terça-feira, 26 de junho de 2018

A vingança do eleitor será benigna



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net


Apesar disso, não se tem garantia de renovação política. A maioria silenciosa do eleitorado não acredita na segurança total do sistema eletrônico de votação sem direito à conferência do voto impresso pela urna modernosa. O mais absurdo é que foram os ministros do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral os autores deste crime de lesa-eleição. O dogma que nos obriga a aceitar o resultado eleitoral sem questionamentos é um dos maiores responsáveis pela desmoralização política no Brasil. #prontofalei...

A vingança do eleitorado será benigna. São tendências previsíveis: a abstinência do voto ou e voto de revolta concentrado em algum candidato que não pareça fazer parte do time de corruptos. A raiz dos problemas, no entanto, não será resolvida com “revoltas” pontuais. A origem do caos está no modelo político. A ditadura dos partidos é uma das falhas. Os partidos funcionam como cartórios que negociam candidaturas – e não como legítimas representações ideológicas. A candidatura independente é uma necessidade básica...

Outro pecado imperdoável é a falta do voto distrital. O “escolhido” carece de representatividade. A eleição fica caríssima, porque exige muito dinheiro para campanhas em territórios gigantescos. Gasta-se muito para ter o voto disperso. O modelo dá margem a uma escancarada compra de votos. Cabos eleitorais pagam, dão uma grana, para o eleitor carente que se corrompe, vendendo aquele voto que, na cabeça dele, só vale para alguma troca vantajosa. A negociata eleitoreira elege muito mais bandido do que pode supor a vã ingenuidade dos cidadãos. Isto sem falar no voto dado por imposição do tráfico de drogas e milícias...

A Reforma Política é inadiável. No entanto, o Brasil sempre adia o que é fundamental... A cada dois anos, temos eleições com resultado inconfiável e com vícios insanáveis nas caríssimas campanhas. Isto tem que mudar... O problema é que não muda... E a cada eleição, a maioria embarca no show de ilusões... Este ano, a abstenção recorde decretará a desmoralização completa do sistema. Eleição, um mero mecanismo de escolha, não pode ser um ato criminoso.

É por isso que merece todo repúdio a canalhice dos petistas que pretendem registrar a candidatura de um preso condenado por corrupção. O eleitor tem de banir o Partido dos Trambiqueiros!

A cada jogo da Copa da Rússia, a gente fica com a convicção de que o Brasil precisa  de um mega-árbitro de vídeo para expor tantas mazelas que ainda escondemos...      






Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. 
A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 26 de Junho de 2018.

Nenhum comentário: