segunda-feira, 2 de abril de 2018

Pascoela


“País Canalha é o que não paga precatórios”


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Enquanto a gente se desgoela, a Onça Cãomemora a Pascoela.

Pouca gente no sábado? Até que não.

A populaCão já está de saco cheio e passou o “mico” para a Onça.

Se quiser faz. Se não quiser, arquive no guardador de panelas da finada perua.

Semana trepidante (ou três peidantes?).

O urubusário sofre pressão na terça . Não só da populaCão como também de outras aves de penas pretas e torquemadas de ocasião. O insólito pedido é que não se cumpra a ConstituiCão.

A revogaCão da presunção de inocência deverá (ou deveria) ser objeto de projeto de emenda. Não na valentona, na marra, aproveitando da anomia a farra.

Em nome de qual “lealdade” a Onça tolera tal monstruosidade?

É por isso que pouca gente volta às ruas. Tenta a felina transformar em nossas, as faltas suas ?

Espera a indignação dos quartéis que um chefe bata com as dez?

Ou que outro de família ilustre deixe de ser mero balaustre?

O único lado bom é que urubu já anda com o c. “na mom “.

Mais um passo em falso, irão pro cadafalso.

Foi assim em 1.793. Se-lo-á neste macunaímico mafuá.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

Um comentário:

Loumari disse...

Agradeço ao destino por ter-me feito nascer pobre. A pobreza foi-me uma amiga benfazeja; ensinou-me o preço verdadeiro dos bens úteis à vida, que sem ela não teria conhecido. Evitando-me o peso do luxo, devotou-me à arte e à beleza.

A compaixão é que nos torna verdadeiramente humanos e impede que nos transformemos em pedra, como os monstros de impiedade das lendas.

Muito aprendeu quem bem conheceu o sofrimento.

Autor: Anatole France
França 16 Abr 1844 // 12 Out 1924
Escritor


"Nosso Senhor ama os pobres, por isso fez tantos."
(Abraham Lincoln)


"Eu caminho devagar, mas nunca caminho para trás."
(Abraham Lincoln)


Quando pratico o bem, sinto-me bem; quando pratico o mal, sinto-me mal.
Eis a minha religião."
"Abraham Lincoln"
1809-1865


O laço essencial que nos une é que todos habitamos este pequeno planeta. Todos respiramos o mesmo ar. Todos nos preocupamos com o futuro dos nossos filhos. E todos somos mortais.
(JFK)

Todos nós temos talentos diferentes, mas todos nós gostaríamos de ter iguais oportunidades para desenvolver os nossos talentos.
John Fitzgerald Kennedy
Estados Unidos 29 Mai 1917 // 22 Nov 1963
Estadista