quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Manifesto Capitalista


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Antônio José Ribas Paiva

Os escombros do Muro de Berlim sepultaram o comunismo em todo o mundo.

A própria China passou para o capitalismo privado. 
     
Aqui, parece que as notícias não chegaram, os comunistas continuam a mentir e infernizar o Brasil desde o início do século passado. Tiranizam, roubam e massacram as pessoas aos milhões, com a desculpa de levá-las ao paraíso na Terra.
       
Agora chega! Temos que afastar essa ditadura comunista demoníaca da vida pública, que só produz miséria. Quem quiser ir para o inferno, que vá sozinho, deixe em paz a Nação Brasileira!
       
Para desinfetar as INSTITUIÇÕES, precisamos intervir no processo político, para afastar o crime dos Três Poderes, Criminalizar o comunismo, nomear um GOVERNO DE TRANSIÇÃO PARA A DEMOCRACIA, aprimorar e fortalecer os mecanismos institucionais, adequar a constituição, colocando o Estado a serviço da Nação e convocar eleições, com regras  seguras, que garantam a liberdade de escolha dos eleitores e impeçam a usurpação do crime.
       
Para salvar o Brasil, basta que as FORÇAS ARMADAS cumpram a sua DESTINAÇÃO CONSTITUCIONAL (Art 142) e, como mandatárias do povo, promovam, imediatamente, a INTERVENÇÃO INSTITUCIONAL!!!

Vamos varrer o satânico comunismo do nosso paraíso!

BRASIL! ACIMA DE TUDO!!!


Antônio José Ribas Paiva, Jurista, é Presidente do Nacional Club.

2 comentários:

Unknown disse...

Li alguns de seus artigos publicados aqui no ALERTATOTAL; concordo com a maioria dos pontos abordados, só não consigo entender um: a intervenção das Forças Armadas.
Não entendo por um simples motivo: não há uma liderança capaz de mobilizar os comandantes das Forças ou de unidades militares de grande porte, fundamental para o sucesso de tal ação"saneadora", em suas palavras.
A grande liderança, necessariamente unânime não somente nos altos escalões,inexiste no atua contexto da caserna. Existindo lideranças focais (como temporalmente surgem), essas não permanecem sólidas stempo suficiente para mobilizar totda a estrutura de combate necessária, de vez que o enfrentamento com as forças de oposição é certo (como também é certo o custo elevado em vidas de irmãos brasileiros).
Não pretendo ser leitor das mentes das autoridades militares de nosso sofrido, amado e rico País, mas se assim o pudesse fazer, veria que o derramamento de sangue de irmãos é o maior obstáculo para a ação "saneadora " de nossas Forças Armadas.
Se por um lado há sangue nas mãos dos roubadores dos dinheiros públicos (mortes por falta de atendimento hospitalar minimamente digno; falta de condições mínimas para o trabalho das Polícias), por outro, após longo período recuperando-se da imagem de torturadores de jovens idealistas-sonhadores (o que sabemos não ser verdade), as lideranças militares não hão de querer ver suas Instituições envolvidas em mais um período (por menor que seja) de desgaste que, no fundo é fruto das próprias escolhas populares.

jomabastos disse...

Ótimo texto!
Aqui no Brasil, na restante América Latina e em África, "parece que as notícias não chegaram, os comunistas continuam a mentir e infernizar o Brasil desde o início do século passado. Tiranizam, roubam e massacram as pessoas aos milhões, com a desculpa de levá-las ao paraíso na Terra."
O Foro de São paulo com seu comunismo pró-cubano, está a corroer profundamente a Cultura e a Educação do Brasil e de muitos países da América Latina. Há que dar um basta, desestruturar e findar imediatamente com o comunismo no Brasil.

Uma Intervenção Institucional é um objetivo prioritário para a construção de uma Nova Constituição liberal e democrática. Não há que reformar a atual Constituição, pois isso seria dissimular o erro de 1988, mas sim elaborar uma Nova Constituição Liberal e Anti-comunista.