segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

O Inimigo da Onça que calculava


“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira                  

MATEMÁTICA
MÁ TEMÁTICA
MATE MATICA
MATEM A TICA

Poucas letras, muita imaginação.

Alguém já definiu a matemática como sendo a música em algarismos.

Estudem, por exemplo, as vidas de:

Fermat

Ramanujan

Sobre o primeiro há dois livros de autores diferentes com o mesmo título:
“O último teorema de Fermat”: Simon Singh (ISBN 9788577994281)
e Amir D. Aczel (ISBN 9789726625681)

Sobre o segundo há um filme retratando sua vida:

“O homem que viu o infinito” (The Man Who Knew Infinity ) com Jeremy Irons et alt., direção de Matthew Brown.

Falar em eleições com urnas fraudáveis é má temática.

Mesmo na hora de beber um mate: o Matica, na terra em que o ruim pior ainda fica.

Acabar com o fim da classe politiTICA, urge, mesmo se dona Onça não ruge.

Antes que o país leve a breca, afastemos os “com baton na cueca”.

Traidores, ladrões e idiotas continuarão a nos contar lorotas?

Há que ter fé. Fé de mais ou fé de menos!

Que dizer de senos e cossenos, diante fatos obscenos?

Não importa o ângulo, o crime no poder eu não engulo!

Dona Onça, deixe de preguiça e faça a putada virar linguiça.

Se ela prevaricar, ficará vergonhoso contar...

Repetição infame?

“Faute de mieux le roi couche avec sa femme”.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

6 comentários:

Loumari disse...

A VERDADE SOBRE A COPA DO MUNDO - Todos deveriam assistir

https://www.youtube.com/watch?v=w3SPMb6jiUc


Em 04 de Dezembro de 2013 eu recebi via e-mail este vídeo onde o jornalista e comentarista brasileiro delata muito indignado e revoltadíssimo contra a corrupção no Brasil.

Naquele dia eu fiz o seguinte comentário:

O que está a se produzir no Brasil tem ares de um pesadelo. A gente se diz que, vamos despertar e ver que só era um mau sonho.
A primeira vez que visitei o Brasil no ano 2000, achei um país esplêndido. Gentes alegres, conviviais, tudo muito bem ordenado no social como na segurança, economicamente e socialmente igualava ao nível da Korea do Sul naquelas alturas. O que me permitiu fazer esta observação e comparar é porque eu já tinha visitado e vivido por um tempo na Korea do Sul. Eu adorei o que era o modo de vida e o equilíbrio social e económico destes dois países. E hoje, a Korea do Sul não cessou de progredir, e o Brasil não cessou de desmoronar-se. Em 2000 e em 2005 se passeava a vontade na cidade de São Paulo, mesmo nas noites. Se cruzava com os agentes da polícia em patrulha, estes te saudavam amavelmente. Um ambiente sereno. E voltei para São Paulo em 2009, e aí achei um câmbio surpreendente. Se palpava depressão por todas partes, nas boutiques, nos hotéis, nos concessionários de automóveis, e eu não entendia por quê? Havia a tal crise económica mundial sim, mas o Brasil não era um país dependente de produtos de importação? E o mais assombroso é que todos os produtos produzidos no Brasil, seguiam sendo bem cotados no mercado internacional. Agora, o que se passa aqui? Olha que achei um taxista, e me pus a conversar com ele. Este disse: senhora, este governo se constituiu uma elite composto de indivíduos poucos competentes profissionalmente, mas muito hábeis no que é servir seus próprios interesses. Na gestão da nação, são laxistas. Esta nação que é o Brasil não tem dirigentes, está livrado a si mesmo. Portanto continuamos a pagar impostos, mas da nossa contribuição social para a manutenção da sociedade, vai para o sustento dos da elite que se fizeram donos de tudo.
Há dias atrás li no jornal ALERTA TOTAL onde se fazia alusão a um suposto suporte a oposição, que a dita oligarquia financeira pensa em investir na oposição.
Isto fez-me sorrir. O próprio executivo presidencial já é golpeado por todas partes, então eles laçam nas médias uma informação para criar uma diversão. Desviar a atenção da gente para uma falsa perspectiva, de modo a que a gente focalizem a atenção na suposta esperança de que há possibilidade de uma alternativa. Entretanto, o executivo presidencial e os seus parceiros aproveitam pela ocasião para se apoderarem de todos os postos estratégicos.

Lançam uma diversão para ganharem tempo. Enquanto a gente está distraída e a tragarem rumores, eles estão de folga dos ataques violentos dos médias, e vão se apoderando mais dos postos estratégicos que sobram ao seu favor.
E os da oposição se tornaram cabritos que comem onde estão amarrados. Não agem, nem reagem. Se acomodam com a situação. De cá fora perguntem a qualquer pessoa quem é o chefe da oposição no Brasil? Ninguém tem ideia. Portanto todo mundo conhece o chefe da oposição em Venezuela. Por quê? Porque o Capriles, faz barulho, e muito barulho. E do Brasil é o silêncio técnico.
Alô! E.T. telephone maison. Silence radio!!!!!

Loumari disse...

HOJE Janeiro 08 de 2018 já passaram quatro longos anos e por acaso algo mudou na atitude do povo brasileiro trazendo alternância a situação que já se mostrava e previa já o caos em 2013? Por acaso o povo se insurgiu contra os seus altos do executivo? se levantou o povo e saiu protestar maciçamente contra o regime político e corrupto que vem enforcando a nação?
Em 2014 eu fiz uma tiragem de palavras que eu tinha intitulado: "A capitulação definitiva do Brasil como nação" onde eu resumia com maestria etapa por etapa o futuro destino do Brasil e o seu declínio.
Na lista a última palavra da lista era: ABULIA
>Abulia: Alteração anormal da vontade caracterizada pela indecisão e pela impotência da acção.

DEUS, O SANTO DE ISRAEL DIZ:

JEREMIAS 7:23 Mas isto lhes ordenei, dizendo: Dai ouvidos a minha voz, e EU serei o vosso Deus, e vós sereis o meu povo; e andai em todo o caminho que eu vos mandar, para que vos vá bem.
Mas não ouviram, nem inclinaram os seus ouvidos, mas andaram nos seus próprios conselhos, no propósito do seu coração malvado; andam para trás e não para diante.


2 CRÓNICAS 7:14 E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a terra.
Agora, estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos a oração deste lugar.
Porque, agora, escolhi e santifiquei esta casa, para que o meu nome esteja nela, perpetuamente: e nela estarão fixos os meus olhos e o meu coração, todos os dias.


OBS: O servo do Senhor Jesus Cristo, Papa Francisco foi para Korea do Sul e foi acolhido com muito amor e o povo Sul-coreano se humilhou diante de Deus e foi abençoada a nação.
O Papa Francisco viajou para Bolívia, com muito amor e humildade os bolivianos acolheram o servo de Jesus Cristo. Foi a nação abençoada.
Foi para Brasil em 2013 o Papa Francisco, e naquela nação se organizou contra manifestação onde em transe as pessoas pegavam na Cruz de Cristo e se a enfiava no ânus. E também usam da Cruz de Cristo como instrumento de diversão em suas paradas Gays e aquilo diverte aos brasileiros. E dizem que tais depravações não ofendem a Deus. Os pastores brasileiros pegam na imagem da Santíssima Virgem, e a dão pontapés. Em transe numa massa de gentes e dizem: É virgem essa? Feia assim? E foi aos poucos que os brasileiros extinguiram o Espírito Santo. Deus, o SANTO DE ISRAEL, retirou a sua mão de sobre aquela nação e lhes deixou com as suas depravações e prostituições.
E iguais que os brasileiros são os mexicanos. Esta nação de México se tornou a nação grandemente satânica. E o seu inimigo de predilecção é a Santíssima Virgem Mãe de Deus. E já nem suportam as celebrações do dia do Natal e dizem que é uma festa de tradição pagana. Quer dizer que Jesus Cristo nunca nasceu neste mundo? A Bíblia diz que: 1 JOÃO 4:3,5 E todo o espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus; mas este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há-de vir, e eis que já agora está no mundo.
Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo.
Do mundo são, por isso falam do mundo, e o mundo os ouve."

Os brasileiros e os mexicanos se tornaram piores que os islamistas. Comparado os islamistas com brasileiros e mexicanos, os islamistas são noviços.

Loumari disse...

PREDIÇÃO DO CATIVEIRO E DO LIVRAMENTO DE ISRAEL

JEREMIAS 16:9 Porque, assim diz o SENHOR DOS EXÉRCITOS, O DEUS DE ISRAEL: Eis que farei cessar, neste lugar, perante os vossos olhos e em vossos dias, a voz de gozo e a voz de alegria, a voz do esposo e a voz da esposa.
E será que, quando anunciares a este povo todas estas palavras, e eles te disserem: Por que pronuncia o Senhor sobre nós todo este grande mal? e qual é a nossa iniquidade, e qual é o nosso pecado, que pecámos contra o Senhor, nosso Deus?
Então lhes dirás: Porquanto vossos pais me deixaram, diz o Senhor, e se foram após deuses alheios, e os serviram, e se inclinaram diante deles, e a mim me deixaram, e a minha lei não guardaram,
E VÓS FIZESTES PIOR DO QUE VOSSOS PAIS; PORQUE, EIS QUE CADA UM DE VÓS ANDA APÓS O PROPÓSITO DO SEU MALVADO CORAÇÃO, PARA ME NÃO DAR OUVIDOS A MIM.
Portanto, lançar-vos-ei fora desta terra, para uma terra que não conhecestes, nem vós nem vossos pais; e ali servireis a deuses estranhos, de dia e de noite, porque NÃO USAREI DE MISERICÓRDIA CONVOSCO.
Portanto, eis que vêm dias, diz o Senhor, em que nunca mais ser dirá: Vive o Senhor, que fez subir os filhos de Israel da terra do Egipto;
Mas: Vive o Senhor, que fez subir os filhos de Israel da terra do norte, e de todas as terras para onde os tinha lançado, porque EU OS FAREI VOLTAR À SUA TERRA, QUE DEI A SEUS PAIS.
Eis que mandarei muitos pescadores, diz o Senhor, os quais os pescarão; depois, enviarei muitos caçadores, os quais os caçarão sobre todo o monte, e sobre todo o outeiro, e até nas fendas das rochas.
Porque os meus olhos estão sobre todos os seus caminhos; não se escondem perante a minha face, nem a sua maldade se encobre os meus olhos.
E, primeiramente, retribuirei em dobro a sua maldade e o seu pecado, porque PROFANARAM A MINHA TERRA COM OS CADÁVERES DAS SUAS COISAS DETESTÁVEIS, E DAS SUAS ABOMINAÇÕES ENCHERAM A MINHA HERANÇA.

Loumari disse...

A capitulação definitiva do Brasil como nação.

> Oleográfico (Petroleira)

> Desprezo (a opinião pública)

> Besta (seria o crápula de barba?)

> Burzigada (coisa como crosta de uma ferida)

> Amielencéfalo (Monstruosidade caracterizada)

> Compatível (povo que consente)

> Cegueira (inércia generalizada)

> Fuzilado

> Insurgentes

> Ingressar

> Gabão

> Celebrar

>Pé de porco (relação a china; comunismo ditatorial)

>Importação

>Cabeçada

>Retrospectivo

>Especializado

>Incubadora (povo reduzido a condição de gado)

>Mudança

>Defesa

>Analfabeto

>Guerra de interesse

>Dopar

>Altivez

>Anarquizar

>Abulia: Alteração anormal da vontade caracterizada pela indecisão e pela impotência da acção.

Loumari disse...

Todos Erramos

Apontamos quase sempre o dedo a quem erra... Condenamos os outros com enorme facilidade. Compreendemo-los pouco, perdoamo-los ainda menos. Mas, será que atirar pedras é o mais justo, eficaz e melhor?
Temos uma necessidade quase primária de julgar o comportamento alheio, de o analisar e avaliar ao mais ínfimo detalhe, sempre de um ponto de vista superior, como se o sentido da nossa existência, a nossa missão, passasse por sentenciar todos quantos cruzam a sua vida com a nossa... condenando-os... na firme convicção de que assim estamos a ajudar... a melhorar.
Comete erro em cima de erro quem se dedica a julgar os erros dos outros...
Julgamos de forma absoluta, na maior parte das vezes, generalizando um gesto ou dois, achando que cada pequena ação revela tudo quanto há a saber sobre determinada pessoa... mais, achamos que cada homem ou é bom ou é mau... como se não fossemos todos... de carne e osso... de luz e sombras.

Já a nós não nos julgamos nem nos deixamos julgar. Consideramos que, no caso específico da nossa vida, são tantos os factores que têm de se levar em conta (quase todos atenuantes) que se torna impossível qualquer tipo de veredicto... optando, assim, por uma espécie de arquivamento dos processos dada a complexidade das questões. Reconhecemo-nos incapazes de ponderar tudo... mas se em nós não conseguimos avaliar o erro, por que razão estamos tão à vontade quando se trata do dos outros?
É curioso, e uma prova da inteligência comum, que partindo da verdade universal de que todos erramos, nos sirva mais isso para nos desculparmos a nós mesmos do que aos outros... afinal, nós não somos superiores àqueles que passamos a vida a condenar. Por isso, devíamos ser capazes de os desculpar tanto quanto o fazemos a nós próprios. Mais, pode acontecer que alguém tropece, depois de nós, numa pedra que nós não atirámos para fora do caminho...
Quem erra, faz-se vagabundo. Vai contra a sua vontade mais profunda, afasta-se da verdade. Erramos de cada vez que nos deixamos levar pela tentação das paixões momentâneas, pelos juízos precipitados e levianos... sempre que nos deixamos seduzir pelas falsas e brilhantes luzes das aparências... ao errar afastamo-nos de nós mesmos, perdemo-nos... em vazios.
Acreditamos que as nossas sentenças revelam, através do nosso sempre muito afiado sentido de justiça, a superioridade moral de uma vida acima do comum... quando afinal tal consideração apenas nos afasta, ainda mais, da verdade de nós mesmos.
Numa vida acabada é sempre mais fácil dar sentido ao erro... Mas, no dia-a-dia desta nossa existência a fazer-se, quem comete o maior erro: o que não tenta para não errar ou o que erra tentando acertar?
Precisaremos sempre de quem nos anima a corrigirmo-nos, não de quem nos reprova e só sabe magoar...
Não somos seres perfeitos a quem o erro degrada, mas antes seres imperfeitos a quem o erro pode ensinar.
Errando, posso ter noção do que sou, de onde estou e do caminho que devo fazer.
Na desorientação geral do nosso tempo, há algo que se pode (e deve) fazer: ir ao encontro de quem falha e aceitá-lo como igual. Construindo um caminho conjunto, longe dos julgamentos... para mais perto da perfeição.
O mais justo, eficaz e melhor será mesmo compreender e perdoar, pois quem erra, engana-se. A si mesmo. E isso, na maior parte dos casos, já é pena suficiente.
Nunca faltará quem nos julgue... mas muito mais valioso será quem, com humildade, nos aceite... quem nos ame, apesar de tudo.

"José Luís Nunes Martins, in 'Amor, Silêncios e Tempestades'
Portugal n. 14 Mar 1971
Filósofo

Loumari disse...

Aquele pensa que sabe muito, mas não sabe de nada, e a sua ignorância é tanta que nem sequer está em condições de saber aquilo que lhe falta. (François Fénelon)


O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflecte.
(Aristóteles)


Nada mais assustador que a ignorância em acção.
(Johann Goethe)


A ignorância é a mãe de todos os males. (François Rabelais)


Ignorância e arrogância são duas irmãs inseparáveis, com um só corpo e alma.
(Giurdano Bruno)


Ignorar a própria ignorância é a doença do ignorante.
(Amos Alcott)


As verdadeiras conquistas, as únicas de que nunca nos arrependemos, são aquelas que fazemos contra a ignorância.
( Napoleão Bonaparte)


Ninguém é suficientemente pequeno ou pobre para ser ignorado. (Henry Miller)


A ignorância está sempre pronta a admirar-se a si própria. (Nicolas Boileau)


O primeiro sinal de ignorância é presumirmos que sabemos. (Baltasar Gracián y Morales)


Ignorante: uma pessoa que desconhece certas coisas que nos são familiares, conhecendo outras coisas das quais nunca ouvimos falar.
(Abrose Bierce in "Dicionário do Diabo")


Os que falam em matérias que não entendem parecem fazer gala da sua própria ignorância.
(Marquês Maricá)


Não há nada tão triste para um homem instruído como viver com uma mulher ignorante. Sente o tédio vago, porém positivo, que produz numa habitação a vista de um relógio parado.
(Heinrich Heine)