sexta-feira, 9 de março de 2018

Uma “inflação” de candidatos a Presidente


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Ser Presidente do Brasil deve ser muito bom. Nossa “República Federativa” de araque (falha nos princípios republicanos e não funciona como manda o bom federalismo) terá uma “inflação” de candidatos a candidatos ao trono absolutista do Poder Executivo Federal. É o reflexo da desunião e do excesso de partidos políticos fisiológicos e sem consistência. A briga promete ser sanguinária e em alto nível de baixaria.

Todos prometem ser “candidatos a mudar o Brasil”. Várias pré-candidaturas já estão na rua. O espetáculo de demagogia está apenas começando. Já virou saco de pancadas o Presidente Michel Temer, que sucedeu sua ex-parceira (a famosa mulher de dois neurônios sem sinapses). Mesmo assim, ainda paira no ar a ameaça de que ele tente a reeleição. Embora não tenha chance, pois segue altamente impopular, Temer precisa defender seu “legado”. Não é à toa que ele escreve cartinhas à Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, que o fustiga...



Confira a lista atualizada de pré-candidatos à Presidência da República, por partido em ordem alfabética:

DEM - Rodrigo Maia
MDB - Michel Temer (ou Henrique Meirelles)
NOVO - João Amoedo
PCB - Mauro Iasi
PCO - Rui Costa Pimenta
PCdoB - Manuela D'Avila
PDT - Ciro Gomes
PEN/Patriota - Adilson Barroso (ou Dr. Rey)
PMN - Valéria Monteiro
PPL - João Vicente Goulart
PRTB - Levy Fidelix
PSC - Paulo Rabello
PSL - Jair Bolsonaro
PSDB - Geraldo Alckmin (ou João Doria)
PSDC - Eymael
PSOL - Guilherme Boulos
PSTU - Vera Lúcia
PT - Lula (ou Jacques Wagner, ou Fernando Haddad, ou Celso Amorim)
PTC - Fernando Collor
Podemos - Álvaro Dias
REDE - Marina Silva

A imensa lista de 21 candidatos a “Salvadores da Pátria”, de todas as tendências políticas e ideológicas, é o indicador de um Brasil ultra dividido e, o mais desastroso, sem Projeto Estratégico de Nação claramente definido. Justamente por tal definição, faz pouca diferença quem será o próximo “ditador” do Palácio do Planalto. Ele terá de sobreviver a ao “Presidencialismo de Coalizão que sempre acaba em colisão” – dividindo ainda mais a sociedade brasileira.

Esse modelo precisa mudar. É preciso uma reforma política para acabar com a “ditadura dos partidos”. Qualquer cidadão deveria ter o direito a ser candidato independente a qualquer cargo eletivo – inclusive Presidente. Também temos de adotar o sistema de voto de desconfiança (conhecido mundialmente como recall). O eleitor deve ter o direito de exigir a perda de mandato a quem traiu sua confiança. Claro, isto só vai funcionar no sistema de voto distrital.

Resumindo: sem aprimoramento institucional, com reformas política, partidária e eleitoral, não adianta focar atenção e tempo na disputa eleitoreira. Temos de investir nas mudanças estruturais do Brasil, a partir da elaboração de um Projeto Estratégico de Nação que precisa ser exaustivamente debatido. O problema é: será que a maioria dos brasileiros desejam encarar toda esta trabalheira para promover transformações políticas, econômicas e culturais?

Sem isso, o Brasil continuará sob domínio do Crime Institucionalizado imposto pelas “regras” abusivas e excessivas do regime Capimunista Rentista. A Intervenção Institucional é imprescindível. Ou tudo continuará errado – como sempre esteve...







*FAÇA SUA INSCRIÇÃO!* - http://AvancaBrasil.vpeventos.com

ARAUTOS DA MAFIONARIA


Recadão do José de Abreu, muito pt da vida com a imperdoável censura que está sofrendo:

“Meu penúltimo livro foi CENSURADO e APREENDIDO no Brasil, porém o último com subtítulo“ARAUTOS DA MAFIONARIA BRASILEIRA INFILTRADOS NA ORDEM MILENAR UNIVERSAL” e título pluralizado “OS PEQUENOS ARQUITETOS DA MAÇONARIA” já pode ser adquirido por US 9,99mais taxa correio, diretamente dos Esta­dos Unidos da América, país que respeita o direito de expressão e as liberdades democráticas. Detalhes no site a seguir”:

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 8 de Março de 2018.

3 comentários:

Anônimo disse...

A MAÇONARIA ASSUMIR QUE EXISTE A BANDA PODRE NA CONFRARIA E NÃO DENUNCIAR E NEM COMBATE LA DE NADA ME ADIANTA... DE BOAS INTENÇÕES O INFERNO ESTÁ CHEIO, A MAFIONARIA É O QUE ESTÁ EM EVIDENCIA, JÁ A GLORIOSA MAÇONARIA É COISA DO PASSADO, EM TODAS AS REPARTIÇÕES PUBLICAS,DO SOLDADO RAZO ATÉ OS GENERAIS, DO VEREADOR LADRÃO ATÉ O PRESIDENTE,O PROMOTOR QUE ARRECADA DAS POLICIAS OS ENVELOPES RECOLHIDOS, ISTO VAI ATÉ OS DESEMBARGADORES CAMBALACHEIROS, O EMPRESARIADO SONEGADOR E SABOTADOR... TUDO O QUE FALEI E O QUE NÃO FALEI TAMBÉM TRANSFORMARAM A MAÇONARIA EM MAFIONARIA EM TODOS OS MUNICIPIOS DOS ESTADOS,NARCOTRAFICO,CONTRABANDO, JOGOS ILEGAIS, E TODO TIPO DE MÉRDA, TUDO COM AS COSTAS QUENTES DO JUDICIARIO, A VERDADEIRA MAFIONARIA... DITADORES,ASSASSINOS,TORTURADORES,SABOTADORES,SONEGADORES, E MAIS MIL ADJETIVOS NEGATIVOS PARA ESSA MAFIA MUNDIAL...

Jayme Guedes disse...

Serrão, o que nos falta é inteligência e inteligência não é coisa nossa. Em contrapartida, sobra desonestidade.Com tal perfil, como construir uma nação que nos orgulhe?

Anônimo disse...

Se colocarem esses candidatos na panela não dará um caldo de sopa.
Esse do PSOL não tem nem onde morar.Quanta pobreza.