quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

Juízes querem Lula condenado, inelegível e solto


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A maior e melhor novidade da eleição presidencial de 2018: Luiz Inácio Lula da Silva não será candidato. Ficará impedido pelas condenações e confirmações de condenações a ele impostas em casos de corrupção. A decisão já foi tomada em um fórum informal de magistrados. Unidos, eles decidiram pela condenação. Também resolveram que, ao menos por enquanto, nada de prisão – para que Lula não acabe posando de falsa vítima.

Em encontros informais, magistrados fecharam posições sobre o caso Lula. Eles entenderam que existem razoes para condenar e prender, sim, o líder petista. No entanto, a maioria deles não quer conflitos, baderna, perda do controle institucional. Os juízes não querem dar motivos parra vagabundos, que não têm nada a perder, tentarem botar fogo no Pais. Eles avaliam que uma eventual prisão de Lula traria melhores conseqüências para o clima de insegurança no eixo RJ-SP. O temor valeria para os demais estados. 

Essa corrente que optou por vetar a candidatura de Lula, sem prisão de imediato, venceu e optou pelo desgaste da imagem do personagem, que é o que vem sendo feito. Processos, inquéritos, depoimentos fazem parte do jogo estratégico. Portanto, o grand-finale do dia 24 de janeiro será o prego no caixão da não candidatura, o que vai deixar a petelândia, literalmente, pt da vida. Prisão? Só depois de ter sido condenado nos vários processosa que responde. Aí sim, na avaliação dos magistrados, a maioria do “povo” reconhecerá que a situação dele não tem jeito mesmo.

Derrotados saíram os magistrados que queriam a prisão de Lula, mesmo sob risco de uma convulsão social, o que poderia justificar uma Intervenção Institucional liderada por membros também insatisfeitos das Forças Armadas. Lula perderá o “direito” (que não tem) a ser candidato novamente. Em troca, ao menos no primeiro momento, não vai para a cadeia pelos crimes que o Ministério Público Federal lhe imputa. Alguns grandes empresários – com alguns bilhões em patrimônio – participaram desses encontros com juízes.

Todos que fecharam tal acordo fizeram um outro pacto: não revelar que tais reuniões ocorreram, e nem insinuar, mesmo em caráter reservado, o nome de quem participou delas. Aliás, qualquer menção ao evento, deve receber aquele velho carimbo de “teoria da conspiração”. Aos petistas, só resta chorar sobre a corrupção deslavada. O Projeto de Poder do PT foi para o inferno. Lula será justiçado politicamente. É o preço que pagará por ter desafiado o sistema – que ajudou, muito, a aparelhar, mas agora prova do próprio veneno que o nazismo petralha produziu.

Enfim, o feitiço de Lula se voltou contra ele mesmo. O companheiro $talinácio é o nosso malévolo às avessas. Suicidou-se politicamente, porém prefere seguir posando de cadáver politicamente insepulto, como se fosse um coitadinho perseguido. Lula só é vítima se for vítima dele mesmo. Agora, se Lula insistir em radicalizar, seu prejuízo tende a ficar ainda mais alto e mais caro.

Por enquanto, a ordem na Petelândia é pela “resistência e mobilização”. No dia 17, às vésperas do julgamento do recurso no TRF-4, Lula participará de uma conferência sobre seu caso. Os advogados Cristiano Zanin, Valeska Teixeira e Geoffrey Robertson – que representa o petista na ONU – participarão de um ato em São Paulo.

Até que ponto Lula ainda pretende radicalizar contra o Judiciário e o Ministério Público Federal? Só ele e seus advogados estelares sabem...

Geraldo Temerário

Michel Temer confirmou ontem que irá ao Foro de Davos, entre os dias 22 e 25 de janeiro, para o tradicional beija-mão aos controladores do globalitarismo.

O Presidente acha conveniente estar fora do País no dia 24, data em que está marcado o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pelo Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4).

Michel Temer dá uma linda entrevista ao Estadão, na qual indica que seu presidenciável predileto é o tucano Geraldo Alckmin, pois prefere que Henrique Meirelles continue reinando no Ministério da Fazenda e que Rodrigo Maia se reeleja Presidente da Câmara dos Deputados...

Luciano Fora

Não é à toa que “pressões” levaram o apresentador Luciano Huck a repetir:

“Não sou candidato a nada”...

Huck afirmou ontem que apenas quer ser  “uma voz potente apoiando fortemente a tão necessária e esperada renovação política no Brasil”.

Vivíssimo


Michel Temer garante que está muito bem de saúde:

“Passei por três cirurgias, tive infecção no fim do ano e nem pude passar quatro dias na praia, como gostaria, mas estou ótimo. Embora toda hora alguém queira me matar. Uns por vontade mesmo, outros por desinformação”.

Ou seja: Temer está apenas depauperado como Presidente recordista de impopularidade, e não se fala mais nisso, já que é um dogma falar sobre o real estado de saúde dos poderosos no Brasil...

Releia a primeira edição de ontem: Incerteza e volatilidade ou eleição sem riscos?





Releia o artigo de João Guilherme C. Ribeiro: 

Xenofobia de maçons brasileiros é ridícula e absurda


Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 11 de Janeiro de 2018.

27 comentários:

Anônimo disse...

BLOG CHUMBO GROSSO
quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

ATIBAIA EM "ESTADO DE SÍTIO"

SÉRGIO MORO DEVE CONDENAR LULA EM MAIS DOIS PROCESSOS NAS PRÓXIMAS SEMANAS.EIS AS PROVAS CONTRA LULA: O julgamento do TRF-4 é apenas o primeiro petardo contra Lula. Nas próximas semanas, o juiz Sergio Moro deve CONDENÁ-LO MAIS DUAS VEZES: pelo prédio do Instituto Lula, comprado com propina da Odebrecht, e pelo sítio de Atibaia, reformado com propina da Odebrecht, da OAS e de José Carlos Bumlai. Além disso, o acordo da Lava Jato com Antonio Palocci pode ser assinado. “Essa sequência de derrotas, no entender de aliados e adversários, mina o discurso de que não há provas contra o petista”, diz o Estadão.
Postado por Altamir Pinheiro às 1/10/2018 05:36:00 PM

Anônimo disse...

Ministério de Temer vira um negócio de família
por Edson Sardinha | 10/01/2018 18:46
CATEGORIA(s): Manchetes, Notícias, Outros destaques
http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/ministerio-de-temer-vira-um-negocio-de-familia/
PTB
Ministério de pai para filha: Roberto Jefferson e Cristiane Brasil são exemplos de influência familiar no governo Temer
Após encontro com o presidente Michel Temer, no último dia 3, o ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) deixou o Palácio do Planalto para anunciar a nomeação da filha, a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), como nova ministra do Trabalho. Orgulhoso com a novidade, o pai chorou diante dos jornalistas. “É um resgate”, justificou, em alusão ao período em que cumpriu pena de prisão no mensalão. A combinação política e família está longe de ser exceção no ministério de Temer. Pelo contrário, é condição predominante: dos 41 ministros nomeados pelo peemedebista desde maio de 2016, ao menos 21 têm ou tiveram parentes políticos.
Os dados são de levantamento do Congresso em Foco com base em pesquisa do Núcleo de Estudos Paranaenses da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Na lista há filho de ex-presidente da República, caso de Sarney Filho (Meio Ambiente), e de senadores, como Fernando Coelho Filho (Minas e Energia) e Helder Barbalho (Integração Nacional), marido de vice-governadora, Ricardo Barros (Saúde), e representantes de novas e antigas oligarquias regionais, como Marx Beltrão (Turismo) e Torquato Jardim (Justiça), respectivamente.
<< Veja a relação dos ministros e seus respectivos parentes políticos
“A política brasileira contemporânea é conduzida por unidades familiares. A unidade operacional da política brasileira são as famílias. É uma relação política de caráter familiar. Não passa às vezes por partidos, associações e de grupos de interesse”, explica o professor de Ciências Sociais da UFPR Ricardo Costa de Oliveira, um dos autores do estudo. “A nomeação da Cristiane confirma que política no Brasil é um negócio de família”, acrescenta.continua...

Anônimo disse...


http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/ministerio-de-temer-vira-um-negocio-de-familia/continua II
Outros poderes
A prática detectada no Executivo também se reproduz no Judiciário e no Legislativo, como revelou a Revista Congresso em Foco. Pelo menos 319 deputados (62%) e 59 senadores (73%) têm vínculos de sangue com outros políticos. Entre eles, a própria Cristiane, deputada cuja indicação ao ministério está sub judice por causa de suas encrencas na Justiça trabalhista. No Judiciário, juízes e desembargadores costumam passar suas togas para os filhos, também magistrados, advogados ou procuradores.
<< A incrível bancada dos parentes na Câmara
<< A incrível bancada dos parentes no Senado
Se os laços sanguíneos com o presidente do PTB foram determinantes para a nomeação de Cristiane, há casos em que o sobrenome ficou em segundo plano. Conhecido como “rei da soja” na década de 90, Blairo Maggi (Agricultura), por exemplo, repassou esse título ao primo Erai Maggi, que integra o Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social e já foi pré-candidato a senador. Os primos fazem parte de uma das famílias mais ricas do país, com forte atuação no agronegócio. Roberto Freire, ex-ministro da Cultura, também pode alegar que teve pouca influência familiar. Foi casado com a filha de um ex-senador.
Filho de um ex-interventor de Goiás, sobrinho de um ex-governador do estado, Henrique Meirelles (PSD), um dos ícones do capitalismo nacional, é primo do ex-deputado Aldo Rebelo, comunista histórico e ex-presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE). Titular da Justiça, Torquato Jardim é neto, bisneto e trineto de ex-presidentes da então Província de Goiás, além de primo do senador Ronaldo Caiado (DEM-GO).
Entre os ministros com parentes na política, sete são do PMDB, três do PSDB e dois PP. DEM, Podemos, PPS, PR, PSB, PSD, PTB e PV, com um nome cada, completam a lista, que ainda tem Torquato Jardim sem partido.continua....

Anônimo disse...


http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/ministerio-de-temer-vira-um-negocio-de-familia/continua III e termina
Na conta não estão incluídos nomes que vêm de forte tradição familiar em outras áreas. O general Sérgio Etchegoyen (Gabinete de Segurança Institucional), por exemplo, é filho do também general de Brigada Leo Guedes Etchegoyen. Pai de Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia), Pedro Salomão José Kassab foi presidente da Associação Médica Brasileira (AMB) por seis mandatos e da Associação Mundial de Saúde.
Familismo
O professor Ricardo Costa de Oliveira diz ao Congresso em Foco que o “familismo” gera impacto no dia a dia do brasileiro. “O impacto é um governo que trabalha para os interesses desses grupos familiares, elitizados, que têm uma visão de reprodução dos poderes sociais e políticos. Representa a manutenção do status-quo do Brasil tradicional. Daí vem o pacote concentração de renda, exclusão social, interesses privados… Esse é o retrato do governo Temer, uma gestão de interesses familiares. Cada ministério atua para beneficiar sua parentela. A tendência é só piorar. Se olharmos o corpo a corpo, cada ministro vai reforçar eleitoralmente as mesmas famílias nas eleições de 2018”, observa o professor, uma das principais referências no estudo da influência das famílias nos três poderes no Brasil.
Autores do estudo “Prosopografia familiar na Operação Lava Jato e do Ministério Temer”, Ricardo Costa e os também professores José Marciano Monteiro (UFCG), Mônica Helena Harrich Silva Goulart (UTFPR) e Ana Crhistina Vanali (UFPR) veem na política brasileira um padrão.
“A mesma centralidade na hereditariedade, reprodução de capitais sociais familiares, escolarização de elite, trajetórias dentro da elite estatal, relações familiares e políticas decisivas para as carreiras da grande maioria dos atores pesquisados em suas biografias, cargos e itinerários ideológicos tradicionais, preferencialmente à direita política e conservadores”, avaliam.
“Ministros de Temer não são membros da ‘classe média’, ou apenas técnicos e gestores, quase todos são membros, ou casaram, com importantes famílias políticas presentes ao longo da história nos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Todos os nomes aqui listados pertencem ao 1% mais rico, quando não ao 0,1% mais rico e sempre revelam a característica ‘familiar’ do sistema judicial e do governo no Brasil, presentes em todas as suas regiões”, ressaltam os pesquisadores.

Anônimo disse...

@diariodopoder
7:46
11 de Janeiro de 2018
Justiça trabalhista tem R$197 milhões para moradia
Justiça mais cara do Brasil, mais dispendiosa que toda a justiça norte-americana, a Justiça do Trabalho terá em 2018 o total astronômico recorde de R$197,7 milhões para gastar apenas em “auxílio-moradia”, ainda que os magistrados beneficiados tenham casa própria na cidade onde atuam. Tanto dinheiro para bancar esse privilégio único no mundo consta da Lei Orçamentária aprovada no Congresso e já sancionada.

Diplomacia gasta menos
O Ministério das Relações Exteriores gasta bem menos em auxílio-moradia dos seus funcionários lotados em 225 postos mundo afora.

Salário médio alto
A Justiça do Trabalho custou R$17 bilhões em 2016, dos quais R$15,9 bilhões (93,5%) bancaram apenas os salários dos 56 mil servidores.

Contas elevadas
O “auxílio-moradia” dos procuradores custará R$124,1 milhões e a mesma conta, no meio militar, alcança R$115,9 milhões.

Casta de privilegiados
A maioria pobre do País paga o “auxílio-moradia” do mesmo grupo de servidores federais cujos privilégios a reforma da Previdência combate.

Anônimo disse...

Diario do poder
O Ministério do Planejamento suspendeu a portaria 555/14, assinada no governo Dilma, pela qual o governo passou a comprar passagens diretamente às companhias, sem licitação e sem redução de preços. A medida, de 2014, foi adotada após lobby das empresas aéreas. Como no modelito “Petrolão”, as regras de contratação foram discutidas antes com as empresas a serem contratadas. E ninguém foi preso.

Os presidentes das principais empresas (Avianca, Azul, Gol, TAM) se reuniram no Ministério do Planejamento para acertar as benesses.

Além da portaria 555, Dilma editou a medida provisória 651/2014, que concedeu benefício fiscal de 7,05% às companhia aéreas.

Com a MP 651, de Dilma, as companhia aéreas ganharam o “direito” de serem dispensadas da retenção de vários tributos na fonte.

Uma comissão da Câmara aprovou um projeto curioso, esta semana: comerciante com loja em aeroporto não pode cobrar o que quiser. Se virar lei, o projeto obrigaria a “regulação de preços” pelo aeroporto.


O partido Novo tem procurado adeptos nas praias alagoanas. Arma barraquinha e distribui balões cor de laranja entre banhistas. E explica que não será aceita a filiação de políticos em atividade. A conferir

Anônimo disse...


Diario do poder iii
Boa bengala
Não fosse a “PEC da Bengala”, que em 2015 ampliou de 70 para 75 anos a idade-limite para aposentadoria no Supremo Tribunal Federal, o ministro Ricardo Lewandowski teria que pendurar a toga em maio. E Celso de Mello e Marco Aurélio já seriam aposentados há dois anos.

Ação para a plateia
Danilo Cabral (PSB-PE) foi à Justiça para barrar a MP 814, da privatização da Eletrobrás, alegando a fantasia de que os preços da energia vão aumentar. Estatal, subiu mais de 67% nos últimos meses.

Faça o que digo
A Justiça do Trabalho anulou 66 demissões na Universidade Metodista de São Paulo, que sofre com inchaço, custos siderais e a perda de receita de 3 mil ex-alunos. A Justiça do Trabalho, a mais cara do País, não indicou fonte de dinheiro para a Universidade pagar suas contas.

Desimportância
O autointitulado “manifesto” no Change.org pela participação de Lula na eleição tem menos assinaturas que o abaixo-assinado para banir atletas violentos do campeonato de basquete universitário nos EUA.

Alô novos partidos
Acaba no dia 7 de abril próximo o prazo para a obtenção junto à Justiça Eleitoral do registro dos estatutos dos novos partidos políticos que pretendem entrar na disputa das eleições 2018.

Sem definição
Precisam ser realizadas entre 20 de julho e 5 de agosto as convenções partidárias que vão definir os candidatos à eleição de outubro próximo, ou seja, de seis a oito semanas antes da eleição.

Contagem regressiva
Hoje a data é cabalística: faltam 13 dias para o julgamento de Lula.

Anônimo disse...

Blog ALUIZIO AMORIM
quinta-feira, janeiro 11, 2018

POR QUE JAIR MESSIAS BOLSONARO ATORMENTA FERNANDO HENRIQUE CARDOSO E SEUS SEQUAZES?

A corrida para a eleição presidencial deste ano de 2018 não tem nada a ver com todas as outras que os brasileiros já vivenciaram. Um conjunto de eventos originados pela Operação Lava Jato revelaram de forma inconteste que a totalidade dos partidos políticos foi para o vinagre e com eles suas principais lideranças. Não sobrou sequer um nome de todos os políticos que em passado recente tinham viabilidade eleitoral.

Tanto é que o establishment continua lutando tenazmente para viabilizar um nome palatável ao eleitorado. Por enquanto não conseguiu emplacar ninguém porque todos estão de uma forma ou de outra chafurdando no pântano da corrupção, da roubalheira, da mentira e da mistificação. Algo assim: o rei ficou nu.

E é essa situação complicada, para não dizer dramática, que arrasta todo o establishment para o mesmo lugar. E não poderia ser diferente. PT, PSDB e MDB são rigorosamente a mesma coisa. São eles que vinham dando as cartas enquanto encenavam dissidências, oposição, impeachment. Mas depois do vendaval da Lava jato o eleitorado mais atilado pôde constatar que são verso e anverso da mesma medalha socialista. Os demais partidos nanicos por sua vez são mais do mesmo. Dedicam-se às sobras do banquete dos abutres no qual o Fernando Henrique Cardoso senta na cabeceira.

Essa história levou alguns anos para ser exposta de forma nua e crua ao eleitorado brasileiro. Ninguém precisou revelar nada. Os fatos se impuseram ainda que a grande mídia até hoje tente escamoteá-los. Só não percebem os néscios ou os supostos espertalhões que fingem não enxergar o óbvio justamente tendo em mira serem convivas do conclave dos abutres. A coisa está tão ruim que esses falsários rasgaram a fantasia e na atualidade se agarram aos 30%, se tanto, dos votos de Lula, ou seja, a velha cota dos comunistas e socialistas de iPhone.CONTINUA...

Anônimo disse...


Blog ALUIZIO AMORIM CONTINUA II E TERMINA
O EFEITO BOLSONAROSobrou apenas Jair Messias Bolsonaro, o outsider que pela primeira vez na história do Brasil chancela boa parte da agenda conservadora. É o único político brasileiro com densidade eleitoral excepcional que não participa do banquete de abutres.

Tanto é que também é o único político brasileiro que é capaz de assinar um vídeo como este que ilustra esta postagem fazendo uma advertência dramática sobre a ameaça da venezuelização do Brasil. Algo que Fernando Henrique Cardoso jamais permitiria que seus áulicos fizessem. Até porque um de seus acólitos mais dedicados é o Aloísio Nunes Ferreira, conhecido como "chofer do Marighella", o terrorista que o governo militar despachou para o inferno. Hoje Aloísio Nunes Ferreira é Ministro das Relações Exteriores e autor da Lei da Migração que os capachos de Fernando Henrique Cardoso aprovaram no Congresso Nacional. Essa lei escancara as fronteiras do Brasil à imigração, inclusive contemplando os tarados islâmicos.

Por isso, nenhum dos comandados de FHC levanta um dedo contra o golpe comunista na Venezuela, como jamais censuraram o agora finado psicopata assassino Fidel Castro que passou o cetro para o seu irmão Raúl antes de ir para o inferno.

O único político brasileiro com viabilidade eleitoral presidencial que mete o dedo na ferida é Jair Bolsonaro. Além de assinar a produção do vídeo acima Bolsonaro fez a postagem em sua página no Facebook, que nesta quarta-feira registrou 5 milhões de seguidores.

Se o FHC e sua gentalha continuam tratando a Venezuela e o ditador assassino Nicolas Maduro com reverência chamando-o de "Presidente", e ao mesmo tempo têm ódio mortal de Bolsonaro, não resta menor dúvida de que não hesitarão em transformar o Brasil num arremedo da Venezuela para se manterem no poder.

Portanto, não é surpresa nenhuma a performance de Jair Messias Bolsonaro. Ou o Fernando Henrique Cardoso e seus sequazes acham que todos os brasileiros são imbecis?
Postado por Aluizio Amorim às 1/11/2018 02:56:00 AM

Anônimo disse...

BLOG DO ORLANDO TAMBOSI
Liberal e anti-ideológico, combatendo o lulopetismo desde 2005.
quarta-feira, 10 de janeiro de 2018
Trump fala grosso com os tiranos. Resultado: um mundo mais seguro.
Trump acabou com a política bunda mole de Obama (e dos democratas), confrontando os ditadores. Menos seguro o mundo não se tornou, ora pois. Artigo de Ricardo Bordin, publicado pelo Instituto Liberal:
Donald Trump, desde que assumiu a Casa Branca, causou inúmeros conflitos militares entre nações e jogou a humanidade em um inferno nuclear com suas declarações bombásticas e infantis dirigidas a líderes governamentais: este seria o mundo em que estaríamos vivendo se a expectativa (e os anseios) do estamento midiático tivessem ido ao encontro da realidade — coisa que raramente ocorre, aliás.
“Trump está prestes a desencadear a 3º guerra mundial!”: eis o alarme padrão dos ativistas de esquerda travestidos de jornalistas toda vez que o presidente americano, por meio de discursos e ações, afronta regimes totalitários desrespeitadores das mais básicas liberdades individuais de seus cidadãos.
Trump criticou com acrimônia os ditadores socialistas de Venezuela e Cuba e adotou medidas administrativas visando desmantelar sua dominação?
Quer desestabilizar a paz na América Latina, o “fascista” (que reduz impostos, regulações e nem quer ouvir falar em restringir compra e posse de armas; curioso, no mínimo)!
Trump está apoiando os protestos do povo iraniano contra a teocracia islâmica que mais presta apoio a terroristas internacionais e oprime sua população desde 1979, e ainda decide não renovar a certificação do ultra-camarada acordo firmado por Obama — o qual punha em risco toda a civilização ocidental, Israel em especial? VONTINUA...

Anônimo disse...


BLOG DO ORLANDO TAMBOSI CONTINUA II
Quer riscar um fósforo no barril de pólvora do Oriente Médio, o satanás encarnado!
Trump autorizou o bombardeio de uma base militar síria logo após imagens chocantes de crianças morrendo asfixiadas por gás sarin correrem o mundo?
Ora, este maluco está pondo a América em rota de colisão com outra potência nuclear (Rússia, que apoiava Bashar al-Assad contra os revolucionários), alguém o detenha urgentemente! (Sem alardear, de preferência, que o ataque constituiu um gesto puramente simbólico contra a atrocidade, já que os Estados Unidos mudaram a estratégia até então adotada por Barack Hussein e cessaram o apoio às forças rebeldes que convulsionavam o país, permitindo que a coalização entre curdos e forças internacionais libertasse inúmeras cidades outrora tomadas e fazendo com que o ISIS perdesse praticamente todo o território que havia conquistado na região).
Enfim, são muitos os casos em que virtualmente toda a imprensa deu de barbada que o homem que bebe água de maneira infantil e usa spray fixador de cabelo que afeta a camada de ozônio (sério, isto foi pauta jornalistica em 2017) estava pondo nossas vidas em risco ao falar grosso e agir com pulso firme contra tiranos mundo afora, para então depois, após o decurso de alguns meses, silenciar por completo sobre o assunto — sim, pois admitir que a postura adotada pelo “homem laranja” era a mais correta é ato impensável para estes supostos analistas que torcem para ver o circo pegar fogo nas mãos de Trump.
Mas o mais recente deles é, com certeza, também o mais emblemático. Em discurso proferido na sede da ONU ano passado, Trump ameaçou varrer a Coréia do Norte do mapa caso Kim Jong Un não parasse de ameaçar Japão, Coréia do Sul e USA com seus mísseis nucleares — os quais, aliás, só existem porque Bill Clinton, em 1994, afrouxou a fiscalização no país comunista por meio de um acordo absurdo, atitude criticada por Trump já em 1999.
A reação da mídia? O mesmo procedimento padrão: “que horror, corram para os abrigos subterrâneos e bunkers, façam estoque de comida e água, por que não votaram na hillary, tão progressista?”. CONTINUA...

Anônimo disse...


BLOG DO ORLANDO TAMBOSI CONTINUA III
Kim Jong Un não cedeu facilmente à pressão de Trump, e desafiou o presidente americano para uma guerra de bravatas pelas redes sociais, além de seguir com seus testes militares provocativos — até o dia em que navios chineses foram flagrados levando petróleo para a Coréia do norte. Trump deu um puxão de orelha em público no pessoal do PCC, com quem recém havia assinado um acordo comercial bilateral multibilionário.
Com a expectativa de que a China passaria, então, a cumprir as sanções impostas pelo resto do mundo, a escassez se avizinhava da Coréia do norte (já que o comunismo não permite que outra coisa além de fome e escravidão sejam produzidas). Como blefe final, Kim ameaça a América dizendo que o botão para ativar seu ataque nuclear está sempre em sua mesa, ao que Trump responde dizendo que seu botão é maior e funciona.
Correu um frio na espinha de cada correspondente internacional de notícias: onde se viu agir assim, de forma tão irresponsável? Jorge Pontual foi tomar um banho de sais pra se acalmar na mesma hora.
Mas eis que, apenas algumas horas depois deste último episódio insólito, Kim Jong Un restabelece um canal de comunicação com a Coréia do Sul que havia sido desconectado desde 2015. Ele ainda entra em contato com Seul para negociar as condições para que a equipe esportiva do Norte participe dos jogos olímpicos de inverno em PyeongChang, no Sul. Já ocorreram até mesmo reuniões entre os representantes das delegações.
Por fim, o presidente da Coréia do Sul declara que Trump possui “muito crédito” pela reaproximação entre os vizinhos da península da Coréia. Não é a primeira vez que os Estados Unidos limpam a barra dos sul-coreanos, a propósito (confira vídeo aqui).
Agora, claro, a mídia irá fazer um mea culpa por ter apavorado seus consumidores de conteúdo uma vez mais (o que costuma render muitos cliques, dinheiro e fama), e admitir que julgou os atos de Trump erroneamente, pela enésima oportunidade, pedindo-lhe desculpas. Já estou até sintonizando na CNN aqui. Já vai começar… CONTINUA...

Anônimo disse...


BLOG DO ORLANDO TAMBOSI CONTINUA IV E TERMINA

É de espantar que, no ano que completamos oito décadas desde que o vergonhoso Acordo de Munique foi firmado por Chamberlain, esperando boa vontade de Hitler e Mussolini, o que custou muito caro para a civilização ocidental, a quase totalidade da imprensa ainda não entenda que palavras e ações duras contra tiranos são essenciais para justamente prevenir que se chegue às vias de fato. Ditadores sabem quando estão diante de governantes sem vigor, incapazes de lhes deixar claro que atitudes hostis não ficarão sem resposta.
Trump dizia a seus eleitores, durante a campanha em 2016, que estava na hora de parar de gastar dinheiro dos pagadores de impostos com guerras além-mar. E o seu jeito de lidar com tiranos conduz o mundo exatamente nesta direção: quando a maior potência militar do mundo mostra que está de olho, a chance de que alguém se arrisque a bancar o engraçadinho reduz-se drasticamente.
A frase de seu secretário de Defesa, General Mattis “mad dog”, durante entrevista coletiva esta semana, diz mundo sobre esse estratagema que deixa os Democratas arrancando os cabelos: perguntado sobre qual sua maior preocupação em 2018, ele respondeu: “Como você sabe, eu não tenho preocupações; eu as crio (para os outros)”.
Quem sabe ele não dá um curso para nosso Ministro de Relações Exteriores Aloysio “motorista do Marighella” Nunes. Ele bem que anda precisando…
Postado por Orlando Tambosi às 20:52
PS – O QUE ELE PRECISA MESMO E DE UM POUCO DE SIMANCOL. ESTE PAIS E UMA PIADA PORQUE E O UNICO PAIS NO MUNDO EM QUE O MEQUETREFE DE UFANA DAS MERDAS QUE CRIOU. ETA PAIS DE MERDA DE GENTE SEM MERITOS, SEM VERGONHA E PRINCIPALMENTE SEM UM MINIMO DE OBSERVOMETRO PARA SENTIR QUE NAO CRIARAM NADA E NAO FIZERAM NADA. SO ISTO E MAIS DO QUE PROVA DA CRIMINALIDADE DELES SEM FALAR EM TODAS AS MEDIDAS PROVISORIAS E TODAS AS CONTRATAÇOES NEBULOSAS QUE FORAM FEITA SEM COMPROVAÇAO DE QUE FIZERAM LICITAÇOES E PESSOAS CONCORRERAM PARA PRESTAR SERVIÇOS. ETA PAIS CRETINO DE GENTE CRETINA. CINQUENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA QUE SO DIZEM AMEM AMEM A TUDO. QUEM MANDA NA FAVELA SAO OS CRETINOS DE 64. SERA QUE PRECISA QUE DESENHE?

Anônimo disse...

rvchudo
quarta-feira, 10 de janeiro de 2018
Chefe de quadrilha não pode presidir o Brasil!
Augusto Heleno Ribeiro Pereira*
Essa tem sido minha briga. Os brasileiros com vergonha na cara, não podem aceitar que o chefe da quadrilha, que arruinou o país, seja candidato ao mais alto cargo da República, se valendo de chicanas jurídicas. Isso é um deboche, um murro na nossa cara.
Os idiotas da objetividade dizem que não há provas. Há sim, inúmeras. Basta que os magistrados de todos os níveis se tomem de um sentimento nacional e julguem, sem protelações e embargos, o que já lhes foi relatado sobre Lula e asseclas, por vários dos quadrilheiros mais notórios. Agilizem os processos e coloquem essa máfia onde já devia estar: atrás das grades. Danem-se os prazos e os embargos. Basta que a imprensa, tão ciosa (quando lhe convém), no ataque à honra alheia, dispa-se das vestes ideológicas e assuma o papel preponderante que lhe cabe, como formadora de opinião, no extermínio dessa gangue. A mídia televisiva, precisa mostrar, exaustivamente, cara e feitos dos corruptos, independentemente de partidos políticos, cor, raça, opção sexual, condição financeira.
Vão esperar que tenham 80 anos?
Por que as delações não poupam o Molusco?
Traição coletiva ao amado chefe?
Não seria mais inteligente poupá-lo e investir no carisma de bandido que, segundo seus adoradores, vai reconduzi-lo à Presidência da Republica?
A família, os filhos, os verdadeiros amigos lhes cobram um mínimo de dignidade, que reduza, senão as penas, pelo menos o inferno em que mergulham ao fazerem um exame de consciência.
Não está em jogo esquerda, centro ou direita, estatismo ou liberalismo, presidencialismo ou parlamentarismo. Trata-se da sobrevivência do Brasil, que anunciado há muito tempo como o País do porvir, transformou-se em uma multidão angustiada, face ao triste futuro que se desenha no horizonte, se essa corja se mantiver no poder.
* General de Exército da reserva
montedo
Postado por Ricardo Oscar vilete Chudo às 14:55

JESUS disse...

JUIZES VAGABUNDOS E COVARDES, O POVO ESTA DE SACO CHEIO!!!!!!! NESTA MERDA DE PAÍS , SÓ É PUNIDO PÉ DE CHINELO!!!!! COVARDES DE MERDA!!!!!

Anônimo disse...

LOROTAS POLÍTICAS & VERDADES EFÊMERAS
quinta-feira, 11 de janeiro de 2018
JEFFERSON INSISTE E DIZ QUE MANTERÁ A INDICAÇÃO DE CRISTIANE BRASIL PARA O MINISTÉRIO
Jefferson usará todos os recursos para a nomeação
O presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, disse nesta quinta-feira, dia 11, que o partido manterá a indicação da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o Ministério do Trabalho. Na noite de quarta-feira, dia 10, o Tribunal Regional Federal (TFR) da 2ª Região manteve a decisão da primeira instância que suspendeu a posse da parlamentar, desgastando ainda mais a imagem do governo.
Os recursos eram a última alternativa do presidente para tentar empossar a parlamentar sem passar pela terceira instância, que deu sinais ao Palácio do Planalto de que está disposta a manter a suspensão caso seja acionada. A deputada foi condenada a pagar R$ 60 mil a um de seus motoristas e fez acordo com outro profissional, pagando R$ 14 mil para evitar uma condenação.
PRECAUÇÃO – Nesta quinta-feira, Temer e Jefferson devem discutir o assunto. Na noite da quarta-feira, o presidente se reuniu com auxiliares e assessores, no Palácio do Jaburu, para analisar o quadro jurídico. “Está decidido que vamos recorrer”, disse o ministro da Carlos Marun (Secretaria de Governo), após o encontro. O Palácio do Planalto, contudo, ainda avalia as possibilidades jurídicas para evitar uma nova derrota, desta vez no Supremo Tribunal Federal (STF) ou no Superior Tribunal de Justiça(STJ).
Em viagem a São Paulo para exames médicos, nesta quinta-feira, o presidente irá abordar o tema com o advogado criminalista Antonio Claudio Mariz de Oliveira, um dos seus principais conselheiros jurídicos. Em conversas reservadas, o presidente tem ressaltando que a decisão final cabe ao PTB. O objetivo é mostrar à sigla que ele tenta esgotar todas as instâncias, indo até o fim nos esforços para garantir a nomeação.
A avaliação é de que qualquer sinal de desistência ou falta de empenho do governo para a posse da deputada federal teria potencial de abrir uma guerra com o PTB, que se estenderia às demais siglas da base aliada.
BASE ALIADA – Para o Palácio do Planalto, a sustentação do governo no Congresso Nacional e o apoio dos partidos à agenda de reformas pode desmoronar se o presidente não mantiver o acordo de nomear os ministros escolhidos pelos dirigentes das legendas governistas. CONTINUA....

Anônimo disse...


LOROTAS POLÍTICAS & VERDADES EFÊMERAS CONTINUA II E ANONIMO DIZ....
A insegurança sobre uma derrota no Supremo ocorreu após o presidente ter recebido sinais de que há uma tendência de que a ministra Cármen Lúcia mantenha a decisão de suspensão da posse. O Palácio do Planalto enviou um emissário na noite de terça-feira, dia 9, para consultar auxiliares dela sobre a chance de sucesso de um recurso ao tribunal. Segundo a Folha apurou, a equipe da ministra indicou que ela poderia barrar a cerimônia ou remeter o caso ao Plenário.
Como o STF está em recesso até 1º de fevereiro, o impasse sobre a posse se estenderia e agravaria o desgaste do governo com o episódio. Para a equipe do presidente, a relação de Temer com Cármen se deteriorou com o episódio em que a ministra suspendeu parte do indulto natalino concedido pelo governo, no fim do ano passado.
###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG – Para o núcleo do Governo, a vergonha e o constrangimento com a situação de Cristiane Brasil ainda são menores do que um possível confronto com o PTB, sobretudo com o presidente da legenda, Roberto Jefferson, poderia trazer. Torciam, inicialmente, que diante da situação, Cristiane recuasse da nomeação para evitar um desgaste, maior ainda, da sua imagem. Que nada ! Temer entregou nas mãos do destino, ou melhor, do STF, e deixará que a novela se estenda um pouco mais. Acha que é melhor ter Jefferson como aliado do que adversário. (M.C.)
11 de janeiro de 2018
Gustavo Uribe
Folha
ANONIMO DIZ....
A CRETINICE, A SEM VERGONHICE, A CANALHICE DESSES PARTIDOS POLITICOS CHEGOU AO LIMIAR DA TOLERANCIA DE TODOS OS CIDADAOS QUE TRABALHAM, PAGAM SEUS IMPOSTOS E OS SALARIOS DESSES VAGABUNDOS CHEIOS DE PRIVILEGIOS. CONTINUA...

Anônimo disse...



LOROTAS POLÍTICAS & VERDADES EFÊMERAS CONTINUA III E ANONIMO DIZ....

VAMOS DAR NOMES AOS BOIS. NOMES REAIS SEM SOFISMAS E EMBROMAÇOES. ISTO NAO E MAIS COLABORAÇAO DE PARTIDOS COM A PRESIDENCIA DA REPUBLICA. E UMA VERDADEIRA FEIRA A CEU ESCANCARADO DE ABERTO DE APOIOS AS DECISOES MAIS ESDRUXULAS QUE UMA PESSOA QUE TEM CONSCIENCIA E RESPEITO POR SIM MESMA, PELO SEU PARTIDO E PELO SEU PROPRIO CURRICULUM.
ESTE SAFARDANAS PARA COLOCAR A FILHA EM MELHOR COLOCAÇAO NAO SE IMPORTA DE FAZER UM PAPEL MAIS DO QUE VERGONHOSO DE PASSAR POR CIMA DE INSTITUIÇOES, DE JUSTIÇA, DE RELIGIAO, DE FAMILIA E DE RESPEITO PROPRIO PARA CONCRETIZAR UMA AVENTURA DE MAU CARATISMO A CEU ABERTO.
ESTE AVENTUREIRO DE PROGRAMAS DE TELEVISAO ENTROU PARA A POLITICA PARA DEFECAR EM TUDO QUE E LEI BRASILEIRA E NAO TEM O DIREITO DE DIZER QUE DESCONHECE SEU PAPEL, NAO TEM O DIREITO QUE DIZER QUE NAO SABIA DE NADA. A VERGONHEIRA AGORA E ESCANCARADA. E COMO VEMOS NOSSO PAIS ESTA EM ESTADO TERMINAL. A CAFONALIA VERMELHA SEM ESCRUPULOS, USA E ABUSA DOS DIREITOS HUMANOS, USA E ABUSA DAS LEIS, LEIS ESTAS QUE FORAM OS PRIMEIROS A VANDALIZAR E DEFECAR EM CIMA.
ESTA CRIATURAS TEM QUE SER BANIDAS DO TERRITORIO NACIONAL SE E QUE AINDA TEMOS FIBRA E CORAGEM PARA FAZER ESTA MODIFICAÇAO TOTAL EM LEIS FEITAS AS ESCONDIDAS NO ESCONDIDINHO DO CINEMA E INIMPUTABILIDADES DE MERDA QUE NAO TIRAM DAS MAOS DOS AVILTADORES DE LEIS DE ACORDO COM SUAS CONVENIENCIAS E DE ACORDO COM SEUS INTERESSES PESSOAIS.CONTINUA...

Anônimo disse...


LOROTAS POLÍTICAS & VERDADES EFÊMERAS CONTINUA IV E ANONIMO DIZ...
VOLTO A DIZER O QUE TEMOS AI E CRIME DE GUERRA E PARA CRIME DE GUERRA SO IÇQUEM ENTENTE DESTA CRIMINALIDADE NAO PODEM SER JULGADOS PELOS CRIMES PELOS COMPARSAS. GENERAL HELENO EM CIMA DA PUTADA DE OUTRA FORMA JAMAIS SAIREMOS DO VALAO EM QUE ESSES VAGABUNDOS DEMENTES COLOCARAM A NAÇAO. SAO TAO IDIOTAS E TAO SEM NEURONIOS QUE ESTAO MATANDO JUSTO QUEM PAGA AS CONTAS COM TANTE PROMISCUIDADE E COM TANTA LEIS PARA DEFENDER ELES MESMOS COMO SE NAO ESTIVESSEM SEMPRE CORRENDO ATRAZ DAS LEIS QUE FORAM OS PRIMEIROS A PROMISCUIR. VAMOS CONTINUAR COM O MESMO LEPROSARIO DE SEMPRE QUE E GARANTIR A INEFICIENCIA E A PROMISCUIDADE DO COMUNISMO DE COALISAO. TEM SEMPRE UM PARTIDINHO MEIA BOCA PARA ENTRAR NA JUSTIÇA E PEDIR ISTO E AQUILO. A GUERRA CADA VEZ SE TORNA MAIOR COM TANDO PARTIDINHO MEIA BOCA SEQUELA DOS MAJORENGOS.
TEMOS QUE ACABAR COM CINQUENTA PARTIDINHOS MEIA BOCA, SO TRES, DIREITA ESQUERDA E CENTRO, ACABAR COM TRINTA MINISTRECOS DE MERDA QUE NAO FAZEM NADA, NAO ADMINSTRAM NADA, NAO VERIFICAM NADA E SO FAZEM CARREGAR OS DINHEIROS DE SEUS MINISTERIOS PARA OS PARTIDINHOS MEIA BOCA.
TEMOS QUE ACABAR COM PARTIDOS ENFIADOS DENTRO DO CONGRESSO E DENTRO DO SENADO. TEM MUITO PARTIDO ENFIADO LA DENTRO SE METENDO EM TODO E MUDANDO TUDO.
TEMOS QUE ACABAR COM ESTA JUSTIÇA DO ANDAR DE CIMA QUE TEM INTERESSES DENTRO DOS PARTIDOS QUE OS COLOCARAM COM OS RABOS SENTADOS LA.
ESSA GENTALHA NAO PODE MODIFICAR MAIS NADA, NAO PODE FAZER MAIS LEIS E TEMOS QUE ACABAR COM TUDO QUE E MORDOMIA ESCROTA DE GENTE ESCROTA.CONTINUA...

Anônimo disse...


LOROTAS POLÍTICAS & VERDADES EFÊMERAS CONTINUA V E ANONIMO DIZ....E TERMINA...
O PAIS ESTA A DERIVA TEM MUITO GENERAL E POUCO SOLDADO. OS APOSENTADOS DE MAIS DE UM SALARIO MINIMO DESDE QUE NOVE DEDOS ENTROU SO RECEBERAM CINCO POR CENTO AO ANO DE AUMENTO E TEM QUE PAGAR IMPOSTO DE RENDA. ENQUANTO TEM MUITA GENTE INCLUSIVE DA MERDIA PORCA QUE ESTA PENDURADA NO ERARIO PARA DAR LOAS A ESSES FELA DA PUTA DO PODER.
ESTA NA HORA DE VEREM O SOL NASCER QUADRADO, POOR AQUI E AGORA FOI LEVE, PORQUE ELE PAGOU E ESTA VOLTANDO A DELINQUIR. COM MALANDRO VERMELHO SO O PAREDAO ELES NAO TEM NOÇAO E NEM ESCRUPULOS. OU TOMAMOS NOSSO PAIS DE VOLTA OU CONTINUAMOS COM ESTA PUNHETAÇAO MENTAL E IDIOTA DE QUEM NAO TEM O QUE FAZER E NEM DE PLANOS DE CRESCIMENTO PARA A NAÇAO. ESTA E A HORA DA VIRADA. ESTA NA HORA DE CHAMAR AS FALAS ESTES VAGABUNDOS VERMELHOS SEM NOÇAO E SEM NAÇAO.

Anônimo disse...

LOROTAS POLÍTICAS & VERDADES EFÊMERAS
quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

PRIVILÉGIO DO 'AUXILIO MORADIA' DA JUSTIÇA DO TRABALHO É RECORDE: R$ 197 MILHÕES
REGALIA MILIONÁRIA É DA JUSTIÇA DO TRABALHO, A MAIS CARA DO PAÍS

NESTE FABULOSO PALÁCIO ESPELHADO FUNCIONA O TST, SÍMBOLO DA JUSTIÇA MAIS CARA DO BRASIL E MAIS CARA QUE TODA A JUSTIÇA NORTE-AMERICANA.

Justiça mais cara do Brasil, mais dispendiosa que toda a justiça norte-americana, a Justiça do Trabalho terá em 2018 o total astronômico recorde de R$197,7 milhões para gastar apenas em “auxílio-moradia”, ainda que os magistrados beneficiados tenham casa própria na cidade onde atuam. Tanto dinheiro para bancar esse privilégio único no mundo consta da Lei Orçamentária aprovada no Congresso e já sancionada. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O Ministério das Relações Exteriores gasta bem menos em auxílio-moradia dos seus funcionários lotados em 225 postos mundo afora.

A Justiça do Trabalho custou R$17 bilhões em 2016, dos quais R$15,9 bilhões (93,5%) bancaram apenas os salários dos 56 mil servidores.

O “auxílio-moradia” dos procuradores custará R$124,1 milhões e a mesma conta, no meio militar, alcança R$115,9 milhões.

A maioria pobre do País paga o “auxílio-moradia” do mesmo grupo de servidores federais cujos privilégios a reforma da Previdência combate.

11 de janeiro de 2018
diário do poder

Anônimo disse...

LIBERTATUM
quinta-feira, 11 de janeiro de 2018
Do Lula.

Por Vanderli Camorim

Lula é um caso político muito sério e parte de como se está conduzindo este assunto, é fazer o jogo dele.

Lula é bandido de altíssima periculosidade, que não usa a caneta mas a lábia como metralhadora de alto poder destrutivo dos valores morais, éticos, e verdade como caverna para o seu disfarce, máscara, e esconderijo através da política.

Mas para entender Lula é preciso entender o marxismo. Ele sintetiza tudo o que prega o marxismo.

Josef Stalin tinha dito, criticando os partidos comunistas em sua época, que a orientação e ação política dos mesmos tinha um defeito grave, que era não ter na sua direção um trabalhador, um autêntico representante do proletariado revolucionário.

Os dirigentes, particularmente no Brasil, ficaram atônitos e se contorceram como puderam para se parecerem proletários. No vestir, falar, etc. O escritor Jorge Amado, comunista, faz uma referência a isto no livro "Subterrâneos da Liberdade".

Essa diretriz stalinista atravessou as décadas sem nunca ter saído do imaginário e práxis dos comunistas brasileiros. Eu mesmo presenciei isto refletido ainda na década de 60. Aí veio 64. E já quase no seu final, na década de 80, eis que surge o proleta iluminado e tal qual nas escrituras se faz anunciar o profeta salvador: Lula. Com a fundamental ajuda do General Goubery do Couto e Silva, o bruxo, eminência parda do regime, e a benção do clero marxista, nascia Lula, até então um mero agitador sindical. Surgiu do meio daquela bruma fabricada por diversos fatores confluentes, e como um santo foi carregado por todo canto no andor. Era quase uma unanimidade no meio acadêmico, e na intelectualidade e no meio artístico não havia quem não quisesse estar a seu lado. Sim, como deputado ele foi um fracasso, mas logo foi entendido que o parlamentarismo não era a sua função. CONTINUA...

Anônimo disse...


LIBERTATUM CONTINUA II...
Retornaram com ele para o andor e passou, como presidente do PT, a ser cultuado e paparicado como um grande lider, como alguns o viam e de certa forma era o legado dele nas jornadas grevistas e no papel aglutinador que teve nas lutas pelas "diretas já", e viajando pelo mudo todo recebendo as aulas de marxismo nos países satélites da Russia. Che Guevara foi igualmente uma produção do marketing soviético. Lula, por sua vez, recebeu o mesmo tratamento. E já a essas alturas, José Dirceu, agente cubano, dirigia Lula. Lula já havia perdido os ânimos depois das derrotas sucessivas nas campanhas para presidente da República. Foi então que Dirceu chamou-o para um canto e expôs a última cartada. Contrariando aquela orientação de Stalin de que dirigente de partido comunista tinha que literalmente parecer proletário, Dirceu removeu Lula de sua imagem de radical. O fez submeter-se a direção dos marqueteiros nas peças de comunicação, não sem antes fazê-lo deixar cuidar de barba e cabê-lo por profissionais caros e deixar-se vestir com grifes como Armani. A intenção era fazer passar uma imagem confiável, e esconder a de incendiário. Era o tudo ou nada. Dirceu tinha razão, e Lula saiu vitorioso.

Tudo agora sorria, mas havia uma dívida com Fidel Castro, o grande arquiteto. A revolução russa tinha a pretensão de ser o inicio da revolução proletária mundial. Vladimir Lênin compreendeu que não poderia ir mais além das muralhas do Kremlin e resolveu que a revolução deveria se consolidar primeiro na Rússia e só depois no resto do mundo. Através da Internacional Comunista passou a fazer intensa propaganda pela revolução e o Brasil não ficou fora de seus planos. Com o esfacelamento e desintegração da URSS, Cuba, mesmo tendo perdido todos os subsídios do império soviético, com a sociedade cubana indo ainda mais para o fundo do poço comunista, Fidel deu continuidade aos planos primordiais de Lênin, Stalin, e sucessores, para comunizar o Brasil. CONTINUA...

Anônimo disse...


LIBERTATUM CONTINUA III E TERMINA

E todo esse plano passou a dar certo com o surgimento do Lula, e sua ascensão rumo ao poder. Uma vez na presidência Lula respondeu com gratidão a Fidel e ao marxismo e as marcas nefastas estão aí para todo mundo ver. Fidel construiu a sua imagem como o Davi que enfrentou o Golias yankee... Lula foi construído como o operário da causa revolucionária, o líder iluminado que redimiria o proletariado...

A propaganda comunista é forte é ninguém deve duvidar do seu incessante ativismo doutrinário. Lula pode e deve ser destruído, mas só por quem for capaz de lutar contra ele com as armas do capitalismo. Quem quer que o enfrente com idéias que não passem de versões baratas do socialismo perderá. Lula é um nome e um agente perseguindo o triunfo total do marxismo. Amanhã, poderá ser outro. Pois o marxismo é a filosofia oficiosa do Brasil. Digo oficiosa porque ninguém ousa dizê-la oficial, embora seja ensinado nas escolas e bastante popular.

Não há um livro, um jornal, uma novela, etc, etc, que não sejam baseados em seus princípios. Podemos dizer que que o brasileiro respira e transpira marxismo que é por sua vez a praia do Lula ou de outro que o substitua. O marxismo é a doutrina do roubo, da perfídia e tudo o que de mais pernicioso e nefasto possa existir. No momento ninguém melhor que o Lula para expressá-la.

É preciso a população mudar de mentalidade.

Vanderli Camorim

e- mail: vanderlicamorim@ig.com.br

Anônimo disse...

Sabem de nada!!! Leiam esse excelente artigo do Dr. Jorge Béja:
Michel Temer só tem agora uma única saída: mandado de segurança no Supremo.
Aqui: http://tribunadainternet.com.br/michel-temer-so-tem-agora-uma-unica-saida-mandado-de-seguranca-no-supremo/

Anônimo disse...

Sabem de nada!!! Leiam esse excelente artigo do Dr. Jorge Béja:
Michel Temer só tem agora uma única saída: mandado de segurança no Supremo.
Aqui: http://tribunadainternet.com.br/michel-temer-so-tem-agora-uma-unica-saida-mandado-de-seguranca-no-supremo/

Anônimo disse...

Pelo que sinto e como vejo as coisas,o LULALÁ, voltará em 2019 com força total.Após os oito anos dele governando, aí sim, será preso.Será?