sábado, 17 de fevereiro de 2018

Dona Onça só bebe água mineral (com gás)


“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira                  

Estava dona Onça “posta em sossego, de seus anos colhendo doce fruito,
naquele engano da alma, ledo e cego, que a fortuna não deixa durar muito...”

De repente, no balneário decadente, corre-corre na geral. O vampiro que é prudente, chamou a si o general.

“Quero só um milagre, antes que o temporal desague !”

Ouviu amarga resposta que o deixou comendo b.

"Se o cavanhacudo carrancudo quiser servir de escudo, levará logo um cascudo. E se a mina que se acha Cadillac (de rabo de peixe) mas é um mero de bigode, se empombar também se f. Não há nada que num minuto me deixe mais p.”

Um jornalista furreca tentou uma armação para denegrir o bolso ignaro. Atirou no que viu; acertou o que não viu.

A maré não tá pra peixe.Se houver resistência por aqui, a lambança será pior que no Haiti. A Onça lá, até terremoto viu. Se preciso, a todos, manda-los-á à PQP.

A solução não pode ser de meia-sola ó bocó de mola! Caso contrário a felina tornar-se-á uma gata transformada em bichana aposentada.

Agora ou vai ou racha; e tem idiota que não acha.

A imprensa mundial pensará que é mero replay do carnaval.

“Unidos da Paura Bruta”, o bloco dos filhos da rima.

Não adianta clamar ao céu. A jaca já foi pro beleléu.




Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Nenhum comentário: