quarta-feira, 30 de maio de 2018

Fim de Feira


“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Retomando as atividades de “clown” furreca devo compartilhar a melhor frase que li na internet sobre a paralisação:”Até agora quem mais ganhou com a crise foram as crianças; sem escola e sem verdura !”

Até agora não vi grande desabastecimento. Pelo contrário, vi superoferta de melancias.

Para salvar um desgoverno “nas úrtima” vale tudo. Respiração boca a boca, combate porco a porco, etc.

No País do merdel, recordemos Gardel...


Enquanto dominar a caserna a porcada pode hibernar na caverna.

Verá o dominó derrubar uma peça atrás da outra quando (e SE !) a felina desocupar a mouta.

Até lá, sempre a lesma lerda.

Colunistas sociais de meia idade ficam indignadas por estarem matando pintinhos e frangotes. Apavorar-se-ão no dia em que começar a liquidação de galinhas velhas. Verão que é um sopro esta vida; o mesmo que faz sonar flautas de fagotes.

A imprensa vaca amarela, fez na panela; não ousa falar a verdade. Só repetem pautas ditadas sobre seus cangotes.

"Este é gói, hein?” pergunta um incauto.

Resposta: “Não; é Judas que por algum dinheiro vendeu um país inteiro!”

Acabará no inferno antes que se acabe o inverno.


Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

3 comentários:

FOTO DO FATO disse...

São todos "Gói" sem unção e sem Pai.

Anônimo disse...

Que o novo Presidente baixe outro decreto Cramulhão-Crático determinando que, em vez da onça, o novo símbolo do Exército seja um veadinho pintado de verde melancia.

Anônimo disse...

E o PT pratica canibalismo político por falta de opção para o futuro. estão se voltando contra os "cumpanhêro".