segunda-feira, 21 de maio de 2018

Considerações sobre mudanças dogmáticas em uma sexta-feira à noite



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Hilton James Kutscka

Estava pensando na oração, que segundo o catolicismo, religião em que fui criado (eu era pequeno e não pude me defender), nos foi ensinada por Jesus: O “Pai Nosso”

Lembro que quando ainda era criança havia nela uma passagem que dizia: “O pão de cada dia nos dai hoje, perdoai nossas dívidas assim como perdoamos os nossos devedores”.

Não lembro em que momento, a religião católica resolveu mudar tal passagem, supostamente ensinada pelo próprio “Filho do Homem” ou mesmo seus motivos.

Hoje a mesma passagem é assim: “O pão de cada dia nos dai hoje, perdoai nossas ofensas, assim como perdoamos aqueles que nos tenham ofendido”.

Por muitos anos, embora ateu, em várias ocasiões onde, noblesse oblige, recitei essa oração, sempre baixando a voz nessa parte alterada, mantendo o texto original do Autor somente para mim.

Com o passar do tempo, já com mais anos para trás do que certamente tenho para frente, passei talvez a entender a mudança; busco não ofender ninguém e não dar importância a que por qualquer motivo tente me ofender.

Coisas da idade, suponho.

Menos flexibilidade física e maior flexibilidade cerebral.

No momento em que escrevo este artigo, José Dirceu, um dos mentores do maior assalto ao país, está de volta na Papuda.

Não seria possível, nem a mais pura das almas, perdoar suas dívidas com os brasileiros.

Já, as ofensas proferidas em palanque, depende de cada um.

Ele está preso por roubo, não por ser ignorante e prepotente.

Sendo assim, me arvoro a propor também uma oração mais apropriada para os dias atuais.

“Meu Senhor e divino guardador.
Livrai-me dos políticos por favor.
Onde haja a suja corrupção,
Faça com que haja punição.
Para os que se utilizam da malandragem vulgar,
Que exista castigo justo sofrido e exemplar.
Se culpados, deputados, senadores e das diversas casas, ministros.
Pela justiça militar julgados, que sofram castigos sinistros.
Também vos pedimos senhor. que faça os militares levantarem suas bundas.
Que o verde oliva livre esta nação e seu povo sofrido dessas quadrilhas imundas.
Que mantenham preso Zé Dirceu.
Para regozijo de todos que ele fodeu.  
Que não seja só ele, mas todo membro da nefasta organização,
Que sobre seu comando e de muitos outros, delapidou a nação,
Em nome da moral, da justiça e da Pátria.  Amém!   

H. James Kutscka é Escritor e Publicitário.

2 comentários:

Loumari disse...

Comecem por questionarem-se a vós mesmos o seguinte: Em todos os idiomas no mundo dos vivos a aceitação da palavra de Deus e a declaração de fé se diz ÁMEN, e vós brasileiros sois o único povo no mundo a usar no lugar do ÁMEN, amem? Em hebreu se diz: Ámen; em Latim se diz: Ámen. O que significa: Que assim seja; Em verdade; Seja a minha fé;
E sois o único povo no mundo que pegou na Bíblia Sagrada e amputaram letras nos nomes dos maiores profetas da Bíblia, isto depois da Bíblia ser canonizada pela Igreja Santa Católica Apostólica.

APOCALIPSE 22:11 Porque eu testifico, a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro;
E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte da árvore da vida, e da cidade santa, que estão escritas neste livro.

Você se chama Kutscka, não é? Então, imagina que do seu nome se lhe ampute uma letra? E no dia da distribuição da herança familiar você aparece com o nome civil assim Kutsck? Ainda você pertence a geração de sua família?
Os que estão na vossa Bíblia: os Jó, Davi, Jacó, não existem. São invenções das vossas perversões.
A nação brasileira está a colher o fruto daquilo que criou.
Brasileiros são o povo mais prevaricador e mais perverso do Globo. Querem o bem sendo vós abomináveis criaturas cujas bocas não passam de verdadeiros sepulcros abertos. Jesus Cristo disse que o contamina o homem é o que sai de sua boca. Porque, o que sai da boca, provém do coração. Esta gente são de coração muito mau. Só maquina o mal, só fala mal e muito mal. Nos basta ler este artigo aqui para se aperceber. Eles não sabem distinguir o Sagrado do profano.

Anônimo disse...

Amém!