quinta-feira, 24 de maio de 2018

Farinha pouca, meu combustível primeiro...



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net


Foi só faltar combustível, para gerar um tumulto de dimensão inimaginável. O problema tirou o temerário desgoverno do sério e levou o cidadão comum a correr para os postos e proclamar, no desespero: “Farinha pouca, meu combustível primeiro”. Alguns postos aproveitaram a correria para aumentar, na malandragem canalha, o preço da gasolina, do diesel e até do álcool. Basta botar a culpa nos caminhoneiros e faturar alto em cima dos otários precipitados ou dos realmente necessitados por combustível. Não há previsão de quando os postos voltam a ser abastecidos. That’s Brazil...

O movimento grevista dos caminhoneiros era sucesso na divulgação via Internet. A paralisação foi ignorada até ontem pela patética mídia tradicional. Foi só ganhar destaque no noticiário para o desespero ser instaurado. O caos logístico chegou rapidinho. O impacto já é direto na distribuição de alimentos – sobretudo os perecíveis. Frigoríficos e abatedouros estão "na roça" (paralisados)... Depressa, começam a faltar produtos básicos. Rapidamente, o preço de tudo começa a subir. O fantasma do retorno da inflação já ronda e apavora o mercado. Ações de estatais despencam, para serem vendidas, brevemente, a preço de banana.   

O efeito político da greve dos caminhoneiros se tornou desastroso. A Câmara dos Deputados aprovou a retirada da Pis/Cofins do diesel até o final do ano. O governo prometeu a retirada da Cide sobre o Diesel. A Petrobrás deu uma baixada de 10% no preço do diesel nas refinarias. O impacto é de menos R$ 0,23 nas refinarias e menos R$ 0,25 no preço final da bomba para o consumidor. Por trás da medida, os parlamentares resolveram aumentar outros impostos, com a desculpa esfarrapada de compensar a eventual perda na arrecadação federal. A tal “reoneração” vai ferrar empresários e, no final das contas, o povão assalariado.

O movimento dos caminhoneiros tem tudo para ficar mais forte nesta quinta e sexta-feira. E tudo indica que vai muito além do mero preço dos combustíveis. Basta observar uma das pautas de reivindicação: “Cumprimento integral da lei do voto impresso em urnas eletrônicas ou adoção do voto impresso em urnas de lona, com apuração a cargo das Forças Armadas. Em caso de descumprimento, nos somaremos ao clamor popular por intervenção militar”.

Só falta combinar com os russos... ops, com os militares... Enquanto isso, vamos curtindo ou suportando nossa temporada pré-venezuelana... Mas, como diz um amigo, não pode é faltar álcool nos botecos... Aí a revolução começa...

Culpa dos impostos

O consumidor brasileiro sempre paga a conta, via impostos, no fim das contas...


Três Neurônios tratam da “Educação em casa”


Os Três Neurônios falam de Educação... “Homeschooling” - Prós e contras. “Escola sem Partido”. Confira no link: https://youtu.be/5OJco96DvnY

E reveja o programa anterior: https://youtu.be/JreORFxPgzk









Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 24 de Maio de 2018.

Um comentário:

Anônimo disse...

O melhor candidato a vice de LULALÁ, é seu grande amigo e homem de confiança Palocci. Ou Paloff, para Lula chamar com a língua presa.