,5 milhão no bolso, honestamente, graça aos votos de 57% dos telespectadores e internautas. Ao sair do confinamento da casa dirigida pelo Boninho, Gleici gritou: “Lula, Livre”! Será que ele assistiu à final do BBB na TV Cana da PF?

O triunfo da admiradora de Lula aconteceu na semana em que se tornou a “crazy da TV Al-Jazeera” a senadora petista chamada Gleisi (suspeita de ter faturado pelo menos R$ 1 milhão, de forma ilícita ou ilegal, na última campanha eleitoral). Gleisi terá dificuldades de se eleger a qualquer coisa. Já a Gleici, se for candidata, pode se dar bem na corrida eleitoreira de 2018. A popularidade no BBB já elegeu o baiano Jean Wyillys... A dose pode ser repetida. Não foi Karl Marx, bisavô do Delfim Netto, quem proclamou que “a História se repete como farsa”?

Tem comparação mais esquisita que a situação da vitoriosa Gleici e da derrotada Gleisi – doida para roubar o lugar do seu ídolo $talinácio. Ontem à noite, em cadeia (ops) nacional de rádio e televisão, o Presidentro Michel Temer se comparou a Tiradentes. A alma heróica de Joaquim José da Silva Xavier deve ter ficado muito pt da vida com a propaganda descarada do marido da bela Marcela.

Em linguagem popular e coloquial, Temer profetizou que, um dia, seu governo será reconhecido, mesmo que tardiamente, tal qual aconteceu com o Alferes – demonizado e assassinado pela Coroa de Portugal, mas que se tornou “Herói Nacional” graças ao ufanismo do regime de Getúlio Vargas. Perdoe-se Temer, porque ele ainda não sabe se é candidato a Presidente (novamente) ou a Presidiário (se terminar processado, julgado e condenado) em dois ou três denúncias graves ligadas à corrupção.

Revisões históricas fazem parte do jogo da politicagem, em qualquer época e em qualquer lugar, principalmente em Bruzundanga. Pos vencedores e poderosos de plantão contam e recontam a História conforme seus interesses e conveniências. Michel Temer não fez nada de original. A petelândia reclama que ele está mais para Silvério dos Reis, delator de Tiradentes, porque “traiu” a Dilma e “roubou” a Presidência dela.

Temer pegou pesado: "Que nesse 21 de abril, lembremos que Tiradentes foi acusado e condenado por lutar e defender um Brasil livre, forte e independente. Ao final, a história lhe deu a vitória maior. Seu exemplo de luta é exemplo para todos nós que trabalhamos para trazer mais conquistas ao Brasil".

O Presidente foi ultra-pragmático na comparação indevida, atacando seus adversários e inimigos: "É fácil bater no Michel Temer! É fácil bater no governo, é fácil só criticar. Quero ver fazer. Quero ver conquistar! Quero ver construir e realizar o que nós conseguimos avançar em tão pouco tempo. A torcida organizada pelo fracasso tenta bater bumbo. Tenta perder o jogo todos os dias. A verdade é que o Brasil virou esse jogo".

A petelândia agora torce que Temer acabe enforcado e esquartejado por suas próprias palavras e pela comparação factóide com Tiradentes – que lutou contra o “quinto dos infernos”, mas acabou pagando com a própria vida...

Já a galera da geral torce para que o Gato Angorá não acabe transformado na estátua de um veado de ouro, em um jardim patrocinado pelos espertos que vão faturar milhões com as privatarias temerárias...

Nós ficamos na torcida para que Tiradentes não reencarne por aqui e acabe fuzilado por 13 tiros de AR-15 ou AK-47 disparado por algum bandido que ajuda a eleger tantos companheiros para o Governo do Crime Institucionalizado.       


O II Congresso do Movimento Avança Brasil acontece neste sábado de Tiradentes, no Centro Universitário Ítalo Brasileiro, em Santo Amaro, São Paulo.

Saiba mais sobre o evento e participantes confirmados - https://avancabrasil.vpeventos.com/pagina/2-sobre


O evento será transmitido via Internet pelas redes sociais do Avança Brasil.



Trapo Velho

Do Jurista Antônio José Dias Paiva, presidente do Nacional Club:

“Diante do descalabro vigente, qualquer desculpa dos comandantes militares, para não intervir, é rota como trapo velho!!!”.

Operária para Presidente

A operária sapateira Vera Lúcia será apresentada como a pré-candidata do PSTU à Presidência da República, ao lado de Hertz Dias, professor e ativista do Movimento Hip Hop Militante ‘Quilombo Brasil’.

O evento acontece sábado, dia 21, às 19h, na Quadra da Camisa Verde e Branco, na Barra Funda, em São Paulo.

No evento intitulado “Um Chamado à Rebelião: o Brasil Precisa de uma Revolução Socialista”, o PSTU apresenta uma chapa operária, negra, nordestina e socialista“.

Após a apresentação das pré-candidaturas, a Editora Sundermann, que comemora aniversário de 15 anos, lança o livro “Teses Programáticas: o Brasil Precisa de uma Revolução Socialista”.

Pelo menos o PSTU não agride a gramática chamando sua pré-candidata de “Presidenta”...

Recadinho para Crazy Lula Hoffmann


Desembargador Laércio Laurelli:
Petelândia de cabeça para baixo

Cana para Lula – e para todos...


Prestigie nosso programa, uma tentativa de verdade com humor...















Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 21 de Abril de 2018.

Lepanto para Principiantes


“País Canalha é o que não paga precatórios”


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Na História da humanidade houve algumas batalhas cruciais.

Nas de Termópilas e de Salamina os gregos salvaram a civilização ocidental.

Em Lepanto foi salva a Cristandade.

Nela lutou Miguel de Cervantes, gênio espanhol da literatura.

A crueldade dos otomanos era tal que “descascavam “ toda a pele de seus prisioneiros mais importantes.

O suplício de Marco Antonio Bragadin foi terrível.

Recomendo o livro De G.K.Chesterton sobre a batalha (ISBN - 9781586170301) (em espanhol ISBN 84-8472-105-1)

Historiadores consideram a batalha de Stalingrado como a mais sangrenta da História.


Hoje as batalhas são travadas dentro das cidades europeias, numa guerra de invasão (não declarada) com a conivência de governantes traidores e/ou covardes.
Não tenho bola de cristal mas penso que o primeiro país a deixar o euro será a Itália. O gênio de seu povo e o DNA dos antigos romanos um dia se farão sentir.

Nos versos de Petrarca com que Maquiavel encerrou “O Príncipe” lemos:


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Tiroteios Institucionais


“O Mártir da Independência, Tiradentes” (filme de 1977)

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Henrique Abrão e Laércio Laurelli

Enquanto os poderes da República batem cabeça e se desentendem com enorme desinteligencia, relembramos o herói Tiradentes que fora sacrificado pela luta incessante contra a coroa portuguesa que sugava mediante o quinto dos impostos. A desforra do parlamento está patente:
estão com frenesi fazendo leis as mais estapafúrdias com o espírito corporativo para proteção contra investigações e diminuição do poder fiscalizatório, o executivo adormecido e esperando as eleições de outubro e o judiciário sobrecarregado, com pouco orçamento e estilhaçado
pelas críticas que seguem sem cessar pelos apaniguados e pilhados em flagrante nas operações anticorrupção e para por fim ao chafurdamento que nos distancia do primeiro mundo.

A violência campeia todos os cantos e esparge seus efeitos para todas as cidades do Brasil. Não há mais agencias bancárias em cidades menores do interior, e sim correspondentes bancários. As quadrilhas agem impune e livremente, com explosivos e colocam temor e medo nas populações. A reviravolta precisa ser feita de forma constante e permanente,sem vacilos e muito energicamente. Não é possivel que a marginalidade possa nos entristecer e chega ao pico na velocidade que se encontra com balas perdidas, homicídios, roubos de carros e cargas.

O crime tomou conta do estado brasileiro e espargiu para as empresas e na formação de quadrilhas, do crime organizado e facções que tem setores especializados para roubo de cargas, fabricação de produtos falsificados, lavagem de dinheiro, receptação e tudo que se pode imaginar. Enquanto não for dado um basta e repusermos o estado à legalidade, continuaremos
a remar contra a maré.

Brasileiros patriotas se faziam no passado, contemporaneamente com a globalização e a o efeito midiático do mundo digital passamos a nossa individualização, mesquinhez e preocupação excessiva com o materialismo e excesso de consumo. O Brasil perdeu talvez a maior oportunidade e chance da história de ficar entre as maiores economias do planeta. E sem qualidade rumou para um governo descompromissado e com único interesse de permanecer num plano mergulhado na perpetuação do seu domínio e entrega de migalhas à população.

Temos mais do que 13 candidatos ao cargo de Presidente. Raros são aqueles preparados e minimamente conhecedores dos problemas da Nação. Não podemos dar asas a imaginação e perpetuar o tiroteio institucional,é tempo de dar um basta. Que a data de 21 de abril infunda em todos aqueles que se preparam para o futuro um sentimento patriótico, de lutar pelo bem comum e da coletividade. Que suavizemos a carga tributária, consigamos dar emprego para milhões de brasileiros e romper com o salto de voo de galinha.

É chegado o momento de uma transformação a qual começa na mentalidade de cada um que almeja apagar a violência, destruir a corrupção e desenhar o Brasil do futuro sem qualquer colapso ou sentimento de esquerda ou de direita, mas sim centralizado num só propósito de reverter a maléfica situação que nos consterna e nos deixa desolado pelo flagelo da incipiente democracia, desunião da sociedade e mapeado por uma mídia que sem autonomia e independência somente nos acarreta isolamento e conflitos sem avanços ou projetos para uma
remodelação completa do País

Carlos Henrique Abrão (ativa) e Laércio Laurelli (aposentado) são Desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo.

Ao Exército, com orgulho!


Batalha dos Guararapes (filme de 1978)

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Sérgio Pinto Monteiro

No dia 15 de fevereiro de 1630 o nordeste brasileiro começava a viver o pesadelo da invasão dos holandeses da Companhia das Índias Ocidentais. Após 15 anos de um bravo enfrentamento, lutando contra forças superiores, em 23 de maio de 1645 dezoito líderes da Insurreição Pernambucana assinaram um termo onde se destaca o uso, pela primeira vez no Brasil, da palavra pátria, no seu sentido atual. No documento, verdadeiro Compromisso Imortal, há, também, providências que hoje seriam consideradas como mobilização de Reservas:

“Nós abaixo assinados nos conjuramos e prometemos em serviço da liberdade, não faltar a todo o tempo que for necessário, com toda ajuda de fazendas e de pessoas, contra qualquer inimigo, em restauração da nossa pátria; para o que nos obrigamos a manter todo o segredo que nisto convém...”.

Estava criado, segundo o mestre Capistrano de Abreu, o sentimento da existência nacional brasileira, que iria se fortalecer ao longo dos próximos dois séculos até a Independência, em 1822.  

Paralelamente, surgia, consolidado, o Exército de Patriotas, formado pela fusão das três etnias - branca, negra e índia - com suas miscigenações. Nascia o Exército Brasileiro, democracia multirracial, sem discriminações nem preconceitos, sem cotas, numa pluralidade étnica e social unida pela alma de combatente do nosso soldado.

Em 18 de abril de 1648, uma força holandesa com 7.400 homens marchou no sentido Barreta-Guararapes, tendo como objetivo final apoderar-se do cabo de Santo Agostinho. O exército patriota, de 2.200 homens, deslocou-se para interceptar o invasor. O sargento-mor Antônio Dias Cardoso, como o “soldado mais prático e experiente” sugeriu que o melhor campo de batalha seria o Boqueirão dos Guararapes.

Na manhã de 19 de abril, primeiro domingo após a páscoa (pascoela), dia de Nossa Senhora dos Prazeres, Dias Cardoso, no comando de 200 homens, investiu contra a vanguarda inimiga para, em seguida, retrair em direção ao interior do Boqueirão onde o restante do nosso exército estava escondido, pronto para a batalha.

Ao comando de “ás de espadas” os patriotas se lançaram sobre o inimigo. O terço (regimento) de Pernambuco, comandado por João Fernandes Vieira, auxiliado por Dias Cardoso, rompeu o inimigo nos alagados; os índios de Felipe Camarão assaltaram a ala direita dos holandeses; o terço dos negros de Henrique Dias atacou a ala esquerda, ficando as tropas de Vidal de Negreiros em reserva. Os batavos contra-atacaram com suas reservas de 1.200 homens, enquadrando o terço de Henrique Dias.

Os patriotas, habilmente, lançaram a reserva de Vidal de Negreiros no momento adequado. Foram 4 horas de confronto, entre alagados e morros. Ao final, o exército holandês, derrotado, retirou-se com pesadas perdas - 1.038 combatentes, entre mortos e feridos.

Menos de um ano depois, em 19 de fevereiro de 1649, patriotas e holandeses enfrentaram-se na segunda e derradeira Batalha dos Guararapes. Novamente derrotados, os batavos fugiram para Recife, ainda sob o seu controle, deixando para trás 927 mortos, 89 feridos e 428 prisioneiros, contra 45 patriotas mortos e 245 aprisionados. 

A 14 de janeiro de 1654, o exército patriota atacou o último reduto holandês em Recife. Após 10 dias de combates, a cidade foi reconquistada. No dia 26 de janeiro, na Campina da Taborda, os holandeses assinaram a rendição e retiraram todas as suas forças no Brasil.

Decreto do Presidente da República, de 24 de março de 1994, instituiu o Dia do Exército Brasileiro em 19 de abril, data da primeira Batalha dos Guararapes (1648), quando se uniram, no nascedouro, os conceitos de Pátria e de Exército. 

Decorridos 370 anos do sacrifício daqueles bravos que, ao expulsar o invasor holandês, deram origem ao Exército Brasileiro - instituição detentora dos maiores índices de confiabilidade do nosso povo - paira sobre a data um injustificável silêncio. São tempos estranhos, em que as comemorações ficam restritas, praticamente, ao meio militar. A quase totalidade da mídia ignora o acontecimento e os meios educacionais e culturais se omitem, contaminados pela nefasta doutrina do “politicamente correto”. 

A história do Exército Brasileiro se confunde com a da Pátria. Os Soldados de Caxias, povo brasileiro em armas, participaram, intensa e decisivamente, dos acontecimentos mais relevantes de nossa jornada como nação. O Exército atual é a mesma Pátria em armas do passado. O soldado de hoje em nada difere dos militares de ontem, eis que seus princípios, valores e atributos são imutáveis.

O espírito do Pacificador gera tolerância, paciência, grandeza, compreensão e capacidade de perdoar. Mas, também, firmeza, decisão, energia, coragem, retidão de propósitos, nobreza de ideais, culto à verdade e um inquestionável amor ao Brasil.

Ainda hoje, quando vivenciamos um cenário onde maus brasileiros promovem a degradação dos princípios e valores que forjaram a nacionalidade, os herdeiros de Caxias, Tamandaré e Eduardo Gomes são a grande reserva moral e ética que levam milhões de brasileiros às ruas e redes sociais, clamando por seu vigoroso braço forte e fraterna mão amiga.

Os soldados brasileiros, de terra, mar e ar, são exemplos de cidadãos e a nação neles reafirma a sua irrefutável confiança. Para muitos, são eles a última esperança de resgatar o nosso país das quadrilhas encarapitadas nos poderes da república. A nação sabe que pode confiar nos seus militares.

SOLDADO DO BRASIL! ... PRESENTE!

Sérgio Pinto Monteiro é professor, historiador, oficial da reserva do Exército, membro da Academia de História Militar Terrestre do Brasil, da Academia Brasileira de Defesa, do Instituto Histórico de Petrópolis, presidente do Conselho Deliberativo da Associação Nacional dos Veteranos da FEB, fundador e ex-presidente do Conselho Nacional de Oficiais da Reserva do Exército - CNOR. O artigo não representa, necessariamente, o pensamento das entidades mencionadas.

sexta-feira, 20 de abril de 2018

O desespero além do PT - Partido dos Trancafiados


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Paulo Maluf ganhou sua Home Prision por decisão de Ofício do ministro Edson Fachin, depois de longuíssimo debate no juridiquês do Supremo Tribunal Federal. José Dias Toffoli também negou o retorno à prisão do velho companheiro José Dirceu, mesmo admitindo que o Supremo á resolveu que a pena pode começar a ser cumprida após esgotados os recursos em turma colegiada em segunda instância. Já o TRF-4 ratificou a condenação de Dirceu, ampliando a pena para 30 anos, nove meses e 10 dias de cadeia. Os reles mortais indagam: Dirceu vai preso de novo ou não vai?

Resposta provável: vai, sim. Por enquanto, Dirceu está em Home Prision. Porém, a decisão final ainda dependerá da segunda turma do STF – aquela na qual só o ministro Luiz Edson Fachin costuma mandar prender. Tirando o relator da Lava Jato no STF, os demais ministros costumam soltar os réus com mais facilidade. Deve ser porque Ricardo Lewandowski, José Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Celso de Mello são julgadores com espírito libertário, principalmente se o tal do “paciente” for poderoso... Será esta mesma turma quem avaliará se Geddel Vieira Lima, o homem de R$ 51 milhões malocados num apê de Salvador, vai se tornar réu ou não...

Bacana é saber que a sede da Polícia Federal na República de Curitiba pode se transformar em um centro de abrigo para a cúpula de ideólogos decadentes do Partido dos Trabalhadores. Lula e Palocci já estão lá. Logo chega Dirceu. Os três só não podem ficar na mesma cela, porque andam com a amizade estremecida... Gleisi Hoffmann tem feito de tudo de errado para acabar denunciada, condenada e aprisionada. Mesma postura equivocada do Lindbergh Farias –outro sério candidato a se juntar aos comandantes do Partido dos Trancafiados.

O Partido dos Trancafiados segue prisioneiro de suas convicções erradas e criminosas. Já sabe que vai encolher na próxima eleição, nos parlamentos e governos estaduais. No entanto, tende a crescer, mesmo que lentamente, no sistema penitenciário. Eis o retrato patético da politicagem brasileira. Pior que isto é a previsão de baixa renovação parlamentar,junto com a expectativa de que os mesmos grupos, com pequenas variações dos personagens, continuem infestando os governos estaduais.

Assim caminha o Brasil para urna eletrônica que também funciona como urna funerária de um regime Capimunista que não morre, enquanto o regime do Crime Institucionalizado se reinventa. A insatisfação da maioria da população é gigantesca e crescente. Acontece que o poder de reação continua insuficiente. Parece que ainda se espera que algo pior aconteça para que seja tomada a providência efetiva que mude as coisas e as estruturas corrompidas e corruptoras. O Brasil segue focando nas conseqüências – e não nas causas do problema. Quando deixaremos de ser uma mansão que só tem o telhado, paredes de mentira e alicerces frágeis?

A roubalheira, a violência e a confiança na impunidade seguem mais vivas que nunca. A estrutura do Mecanismo segue inalterada, apesar de ataques isolados que vem sofrendo. O mais grave, no entanto, é a cultura criminosa que se expande na sociedade brasileira. Há muito tempo, ser bandido não é fruto da falta de opção econômica de sobrevivência, mas sim uma excelente oportunidade de negócios, tanto na esfera pública quanto na privada.

O cenário é esquisito. O Crime segue hegemônico. As instituições apenas fingem que funcionam normalmente. Já foram rompidas e corrompidas pela ação do Mecanismo. Se a reação das pessoas de bem não for mais intensa e persistente, rompendo com a cultura criminosa, o Brasil vai se consolidar como um grande presídio a céu aberto. Se não promovermos uma Intervenção Institucional, reinventando o País e criando uma Nação de verdade, estamos perdidos.

Não podemos permitir o triunfo da vontade dos Partidos dos Trambiqueiros que, mesmo trancafiados, seguem comandando os mecanismos criminosos para cumprir a missão de manter o Brasil no atraso, como mera colônia de exploração pelos controladores do mundo globalitário.

Quinto e Esquinto

Recado rápido e direto do livre pensador Carlos Henrique Abrão, Desembargador do TJ-SP e articulista deste Alerta Total:

“A senadora Gleisi Hoffmman, ao pedir apoio dos países árabes a Lula envergonha o mandato parlamentar, invade a soberania do Brasil e desrespeita aquilo decidido em várias instâncias pelo Poder Judiciário. Dia 21 comemoramos Tiradentes - herói de verdade que brigou contra o quinto, imposto pago à coroa portuguesa. Atualmente, devemos corar de vergonha e mandar para o esquinto todos aqueles que pregam a anarquia e se rebelam contra a ordem e progresso na Bandeira nacional”.  

Cana para Lula está rendendo...


Prestigie nosso programa, uma tentativa de verdade com humor...






Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 20 de Abril de 2018.

Troca de Carimbo


“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Até pouco tempo atrás, toda vez que alguém falava de coisas que os implantadores da Nova Ordem Mundial querem esconder, recebia o “carimbo” : Ah ! Isso é Teoria da Conspirarão.

As redes sociais desmascararam o avanço gramscista e trouxeram provas irrefutáveis da ação deletéria dos globalistas.

Não era Teoria da Conspiração e sim Guerra de Quinta Geração.

Tomados por pânico, os agentes do mal tiveram que inventar às pressas um novo “carimbo”: “Ah! Isso são Fake News.

Esqueceram que os smartphones permitem filmar e gravar.

Quando um polititico é escrachado num avião ou na rua , as imagens entram instantaneamente na nova mídia eletrônica.

Mais vale uma imagem que mil palavras.

Depredações e outros abusos cometidos por terroristas disfarçados de “movimentos sociais” ficam documentados, tornando quase impossível às “otoridades” fingir que não os viram e continuar em sua prevaricação de rigor seletivo.

Quando o Brasil voltará a ser conduzido por pessoas honradas ?

Que Deus ilumine nossos generais; que ponham cobro em toda espécie de traição e felonia.

Estamos na undécima hora.

Caxias nunca faltou à Pátria !

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Enigma Barbosa



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Roberto Gotaç

No mínimo enigmática essa pré-candidatura à presidência, do Senhor Joaquim Barbosa. 

Presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) durante o tumultuado processo do mensalão, envolveu-se, durante várias sessões daquela ação penal, em polêmicas com seus pares, tornando-se até uma figura admirada pela aparente combatividade – que algumas vezes beirou o descontrole – demonstrada ao se apresentar como um valoroso paladino do combate à corrupção do PT, podendo sua conduta ser considerada fundamental no tamanho das penas imputadas a alguns dos responsáveis pelos ilícitos cujas magnitudes, á época, surpreenderam a população. 

Dono de uma carreira de barricada, durante a qual foi obrigado a transpor sérios obstáculos em virtude de sua origem humilde, passou a ser apontado como exemplo de conquista alcançada pelo estudo e esforço próprios. 

Por razões que até hoje permanecem imersas em mistério, no entanto, incluindo a hipótese de ameaças decorrentes de sua atuação na Corte, cujas origens nunca foram devidamente elucidadas, aposentou-se repentinamente do serviço publico, criando na sociedade uma sensação de perplexa orfandade. 

Passou então a curtir uma reclusão salpicada, ao longo do tempo, por manifestações rápidas e esporádicas de posicionamentos políticos até certo ponto surpreendentes e contraditórios. 

Sem nunca ter exercido cargo eletivo, apresenta-se agora como postulante à presidência da República – um “outsider”, segundo ele e seus partidários insinuam – e até já lampeja semáforos ao mercado financeiro. 

Realmente um enigma.

Paulo Roberto Gotaç-  Capitão de mar e guerra reformado.  

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Recado do General Mourão aos algozes de Bolsonaro



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

O Dia do Exército, celebrado neste 19 de abril, bem que poderia e deveria ser comemorado, especialmente, em uma das áreas mais violentas do Rio de Janeiro sob intervenção federal das Forças Armadas na ineficiente área de Segurança Pública. O poderio organizado do narcocomércio desafia os militares e desmoraliza, ainda mais, as forças policiais cariocas. O comando intervencionista tem o dever legal, moral e operacional de tomar uma providência cirúrgica e enérgica contra a ousadia da facção criminosa. A bola está com o General Braga Neto...   

Por volta das 21h 30min de domingo passado (15), dublês de narcotraficantes e ladrões de carga entraram no Terminal de Cargas do Aeroporto Tom Jobim e roubaram uma carga gigantesca e milionária de telefones celulares de última geração – com aparelhos que nem chegaram ao mercado e que custam de R$ 4 mil a R$ 12 mil.  Rastreadores indicam que o material foi levado para a favela Nova Holanda. Por ironia, a carga afanada continua guardada em uma rua atrás de um Batalhão da Polícia Militar. Surrealmente, a PM alega que não pode fazer nada... Culpa a “falta de equipamento” para não poder entrar na zona da bandidagem.

Os R$ 3,4 milhões em aparelhos roubados já estão sendo anunciados à venda em perfis do Facebook na Baixada Fluminense e no Complexo de favelas da Maré. Agentes da Delegacia de Roubos e Furtos de Carga juram que estão monitorando a negociação ilegal dos Sansung S9... Se forem identificados, os vendedores podem acabar indiciados por crime de receptação. Bandidos oferecem os aparelhos por R$ 3 mil, sem nota fiscal... O smartphone é apontado como o melhor do mundo... A bandidagem carioca também disputa tal título...

Mudando de assunto, para falar de soldados de coragem, General Antônio Hamilton Mourão, indiretamente, mandou um recado, em um minuto, aos membros do “Mecanismo” do Crime Institucionalizado que afetam e infestam os podres poderes no Brasil. Recém-transferido para a reserva do Exército, o Oficial de quatro estrelas aproveitou uma palestra para comentar a manobra que tenta tirar o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) da corrida (maluca) presidencial. Mourão se dirigiu a Bolsonaro:

“Te prepara para um jogo duro e difícil. Vão tentar de todas as forma te tirar do jogo eleitoral. Esta é uma realidade. Não tenham dúvidas disso aí. Os processos a que o deputado está respondendo (no Supremo Tribunal Federal) são processos que se esgotam neles mesmos. A questão da Maria do Rosário, a questão de quilombolas e indígenas... Vamos lembrar uma coisa: a imunidade parlamentar é exatamente por uma questão de opinião. A imunidade parlamentar não é para deixar imune o cara que roubou. Mas é para o parlamentar chegar em qualquer foro e expressar a opinião dele, quer o foro goste ou não. Este é o instituto da imunidade parlamentar. O que se está fazendo com Bolsonaro é, obviamente, um linchamento por meio desse segmento que pretende alijá-lo da disputa”.

A perguntinha básica que se faz nos meios políticos e jurídicos é: Será que o Supremo Tribunal Federal terá a coragem de colaborar na armação, via tapetão, para impedir a candidatura Bolsonaro? A resposta é sempre imprevisível. O relator de uma das broncas contra Bolsonaro é o Ministro Marco Aurélio... O STF anda tão surpreendente que José Dias Toffoli foi sorteado para relatar o pedido para evitar a prisão de José Dirceu de Oliveira e Silva. Seria nada demais, não fosse o detalhe que, antes de ser indicado pelo petismo ao cargo no STF, Toffoli foi assessor direto e subordinado  a Dirceu. A Velhinha de Taubaté acredita piamente que isso não influenciará no julgamento do Toffoli...


Os brasileiros honestos estão pt da vida com a presidenta do PT, depois do vídeo que ela veiculou na TV Al Jazeera em favor do “onesto” $talinácio. Gleisi Hoffmann já foi denunciada por atentar contra a Lei de Segurança Nacional. Aliás, a Lei 7170 de 1983 continua em vigor. No Artigo 8º do Título II está escrito: “Entrar em entendimento ou negociação com governo ou grupo estrangeiro, ou seus agentes, para provocar guerra ou atos de hostilidade contra o Brasil. Pena: reclusão de 3 a 15 anos. Parágrafo único: Ocorrendo a guerra ou sendo desencadeados os atos de hostilidade, a pena aumenta para o dobro”.


Lula das Arábias é dose para cachaceiro profissional... Por isso, os sacanas da Internet produziram, imediatamente, um fake-vídeo com um apresentador de uma TV árabe supostamente noticiando a ousadia terrorista midiática da mulher que tenta roubar de Lula o papel de líder máximo da seita petelândia. Gleisi se tornou, mais ainda, motivo de gozação nas redes sociais. Mas será que o nosso tão zeloso Ministério Público Federal vai incomodar a (em)senadora que preside o Partido dos Traidores? Ou vão achar que Gleisi apenas tem o direito de manifestar a opinião dela, sem ser incomodada judicialmente?

Gleisi é tão inteligente que se dirigiu ao mundo árabe sem usar burca... Deste jeitinho, daqui a pouco, vai ter “brimo” querendo cortar as mãos do $talinácio... A amante do listão da Odebrecht deu mole para Ali-Babá...

A “Gleisizeera” só não vai dar merda porque aqui é o Brasil da impunidade ampla, geral e irrestrita... Arrumamalaê, que a petelândia seguirá tocando o terror, e também matando a gente de tanto rir...

No mais, Viva o Dia do Exército! Viva o Dia do Brasil!

General Eleitoral

Melhor que ter um grande Cabo Eleitoral é contar com a força de um grande General Eleitoral...

Confiram o recado do General Mourão, candidato a Presidente do Clube Militar, revelando seu voto na eleição presidencial de 2018:

“Estou com o Deputado Bolsonaro e espero, sinceramente, que ele seja eleito Presidente do Brasil”.


Fonte: https://youtu.be/Coj07q53jLo

Três Neurônios


Prestigie nosso programa, uma tentativa de verdade com humor...












Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 19 de Abril de 2018.