domingo, 6 de maio de 2018

Pós-Graduação em Desastre Político


Olha a Onça... Será que está chegando?

“País Canalha é o que não paga precatórios”

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Hoje a Venezuela é uma espécie de faculdade para Altos Estudos.

O povo é massacrado e tiranizado por um grupo de fanáticos. Para sua desgraça o exército local foi dominado por comunistas. Deu no que deu.

A população em breve decidira morrer enfrentando os canalhas porque de fome sabe que é o destino inexorável.

Nesse dia, milhares ou milhões preferirão morrer com glória a continuar rastejando.

O fim de Maduro se comparado ao de Mussolini será muito mais cruel; talvez seja devorado.

Sou um homem vivido, mas estou perplexo com a inação do Exército Brasileiro.

Falta acontecer o quê mais?

Até quando os bandidos vão abusar de nossa paciência?

Os chefes que prevaricam levarão para o túmulo o remorso de ter deixado morrer à mingua milhares de brasileiros humildes. Aqueles que não figuram na “lista VIP” da Receita Federal; aqueles que perderam tudo na tragédia de Mariana, aqueles que o canceroso poder judiciário sempre ignorou.

Para que fique bem claro, enumerarei alguns traidores da Pátria: Fernando Henrique Cardoso, Fabio Konder Comparato e Nelson Jobim.

Venham me processar e os desafiarei para um duelo de mãos limpas.

Já vivi o bastante. Quero morrer lutando pelo meu País.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

3 comentários:

Anônimo disse...

Militares são soft ass.. bundões....falta uma refrega de verdade para separar os homens das bichonas e dos meninos...

Anônimo disse...

Nos USA todas as gerações depois da segunda guerra tiveram uma guerra de verdade...para que não se formem bichonas e meninos nas fileiras.;

Anônimo disse...

O Exército brasileiro não foi dominado e, por isso, foi dilacerado. Se tivéssemos um sucessor da coroa macho, já estaria no poder pelo apodrecimento de todo o resto do Brasil. O povo brasileiro é que ainda não entendeu a realidade a que chegou o poder no Brasil, ou seja, sem poder algum. Temos que ter cuidado é com o Chile, pois vai que resolvem nos invadir e aí o tombo seria catastrófico.