sexta-feira, 20 de abril de 2018

O desespero além do PT - Partido dos Trancafiados


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Paulo Maluf ganhou sua Home Prision por decisão de Ofício do ministro Edson Fachin, depois de longuíssimo debate no juridiquês do Supremo Tribunal Federal. José Dias Toffoli também negou o retorno à prisão do velho companheiro José Dirceu, mesmo admitindo que o Supremo á resolveu que a pena pode começar a ser cumprida após esgotados os recursos em turma colegiada em segunda instância. Já o TRF-4 ratificou a condenação de Dirceu, ampliando a pena para 30 anos, nove meses e 10 dias de cadeia. Os reles mortais indagam: Dirceu vai preso de novo ou não vai?

Resposta provável: vai, sim. Por enquanto, Dirceu está em Home Prision. Porém, a decisão final ainda dependerá da segunda turma do STF – aquela na qual só o ministro Luiz Edson Fachin costuma mandar prender. Tirando o relator da Lava Jato no STF, os demais ministros costumam soltar os réus com mais facilidade. Deve ser porque Ricardo Lewandowski, José Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Celso de Mello são julgadores com espírito libertário, principalmente se o tal do “paciente” for poderoso... Será esta mesma turma quem avaliará se Geddel Vieira Lima, o homem de R$ 51 milhões malocados num apê de Salvador, vai se tornar réu ou não...

Bacana é saber que a sede da Polícia Federal na República de Curitiba pode se transformar em um centro de abrigo para a cúpula de ideólogos decadentes do Partido dos Trabalhadores. Lula e Palocci já estão lá. Logo chega Dirceu. Os três só não podem ficar na mesma cela, porque andam com a amizade estremecida... Gleisi Hoffmann tem feito de tudo de errado para acabar denunciada, condenada e aprisionada. Mesma postura equivocada do Lindbergh Farias –outro sério candidato a se juntar aos comandantes do Partido dos Trancafiados.

O Partido dos Trancafiados segue prisioneiro de suas convicções erradas e criminosas. Já sabe que vai encolher na próxima eleição, nos parlamentos e governos estaduais. No entanto, tende a crescer, mesmo que lentamente, no sistema penitenciário. Eis o retrato patético da politicagem brasileira. Pior que isto é a previsão de baixa renovação parlamentar,junto com a expectativa de que os mesmos grupos, com pequenas variações dos personagens, continuem infestando os governos estaduais.

Assim caminha o Brasil para urna eletrônica que também funciona como urna funerária de um regime Capimunista que não morre, enquanto o regime do Crime Institucionalizado se reinventa. A insatisfação da maioria da população é gigantesca e crescente. Acontece que o poder de reação continua insuficiente. Parece que ainda se espera que algo pior aconteça para que seja tomada a providência efetiva que mude as coisas e as estruturas corrompidas e corruptoras. O Brasil segue focando nas conseqüências – e não nas causas do problema. Quando deixaremos de ser uma mansão que só tem o telhado, paredes de mentira e alicerces frágeis?

A roubalheira, a violência e a confiança na impunidade seguem mais vivas que nunca. A estrutura do Mecanismo segue inalterada, apesar de ataques isolados que vem sofrendo. O mais grave, no entanto, é a cultura criminosa que se expande na sociedade brasileira. Há muito tempo, ser bandido não é fruto da falta de opção econômica de sobrevivência, mas sim uma excelente oportunidade de negócios, tanto na esfera pública quanto na privada.

O cenário é esquisito. O Crime segue hegemônico. As instituições apenas fingem que funcionam normalmente. Já foram rompidas e corrompidas pela ação do Mecanismo. Se a reação das pessoas de bem não for mais intensa e persistente, rompendo com a cultura criminosa, o Brasil vai se consolidar como um grande presídio a céu aberto. Se não promovermos uma Intervenção Institucional, reinventando o País e criando uma Nação de verdade, estamos perdidos.

Não podemos permitir o triunfo da vontade dos Partidos dos Trambiqueiros que, mesmo trancafiados, seguem comandando os mecanismos criminosos para cumprir a missão de manter o Brasil no atraso, como mera colônia de exploração pelos controladores do mundo globalitário.

Quinto e Esquinto

Recado rápido e direto do livre pensador Carlos Henrique Abrão, Desembargador do TJ-SP e articulista deste Alerta Total:

“A senadora Gleisi Hoffmman, ao pedir apoio dos países árabes a Lula envergonha o mandato parlamentar, invade a soberania do Brasil e desrespeita aquilo decidido em várias instâncias pelo Poder Judiciário. Dia 21 comemoramos Tiradentes - herói de verdade que brigou contra o quinto, imposto pago à coroa portuguesa. Atualmente, devemos corar de vergonha e mandar para o esquinto todos aqueles que pregam a anarquia e se rebelam contra a ordem e progresso na Bandeira nacional”.  

Cana para Lula está rendendo...


Prestigie nosso programa, uma tentativa de verdade com humor...






Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 20 de Abril de 2018.

3 comentários:

jomabastos disse...

"A senadora Gleisi Hoffmman, ao pedir apoio dos países árabes a Lula envergonha o mandato parlamentar, invade a soberania do Brasil e desrespeita aquilo decidido em várias instâncias pelo Poder Judiciário."

A comunista Gleisi, ao executar este ato, está a enterrar o PT, o Lula e a ela própria num lamaçal, porque o mundo ficou a conhecer melhor o que os comunistas querem implantar no Brasil, uma ditadura brasicubana ou brazuelana, em que o judiciário é controlado totalmente pela classe política.

Os nossos deputados há muito que perderam o crédito parlamentar no mundo ocidental desenvolvido, ao agirem sem ética nem moral nos seus mandatos. O mundo atura-os diplomaticamente, porque é normal na diplomacia das democracias.
Os Estados Unidos e a França ao escolherem a Argentina e negarem a adesão do Brasil à OCDE, não reconheceram qualidades necessárias e suficientes na atual governação brasileira.

Loumari disse...

Fui simpatizante com as ideias comunistas. Mas isso era se elas se realizassem. Mas o que aconteceu foi o contrário.

Sabe que esta história política é muito difícil, muito grave. Há uma desmobilização fortíssima, há uma perda de valores enorme! Hoje a aldrabice monta por aí com toda a força, e isso é triste.

(Manoel Oliveira)
Portugal 11 Dez 1908 // 2 Abr 2015
Cineasta

Anônimo disse...

GLEISI SABE O QUE FAZ…
Fabio Bettinassi
Vocês sabiam que um dos maiores acionistas da Al Jazeera é Sir Nigel Knowles, dono da Smartmatic? Ele usa sua empresa de consultoria jurídica e financeira DLA Piper para controlar as operações estratégicas da TV árabe e promovê-la para que possa exercer controle sobre outras mídias. Isso que a Gleisy fez não foi por acaso, foi uma operação em conluio com as forças superiores e ocultas que estão por trás do PT e da implantação do socialismo na América do Sul. Smartmatic, Dla piper, Carbon Disclosure Project são todos empresas usadas pelos banqueiros ingleses para roubar o Brasil e impor suas operações nojentas. O objetivo dessa declaração da gleisy foi causar um estrago no mercado financeiro e na economia brasileira visto que muitos árabes investem pesadamente no mercado financeiro brasileiro e se eles liquidarem tais investimentos, teremos implicações das piores possíveis. Por isso temos que cassar o registro do PT rapidamente porque o PT serve como porta aberta para permitir que tais mafiosos possam agir no Brasil livremente, o PT além de escritório do crime, é escritório dos comunistas bilionários da Europa e dos EUA.